Análise: São Paulo precisa muito de Everton

A atuação na vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, segunda-feira, no Morumbi, mostra o quanto Everton será importante para o São Paulo.

Em mais uma atuação bastante irregular, o Tricolor sentiu novamente a falta de opções que, seja na velocidade ou na habilidade, consigam romper defesas bem fechadas.

Everton tem exatamente essas características. Lateral-esquerdo de origem, o jogador de 29 anos alia poder de recomposição defensiva e força no ataque.

Mais do que isso, Everton chega ao Morumbi aparentemente preparado e com experiência para suportar a pressão. Foram 11 partidas como titular pelo Flamengo nesta temporada e três gols marcados.

O técnico Diego Aguirre não esconde a empolgação com a chegada do meia-atacante.

– Todos que amamos o futebol gostamos de um jogador dessa classe, desse nível. É um jogador acima da média, um reforço espetacular. Certamente ele vai dar muita alegria ao São Paulo. Estou o esperando de braços abertos – afirmou.

Assim como o antecessor Dorival Júnior, que em todas as entrevistas coletivas reforçava a necessidade de contratações de jogadores de velocidade para o ataque, Diego Aguirre entendeu rapidamente a carência do elenco.

Contra o Paraná, o São Paulo dominou o jogo no primeiro tempo, rodou a bola, mas não teve força para furar a defesa. Vale lembrar que só quatro titulares começaram a partida: Rodrigo Caio, Jucilei, Militão e Sidão – Nenê entrou no segundo tempo.

Lucas Fernandes é mais armador do que um velocista. Marcos Guilherme é rápido, mas não vive bom momento até mesmo por seu futuro incerto no clube.

O São Paulo, então, passou a depender ainda mais de Cueva. O peruano não brilhou como a torcida espera, mas não fez uma péssima partida. Ficou na média da equipe.

Se infiltrar estava difícil, o gol só poderia sair de bola parada. E saiu, em cobrança de falta de Cueva na cabeça do aniversariante Bruno Alves.

O segundo tempo foi de sofrimento. O Paraná avançou para tentar empatar, e o São Paulo não conseguiu aproveitar os contra-ataques. Valdívia, Júnior Tavares e Nenê entraram e nada acrescentaram, mas o time aguentou a pequena pressão no fim para vencer.

O São Paulo precisará jogar mais para avançar na Copa do Brasil, contra o Atlético-PR quinta-feira, no Morumbi. E ainda não terá Everton…

– Não é porque ganhamos que vamos pensar que as coisas estão bem. Estamos num caminho sem sofrer gol, mas o time tem que aparecer mais na frente. Vamos ver o que acontece na quinta-feira – admitiu Aguirre.

GE

48 comentários

    • E onde, aqui no Brasil tem jogador com “essa bola toda”? Não é no Guarani da capital, lá pelo jeito não tem ninguém com “essa bola toda”. Não é no Small Club Chiken paulista , o time vive de uma retranca que daria inveja a Milton Buzzeto e aproveita falhas nas zagas adversárias, mas também não tem um só jogador que tem “essa bola toda”. Então, responda-me, quem é esse jogador que tem “essa bola toda”?

      • Pois é Joaquim…
        Quem é ou quem são os caras no Brasil hoje que estão com
        essa bola toda? Quanto custam?
        Gosto do Paulo, mas realmente tenho que discordar dele.
        Everton, por tudo que se falou e se sabe dele, é bom jogador. Ponto.
        Vai dar certo aqui? Pelas características dele e pela necessidade que
        tens atualmente no time, provavelmente ele terá sucesso.
        É craque?
        Não.
        Mas é bom jogador e muito útil ao time. Basta observar o inconformismo do presidente e da torcida dos Urubus.
        Boa tacada, Raí!!
        Vamos SP !!!

  1. O que mais estou gostando desse novo trabalho é que Aguirre não está se escondendo atrás dos resultados, que são bem razoáveis pelo grau dos jogos envolvidos (quase todos decisivos e estreia do Brasileiro com time mistão contra time fechado) está explicitando os problemas a serem enfrentados, como tornar a equipe mais sólida ofensivamente. Ignorando algumas escalações e mudanças questionáveis, que até compreendo por serem testes de um técnico novo, acho o trabalho até aqui positivo. Mas ele tem razão: é preciso melhorar, há muito o que melhorar.

    • Exato, Leandro!

      Aguirre não se esconde e reconhece a
      necessidade de melhoras. Por isso que
      insisti em outro Post: ele foi claro quando
      disse que faria testes e rodaria o elenco;
      foi claro quando disse que iria priorizar
      primeiro a defesa e depois os demais
      setores do time; e está sendo claro ao
      afirmar que apesar da vitória o time
      precisa melhorar ainda…
      O que eu peço?

      Paciência, gente! Um pouco de paciência…

      E continuarei repetindo: no 2o semestre este
      time será osso duro de roer. Adversário nosso
      vai sofrer pra conseguir um bom resultado…

  2. Será muito útil, vai dar resultado, é regular, veloz, e inteligente, pode crescer muito mais na parte tática.

    Sonho mesmo em ver o retorno do Hernanes após a Copa do Mundo, na saída de bola e armação seria dificil parar o meio campo do SP. Ao lado de Jucilei e Liziero, na vaga do Petros, o SP chegaria fortíssimo para qualquer disputa de títulos.

  3. Jean; Militão, Rodrigo Caio ou Bruno Alves e Arboleda; Régis, Jucilei, Liziero, Cueva e Everton; Valdivia ou Nenê e Carneiro ou Tréllez. Se não é uma seleção, dá pra brincar e incomodar sim.

  4. Eu preferia um ponta que soubesse fazer gols …estilo Pato ao invés de um cara que fez
    204 jogos pelo Flamengo e 34 gols.

    Não dá pra esperar muita coisa.

  5. E deu mais assistência que o Diego e Ribeiro, por exemplo.
    Jogador que tem uma boa regularidade, joga fácil nesse time do SPFC.

  6. A verdade é que nosso elenco é enxuto. A galera da base é promissora, mas caras que chegam e resolvem como o Liziero são raros.

    É verdade que no 2o tempo, com as alterações o time se perdeu um pouco. Quem entrou não manteve o nível, mas o 1o tempo, já com muitos reservas, também não foi lá essas coisas.

    Então faz parte desse processo de buscar as melhores opções para o time.

    Até o Valdívia que esperamos um bom futebol, fora de ritmo errou demais.

    Mas o Paraná não chegou pq recuamos, nada disso, foi em cima dos nossos erros individuais.

      • Acredito que não, mais o Flamengo tem muita grana.

        Deve estar doido por perder o Everton e atirando para todos os lados.

        Já especulou o Rodriguinho dos Gambás.

  7. É no mínimo interessante a vinda do Everton, mas nao é essa coca toda.O São Paulo precisa muito é de um Hernanes, um Rai, enfim, jogadores diferenciados que venham para decidir grandes jogos…

    É claro que o coletivo importa, pois todos sabemos que o Cueva, por exermplo, é um dos melhores jogadores do elenco, senão o melhor, mas sua instabilidade e problemas extracampo dificultam muito.

    Acho que o Everton vem ocupar o espaço deixado pelo M. Guiherme. Mas o que eu queria mesmo era Paulinho ou Caique jogando como titular….a garotada merece mais chances..

  8. Gabriel Fuhrmann

    Verified account

    @gabrielfuh_
    2m2 minutes ago
    More
    Liziero foi oficialmente anunciado como cliente da Elenko Sports. mesma empresa que agencia Lucas Perri. É um bom passo para sua renovação, uma vez que o atleta esperava a mudança oficial do seu grupo de agentes para assinar uma extensão de contrato com o tricolor.

  9. Também faço analise mais completa do elenco, não passional por 2 ou 3 partidas. Cueva, Valdívia, Paulinho Bóia e Nenê são os que quebram a defesa com dribles, sendo Cueva o menos previsível, ontem fez o papel do Hernanes, vindo jogar entre os volantes, acho que ali ele não rende bem. Acho que esse distribuidor de bola falta quando o Liziero não está, ele faz melhor essa função que era do Hernanes.

  10. Minha preocupacao antigamente era justamente nao ter no elenco jogadores capazes de furar uma retranca..
    O unico driblador (e nem tao veloz assim era cueva).

    Hoje nos temos cueva, everton (que é veloz e habilidoso), mg (que só dribla na velocidade), regis e valdivia que é tecnico, mas nao tao veloz…

    Pra quem so tinha 1, antigamente, e agora tem 5 é uma mudanca muito salutar…. Agora sempre é bom lembrar que Cueva, MG e valdivia estao com os dias contados…

  11. O Everton tem tudo para dar certo no tricolor agora sim foi uma contratação certeira de um cara que venho para ser titular e resolver, agora eu não me conformo com a contratação desse tal Diego Souza que não reage, mesmo o Aguirre fazendo tudo para ver se o cara acorda mas ele não está nem aí pois todo mês cai mais de 500 mil pilas na conta dele e agora o São Paulo não tem o que fazer com essa encrenca pois até para emprestar é difícil pois o salário dele é altíssimo e a outra besteira foi gastar 10 milhões num goleiro que venho para ser reserva do Sidão é mole? É muita incompetência e vontade de jogar dinheiro fora.

Deixe uma resposta