Dois rivais brasileiros e um clube da França querem são-paulino Marcos Guilherme

A indefinição entre São Paulo e Atlético-PR em relação a Marcos Guilherme está sendo monitorada por dois rivais brasileiros e um clube da França. O Blog apurou que Corinthians e Atlético-MG já procuraram o staff do atacante para demonstrar interesse – o Amiens, da França, também tem a intenção de ficar com o jogador, que pertence ao Atlético-PR.

O nome de Marcos Guilherme foi aprovado pela comissão técnica do Timão, que procura jogadores de velocidade para o lado de campo. Fábio Carille entende que o são-paulino pode ser extremamente útil porque sabe atacar e tem muita disciplina tática, algo decisivo para os atletas do clube.

Já o Galo procura um atacante de lado de campo desde o começo do ano. Foram várias tentativas de contratar o colombiano Copete, sempre sem sucesso – o Santos rejeitou todas as ofertas feitas pelos mineiros.

São-paulino desde criança, Marcos Guilherme deixou claro que preferiria ficar no Morumbi até dezembro. Ele e o Tricolor alegam que tinham uma promessa verbal do Atlético-PR de que o jogador poderia permanecer por empréstimo no clube até o fim de 2018. Mas o Furacão nega tal possibilidade e garante que só libera o atacante em definitivo. O preço: € 3 milhões (R$ 12,6 milhões) por 50% dos direitos econômicos.

O São Paulo ainda sugeriu ao Atlético-PR o empréstimo de Shaylon, também por empréstimo, até dezembro, mas ouviu “não”. “Está uma bagunça. É uma situação muito complicada. Infelizmente, foi na minha vez. Acho que isso vai servir de aprendizado para São Paulo e Atlético, para não cometerem os mesmos erros. Mas, como eu disse, acho que vai bater alguns dias vamos ter uma resposta concreta. Já passou do tempo. Já estamos ha três meses nisso e em vez de progredir a gente retrocede”, analisou Marcos Guilherme.

Na prática, seu empréstimo vai terminar em junho. Mas o São Paulo logo será impedido de utilizá-lo no Brasileirão. Isso porque Marcos Guilherme já fez três jogos pelo Tricolor no torneio nacional e ficará impedido de defender qualquer outro integrante da Série A se disputar mais quatro partidas.

O que está praticamente certo é que o atleta, de 22 anos, não voltará à Arena da Baixada. Ele se queimou com o torcedor atleticano em 2016, quando era tratado como o “queridinho de Petraglia”, presidente de honra do Furacão. Por causa do mau ambiente, ele acabou emprestado ao Dínamo Zagreb, da Croácia, no ano passado.

Nicola

Anúncios

35 comentários

    • Concordo. Se o São Paulo utilizá-lo em mais de 6 partidas, nenhum outro clube brasileiro vai querer contratá-lo (pois não poderá utilizá-lo no Brasileiro) e o Atlético/PR não vai querer pagar o salário do atleta para ficar parado em seu elenco. As únicas saídas seriam a venda para o exterior ou a prorrogação do empréstimo do atleta ao São Paulo até o final do ano. Está tão claro isso. Nossa diretoria que está se complicando. Está com a faca e o queijo nas mãos.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Eu acho que deveria utilizá-lo quando necessário, de preferência até ultrapassar os 7 jogos.
    Não acho que deva fazer esforço para ficar com ele, inclusive se depois do 7º jogo o Atlético aceitar o empréstimo até o fim do ano, o SPFC deve dizer: Não queremos mais.
    Chega de ser bonzinho com todo mundo. Te garanto que ele não vai ficar sem emprego até o final do ano.

    Curtir

  2. Meu, chega de ser bonzinho.
    Ninguém é com a gente ou é?
    Coloca para jogar o máximo possível, pelo menos até completar 7 jogos.
    Nenhum time do campeonato brasileiro da serie A, irá se interessar este ano, deixa o Atlético PR se F…….

    Curtir

  3. Não acho que tenha que utilizar até completar 7 jogos não. Seria apenas por birra, o jogador hoje está atrás de Valdivia, Everton, Nenê e Cueva. Temos o Morato e a molecada pra jogar com esperança de render mais do que ele. Vamos prejudicar o andamento do time, tirar oportunidades de quem pode mostrar algo diferente e ainda prejudicar o jogador que sempre deu tudo de si dentro de campo pelo SPFC, tudo pq a diretoria anterior foi amadora? É por ficar criando esse tipo de birrinha que o clube virou essa bagunça que tá hoje. A diretoria precisa de gente séria, assumir os erros e se preocupar com o que realmente importa.

    Obrigado, M. Guilherme, teve alguns bons jogos, mas no geral foi uma passagem fraca. Precisa aprender a fazer alguma coisa a mais além de correr. Que um dia evolua e possa voltar a seu clube de coração.

    Curtir

  4. Aguirre não invente… escala no 4231 e boa: Sidao, Militao, Arboleda,Bruno Alves e Reinaldo, Jucilei, Petros ,Valdivia, Cueva e Marcos Guilherme; Diego Souza.

    Curtir

      • Eu também prefiro o Liziero, mas hoje é jogo grande… já que o Aguirre preza tanto pela defesa deixa os 2 mais brucutus e solta o resto… precisamos de repertório no ataque.. Cueva e Valdivia precisam entrar hj.

        Curtir

        • Eu iria de Peruano mal caráter, Valdívia e Nene na frente. Meu time todo seria: Jean; Militão, Arboleda e Bruno Alves; Regis, Liziero, Jucilei e Reinaldo; Valdívia, Nene e Peruano mal caráter.

          Curtir

  5. Nosso clube investe 10 milhões em goleiro reserva, faz esforços desnecessários pra trazer jogadores totalmente medianos…mas segurar um bom jogador que, no mínimo, seria um nome pra compor o elenco e dar mais opções…ah isso o SPFC não quer!

    Curtir

  6. Me parece que está faltando boa vontade da diretoria, ou de alguém acima da diretoria. Enfim, o jogador não é o melhor do mundo, muitos torcedores reclamam da falta de técnica, no entanto o MG quando entra em campo sempre deixa o melhor dele, e ele tem características importantes para a formação de uma equipe equilibrada. Vejo como contraproducente se a diretoria se desfazer dele, qual a mensagem que será passada para os outros jogadores do elenco? Todos chegarão a conclusão de que de nada adianta correr e se doar em campo, ter raça, mais vale ter um empresário com as costas quentes, ou dar um jeito de ir embora, fazer um corpo mole como o Cueva faz.

    Falando de futebol, sabemos que o estilo do Aguirre é mais reativo, de controle de espaços, ele se espelha no Simeone e não no Guardiola, então eu vejo que cairia como uma luva um time em que teríamos um 442 em linha com o Marcos Guilherme na meia extrema direita e o Éverton na esquerda, seria um time com um contra ataque mortal, dois velocistas, um em cada lado do campo, que outro time no Brasil tem isso? Coloque Jucilei e Liziero no meio e Nenê ou Valdívia e um centro avante na frente e tá feito o time. Se for o Caso de um 343/352, Everton e MG encaixam perfeitamente nas alas, aí podendo colocar Nenê e Valdívia na meia e um centro avante, fica melhor ainda, e fica equilibrado, pq teriam ainda 03 zagueiros e mais Liziero e Jucilei. Ainda colocaria o Hudson na briga por vaga na volancia, Pétros é banco.

    Curtir

  7. aham…….o jogador e o seu staff vao aceitar numa boa jogar os 7 jogos e depois ficar o resto do ano parado sim…….

    tsc tsc tsc é muita inocencia……

    Curtir

  8. Em outras épocas esse jogo de hoje seria pra assistir rindo o tempo inteiro sem a menor preocupação.
    Hoje em dia qualquer timeco oferece perigo, ainda que o jogo seja no Morumbi.

    Curtir

  9. Mguilherme é esforçado, bom para compor elenco. O certo seria renegociar o empréstimo, comprar seria absurdo.
    Quem acompanha o sub20 sabe que o Toró joga bem pela direita, e ainda faz a recomposição. Acho o jogador ideal para suprir o lugar do MG.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s