Luís Fabiano não está mais fazendo fisioterapia no São Paulo

Muitos torcedores são-paulinos que são fãs de Luís Fabiano tinham a esperança de vê-lo jogando com a camisa do Tricolor no futuro próximo, baseando-se no fato de o atacante ter feito toda a recuperação pós-cirúrgica no Reffis, dentro do centro de treinamentos da Barra Funda.

Mas Fabuloso não tem mais realizado as sessões de fisioterapia no joelho direito na casa tricolor. O atacante optou por dar sequência ao tratamento em uma clínica em Campinas, a fim de facilitar sua logística, já que ele e sua família se mudaram de vez para a cidade no interior de São Paulo.

Luís Fabiano perdia quase três horas por dia na estrada, indo e voltando a São Paulo. Com o novo endereço, ele gasta bem menos tempo e pode aproveitar o tempo livre para curtir a esposa e as filhas, algo raro nos últimos anos, por causa dos compromissos como jogador profissional.

Apesar de não ser mais “paciente” tricolor, o artilheiro segue muito próximo dos homens do Reffis, como o fisioterapeuta Ricardo Sasaki.

Aos amigos mais próximos, Luís Fabiano tem dito que precisa de pelo menos mais 45 dias para voltar aos campos. Ele não desistiu da ideia de seguir jogando, mas precisa estar completamente recuperado das dores no joelho, que o incomodaram demais ao longo da temporada passada, pelo Vasco.

O atacante, de 37 anos, não joga desde 5 de novembro exatamente por causa do incômodo no joelho.
Vale lembrar que ele está sem contrato com qualquer clube – o vínculo com o Vasco foi rescindido no início desta temporada. O São Paulo não descarta, mas também afirma que não tem qualquer negociação para repatriar o ídolo tricolor.

Jorge Nicola

11 comentários

  1. Torcedores tem que entender que jogador de futebol tem prazo de validade e Luis Fabiano não é a excessão.

    Certo mesmo quem fez o Pelé que soube parar na hora.

    Independente de estar jogando em alto ou baixo nível, o ideal de um profissional é parar no auge igual o Pelé fez.

    Hoje o Pelé é famoso, o Santos e os santistas lembram do Pelé desfilando um bom futebol em campo.

    Agora tem jogadores que mesmo passando da faixa de 30 ainda continua inssistindo em jogar. Nada contra, mas tem que saber que aquela boa fase não será sempre e com a idade as coisas tendem a enfraquecer.

    Uma coisa é certa, se um jogador quer ser reconhecido e lembrado por ser um jogador memorável, esse tem que parar no auge.

  2. Bom dia

    O futebol hoje não envolve só técnica e habilidade. Os grandes europeus tem uma discíplina tática e uma energia absurda na hora do jogo. Exemplo :
    Liverpool 3×0 City – aqui no Brasil o Roger está começando a fazer isso, pois todo jogo do Palmeiras, o time começa com uma blitz no adversário. Quando vê já tomou gol.

    Eu gostaria de ver nosso time jogando pilhado todo jogo, com essa intensidade 220V.

  3. Na boa, nosso elenco tá tão fraco que eu já revi minha posição em relação ao Luís Fabiano.

    O nível tá tão baixo que se contratar por seis meses e ele estiver ciente que é pra se despedir do SPFC , o Luís é capaz de fazer mais gols que o ataque atual.

    Vide Ricardo Oliveira . Antaide disse que era muito velho.

  4. Acho que Luis Fabiano tem sua estatística e história escrita no clube que ninguém apaga e que seu auge como atleta já passou. Mas que ele é superior a Diego Sousa como centroavante, isso ninguém tem dúvidas! Hoje nenhum dos dois é centroavante de uma equipe campeã.

  5. Estamos saudosistas porque estamos carentes de títulos. Luís Fabiano, assim como Lugano e Cicinho mereciam um jogo de despedida pelo São Paulo. Um amistoso no final do ano ou até mesmo durante a parada para a Copa traria a torcida para junto do clube.

  6. São pessoas ingratas, Celsinho. E, na minha opinião, há um bom conteúdo de inveja do sucesso dele. pouca spessoas no mundo foram tão bem sucedidas em uma carreira como foi M1to Ceni. Albert Einstein, pelé, Mozart , ceni é do nível deles e isso causa muita inveja, irritação , mesmo entre os que se dizem São paulinos.

Deixe uma resposta