Aguirre comemora vitória e comenta porque Valdívia não foi relacionado

Diego Aguirre, enfim, saiu do Morumbi plenamente satisfeito neste domingo. O técnico se recusa a falar em time ideal, mas aprovou a atuação da equipe e da torcida na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, jogo tido como decisão para o comandante e, também, dá melhores números ao único invicto no Campeonato Brasileiro até agora.

– Estávamos precisando de uma vitória convincente, porque a última foi contra o Rosario Central, e não fiquei feliz. Hoje, foi merecido, e contra um rival, o que significa muito, por ser clássico. Pode ser um ponto de partida. mas não quero ilusionar ideias. Vamos ver o que pode acontecer. Pode ser o começo, mas não posso falar com certeza. Temos que ver e confirmar para acreditar se estamos no caminho. Eu não me sentia bem quando falavam da invencibilidade, sentia que não era nada, um dado só. Eu trocaria por mais pontos. Hoje, estamos mais perto das primeiras posições – comemorou.

– Estou feliz pelo jogo que fizemos. Merecíamos a vitória. Perdemos muitas situações durante o jogo, é normal sofrermos um pouco. Mas era um jogo decisivo, clássico, em casa. Fico feliz pela torcida, que esteve conosco, nos apoiando a todo momento e transmitindo muita força. Se o São Paulo repetir jogos como o de hoje, daremos muitas alegrias à torcida, certamente – prosseguiu o uruguaio.

O São Paulo encerrou uma sequência de quatro empates e chega a dez pontos, a três do Atlético-MG, líder do Campeonato Brasileiro. Mas, em meio a tanta alegria, quem não ficou nem no banco foi Valdívia. E Aguirre garante: o fato de a casa dos pais do meia-atacante ter sofrido um assalto na última semana, no Mato Grosso, não teve nada a ver com sua opção de excluí-lo da lista de relacionados para o San-São.

– Tem coisas que são internas. Ele tem uma situação pessoal, mas está tudo bem, Ele também estava precisando ver a família, mas a decisão de não convocar não foi por esse motivo – enfatizou o treinador do Tricolor.

L!

41 comentários

    • Pra mim essa saída do Arboleda, o jogador mais consistente do time, e em um clássico foi um recado mais do que claro pra todos de que não existe titular com vaga garantida, a não ser o Sidão. Com isso ele mostra para os jogadores que eles precisam se dedicar nos treinos, não se acomodar, pq a qq momento vão jogar.

      As vezes o treinador define 11 titulares e 3 reservas que sempre entram e os outros mais de 15 ou 20 jogadores do elenco que sabem que dificilmente vão jogar ficam acomodados.

      • O problema pra mim não é deixar o arboleda no banco, o mais regular do time, é importante não perder por desgaste, o meu medo era o Anderson Martins kkk

  1. Micosuel está fracassando no Grêmio e será devolvido ao SPFC. Que notícia triste! Essa é uma das contratações mais dantescas da história do SPFC e merece ser investigada pelo Conselho do SPFC

    • Você quer dizer mais uma que deve ser investigada, em qualquer clube sério isso seria motivo de demissão de quem aprovou sua contratação, principalmente do foto médico.

      Por falar nisso, quando estreia o tal Carneiro que estava clinicamente recuperado quando contratado?

      • Segundo sua lógica então o Rogério é responsável também pela contratação do Hernanes?

        Por que ele realmente indicou os 2, mas ambos foram contratados depois que ele saiu, e obviamente pelo Pinotti com o aval do departamento médico…

    • Rogerio que pediu então manda ele para o fortaleza.
      Agora com a saída do Osvaldo eles precisam de um jogador do estilo do Maicosuel e ainda vai jogar num clube do patamar dele.

  2. Bom dia. Ontem todos foram bem, e sem querer ser repetitivo, Sidao faz um milagre(mas espalha a bola pra frente) e depois faz uma lambança… não é cornetagem… sorte nossa que o Santos não aproveitou… se não confiam no Jean e nem no Perri, vale a pena tentar contratar um goleiro… na série B tem alguns bons, e outros reservas na série A também. Fora isso, só se vier um reforço pra elevar mesmo o nível do time, se não, o caminho é dar cada vez mais chances pra base… Helinho, Toró, cabem nesse time.

    • Sempre defendi o Sidão até por ser um cara muito gente boa e bom de grupo mas realmente não dá.
      Mostra-se totalmente inseguro, a camisa realmente pesou.
      Não consegue acertar uma reposição de bola e comete no mínimo uma falha grotesca por jogo.
      Infelizmente não é goleiro para ser titular num time que já eve Zetti, Waldir Peres e Ceni.

      • Estão esperando ele cometer uma falha que nos elimine ou comprometa.
        Por enquanto a sorte está do nosso lado, mas vai chegar um momento que essas falhas do Sidão vão comprometer.

        • A diferença do Denis e o Sidão é que ambos são ruins, mas o Denis era azarado toda bola que ele falhava entrava já com o Sidão isso não está acontecendo vide ontem contra o Santos.

  3. Estou muito satisfeito com o trabalho do Aguirre até aqui , penso que temos um elenco bem mediano , apesar de caro, e vejo o treinador tirando leite de pedra. Temos deficiências graves no time, como no gol por exemplo, e não consigo entender a comoção pela ausência desse ou de outro em alguns jogos , como nesse último específico com as ausências do Arboleda e Valdivia. Não acho que ninguém esteja jogando tanto assim para causar tamanho frisson pela não escalação vejo todos num nível bem médio. O trabalho pra mim está sendo muito bem feito com a entrega de um time bem consistente , brigador e coletivo, sem depender de individualidades.

    Acredito que se conseguirmos manter essa padrão poderemos brigar pelas primeiras colocações e se fizermos um bom trabalho na janela conseguindo trazer mais talento para esse time derrepente podemos até pensar em título pois realmente não temos nenhum bicho papão no campeonato principalmente devido a participação de alguns candidatos ao título na libertadores.

  4. Goleiro é a única posição que historicamente não se reveza via de regra. Revezamentos são raríssimos em grandes times. E normalmente não são jovens. Não são raros goleiros de 35 a 40 anos em grandes seleções.

    Escolhe-se o melhor e ele só sai por impossibilidade fisica ou por cartão. Eventualmente coloca para jogar 5 a 10 minutos quando jogo já está decidido.

    Este é o script.
    Goleiro não se reveza. No São Paulo aconteceu com Toinho/Waldir e não lembro de outras na história, portanto, é exceção absoluta.

  5. Nas próximas 6 rodadas espero uma chance enorme de vitória nesses jogos:

    27/5 – América-MG x São Paulo – Independência
    12/6 – São Paulo x Vitória – Morumbi
    30/5 – São Paulo x Botafogo – Morumbi
    5/6 – São Paulo x Internacional – Morumbi

    E o que vier de ponto desses outros 2 é lucro;

    9/6 – Atlético-PR x São Paulo – Arena da Baixada
    2/6 – Palmeiras x São Paulo – Arena Palmeiras

    • Os 2 jogos em que o São Paulo mais de dá mal acontecerão antes da Copa. Será que o time mantém a invencibilidade?

      • Logo depois da Copa tem Flamengo, TSC, Grêmio e Cruzeiro, sendo três fora e um em casa (TSC). Aí dá uma aliviada com Vasco (c), Sport (f) e chapecoense (c). Ou seja, 04 pedreiras após a Copa.

  6. Ótima, justa e necessária vitória tricolor no clássico.

    Parabéns pelo esforço, dedicação e entrega em campo.

    E ainda tivemos um pouco de sorte, pois algumas falhas não resultaram em gols do adversário.

    Merecemos vencer e isso é ótimo.

  7. Como o Sidão é ruim né. Até faz algumas defesa, mas peca em fundamentos básicos. E ele ainda se acha um goleiraço!!

    O MG já é mais complicado. É a questão do copo meio cheio ou meio vazio. É nítida a falta de competência na tomada decisão, na hora de executar a jogada final. Mas ele entrega demais na composição tática, na pressão sobre o adversário e etc.
    É uma pena não ficar no segundo semestre. Mas também não vale a grana que estão pedindo.
    Só o Caíque pode fazer a função dele no elenco. Mas é muito novo, então é uma incógnita.

    • MG tem suas qualidades, mas sinceramente, pra fazer o que ele faz em campo não precisa de experiência, basta vontade e gás. O caique com 15 anos já dava conta de fazer o que o MG faz com 23.

      • Não dá pra cravar que o Caíque entrega o mesmo. MG pode ser burro com a bola no pé. Mas taticamente é inteligente, e o Caíque nunca provou isso, até agora claro. Não é uma questão de puro gás e vontade.

        Mas repito: também não pagaria o que estão pedindo.

    • Penso exatamente isso, o jogador é bom dentro da realidade do Brasil. Mas se for pra investir em jogador tem que trazer para mudar o time de patamar… jogadores como Everton e Marcos Guilherme custarem valores tão altos para o clube é absurdo. Já que os Lyancos e Neres serão vendidos, ao menos os razoáveis deveriam ser da base…

  8. Mata-mata se ganha com time – onze melhores. Ponto corrido se ganha com elenco. Promover rodízio manter todos motivados e beneficia o São Paulo!
    Não via essa lógica que todos os clubes europeus usam depois do Osório até o Aguirre.
    Estamos no caminho certo!

  9. Outro ponto positivo ontem foi o Aguirre não ter escalado 3 volante
    Milagre

    Fora de casa até valá

    mas em casa é osso

  10. Sidão e Edmar foram os pontos negativos do Aguirre.

    Hudson e Bruno Alves, com sequência e entrosado tendem a jogar melhor que os então titulares (R. Caio e Petros), mas já havia quem declarasse a inutilidade dos mesmos.

    Ainda me preocupa a reposição do $MIL…itão , essa vai se difícil. E ansioso para a estreia do Carneiro.

Deixe uma resposta