É inegável que Nenê, presente em todos os 12 jogos da era Aguirre no São Paulo, é a referência do time sob o comando do uruguaio. Mas Everton, recém-contratado, caminha para também ser protagonista na linha de frente do time no Campeonato Brasileiro.

Desde que estreou, contra o Ceará, em Fortaleza, Everton foi titular em todos os jogos do Brasileiro. Só ficou fora da vitória sobre o Rosario Central, pela Copa Sul-Americana, por não estar inscrito na primeira fase do torneio. Mas, para a segunda fase, ele será incluído na lista.

Aguirre aposta que Everton fará boa composição ofensiva com Nenê e Diego Souza. O trio, muito provavelmente, deve ser titular na maioria dos jogos do Brasileiro. É o que espera a comissão técnica do Tricolor.

Nos treinamentos, Everton tem se destacado. Tanto que passou à frente rapidamente, na visão da comissão técnica, de Valdívia e Marcos Guilherme, que eram titulares com Dorival Júnior.

– Everton é um fenômeno. É um jogador de altíssima qualidade e certeza absoluta que vai ser um reforço espetacular – comentou Diego Aguirre, depois da estreia do jogador, contra o Ceará.

Neste domingo, contra o Bahia, em Salvador, pela quinta rodada do Brasileirão, Everton tentará buscar sua primeira vitória pelo São Paulo. Nas outras três vezes, só empates, contra Ceará (0 a 0), Fluminense (1 a 1) e Atlético-MG (2 a 2). Neste último, ele fez o primeiro gol.