São Paulo não figura nem entre os 10 primeiros ataques da Série A em 2018

O melhor ataque entre os clubes de Série A não está nos grandes centros do futebol no país como no Sul e no Sudeste, mas sim na região Nordeste, no Ceará. É de lá também que vem o jogador com mais gols no ano, o atacante Arthur, que marcou 16 vezes. Gustavo, que atua pelo rival Fortaleza, também tem 16 gols, mas não entra na conta, pois seu time disputa a Série B do Brasileirão.

Até o momento, o Ceará anotou 57 tentos em 27 jogos, média de 2,11 por partida. Tudo isso antes de completar três meses de competições oficiais em 2018. Os números são absurdos até mesmo pela maratona pela qual o time cearense vem passando, já que faz, também em média, um jogo a cada três dias (27 jogos em 80 dias).

São três competições simultâneas: Campeonato Cearense (41 gols em 17 jogos), Copa do Nordeste (12 gols em 6 jogos) e Copa do Brasil (4 gols em 3 jogos). Em números absolutos, o concorrente mais próximo é o Vitória, com 49 gols, que é justamente o líder do ranking de média de gols por partida (2,23).

Em relação ao artilheiro da temporada entre os clubes de Série A, o jovem Arthur Cabral marcou 16 gols e lidera a lista com certa folga para o atacante Neilton, do Vitória, com 13 tentos. Borja, do Palmeiras, e Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, vêm na terceira posição com nove.

Arthur, que fará 20 anos neste mês de abril, entrou em campo 21 vezes nesta temporada. Foram 11 gols pelo campeonato estadual, quatro pela Copa do Nordeste e um pela Copa do Brasil.

L!

 

31 comentários

    • kkk
      É inútil comparar ataques que jogaram com times diferentes.
      Para mim, o problema é que jogamos 6 vezes contra times da série A em 2018 e perdemos 5!

  1. Hora de fazer uma assepsia no elenco.
    Vamos promover a base à titularidade.
    Nada de jogador improvisado, fora de posição.
    Nada de protecionismo, aliás, isso acho que já está sendo feito, ninguém tem cadeira cativa no time titular.
    Hora de treinar e aperfeiçoar um esquema tático.
    Expurguem-se os desinteressados, apáticos, desatentos, fora de forma e sem talento.
    Vamos São Paulo.

  2. Isso aí é mais uma estatística inútil que não diz nada, ou alguém aposta no Ceará, Vasco ou na dupla Ba-Vi como favoritos ao título brasileiro?

  3. Isso aí já sabia mas de 5 anos atrás. Infelizmente será assim até tira vários podres da política, e esses treinadores retranquero. Spfc não tem 1 filosofia de jogo. Por exemplo, sem conta o esquema tático ou tequinico; tem q sempre pressiona saídas de bola, tem q saber sair tocando a bola e quando estiver acuado só bola pro mato como última opção, tem q acredita em todas as bolas, parar de reclamar por qualquer jogada, e joga pra frente. Isso aí é filosofia. O resto; posicionamento, tequinica do jogador, tática de jogo. Deixa para o treinador, sendo q ele siga a filosofia do clube

  4. Esse post é um prato cheio para quem só lê o título e corre para comentar sem ler o texto, sobretudo no dia seguinte a uma derrota.

      • Esse clima de tensão permanente só serve aos rivais e parasitas da imprensa.

        Infelizmente o torcedor não se dá conta que está sendo usado pelos oportunistas de sempre que usam discursos catastrofistas para manter o status quo no clube.

        Acho isso desprezível.

  5. Por outro lado diminuímos a média de gols sofridos. Em pelo menos metade dos jogos não fomos vazados. Se continuar assim, teremos poucos gols nos jogos “Dussão Paulo”.

  6. Essa mensagem foi do Lance, o mesmo jornal que critica até quando vencemos.

    Mas nosso elenco este ano não é ruim, se tivermos paciência pode dar certo.

    Goleiros: dois bons goleiros, Jean tem mais potencial;
    Zagueiros: Bruno Alves, Militao, Arboleda, R. Caio( está em má fase, mas pode ser banco);
    Laterais: Reinaldo, Jr. Tavares, Regis
    Volantes: Jucilei, Liziero, Petros, Hudson, Araruna;
    Meias: nenê, Dsouza, Cueva, L. Fernandez ( são bons jogadores, e podem render)
    Ataque : Trellez, Brenner, Valdivia, Carneiro, Paulinho, Toró,Moratto.

    Não acho este elenco desprezível, se tiver tempo de trabalho vai render. Ontem se não fosse o R.Caio o jogo estava controlado antes do gol

    • Marcio, vejo bem pelo oposto. Esse elenco é bastante desprezível e a perspectiva não é grande para uma melhora, pelo menos não em termos de peças/reforços, já que contrataram um monte de lixo em 2018.

      Goleiros são fracos. Sidão já se provou limitado e – mesmo assim – o Jean não consegue tomar a posição dele.

      Zagueiros: Arboleda é bom. Bruno Alves e Aderlan são fracos. Anderson Martins mediano e com problemas físicos. Rodrigo Caio é fraco e – oremos – já vai embora.

      Laterais: Régis é uma incógnita, pois nunca se firmou na carreira. Jr Tavares tem bola, mas está queimado. Reinaldo é dedicado e fraco.

      Volantes: Jucilei é bom, mas precisa controlar o peso. Liziero tem potencial, mas não duvido que vendam logo. Petros tem nome, e só. Araruna tem potencial, mas tem pouca confiança. Hudson é dedicado e fraco. E o Militão, vai ficar?

      Meias: Nenê é veterano. Cueva vai embora. Diego Souza não demonstra a mínima vontade/ambição, está só “roubando dinheiro” no clube. Lucas F. é muito bom, precisa de espaço, mas se tiver destaque é mais um que logo é vendido. Shaylon é talentoso, mas precisa de espaço pra se desenvolver também.

      Ataque: Trellez, 29 anos e 45 gols na carreira. Brenner tem potencial, precisa de espaço pra se desenvolver. Valdivia, tem problemas físicos e veio pra se recuperar apenas (vale a pena investir em quem não vai ter futuro aqui?). Carneiro nunca vimos jogar, não se sabe se é bom ou ruim. Caíque e Paulo Bóia, tem potencial e duvido que entreguem menos tecnicamente do que os emprestados Valdivia e Marcos Guilherme. Morato, duas meias partidas, não dá pra saber se é bom ou não. Marcos Guilherme, triatleta (corre, pedala e… nada!).

      O elenco é bem ruim e desequilibrado. As poucas peças mais qualificadas ou “renomadas” se acumulam nas mesmas posições.

      Um monte de zagueiros e nenhum lateral direito. Um monte de meias “camisa 10” e nenhum centroavante digno pra ser referência do time titular e tutor pro Brenner. Vários volantes “de nome” e nenhum goleiro minimamente confiável.

  7. Bom….se continuar jogando com três volantes inúteis sem infiltração na área adverssaria como os que temos hoje é provável que cairemos ainda mais.É capaz de voltar aquele sofrimento que era pra fazer gols na era Do Bauza,espero que o tal de Aguirre não seja tão disciplo do Bauza se não vai ser sofrimento..

  8. Dentro de campo o time ainda engatinha pra formação de um time . e fora de campo como estamos . houve algum avanço na redução das dividas ? O time continua gastando muito em jogador ruim .

  9. Ainda não temos um time.
    Continuamos sem futebol.

    Obviamente marcamos poucos gols.

    Curiosamente, tantos quanto a escória que apesar de organizado, é também um time horroroso.

    O Brenner já foi vendido ?

  10. Essa media de gols disputando jogos fáceis . paulistao e primeira fase da copa do Brasil . isso da a dimensão de quanto precisamos de atacantes e de jogadores melhores .

  11. O exagerado e excessivo tempo perdido com Dorival Jr. e seu incompetente filho,
    apresentam seu elevado e altíssimo custo.

    E o #OutLeco continua “hors concours”
    no que diz respeito à capacidade de persistir errando, sempre.

    J.J. sabia de tudo.

  12. O problema do são paulo não é o Rodrigo Caio, como muitos estão tentando plantar, nosso problema é que estamos sempre pensando que somos inferiores, sempre se defendendo, o tricolor sempre teve no DNA partir pra cima do adversário, falam do jogo dos travecos, se tivessem partido com tudo no Morumbi pra cima delas, fariamos um resultado que eles não teriam chance de reverter. Temos que voltar a jogar como time grande, que sempre fomos.

  13. Eu ao mesmo tempo que tento ser otimista, quando paro para pensar um pouco me dá uma tristeza tão grande que fica até difícil de comentar certas postagens …

    Trelez, M. Guilherme e Nenê no ataque sem apoio, sem chegada de alguém de trás, sem um lateral que saiba cruzar, fica impossível fazer gols, criar algo …

    Tá difícil !!!

    Ai alguém pode dizer o Trelez é horrivel, eu também acho, mas ai você vê Borja, Jael, entre outros marcando gols, vencendo … Você começa a perceber que o buraco é mais embaixo, tá complicado, já não tenho palavras para lamentar …

  14. O Aguirre tem que encontrar uma filosofia de jogo.

    Não dá para o time jogar na retranca e marcar pressão no campo adversário ao mesmo tempo.

    Se você tentar fazer isso você terá os meias, atacantes e pontas pressionando a saída de bola, um buraco enorme e depois zagueiros e volantes tentando defender e sem opções para o início das jogadas.

    Ele tem que adiantar a primeira linha e não dar espaço para o adversário.

  15. Esses tipos de matéria não deveria nem se quer ser postada, não tem nem como comparar o campeonato cearense, baiano ou até mesmo carioca com o campeonato paulista, times sem expressão que qualquer um goleia, só para ter uma ideia o Palmeiras com tantos investimentos é somente o 5ª. Vamos ser mais coerente e claro inteligentes.

  16. Saudades de um goleiro. Cara, a zaga até pode errar, mas não vejo o Sidão fazendo nenhum milagre. Um goleiro top, poderia muito bem em qualquer um dos dois lances dos gols do Atlético, feito um defesa difícil.
    Só pega bola fácil, sai sempre com Militão, esporadicamente com Reinaldo, isso quando não erra…
    E falta alguém na frente com vontade de fazer gol, fominha mesmo, tipo Luís Fabiano, mas mais novo. Trellez e Marcos Guilherme não tem fome de gol, jogam pro time. E Reinaldo e Militão precisam acertar pelo menos os cruzamentos, Trellez tem 1,86m, Gonzalo que vai chegar, tem 1,91m…
    Acredito que a volta dos machucados, mais estréia do Gonzalo, esse time do meio pra frente possa melhorar. Mas algo que podemos falar que o time está melhorando na quantidade (ainda falta qualidade) é no chute de média/longa distância, tínhamos anos, principalmente na era Ganso, que pecavamos por não chutar e tentar sempre entrar na área tabelando.

  17. O que mais me irrita neste time é ver um Jucilei penteando bola:

    1- um volante que não se impõe nem no ataque e nos lances aéreos na defesa;

    2- um volante lento que só toca de lado;

    3- não tem capacidade de chute a gol;

    4- é um a menos em campo;

    5- não ataca e nem defende bem;

    6- é um leão de jogo pequeno;

    7- fraco , fraco …..é um volante que prende o jogo e carimba bolas…não sabe tocar de primeira.

    8- não tem capacidade de enxergar e dar agilidade ao jogo.

    9- passa o jogo todo escondido;

    10 – sobrecarrega o Petrus que está em péssima fase mas pelo mesmo se arisca na frente;

  18. Sidão esse não me engana :

    1- goleiro de time pequeno;

    2- pegador de bolas defensáveis;

    3- inseguro jogando com os pés;

    4- Amiguinho da galera por isso não saí do time;

    5- Em jogos difíceis ele nunca vai garantir o resultado;

    6- goleiro nota 5,5…nunca vai ser 10.

    7- mostrou no lance da discussão Jean sua fraqueza de caráter;

  19. Tem que comparar com times que disputem os mesmos campeonatos.. A comparacao so é valida com o Palmeiras, santos, curintxa… Nao falo nem do carioca ou mineiro pq sao campeonatos mais faceis.

    Vejam so o ceara tem media 2.41 no cearense.
    Media de 2 na copa do nordeste.
    Media de 1,33 na copa do brasil (e olhe que sao as fases iniciais).

    Entao nao da pra por todos no mesmo saco.

Deixe uma resposta