São Paulo descarta negociar Diego Souza, diz Nicola

Apesar de ver seu nome especulado no Vasco, Diego Souza não tem qualquer proposta até o momento. Pelo menos é o que garante o São Paulo. “Não apareceram nem sondagens”, assegura um dirigente tricolor ligado ao presidente Leco. E o fato de o meia ter sido excluído até do banco de reservas do jogo contra o Rosário Central, nesta quinta-feira, não significa que ele está fora dos planos.

Pelo contrário. A ideia de Diego Aguirre ao tirá-lo da viagem para a Argentina é dar uma chacoalhada no meia. Tanto Aguirre quanto os dirigentes que cuidam do departamento de futebol do São Paulo entendem que Diego Souza está muito acomodado. “Ele nos lembra o Ganso, achando que pode resolver os jogos apenas com seu talento. Mas o futebol de hoje exige mais”, avalia a fonte ouvida pelo Blog.

Aguirre, Lugano, Ricardo Rocha e Raí torcem para que o meia mude sua postura a partir de segunda-feira, quando o Tricolor estreia no Brasileirão diante do Paraná.

Apesar do investimento de R$ 20 milhões – o valor inclui os R$ 10 milhões pela compra dos direitos econômicos e R$ 10 milhões em salários até dezembro de 2019 -, o Tricolor entende que Diego Souza pode ser útil. Ainda mais depois da Copa do Mundo, quando Cueva já estará vendido. Vale lembrar que o presidente Leco prometeu negociar o peruano assim que o Mundial na Rússia terminar.

Interesse vascaíno? Vice-presidente de futebol do Vasco, Fred Lopes revelou que o clube monitora a situação do meia. “Claro que um jogador desse nível interessa ao Vasco. Mas não teve contato”, explicou Fred Lopes, ao Esporte Interativo.

Blog apurou que o Cruz-Maltino não tem condição financeira de comprar Diego Souza. Um empréstimo só seria viável se o São Paulo ainda ajudasse com o pagamento de parte dos salários do meia, na casa dos R$ 400 mil mensais.

Nicola

11 comentários

  1. Assegura um dirigente ligado a Leco… sempre assim… Ninguém dá nome aos bois… e como gostam de soltar informações esses asseclas do rato maldito hein?

  2. Tudo dependerá dele.

    Se ele focar em trabalho àrduo e ter em mente que deve traçar metas para melhorar seu futebol, com certeza ele irá dar a volta por cima e até mesmo ser um grande jogador no SPFC.

  3. Bom jogador.

    O SPFC está certo em preservar seu atleta que custou caro.

    Se fizerem um bom trabalho com ele, ganhamos excelente opção.

  4. Pelo menos tem que dar uma temporada inteira para ele para ver se recupera a forma física e técnica, se mesmo assim, ele não acordar para a vida, aí sim, a Diretoria tem que negociá-lo sem dor no coração!!!!
    Só o venderia em julho se surgir uma proposta daquelas irrecusáveis!!!!

  5. Desde que ele foi contratado a maioria sabia que não haveria retorno financeiro, portanto foi contratado pra entrar no time e resolver, o retorno só pode ser em campo, mais nada… Então só depende dele…

    O SPFC é infinitamente maior que qualquer jogador, principalmente um que está perdido na vida…

    Temos muitas outras prioridades, inclusive um jogo difícil hoje e o time precisa se ajustar, com ou sem ele é isso que importa…

    Com 300 mil pingando certinho todo mês, jogando num dos maiores clubes do mundo, ele que se vire pra se motivar…

  6. Para a estréia do Brasileiro, vá com um time alternativo, os bons jogadores que rodaram pouco… Diego Souza e Shaylon na meiuca… Brenner de atacante, Morato e Caíque pelos lados…Araruna e Petros (pois esse eu espero que não jogue hoje…)

  7. Curioso que o DS foi bem no Sport, um time que usa correria, principalmente em casa.

    Portanto, ele precisa ser adaptado a uma função dentro do esquema tático.

  8. Acabei de ver a provavel escalação no globoesporte.com: Jucilei, petros, lizieiro + 3 zagueiros, Somente Nene e Trelez no ataque. É muita praga, só cai treinador fraco no time do sp. Ainda não engoli o primeiro jogo contra os gambas, senão fosse este covarde recuar o time, teriamos disputado a final. Com 6 jogos de aguirre,já to desanimado com este cara.

    • Aguirre nunca foi conhecido por ser ofensivo.
      Ele é um retranqueiro assumido, conhecido e reconhecido.

      E eu to cagando pra isso. Se ele conseguir ganhar algum título desse jeito, já é lucro.

Deixe uma resposta