Ricardo Rocha promete mais espaço à base e diz que soberba atrapalhou São Paulo nos últimos anos

O coordenador de futebol do São Paulo, Ricardo Rocha, foi um dos convidados do “Bem, Amigos!” desta segunda-feira. Em meio ao processo de reconstrução da equipe, agora dirigida por Diego Aguirre, o dirigente reconheceu que o Tricolor perdeu espaço nos últimos anos.

– O São Paulo, a gente sabe, houve uma queda enorme dentro de campo. Se pegar os últimos anos é muito pouco. O que o São Paulo tem? O que representa o São Paulo. E um pouco de soberba também de achar que nunca vai acontecer. “A gente vai chegar um dia”. Não, não chega. O futebol mudou, o futebol hoje é dinâmico. O São Paulo ficou um pouco para trás. Mesmo assim, tem uma estrutura maravilhosa e ainda vai melhorar cada vez mais – afirmou.

– A gente está fazendo um trabalho de pouco tempo. Pedimos um pouco de paciência ao torcedor – disse Ricardo Rocha.

O ex-zagueiro admitiu a possibilidade de o São Paulo contratar mais jogadores. No entanto, disse que a ideia da direção é dar espaço para os garotos vindos da base.

– Pegamos um time já contratado. Não é chegar e dizer que não serve. Vamos tentar fazer jogar. O Dorival queria um jogador de velocidade no fundo, mas não conseguimos contratar.

– Eu sou apaixonado pela categoria de base. Quando você não tem (condição de contratar), olha para a base. Antes de buscar em qualquer lugar, treine esses garotos. Tenha coragem, coloque para jogar. Eu, Raí e Lugano estamos ali para dar suporte. Não pode queimar a garotada, mas também não pode ter medo de colocar. O São Paulo tem um dos maiores investimentos do futebol brasileiro na base, gasta R$ 24 milhões, R$ 25 milhões por ano.

O dirigente entende que a mudança de postura da equipe na vitória sobre o Corinthians já é uma demonstração do trabalho do técnico Diego Aguirre, contratado para o lugar de Dorival Júnior.

– Você não pode desperdiçar um Júnior, Caio, Muricy, Ricardo Rocha, Raí, Lugano… O Lugano parou agora e conhece o grupo como ninguém. Treinador inteligente não pode desperdiçar isso. Ele (Aguirre) tem escutado muito a gente. Eu não digo na escalação, mas no dia a dia, naquele ambiente, na resenha. Mudou.

– O Dorival fez um bom papel ano passado, mas esse ano não conseguiu encaixar o time. Você não via uma maneira. O Caio disse que o Dorival também precisava se ajudar. Às vezes, tem esse momento, o treinador não dá encaixe, e aí você precisa mudar.

SPORTV

Anúncios

37 comentários

  1. Boa. Acredito que Liziero não sai mais do time. Jr. Tavares foi melhor que o Reinaldo (enfrentou adversários mais fracos também, há que se pesar isso) e deve ser levado como candidato real a titularidade, L. Fernandes começa a ascender e se finalmente desenvolver o potencial que tem vira titular (potencial dele é semelhante ao do D. Neres).

    Araruna, Caíque, Toró e Boia devem voltar/começar a aparecer, mas mais pra frente, agora nessa sequência de decisões só se for necessário. Ver Liziero, L. Fernandes e outros ganhando espaço com certeza motiva os demais. Acho que quem não deve ter muito espaço é o Shaylon com Nene, Cueva, D. Souza e L. Fernandes como meias ele vai acabar ficando um pouco de lado.

    Incrível como técnico estrangeiro não chega fazendo propaganda de que usa a base e blá blá blá, mas aos poucos, com calma vão lançando os jovens sem alarde e sem falar que eles são “café com leite”. Bauza em 6 meses já tinha lançado Artur, L. Fernandes e L. Araujo e a tendência era isso aumentar com D. Neres e outros. Aguirre também foi responsável pela melhor fase de muitos jovens do Inter (William, Geferson, Valdivia..) e do Atlético-MG (Lucas Candido, Carlos, Eduardo).

    Curtir

      • Araruna na base parecia um motorzinho. Para dizer a verdade muito me surpreende ele não ter sido nosso lateral direito nos últimos tempos. Dizer que é craque ou brilhante é bobagem, mas que é um bom jogador podem ter certeza.

        Curtido por 1 pessoa

        • É isso. Tem que cobrar o moleque pelo que ele pode oferecer. Araruna não é volante ou lateral pra seleção brasileira, europa ou coisa do tipo, mas pode ser um Jean da vida (que alguns não gostam hahaha) que fez um ótimo 2008 aqui e depois foi muito bem como volante no Flu também. Tem uma bela carreira no Brasil. Richarlyson, Arouca, Leandro Guerreiro, Danilo.. ótimos jogadores pros padrões brasileiros com carreiras consolidadas. Nenhum craque, nenhum com passagem na europa. No máximo uma ou outra convocaçãozinha aqui ou ali.

          Curtido por 2 pessoas

          • Também comparo Araruna ao Jean. E acho que o Jean tem bola pra jogar naqueles times médios da Europa. Só que os caras não vão querer gastar vaga de estrangeiros com um cara que faz o mesmo que um atleta lá do país pode fazer.

            Curtir

    • Concordo com quase tudo, Hugo.
      A base será mais usada, mesmo porque com Jardine na Comissão Tecnica, Aguirre terá dados e informações preciosas sobre os meninos. Estou confiante que teremos um 2o semestre com muitos jovens talentos surgindo. E Aguirre vai mudar a cara desse time… Aliás, já começou…

      Curtir

    • Concordo com o empréstimo, mas sempre fica uma impressão que a comissão técnica não acompanha, ou qualquer outro setor de futebol, o desenvolvimento desses atletas nas outras equipes…

      São emprestados para serem revendidos depois… Acho que tem que ter um acompanhamento decente, no mínimo…

      Curtir

      • Não se analisa pra onde será o empréstimo. Auro por exemplo foi emprestado pro Toronto que tinha acabado de contratar Van der Wiel, ex-titular da Holanda e do PSG. Qual a chance de ele jogar lá?

        Shaylon seria emprestado pro Guarani no ano passado. Disputaria vaga com Fumagalli, ídolo local. Além disso estamos falando de um time que é saco de pancada na série B. Inevitavelmente a culpa cairia sobre o moleque e ele não teria espaço (aqui a culpa sobre os moleques mesmo eles sendo da casa e nao tendo culpa, imagine nesses times do interior).

        Agora pega o Londrina. Campanhas boas recentes na série B. Deu ótimas oportunidades aos moleques do Palmeiras que estiveram lá. Seria um ótimo time pra ir.

        Curtir

  2. Galera, recomendando que leiam oq o Cosme Rimole disse sobre o clássico.

    Colocou Carrile no céu e apedrejou o Aguirre, nunca li tanta bobagem….

    Nas palavras dele, os marginais vão pra guerra contra nós e o areia mijada já aumentou a premiação.

    Quanta bobagem….

    Elas estão descontroladas…

    Curtido por 2 pessoas

      • Eu achei otimo o texto dele e espero q seja TD verdade. Pq eh assim q esse povinho cai do cavalo.

        Q entrem em Campo na neura. Tenham jogadores expulsos. Q amassem o sp e tomem Uma ensacada em contra ataques.

        Nos vamos surpreender mais e mais e calar a boca dessa escoria.

        Qdo vc entra em Campo mais preocupado com o outro time do q com o seu proprio futebol, eh qdo vc perde….

        Curtido por 2 pessoas

    • Casagrande, Caio Ribeiro, Zé Elias, dentre outros boleiros e jornalistas, foram categóricos em dizer que a “suposta” esnobada do Aguirre não foi nada demais…que o Carille se doeu a toa, etc. Que ninguém é obrigado a cumprimentar ninguém…e vida que segue… Aí vem esse Cosme Bosta dizer que o “elitista” SP e Aguirre feriram de honra o Gambá e o Carille e que amanhã sentirão a irá avassaladora e que serão goleados e humilhados. Graças a Deus que não sou da comunicação do SP, pois a primeira coisa que feria seria “impedir” a entrada desse jornalistazinho de merda tanto na Barra Funda quanto no Morumbi. Engraçado, por que ele não teceu nenhum comentário a respeito do que o Galvão Bueno disse ontem sobre o Carille se negar a ir no programa “Bem Amigos” porque o Marco Antonio Rodrigues (que o criticou) iria participar??? Esses caras da imprensa são os maiores responsáveis pelas confusões que ocorrem fora dos estádios…gente da laia desse Cosme vai morrer trabalhando numa emissora de bosta igual a Record.

      Curtir

  3. Não foi “soberba”, não, Ricardo. O caso foi mais grave. O mal do São Paulo nos últimos anos foi que de uma hora para outra Juvenal começou um ciclo interminável de contratações de jogadores que não deram certo e foram vazando as finanças do clube. Aidar e Leco vieram a reboque e foram pelo mesmo caminho das péssimas contratações, com jogadores meia boca em razão do caixa fraco e, ainda assim, as dívidas bancárias foram em frente.

    Então deu no que deu: acabou o dinheiro, as dívidas dispararam, os melhores jogadores foram vendidos na esperança de melhorar as finanças e o São Paulo F.C. foi ficando sem time ano após ano. Agora ainda estamos na bancarrota e sem time com chance de ser campeão brasileiro, tentando resolver as coisas até o final da administração Leco.

    Uma coisinha ou outra ainda poderá ser conquistada, mais tudo muito minguado até a resolução final da grave situação financeira em que se acha o clube. Esperamos que os estudos para uma virada de mesa e solução definitiva de como ganhar mais dinheiro de modo sustentado venha logo, caso contrário o status quo tende a permanecer.

    Enquanto isso, Raí, Ricardo Rocha e Lugano vão fazendo suas resenhas tentando melhorar o clima, mas o problema ainda é a recuperação econômico-financeira do clube, cuja iniciativa tem que ser do presidente Leco.

    Curtir

  4. É isso, RR !!

    Tão simples

    É assumir os problemas e humildemente recomeçar pelo alicerce

    1º passo – 2018 montar um time competitivo dando chance para Cotia, fim dos vexames

    Ano que vem, 1 ou 2 contratações cirúrgicas, e voltamos a brigar por títulos

    Curtido por 1 pessoa

  5. “Quando o uruguaio Aguirre virou a cara para o humilde Carille (…)”

    ahauahauauauaua

    Não sabia que o Cosme Rimoli tinha virado roteirista de novela pastelão.

    Jesus amado, foi uma das colunas mais ridículas que já li na vida.

    Curtido por 1 pessoa

  6. E outra……

    Com um técnico que preze as reais características de cada jogador…….

    Com um esquema adequado a isso

    Muitos jogadores recobrarão o seu futebol

    Chega de lateral sem cobertura, de zagueiro pegando atacante de frente, centroavante q nunca recebe a bola

    Agora sim vamos realmente o Reinaldo, RCaio, Shaylon, Lucas Fernandes e etc

    Não queimaremos mais jogadores

    Curtido por 1 pessoa

  7. Querer que o Nenê jogue de ponta aberto, marcando lateral adversário

    Que o Reinaldo desça ao ataque sem cobertura

    Que o Araruna fique sozinho no meio campo

    Que o Pratto faça gol sem a bola chegar

    Não dá, né?!!!

    Culpa do jogador?? faltava raça?? ou corria tudo errado??

    Curtido por 2 pessoas

  8. Vocês percebe que perante a mídia e os adversários o SP continua sendo um Gigante, quando apesar de você não ganhar um título há anos, não ganhar um mata-mata, perder praticamente todos os clássicos, basta uma vitória em cima da escória, que o desespero bate na gaiola das loucas.

    Curtido por 1 pessoa

  9. PArabens Ricardo! É isto mesmo! Ninguem vive só do passado! O fato do pai deixar uma boa herança para um filho não significa que ele pode ficar deitado e só vivendo da herança até acabar. Tem mesmo que trabalhar duro para manter aquela herença. E é assim que estava acontecendo com o SPFC vivendo da herança (títulos) do passado! Ainda bem que acordamos! Concordo tambem que usem ao maximo os garotos pois um time que gasta 25 milhoes por ano num centro de jovens jogadores tem revelar no minimo 3 a 4 jogadores por ano para compensar o invenstimento, portanto srs. vão neste caminho sem medo de ser feliz e boa sorte!

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s