Não é exagero dizer que o São Paulo brigou por todas as bolas para poder vencer o clássico contra o Santos por 1 a 0, no Morumbi, neste domingo. Todo o esforço e empenho para garantir o placar se justificaram por mais um grande resultado e a manutenção da invencibilidade no Brasileirão.

Na saída de campo alguns são-paulinos exaltaram a entrega da equipe diante da tentativa do Peixe de buscar o empate após o Tricolor ter aberto o marcador com o gol de Diego Souza. Um deles foi Bruno Alves, que destacou o espírito do time.

РFomos coroados com os tr̻s pontos porque fizemos um jogo bom. Ṣo Paulo ̩ isso, emo̤̣o at̩ o fim. time foi guerreiro, batalhamos at̩ o fim, todo jogador disputando a bola como se fosse um prato de comida Рafirmou o zagueiro, que tamb̩m valorizou a troca de pe̤as entre os titulares:

РAguirre deixou claro que tem um elenco, ṇo tem titular ou reservas. Essa rotatividade ̩ importante para todos estarem preparados. Ponto corrido ̩ importante para ter um elenco bom.

Outro que se manifestou foi Sidão, que cometeu duas falhas nos minutos finais da partida e quase comprometeu o resultado. O goleiro enalteceu a solidez defensiva de sua equipe no clássico deste domingo.

– Importantíssimo não tomar gols e ter uma defesa sólida, dá confiança para os caras atacarem mais. Poderíamos ter virado o tempo ganhando. Voltamos ligados no segundo tempo e tivemos chances de matar o jogo antes – declarou o arqueiro.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo para enfrentar o América-MG, fora de casa, em jogo válido pela 7ª Rodada do Brasileirão-2018.

L!