Tavares e Edimar: lateral esquerda é dúvida do São Paulo contra o Paraná

O São Paulo terá time misto para sua estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Paraná, nesta segunda, às 20h, no Morumbi. De olho na Copa do Brasil, na próxima quinta (19), o técnico Diego Aguirre poupou quatro titulares, mas para a partida diante dos paranaenses tem uma dúvida na cabeça. Sem Reinaldo, fora por conta de um estiramento muscular, o treinador tem duas opções para a lateral-esquerda: Júnior Tavares e Edimar, que possuem características totalmente diferentes.

Promovido do CT de Cotia no início do ano passado, pelo técnico Rogério Ceni, Júnior Tavares tem facilidade para atacar, enquanto Edimar se sai melhor na defesa. A escolha do titular também pode interferir no sistema de jogo da equipe, que desde a chegada de Aguirre passou a ter mais variações táticas, com linhas defensivas compostas por três ou quatro jogadores.

Caso Diego Aguirre opte por manter o 3-5-2 utilizado na Argentina, contra o Rosario Central, pela Copa Sul-Americana, Tavares é o jogador mais indicado para ficar com a vaga. Nesse sistema tático, os laterais podem atuar como alas e chegam ao ataque com facilidade. Como o camisa 22 do Tricolor é ofensivo, se encaixaria melhor na formação.

Nesta temporada, o jogador entrou em campo em apenas quatro oportunidades, duas delas com a nova comissão técnica, somando 305 minutos em campo. Não teve nenhuma atuação de destaque, mas é um nome importante do elenco e uma das apostas do clube do Morumbi para os próximos anos. Tavares teve alguns problemas de indisciplina desde a sua profissionalização, mas está em alta com Diego Aguirre.

Se a comissão técnica optar por uma formação mais conservadora, com os laterais auxiliando a dupla de zaga, o experiente Edimar, de 31 anos, é o favorito para começar a partida contra o Paraná. O jogador foi titular absoluto do São Paulo na reta final do Brasileirão do ano passado, quando a equipe conquistou os pontos necessários para se livrar do rebaixamento, mas perdeu a vaga com o retorno de Reinaldo ao clube.

Em 2018, Edimar entrou em campo oito vezes e tem 581 minutos jogados. O lateral, que não tem a aprovação de uma parcela considerável dos torcedores, ainda não foi utilizado por Diego Aguirre. Importante ressaltar que o camisa 16 teve uma lesão durante esse período e sempre que esteve à disposição foi relacionado para as partidas.

O São Paulo encara o Paraná, no Morumbi, em sua estreia no Brasileirão com um time misto. O jogo com os paranaenses pode servir como teste para a escolha dos titulares na próxima quinta, contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil. Seja qual for o escolhido, terá uma grande oportunidade de mostrar trabalho e ficar com a posição, pelo menos até o retorno do titular Reinaldo, que fica fora por três ou quatro semanas.

L!

26 comentários

  1. Edimar feijão com arroz
    Edimar defende bem

    Acompanho todos os jogos do SPFC e nunca vi uma única partida que se justificasse essas afirmações. Erra muito mais que o Júnior Tavares, mas esse último tem muito a evoluir e mostra qualidade. Edimar era terceiro ou quarto reserva do cruzeiro… Não tem como ter dúvida de quem escalar. Edimar é fraco no ataque e é fraco na defesa.

    • Concordo plenamente. E na minha opinião nosso problema esta em criar jogadas. Se jogar no 4-4-2 ja temos a deficiencia do Militão pela direita, que apoia pouco. No 3-5-2 ter o Edimar na ala é jogar com um a menos…

    • Vem do mito de que lateral que ataca mal = defende bem. Edimar é muito ruim nos dois. Aliás no Cruzeiro era criticado justamente por ser uma avenida. Aqui criou-se o mito de que ele era seguro.. balela.

      Outro fato que contribuiu pra isso foi uma estatística do Br no ano passado do alto aproveitamento do time quando a zaga era Militao, Arboleda, R. Caio e Edimar. E muita gente aqui mesmo enchia a boca pra defender o Edimar usando esses números. Só que era bem óbvio que era por conta dos outros 3 que são ótimos jogadores além de Jucilei, Hernanes, Cueva (tinha voltado a jogar bem) e o nível fraco de muitos dos adversários enfrentados…

    • Concordo 100%

      Edimar foi o primeiro lateral que eu vi na vida que não passa do meio de campo e ainda assim consegue tomar bola nas costas.

      Ele é sofrível e esse papo de “sabe defender” é bem exagerado. Óbvio que se o cara não vai pro ataque vai ficar menos exposto, mas também significa que ele não vai ajudar na criação.

      Vale a pena ter alguém que não cria praticamente nada e – ainda assim – não é 100% confiável defensivamente? Eu acho que não…

  2. Se o Aguirre quiser manter o estilo das ultimas partidas vai optar pelo J.Tavares que é rapido e ofensivo. Dificil imaginar o Edimar em um time com 3 zagueiros, 2 volantes e jogando em casa.

  3. Junior Tavares pra hoje……Edimar deve ter um excelente empresário, não é possível um cara desse nível com a nossa camisa. Jogador bem abaixo de mediano.

    • Caraca era isso que tinha em mente…. O empresario bom desse cara, Nao tem bola nem pra jogar no Tupi ou no Mirassol e consegue contratos com times grandes, Vai entender !?

  4. Edimar tem sérias dificuldades técnicas, o pior LE daqueles que por aqui já passaram nos últimos tempos, e olha que tivemos até o pobre Buffarini por lá..

    • Bate até uma saudade do Mena né? kkk E tenho minhas dúvidas se Matheus Reis seria pior que o Edimar.

      O pior que eu vi foi o Edson Ratinho. O Piris também era dos ruins. Não conto o Saadreva porque não jogou. kkkkk Mas estes são todos laterais direitos. Na esquerda Edimar acho que é o pior mesmo… Pior que o caso dele, só Clemente Rodriguez que nem treinava com os titulares e levou muito dinheiro.

  5. Sei que o Liziero tá gastando a bola no meio campo, más eu colocaria ele na lateral esquerda que é a posição original dele, no meio Hudson e Jucilei….. Edimar é fraco e o JR. Tavares no mundo da lua…..

  6. Júnior Tavares sem sombra de dúvidas,Edimar é jogador de Série B e não sei qual foi o motivo de sua contratação ou quem gahou por isso…

  7. Tavares ou Edimar? A eterna dúvida da lateral esquerda são-paulina chega agora à primeira partida do Campeonato Brasileiro de 2018. A “dúvida Tostines” ainda se sustenta – “o que é melhor, técnica sem resistência ou resistência sem técnica”? Aguirre – a sinuca é de bico e a jogada é sua. Decida-se.

    • Junior Tavares não gosta de marcar é preguiçoso, já o Edimar se esforça para atacar porém não tem habilidade que o tavares tem.

  8. Confesso que após ver dois bons jogos do Edmar no BR-17 acabei entrando na turma do feijão com arroz, tem que ter jogador que faz o simples, etc.
    Mas após o começo desse ano percebi que eram os adversários que não tinham ninguém jogando em cima dele, e que ele tem sérias deficiências na marcação também.

    Jr Tavares não é completo, mas acaba defendendo quase o mesmo que o Edmar e ataca muito, mas muito melhor

  9. não tenho a menor duvida que será um jogo sofrível, o sp mal tem um time titular e vai poupar vários jogadores pq quinta tem decisão já que no primeiro jogo jogamos com um a menos (Rodrigo Caio 2 x 1 Sp)

Deixe uma resposta