Pinotti culpa Ceni por Maicosuel, Leco por demissão de Ceni e que queria só jogador TOP

O São Paulo ainda vive reflexos da saída de Rogério Ceni do clube, em julho do ano passado. Na época, após o time perder para o Flamengo e entrar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o ídolo foi demitido. De acordo com o ex-diretor executivo de futebol do clube, Vinícius Pinotti, a decisão foi tomada pelo presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

“Foi uma decisão do presidente. Eu daria um pouco mais de tempo para ele trabalhar com os reforços que já tínhamos no horizonte. Continuo sendo amigo [do Rogério Ceni]. Você tem de respeitar a hierarquia e a decisão não foi conflituosa”, disse Pinotti, em entrevista à Energia 97 FM.

Na época, porém, a versão apresentada era de que a demissão havia sido decidida por todo o departamento de futebol. O ex-dirigente perdeu o cargo depois do fim do Brasileiro. Pinotti entrou em rota de colisão com a gestão atual e, naquele período, questionou uma possível negociação com o Cruzeiro para vender Lucas Pratto. Hoje, o ex-dirigente não faz projetos para voltar ao dia a dia político do clube.

“Não voltaria. Só volto em projeto grande, com grupo grande de pessoas querendo mudar. Se tiver um projeto para o futuro, com pessoas sérias que queiram mudar, eu realmente posso mudar. Hoje, não [ajudaria também para contratar um jogador, como quando o empresário financiou Centurión, em 2015]”, afirmou Pinotti.

Durante o período em que Pinotti esteve à frente do departamento de futebol do clube, uma das contratações mais questionadas foi a do meia atacante Maicosuel, que por causa de um desequilíbrio muscular teve poucas oportunidades de mostrar serviço. Segundo o ex-dirigente, a jogador foi uma indicação de Rogério Ceni. “Eu cheguei no São Paulo [como diretor executivo em maio] e o Maicosuel tinha sido um pedido do Rogério já em janeiro. Era um pedido do Rogério. Vimos que precisávamos de um meia de ligação, um espaço que ninguém ocupava. Foi um dos nomes que olhávamos. Eu tive o aval do departamento médico do São Paulo”, garantiu Pinotti, que destaca a contratação por empréstimo de Hernanes.

“O São Paulo precisa voltar a ter cara vencedor, ganhador, que conheça o caminho das pedras. Fiz uma lista só com cara top, como Ramires, Lucas Moura, Ganso, Hernanes, Calleri. E eu pedi para identificar a situação de cada um deles.”

UOL

39 comentários

    • Morumbi artificial… huahua… falou o grande Edmilson… que já assistiu muitos jogos na bancada… fala sério… porque não fala que a culpa é do Leco e seu conselho nefasto?

    • Que ódio que me dá, de gente que sai do nosso clube, e fica desdenhando, diminuindo nossa torcida, nosso patrimônio. Dessa imprensa nojenta eu ja espero, mas de quem devia ter respeito pelo SPFC, não. Única coisa é que o Morumbi podia ser mais próximo do campo,pra fazer mais pressão, mas falar da torcida, esse nunca viu a atmosfera fantástica de torcer na bancada… ou quis fazer uma média com os jornalistas parças dele. Esse Edmilson pra mim é um lixo.

  1. Só pelo momento dessa entrevista, já vejo como maucaratismo. Ceni perdeu a final para o maior rival e a torcida está pedindo sua saída do Fortaleza. Agora é fácil jogar mais essa culpa no colo dele. Parece até que Ceni era o presidente mandando em tudo e não o treinador.

    • Não é que eles não paguem isso, o problema é a tradução mal feita pelos jornalistas. Se você olhar os jornais ingleses eles dizem “the £20million-rated Brazilian” (brasileiro avaliado em 20 milhões de libras). Isso só pode ser a multa. Qualquer empresário ao ler essas matérias vai chegar neles e dizer que consegue por menos.

      • Pois é, mas se o City espera mais um pouco pega de graça daqui a uns meses. Pq renovar o Militão não vai e ta mais do que na cara isso.

        • Vamos torcer para pipocar concorrentes na janela e aí não vão querer esperar Agosto. São Paulo já deveria ter acionado a FIFA acusando os portugueses de assédio por exemplo.

          • É esperar pra ver.

            Mas, você não acha que uma das exigências do Militão e empresários para renovar o contrato deve ter sido que o jogador voltasse a atuar em sua posição de origem (zagueiro)? Tanto é que no esquema de 3-5-2 ele está como zagueiro no esquema do Aguirre.

            • Tenho essa impressão sim. O pai corinthiano dele também não está gostando de vê-lo na LD. Este esquema de 3 zagueiros veio em boa hora, porque o Arboleda não joga na esquerda.

    • Para o city.
      Para o Sao Paulo e a grana do budgte do ano.
      E so para registrar grande parte de todos os canais spfc os torcedorea descem a lenha nele e agora estao dizendo que nao pode vender.

  2. Pela lista dos jogadores, dá pra ver bem que ele tava com os pés no chão mesmo
    Agora é fácil, sair e falar que só queria jogador TOP

    “minha lista de contratações era: Pogba, Daniel Alves, Buffon, Dybala..”

    complicado.,

  3. Bem em breve venderemos Cueva, Rodrigo Caio e Militão.

    50% será pra pagar dívida, que passou de 350M para 240M, depois para 180M, depois subiu para 220M e possivelmente será anunciada como uns 250M. Descontando a bimboca da parafuseta estaremos devendo uns 180M, o que, segundo o Leco, faz necessária a venda de mais atletas em 2018 e 2019.

    Aí depois que fizer mais vendas vai anunciar que a dívida que antes era de 180M na verdade nunca foi isso pq está em 220M e mais vendas serão necessárias. Quando chegar em 2020 ele vai anunciar que a dívida zerou, contratar uns 2 jogadores caros e fazer um sucessor. Vai terminar a vida num triplex.

  4. Mas ele dedurou o Leco.

    Realmente aquele safado do Leco queria vender o Pratto para as marias.

    Não duvido que Diego Souza e Jean tenham sido negócios já encaminhados naquela época.

    Reparem que todos que saem falam mal do Leco!

    Será coincidência?

  5. Ele só demonstra o nível de dirigentes que afundaram o São Paulo nos últimos anos. Precisamos de uma reformulação mais profunda, desde de departamento médico, até a mudança dos mausoléus, para uma democracia no clube, pois o torcedor é o verdadeiro dono do clube.

  6. Hj é dificil vc ler/ouvir uma matéria e confiar 100% dando credibilidade, principalmente desta parte de politica de um clube.
    Deveria ter falado quando saiu colocando o dedo nas feridas já conhecidas por essa politica.

  7. Porque no São Paulo, todo jogo decisivo tem esse bla bla bla de pessoas que dizem amar o clube. Gostaria de entender. Sério mesmo, não me recordo qual foi o ultimo jogo decisivo que não teve esse falatório todo, seja de treinador, jogador, diretor, e até mesmo o presidente. Dizer que isso não afeta o futebol é tão ridículo quanto dizer que no dia 5 teu patrão não tem condição de pagar o seu salario e querer que teu rendimento na empresa seja o mesmo. o SPFC não é o mesmo de outrora, time que tinham homens com brio na cara e resolviam seus problemas em casa, sem que ninguém soubesse. Hoje é cada um por si e visando seu umbigo. Parece que o escriba do Hino já previa tal situação ao citar no refrão ” As tuas glorias, vem do passado”.

  8. Tanto Leco como Rogério tem sua parcela de culpa, mas sinceramente não estou nem ai para ele.

    O meu foco aqui no blog é somente o SPFC como uma instituição e não como fan club de jogador.

    Penso que o SP começou sua decadência a partir do momento que o ego e vaidades tomaram conta do ambiênte do clube.

    Enquanto as pessoas não admitirem suas falhas, o clube continuará essa estagnação.

    Resta apenas torcer para que dias melhores venha ao meu SPFC.

  9. O mais preocupante é que se fosse só o Leco o incompetente estaria sossegado.Mas a metástases da inconpetencia se espalhou por todo aquele Conselho,pois sua grande maioria só pensa em beneficio próprio.O SPFC lembra muito o Lula,começou bem enquanto era pequeno mas se perdeu com o tempo.O hoje o SPFC é um clube de massa que gera muito dinheiro,poder.fama.a ganancia sumiu a cabeça dos nossos ” mun-has” .ta parecendo que só quando mudar essa geração vai melhorar .Lembra a historia das pepas e travecos ha um tempo atrás,tiraram as múmias do poder e houve uma certa renovação.O problema no SPFC é o seu *sistema democrático ” arcaico e demagogo onde falamos de nomes que já estavam ha vinte anos atras e continuam lá ou seja difícil haver uma oxigenação de ideia ainda mais você pensando que quem tem que mudar serão os mesmos que perderão o poder….

  10. El Manchester City ya tiene su priemer objetivo para el mercado de verano. El jugador es Eder Militao, central brasileño de 20 años, que juega en Sao Paulo y que llegará por algo más de 20 millones de euros.

    O Manchester City já tem seu objetivo principal para o mercado de verão. O jogador é Eder Militao, central brasileiro de 20 anos, que joga em São Paulo e virá pouco mais de 20 milhões de euros.

    http://www.marca.com/futbol/2018/04/12/5acf0e5e268e3e08268b4644.html

    Otima venda !!!

  11. Eu vou ouvir a entrevista toda, mas me parece mais um cara tentando tirar o dele da reta do que qualquer outra coisa. Falar que o Leco quem demitiu o Rogério ok, agora quando perguntam do Maicossuel era fácil dizer “erramos em conjunto, monitoramos o jogador durante um ano e quando apareceu a oportunidade contratamos com aval do departamento médico”, agora o cara puxou o nome do Rogério para se justificar… fica complicado não achar que ele é do time do “a culpa não é minha”.

  12. Rapaz ta faltando no São Paulo é cara macho. Cada um fica jogando no colo do outro as decisões erradas. O cara comanda o futebol ai vem me falar que a decisão foi de fulano ou ciclano no entanto na época cansou de dar entrevista falando que o comando era dele e que ele fazia gestão. O Rogério pediu o cara, mas quem comandava era ele, quem tinha a palavra final era ele. Bastava ele barrar a contratação e ponto final, se o cara quer ser chefe de departamento tem que ter coragem de falar não pros outros. Agora depois da cagada pronta o cara vem colocar a culpa no funcionário, isso não é postura de comandante que se preze.

  13. Concordo. E ninguém fala do DM que avalizou por convicção, ou foi obrigado a isso pelo presidente. Ou houve incompetência ou falta de ética.

  14. A eterna transferência de responsabilidades… enquanto gente assim – sem culhões – estiver dando as cartas no SPFC, o clube vai seguir sem rumo e mal das pernas.

    O Maicosuel, que não deu certo, foi pedido do treinador. O Hernanes, que salvou o time, foi ideia dele.

    Cínico.

    Rogério não só pediu o Hernanes em dezembro/2016 como ele próprio ligou para o jogador para saber da sua situação na Juventus e ver se tinha intenção de voltar ao Brasil.

    Em janeiro/2017, quando Pinotti nem era diretor de futebol, o negócio quase saiu por empréstimo, mas aí surgiu o Hebei Fortune com um caminhão de dinheiro e levou o atleta.

Deixe uma resposta