São Paulo já gastou R$ 40 milhões com reforços para 2018

Com a iminente contratação de Gonzalo Carneiro, o São Paulo atingirá a marca dos R$ 40 milhões gastos com reforços para a temporada 2018. O clube do Morumbi, que já se acertou com o Defensor-URU, irá desembolsar 800 mil dólares (R$ 2,6 milhões) para levar o centroavante. Mas, de acordo com o jornal uruguaio Ovación , o Tricolor gastará mais dois milhões de dólares (R$ 6,6 milhões) que serão divididos entre o atleta e seu representante.

Aos 22 anos, Carneiro despontou no Defensor durante a última temporada, quando marcou 13 gols em 35 jogos. Tanto que chamou atenção do compatriota Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo, que indicou sua contratação à diretoria tricolor.

Com 1,91m, o atacante uruguaio é esperado nos próximos dias, na capital paulista, para realizar exames médicos e assinar um contrato válido por três temporadas. Ele será o oitavo reforço do São Paulo para a atual temporada. Antes, o clube havia trazido Jean, Diego Souza, Anderson Martins, Nenê, Tréllez, Valdívia e Régis.

Desses oito reforços, além de Carneiro, outros três foram adquiridos pelo Tricolor mediante pagamento em dinheiro. O Bahia recebeu cerca de R$ 9,8 milhões pelo goleiro Jean, enquanto o Sport vendeu o meia-atacante Diego Souza por R$ 10 milhões. Já o centroavante Tréllez foi comprado junto ao Vitória por R$ 6 milhões.

Jucilei e Edimar, por sua vez, estavam emprestados só até o fim de 2017 e suas permanências dependiam de investimentos da diretoria são-paulina. E eles ocorreram. Pelo volante, o clube despendeu R$ 4,6 milhões para comprá-lo em definitivo junto ao Shandong Luneng, da China. Já o lateral esquerdo teve um custo bem menor: R$ 400 mil foram destinados ao Cruzeiro.

Sendo assim, somando-se todos os valores, o Tricolor atingiu a quantia de R$ 40 milhões usados para fortalecer o elenco são-paulino com a chegada ou permanência de jogadores.

Em reunião realizada no ano passado, o Conselho Deliberativo aprovou proposta que previa arrecadação de R$ 90 milhões com a venda de atletas em 2018, e que metade desse valor poderia ser usado em contratações – R$ 45 milhões, portanto.

Até o momento, o São Paulo recebeu R$ 37,9 milhões com negociações de jogadores neste ano, dos quais R$ 32,9 milhões são oriundos da venda de Lucas Pratto ao River Plate, enquanto outros R$ 5 milhões se referem à transferência de Julio Buffarini ao Boca Juniors.

GE

39 comentários

    • Pra mim, Edimar e Jean são os piores investimentos até agora. O primeiro deve ser esquema com empresário+cruzeiro e o segundo não consegue nem pegar o lugar do Sidão que só faz feijão com arroz. A diferença é que o Jean ainda pode evoluir mas o Edimar é injustificável.

      • Eh bem por ai.

        O Armani foi menos q o Jean pro time novo dele la. Isso quer dizer q o Jean tem q chegar no nivel dele. Senao tera sido furado. O sidao eh meio termo.

        Edimar nem vale as palavras…

    • Interessante que metade dos 40 milhoes foram gastos com dois jogadores que são reservas, Diego Souza e Jean…que belo planejamento…

        • Essa gíria nasceu num seriado famoso aqui no Brasil chamado Hermes e Renato. É um seriado do tipo humor escrachado elevado a vigésima potência.

          Um dos esquetes era o do Gil Brother Away, que detonava uma série de coisas.

          Falando sobre mimados, ele disse essa pérola de que eram moleques criados com leite com pera pela avó… No sentido de que a vó fazia tanta coisa pra facilitar a vida do mimado que nem mastigar, cortar etc ele precisava. Além disso, tem o aspecto saúde que a vovó falava que o neto iria crescer forte e saudável.

          Depois disso, mimado ficou com a expressão do moleque criado a leite com pera!

    • Cada vez que o Natel posar de bonzinho podiam reviver a notícia de 2015 sobre o aumento de 1000% com gastos do SPFC no posto de gasolina dele e pedir pra ele provar com base em documentos que não era bem assim, já que na época ele só disse que era “represália política” do Aidar.

      Mas pelo menos o processo de sucessão do Leco já vai ficando bem claro e já vai dando um tapa na cara daqueles que pensaram que ia vir alguém diferente pra ser oposição. A oposição hoje é a situação de ontem que ficou descontente pq não mamou na teta do clube.

  1. Sao Paulo tinha metodo na epoca do murici. Esquema e filosofia definidos e as contrataçoes eram feitas para que essa estrutura funcionasse. Hoje, sao contratados “craques” e é a estrutura e filosofia que se adaptam a eles. Acho que é ai que mora o erro.

  2. Boa tarde

    Desses aí a crítica fica por conta de Edmar e Ds9.
    Edmar: por ser banco do Reinaldo, Liziero Junior Tavares. Então não precisava.

    Ds9: fica claro que veio com a ideia de ser centro avante, e nessa posição é uma lástima. Como meia já jogou muito, porém quebra a ideia de time rápido.

    Jean é bom goleiro, e jovem ;
    Nenê já está mostrando serviço ;
    Trellez é bom jogador, não é craque, mas mediano e compensa com garra;
    Regis: acho bom jogafor
    Gonzálo : Boto muita fé nesse jogador, acho que vai surpreender.

    Acho que ainda falta um atacante pela direita, ou acha no elenco ou contrata. MG não pode ser titular.

  3. Mas alguns erros foram evitados :

    Gabigol, empréstimo por 7 milhões ;
    Vitor Ferraz por outros tantos milhões ;
    Copete;
    Robinho com Mega salário.

    E ainda tem os acertos do Retorno do Reinaldo e Hudson. Que poderiam ter sido trocados por perebas.

  4. No ano passado o SP só investiu menos que o Palmeiras, ou seja, o problema não é dinheiro. São incompetentes mesmo, alem dos interesses.

    • O atacante do Ceará é o Arthur, 19 anos não teve muito destaque na base do Palmeiras, mesmo nível do Bissoli! Esse ano é o vice artilheiro do Brasil atrás do Gustavo do Fortaleza. Acho que nesse momento não seria o cara ideal para o São Paulo.

  5. Esse Carneiro não é o típico centroavante de área, ele jogava com o Maxi Gomes que era mais fixo e artilheiro, e hoje esta no Celta de Vigo, fazendo bastante gols na Espanha. Pelos vídeos parece ter habilidade e esse sim seria um falso 9 no esquema do técnico Aguirre. Lembra a mistura do Serginho Chulapa com o Jô das Gaivotas.

  6. Dificil julgar o trio Rai, Lugano e Ricardo Rocha sobre as contratações. Talvés eles viram que eles seriam excelentes contratações e deram confiança a eles. De qualquer forma vejo que o SP com esse trio caminha para um caminho de melhorias.

  7. Impossível alguém acertar toda santa contratação. Não esqueçam que em 2005 trouxemos o Leandro Bonfim e o Christian.

    Acho que o problema foram os preços de alguns. Jean por 10m é muito arriscado. Não dá pra avaliar se deu certo não, mas foi uma baita aposta cara. D. Souza por 10m foi furada. A temporada de 2017 dele já não foi tão boa e ele tem um perfil que não agrada.

    Nenê, A. Martins e Jucilei foram contratações excelentes. Trellez? Dava pra ter segurado e garimpado alguém, como o Carneiro, mas o cara tem vontade, a hora que fizer um gol não para mais kkkkk não podemos esquecer que nosso gol no primeiro jogo foi 90% dele e também só chegamos na semi por ele. Acho que ele ainda merece nossa paciência.

  8. E futebol não é video game. Contas como “Se tivesse juntado 10m do D. Souza, 10m do Jean e não sei o que mais dava pra ter comprado 62% do passe do Calleri” são totalmente surreais.

  9. Escalação para Quarta:
    Defesa:Sidao, Regis, Arboleda, R.caio,Reinaldo;
    Meio: Militao, Jucilei, Liziero
    Ataque: Nenê, Brenner, Trellez

    1.Uma lado esquerdo forte e rápido;
    2. Lado direito com ótima marcação e a técnica de nenê, com liberdade para subida do lateral;
    3. Um meio com 2 volantes rápidos e a técnica e visão de Liziero;
    4. Um comande de ataque veloz e dinâmico com Brenner.

    * nenê pela dirieta; Trellez pela esquerda.
    Já que Valdivia não joga.

Deixe uma resposta