Conforme anunciado pelo Blog do São Paulo, Aguirre vai de 3 zagueiros

Em meio a sua primeira semana efetiva de trabalhos no CT da Barra Funda, Diego Aguirre prepara mudanças no São Paulo. Na manhã dessa segunda-feira, o técnico uruguaio liberou apenas os primeiros 15 minutos da atividade, mas indicou alterações ao separar dez titulares de linha do restante do grupo durante os exercícios de aquecimento.

As novidades ficaram por conta da escolha por três zagueiros e dos retornos de Rodrigo Caio e Cueva, desfalques nas semifinais do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. Petros e Marcos Guilherme seguiram com o trabalho, enquanto o grupo de dez atletas era deslocado ao campo anexo.

Diante desse cenário, pode-se acreditar que o São Paulo vai para o primeiro confronto com o Atlético-PR, pela quarta fase da Copa do Brasil, quarta-feira, em Curitiba, com: Sidão; Rodrigo Caio, Bruno Alves e Arboleda; Militão, Jucilei, Liziero, Reinaldo, Cueva, Nenê e Tréllez.

Ainda não dá para cravar que essa será a formação que iniciará o duelo na Arena da Baixada a partir das 21h45, pois Aguirre pode estar realizando testes. Porém, como a delegação já viaja nessa terça, a tendência é, sim, que o São Paulo use o time exposto nessa segunda.

Apesar do pouco tempo liberado à imprensa, também foi possível ver Valdívia trabalhando no campo pela primeira vez desde o estiramento na coxa esquerda, sofrido no segundo jogo contra o São Caetano, pelas quartas de final do Paulistão. O meia ainda faz tratamento junto aos fisioterapeutas e não está em fase de transição. Assim, é carta fora do baralho para a partida dessa quarta.

Por outro lado, Anderson Martins e Júnior Tavares devem aparecer no banco de reservas do estádio atleticano. Ambos estão recuperados, o zagueiro de dores na cervical e o lateral esquerdo de uma contratura na coxa direita. Nessa segunda, a dupla treinou normalmente com o grupo.

Reforço para hoje!

O São Paulo deve anunciar o centroavante Gonzalo Carneiro, de 22 anos, como novo reforço até a tarde dessa segunda-feira. O jogador do Defensor-URU fez exames médicos no fim de semana e a assinatura de contrato é a última pendência para que o clube paulista oficialize a contratação. A janela de transferências para esse tipo de negócio se encerra justamente nessa segunda.

ESPN

50 comentários

    • Acho que, jogando com 3 zagueiros, o Militão tem que atuar de zagueiro ou volante. Mas ai precisamos de alas para o time não ficar defensivo demais, ainda mais considerando a dificuldade de marcar gols que andamos tendo.

  1. Olha, escalar 3 zagueiros pra jogar com dois alas que apoiam bastante ok mas colocar Militão como ala é osso hein

    pensei que seria Militão RC e Arboleda

    A não ser esteja preparando terreno para o Regis

    Torcer pro Militão fazer gol e dar passe pra gol

    Força, tricolor hora de acabar com o tabu e a maldição das arenas

    • Pode ser, vai que ele viu o obvio de que o RC não tem porte físico e nem se impoe como zagueiro, mas que para jogar na volancia com a boa saida de bola que tem pode ser util..

  2. Acho que poderia recuar o Militão, retirando o Bruno Alves e colocando o Marcos Guilherme na ala direita. Do jeito que está armado esse time é um ferrolho, mas com dificuldades para contra-ataques.

  3. Acredito que deve colocar o Régis na direita. Gosto de 3 zagueiros mas com R Caio de líbero/volante e apenas Jucilei como volante mesmo.

  4. Se for essa a escalação esse time vai ser mais um 5-3-2 do só 3 zagueiros. Vamos lembrar que o Aguirre muda postura e esquema conforme o jogo e jogaremos contra o técnico mais ofensivo do país que joga com 3 zagueiros.

  5. “Pq o Militao é defensivo..”

    Só não nos esqueçamos que, nesse ano, o Militão tem mais assistencias que o Reinaldo e o mesmo número de gols. Poderia ter mais gols se não fosse a defesa do goleiro da galinhada no último jogo.

    Não é tão inútil assim no ataque não.

  6. Boa formação, estando recuperado Jr Tavares deverá ganhar a posição. Régis também. Mas mesmo com Militão é válido a formação. Liziero deve ter liberdade, Cueva e Nenê se alternando na criação e ataque. Na defesa provavelmente um 5-4-1, muito interessante.

  7. Se o SPFC conseguir se defender como fez contra o Corinthians e se o Cueva não estiver itaipavado nós conseguimos sair com uma vitória do sinteticão e acabar com a maior zica de todas.

  8. André Hernan

    Verified account

    @andrehernan
    6m6 minutes ago
    More
    Gonzalo Carneiro, anunciado há pouco pelo SPFC, vai precisar de pelo menos 3 semanas para estar pronto. Lesão no púbis não preocupa, oq a comissão vai trabalhar é a questão do ritmo de jogo. Esta sem jogar desde novembro

  9. Neste esquema eu poria o Militão na zaga e o Régis, ou mesmo o Marcos Guilherme na ala direita e o Júnior Tavares na esquerda, mas eu gosto do esquema, foi amaldiçõado por causa daqueles técnicos e comentaristas que babam ovo para tudo o que vem da Europa!!!

  10. Então, acho arriscado mudar formação em um mata-mata

    Talvez também não escalaria o Cueva.

    O trio de ataque precisa de pelo menos um velocista

    De qualquer forma vamo pra cima, precisamos vencer lá e tirar a maldição dessa arena

  11. Tres zagueiros e o Militao de ala…ele não funciona como lateral…como vai funcionar de ala?
    Vão ser quatro zagueiros…
    Vamos perder o meio de campo…
    Quem perde o meio, tem grandes chances de perder o jogo.
    Há muito tempo atrás, escreveu Tostão:
    “Pra jogar com três zagueiros e funcionar, o terceiro zagueiro e um libero, marca, defende, puxa contra ataque, se o adversário tem sou um atacante, avança joga como volante, tem que ter bom passe, tabelar e chutar em gol, e deve sempre ter macacão alta”.
    Caso contrário jogando 5 3 2, pra retrancar.

  12. Espero que o Cueva esteja com um minimo de foco no tricolor porque pra mim, seria banco.

    Prefiro um Morato ou MG do que ele neste momento

    Qualidade dele é inegavel agora vontade pra mostrar isso é ‘duvidavel’

  13. Cara é brincadeira! Técnico estrangeiro chega no Brasil e logo já quer inventar moda por aqui. O cara mal chegou já vai mandar uma formação que o time nunca jogou pra um jogo de eliminação onde o time nunca venceu. Desculpem o pessimismo, mas ai é contar com a sorte demais. Esse elenco foi o que mais perdeu entre os clubes da série A do campeonato brasileiro (7 vezes), inclusive é péssimo nos jogos fora de casa ai o cara treina uma formação num dia e coloca pra jogar no outro. Sinceramente espero que o blog tenha tido a impressão errada e o técnico não seja tão Pardal.

    • Time que mais perdeu, mas também um dos que mais jogou. Segundo melhor aproveitamento entre os paulistas. Não é grande coisa, mas em % é o melhor desde Muricy e interinadas de Milton Cruz. É esse tipo de chamada que a imprensa faz nas matérias que a torcida – nem as rivais – tem que dar atenção.

  14. Nesse sistema 3-4-3, os 3 da frente precisam atacar com rapidez e fazer gols. Os atacantes da beirada, Cueva e Nenê, serão os nossos Neymar e Messi do Barcelona. Nesse esquema, vejo mais futuro para Valdívia e Paulinho Boia. Mas gostei da ideia e acho que o novo sistema pode dar certo. Precisa ver em jogo…

  15. Tenho algumas táticas pra ensinar pro Aguirre:

    1- tática do barata voa( todo mundo perdido em campo cada um faz o que quiser) Dorival era gênio nessa;

    2- tática do morcego ( todo mundo segurando na trave pra bola não entrar )

    3- tática do abelha ( todo mundo rouba a bola ( mel ) onde ela estiver e voa correndo pra casinha pra proteger abelha rainha( sidão).

    Escolha a sua Aguirre mas não perca o próximo jogo.

  16. pronto agora o atlético pr já sabe até o esquema que iremos usar, só falta passar certinho a escalação

    me dá uma raiva isso

  17. Está com cara que ele vai fazer o 3-4-3 com o diamante do Osório (“rombo”) no meio, formado por Militão (ala direita) – Jucilei (na frente da zaga) – Reinaldo (ala esquerda) – Liziero atrás do atacante central (Trellez neste caso). O trio de frente ficaria com Cueva na esquerda, Trellez, Nenê (direita). Outra opção seria Nenê de falso 9 e Trellez pela direita.

  18. Aguirre é copeiro… O técnico joga no erro do adversário.

    Contra o Atletico vai jogar com defesa baixa e contra-ataque.

    Atl. joga com alas, pelas laterais.

    Aguirre vai povoar as laterais com a dobradinha militão/Arboleda e Reinaldo/Liziero. Rodrigo Caio e bruno Alves vão ficar pra rebater as bolas caso saia o cruzamento ou tenha uma infiltração de algum volante.

    Jucilei vai ficar caçando no meio e fechando os espaços. Enquanto Nenê volta pra fazer sombra no meio. Cueva vai ficar flutuando fazendo sombra na marcação e esperando para iniciar o contra-ataque. Trellez vai brigar pela bola quebrada e fazer pivo pra Nene, Cueva ou os alas ultrapassarem.

    Vai ser dificil ganhar… Pq tudo vai depender da capacidade de Trellez segurar a bola pra fazer pivô ou arrumar faltas.

  19. Comentei em outro post, mas cabe melhor nesse aqui: os esquemas com “três zagueiros” que ressuscitaram a formação na Europa rolaram na Juventus, vice da Champions, e no Chelsea, do Conti, campeão inglês na temporada passada. Recentemente, o Liverpool do Klopp tem obtido bons resultados assim. Só que o esquema com três zagueiros, hoje, não é necessariamente um 3-5-2 ortodoxo, como tivemos nos tempos de Lugano, Fabão e Edcarlos. O esquema é mais móvel atualmente, muitas vezes com dois volantes de origem compondo o trio de zaga. Os alas, ao menos por um dos lados, frequentemente, são meias que jogam pelas beiradas ou até atacantes de origem. Os volantes são homens de bom passe e que jogam de área à área.
    Há muito de mobilidade, portanto. Qualificação na saída de bola, homens-surpresa rompendo a marcação adversária, pressão constante no “homem da bola” rival, entre outros fatores.
    Dá pra fazer. Bota o RC de líbero, o Jucilei na direita e o Arboleda na esquerda. Nas alas, Valdívia (o MG, enquanto ele não volta) e Jr. Tavares. Liziero e LF mais centralizados, e Nenê ou Cueva como enganches. Na frente, Brenner e DS, se ele estiver a fim de jogo. Pode ser o Carneiro, se o DS não resolver jogar bola.
    O esquema que o Aguirre vai usar contra o Atlético é retranca, a princípio, com uma linha de cinco na frente da área, como fez a Costa Rica na Copa de 2014. Vamos ver como se dá na prática.

  20. Militão na ala? Acho que vai moiá, hein?

    Ele joga demais, está numa fase incrível e tudo mais, mas jogar na ala…

    Deveriam deixar o Rodrigo Caio no banco, passar o Militão para a zaga e colocar o Régis na ala ou usar o esquema que venceu o corinthians.

    Bom, sei lá, acho meio arriscado ficar inventando justo na partida do torneio em que temos mais expectativas. Acho que seria melhor aperfeiçoar o esquema que venceu o corinthians no Morumbi.

  21. Nessa escalação, não tem nenhum jogador com alguma velocidade… Vai puxar contra ataque como?? Ou vai querer ficar os 90 minutos se defendendo com os 11 jogadores dentro do gol??? Jogando com 4 zagueiros de origem, e com 2 meias que jogam na mesma faixa de campo… Pq raios não mantém o mesmo esquema dos últimos jogos que foi o melhor do ano?
    Concordo que mata-mata é importante trazer um bom resultado fora de casa, mas tbm se toma 1 gol no começo e tentarr reagir, com esse esquema bizarro pode esquecer

  22. Gostei da Escalação, principalmente com o nenê na armação e o Cueva de segundo atacante… Só preferia ver o Militão no lugar do Rodrigo Caio e um ala direito mais forte no ataque… Talvez até o Marcos Guilherme

Deixe uma resposta