O São Paulo só passará a usar os produtos fabricados pela Adidas a partir de julho deste ano, mas já pode contar com um suporte da marca alemã nas próximas semanas. Clube e empresa estão finalizando o contrato que terá cinco temporadas de validade e podem acertar um adiantamento financeiro na assinatura do vínculo.

A ideia da Adidas não é pagar luvas ou uma bonificação, mas sim antecipar uma parcela do que será investido no Tricolor. O valor é mantido em sigilo por enquanto. A diretoria são-paulina ainda analisa se aceitará a oferta ou se deixará o contrato intacto até ele começar a vigorar.

UOL