Família de Valdívia, jogador do São Paulo, é feita refém no Mato Grosso

A família do jogador Valdívia, foi mantida refém por 4 horas durante um assalto à residência na noite desta terça-feira, em Jaciara, a aproximadamente 140 km da capital Cuiabá.

Segundo os familiares do atleta, quatro assaltantes fizeram o irmão, pais e avós de Valdívia como reféns. Todos ficaram trancados num cômodo da casa enquanto os ladrões recolhiam objetos de valor.

O irmão do jogador informou que os quatro homens não feriram ninguém e sabiam que a casa era da família do jogador. Um dos bandidos ainda disse aos reféns: “Vamos levar o carro porque o Valdívia tem condições de comprar outro”.

Segundo a Policia Civil, o boletim de ocorrência foi registrado na madrugada de terça para quarta-feira. As vítimas ainda informaram aos policiais que dois homens encapuzados e com armas pularam o muro para invadir a casa.

Após o anúncio do assalto, outros dois bandidos evadiram a residência. Entre joias, computadores e videogames, também foram levados dois automóveis, uma BMW e uma Land Rover.

ESPN

7 comentários

  1. E o estagiário da ESPN Mundo no facebook fazendo piada dizendo que o jogador fez milagre em defesa com a bunda nos treinamentos. Só pra abrir espaço para gozações.

  2. Mais uma derrota do Patético Paranaense,já são quatro em seguida. Só mesmo essa besta do Aguirre não consegue vencer o timeco. Vencendo por 2×0 , toma o empate.

  3. Pensei exatamente a mesma coisa…. o futebol brasileiro está condenado (como quase todas as outras áreas, mas deixa pra lá porq aqui não é o lugar pra essa conversa, rsrs)

    Tomara q a familia dele se recupere. Mentalmente, digo, pois essa experiência é muito traumática, vivi isso de perto e é muito triste, afeta bastante a pessoa…

  4. Sobre o post q falava da diminuição da dívida do SPFC: eu critiquei MUITO o Leco (ainda o faço, rsrs), mas se ele realmente conseguir isso…. minha opinião sobre ele melhorará…

  5. Eu tenho convicção de que um atleta precisa além do trabalho tecnico, fisico e tático um trabalho mental.

    Agora no programa do Bial, entrevista com Amanda Nunes que manteve cinturão do MMA, disse que.perdeu algumas lutas iniciais no MMA e descobriu que para ser campeã precisava desenvolver um trabalho mental. Leitura, foco, respiracao e meditação.

    Acho que faltava isso no tricolor.

    Hernanes tinha essa prática.
    Utilizava isso em campo para manter foco e lucidez em meio a pressao pela Z4.

    Em situação de extrema pressão desempenho cai se não houver trabalho mental.

Deixe uma resposta