Leco dá entrevista e diz que tem gente do clube que torce para o São Paulo PERDER

Em entrevista ao Jornal Agora, como podem ver na imagem abaixo, Leco concedeu entrevista em que aborda o tema dos conflitos internos e manda uma pesada mensagem:

O que você acha, Tricolor?

Blog do São Paulo 

Anúncios

41 comentários

  1. O SPFC está esse lixo interno por causa de gente como o Leco, que agora está acoado e sai atirando pra todo lado sem fazer um mísero mea-culpa.

    É aquela coisa: eu sou presidente e transformo a vida da minha empresa num caos com o meu péssimo planejamento, mas a culpa das vendas estarem ruins é pq o funcionário não trabalha direito, pq o marketing não vendeu bem o produto, pq o diretor não apresenta bons resultados…e é esse mesmo diretor que eu coloquei lá pq é primo do irmão da minha esposa.

    É muita familia grande arrotando superioridade na espreguiçadeira das piscinas ou nos camarotes do morumbi mas que são incapazes de perceber que são eles os responsáveis por terem feito a Instituição atrasar uns 15 anos em comparação com vários outros clubes.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Leco vendeu um time inteiro o ano passado e paga que não tinha o que fazer qto ao Neres. E o Luiz Araújo? TM? Pratto? Etc… Canalha.
    Qto a briga com Natel e o sujo falando do mal lavado.

    Curtir

  3. Sobre esta exposição da guerra política do São Paulo, com gente do naipe de Leco e Roberto Natel se matando pelo cargo, prefiro nem comentar…
    Melhor ressaltara a boa notícia na parte de baixo da página: Caíque renovará até 2022!!!!

    Curtir

  4. Muitos não gostam quando eu digo isso, mas aquele SPFC que se transformou no maior clube das Américas, um dos maiores do Mundo, com grupos políticos diferentes mas sinérgicos, que colocavam o bem da instituição acima de tudo, morreu. Não existe mais e não vai voltar. E não existe ninguém capaz de reunificar tantos interesses diferente e divergentes.
    É preciso achar uma saída para isso.

    Curtir

      • Parece ser uma saída, mas em quais bases?
        Transformar o futebol numa pessoa jurídica diferente, totalmente profissionalizada, aberta a participação de terceiros? O clube manteria a autonomia na gestão e decisões?
        Acho extremamente complicado falar em separação abrindo para a participação de terceiros mas mantendo um sistema totalmente suscetível ao sistema político atual.
        É uma coisa que precisa ser muito bem estruturada.

        Curtir

    • A separação clube social do futebol e a contração de ex jogadores preparados (Rai) ou com ideia de prepará-los (Lugano) é algo tão acima do que eu esperava do Leco que não podemos ajudar a quebrar isso.

      Quebrar isso me parece petista pedindo para o Lula ficar solto ou o psdebista querer o Aécio solto, não podemos ajudar a criticar o Trio, não em menos de 2 anos.

      Juca retratou isso, todo brasileiro acha que manja de futebol, mas não é tão simples… A torcida não deve questionar Lugano, Rai ou o Ricardo Rocha… é burrice na minha avaliação.

      Torcer para não acontecer isso. Mas em caso de derrota para o patético vai ser o caos, Aguirre foi pichado pela nossa torcida com 1 ou 2 jogos, raros deram apoio… Espero que ganhe e acho que vamos ganhar, mas ter sabedoria para não achar que nada presta e mudar tudo caso isso venha a ocorrer.

      Curtido por 1 pessoa

      • Mas o problema não é a torcida. Muitas vezes a pressão vem de dentro.
        Nessa semana mesmo, ou na semana passada, teve matéria mostrando que parte do conselho já está cobrando demasiadamente o Raí, questionando contratações tipo DS, Jean, acusando-o de ter gasto muito para pouco retorno dentro de campo.
        E o que pode acontecer disso? Para manter o apoio político o Leco faz qualquer coisa…basta ver quando ele entregou a cabeça do GVO numa bandeja.
        Se demorar para ter resultado dentro de campo o sistema político do clube derruba qualquer um.

        Curtir

    • Realmente bom texto, Raí fala sempre em planejamento de médio e longo prazo, espero que se dê a ele tempo para trabalhar.

      Acho que com ele, Ricardo Rocha e Lugano o São Paulo crescerá, mas é preciso paciência.

      Curtir

  5. Não haverá solução ao SPFC se não neutralizar a influência de conselheiros, interesseiros e politiqueiros do clube no que tange aos negócios do futebol.

    A separação entre clube social e futebol é condição sine qua non para a modernização, mas não é o único passo a ser dado.

    O São Paulo Futebol precisa se tornar uma empresa de capital aberto, com ações na Bovespa para capitalização sem depender de patrocínios de camisa e outros arranjos.

    Falar em profissionalização sem considerar essa hipótese é se render à inércia.

    Curtir

  6. É obvio que tem sempre alguém torcendo contra, assim como se o outro lado estivesse no poder também estariam trabalhando contra. Inclusive o dono do blog torce contra. Aposto que não vai liberar o comentário.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s