São Paulo sofre com fundamentos básicos e erros individuais

Pelo futebol que o São Paulo apresentou, a derrota para o Atlético-PR, na última quarta-feira, foi merecida e poderia ter sido pior. O gol de Tréllez logo depois do segundo gol rubro-negro deu um alívio ao torcedor tricolor, mas se quiser chegar às oitavas, o time de Aguirre precisa melhorar, e muito, fundamentos básicos.

Na Arena da Baixada, os paranaenses venceram por 2 a 1, mas foi o time do Morumbi que chutou mais bolas ao gol: 16 x 8. O problema é que dessas finalizações, apenas duas foram em direção ao gol, contra três dos comandados de Fernando Diniz. Esses números traduzem uma porcentagem de 12% de acerto nos chutes, contra 37% do Atlético.

O Tricolor também cruzou mais bolas na área, 19×18, mas acertou apenas um, enquanto os atleticanos acertaram seis – um deles resultou no gol do Paulo André. Assim, os paulistas fecharam a partida com 5% de acerto no fundamento, o que é muito pouco e deixa sinal de alerta. Destaque negativo para o lateral Éder Militão, que errou absolutamente todas as bolas que lançou na área.

A desatenção da defesa também é um problema sério. Nos últimos dois jogos, os três gols adversários saíram após falhas individuais. Contra o Corinthians, Bruno Alves e Militão deixaram Rodriguinho subir sozinho na pequena área; contra o Atlético, Rodrigo Caio errou no tempo de bola e Reinaldo ajeitou para trás.

Caso queira ir mais longe nas competições, Diego Aguirre precisa corrigir o quanto antes a deficiência nos fundamentos básicos. Acertar 5% dos cruzamentos é pífio para um clube do tamanho do São Paulo.

Caio de Castro – Footstats

Anúncios

19 comentários

  1. Ontem achei que o time ficou muito exposto. Os zagueiros erraram demais, especialmente o RC. Além disso a saída de bola do Sidao deixou os companheiros apertados na marcação o que gerou a perda da bola e a defesa aberta. Pra jogar do jeito que jogou ontem não dá pra errar tantos passes. Outra coisa, Petros não marca, não ataca, não passa bem, e um jogador intermediário que não faz nada mto bem feito. Hj pra mim seria reserva, jogaria Hudson ou Cueva no seu lugar, dependeria das circunstâncias do jogo e dos treinos.

    Curtir

  2. Parece que o SP se contenta em fazer pouco, infelizmente não é de hoje. Até na fase boa, de 2005 a 2008 as goleadas nos rivais foram escassas.
    Me lembro que o Telê treinava até a exaustão os fundamentos, seja atacando ou defendendo, quem não lembra o que ele fazia com o Cafu, exigindo ao máximo a perfeição nos passes (cruzamentos). Para os erros não comprometerem é necessário treinar muito, e principalmente, não arregar, amarelar na hora decisiva.
    Ainda espero um SP melhor com o tempo de trabalho do Aguirre, e com reforços, Hermes e Calleri seriam sensacionais para a sequência, as chances de títulos aumentariam.

    Curtir

  3. Até qdo vamos passar a mão na cabeça desse moleque mimado que em grandes jogos sempre falha? Pra mim RC é um dos principais culpados por essa fase do TRICOLOR pois é titular da zaga já faz uns 4 a 5 anos.Será que todos companheiros de zaga eram e são ruins ou esse moleque é que fode sempre o time! Se for inúmerar as vezes que falhou em lances capitais esses 4 a 5 anos veremos que deveria ter sido vendido a muito tempo!! Vaza RC!!

    Curtir

  4. “Destaque negativo para o lateral Éder Militão, que errou absolutamente todas as bolas que lançou na área.”

    Quem mais tentou cruzamentos foi o Nenê com 7 e errou todos. Isso pro cara das bolas paradas é demais.

    O Militão é um zagueiro, então não é culpa dele não acertar os cruzamentos. Simplesmente não é a dele.

    Curtir

    • Não é culpa dele ser zagueiro e estar na lateral, mas alguém tem culpa disso acontecer.
      Precisamos de um lateral q apoie, um meio campo que faça o box to box, que não temos e um “ponta” habilidoso.

      Curtir

  5. Pela ineficiência nesses números apresentados em campo, juntados aos altos investimentos que ficão na reserva e uma folha salarial a título de comparação, o dobro do Santos como exemplo. Temos um dos piores custos benefícios de elenco do Brasil. É triste, mais é uma realidade!, algo de podre e grave é muito nítido nessas contratações.

    Curtir

  6. Vendo o jogo do Santos, é impressionante como o Vanderlei é bom, acima da média para o futebol brasileiro. Salvou várias bolas que seriam gols certos se fosse outro goleiro.
    Infelizmente não temos um goleiro nesse nível desde quando o Ceni aposentou.

    Curtir

  7. É nítida a piora da zaga com o retorno de Rodrigo Caio (Tite tá fazendo “media” com a convocação deste rapaz, tomara que de lasque). Mas como melhorar fundamentos de jogadores veteranos? Vamos cair na realidade: O nosso time é fraco tecnicamente. É muito jogador deficiente fraco reunido (no mínimo, 05 jogadores apenas do time titular sem condições de jogar juntos). E sabemos que é o princprincipal culpado (diretoria, claro). Aliás, já afirmar: muito ruim o trabalho do Rai e Ricardo Rocha.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s