A passagem do meia Daniel pela Ponte Preta teve fim nesta segunda-feira (30). O jogador, que pertence ao São Paulo, não teve o vínculo com a Macaca estendido e foi devolvido ao Tricolor Paulista, de acordo com GloboEsporte.com. Mas o atleta não deve permanecer no Morumbi, como já havia adiantado seu empresário.

Daniel tinha contrato de empréstimo com a Ponte Preta até este dia 30 de abril. A Macaca não arcava com os salários do atleta e para ficar com o jogador até o fim do ano a equipe campineira teria que pagar o salário integral do meia, algo que não vai conseguir.

Com isso, Daniel, de 24 anos, está de volta ao São Paulo, mas já deve tomar novo rumo na carreira. Em entrevista recente ao Estadão, Fernando Almeida, empresário do meia, revelou propostas de equipes da Série A do Brasileirão.

“Ainda não conversamos com o São Paulo sobre uma renovação. A Ponte não vai conseguir pagar o salário integral agora para a Série B, que era o combinado caso eles quisessem ficar com o jogador. Então, ele retorna ao São Paulo depois do feriado, e vamos conversar com a diretoria para ver se será aproveitado ou vamos emprestá-lo. Alguns clubes já o procuraram, o Sport, o América-MG, então pode pintar algo nesse sentido”, disse o agente.

Daniel chegou ao São Paulo em 2014 e não conseguiu ter uma sequência no clube por ter convivido com diversas lesões que o atrapalharam. São 16 jogos pelo Tricolor em dois anos. Sem espaço na equipe paulista, o meia já havia sido emprestado em 2017 ao Coritiba.

Torcedores.com