São Paulo testa mudança de atitude em primeiro clássico de Aguirre

O técnico Diego Aguirre comandará o São Paulo em um clássico pela primeira vez durante a tarde deste domingo, no Morumbi. Após dirigir a equipe em dois jogos contra o São Caetano, o treinador terá agora o Corinthians como adversário, em duelo de ida das semifinais do Campeonato Paulista.

Uruguaio, Aguirre se tornou conhecido no futebol brasileiro por sua passagem pelo Internacional, em 2015, quando conquistou o Campeonato Gaúcho e levou o Colorado às semifinais da Copa Libertadores.

Depois de um trabalho sem o mesmo sucesso no Atlético-MG, assumiu o São Paulo no lugar de Dorival Júnior, demitido por não conseguir fazer o Tricolor evoluir na temporada e pelo retrospecto ruim em clássicos.

Com um elenco combalido moralmente, Diego Aguirre deu um recado em sua apresentação, no último dia 12, que vem se repetindo em suas entrevistas: “É fundamental o time mostrar competitividade. Tem que mostrar atitude, determinação total para ganhar cada jogo. É a primeira coisa que teremos de dar ao time, depois veremos as coisas táticas e de jogo”.

A primeira demonstração de obediência à exigência do treinador ocorreu na vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano, na última terça-feira, no Morumbi, onde o São Paulo precisava vencer justamente por dois gols de diferença para avançar no Paulistão.

Uma repetição da atuação aguerrida da equipe do Morumbi é esperada, inclusive, pelo técnico do arquirrival. “Assisti ao jogo na terça. (O São Paulo) Está com uma postura diferente, jogadores mais agressivos. Técnicos uruguaios, paraguaios e argentinos têm desenvolvidos essa parte técnica. Tenho certeza que vão ser dois grandes jogos”, avaliou Fábio Carille.

Ao contrário do treinador rival, o uruguaio só comandou sete treinos e ainda não teve tempo para conhecer os seus atletas a fundo. Mesmo assim, aos poucos, vai impondo seus conceitos táticos à equipe e tenta iniciar bem sua trajetória em clássicos como técnico do São Paulo. Enquanto isso, o Majestoso se projeta como um teste para a mudança de postura do time tricolor.

Por ter feito uma campanha inferior à do Corinthians até aqui, o São Paulo será o mandante do jogo de ida, marcado para as 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Morumbi. O duelo de volta será disputado na quarta-feira, às 21h45, no estádio de Itaquera.

GE

Anúncios

16 comentários

  1. Mudar o esquema para proteger para promever a titularidade do Petros, segundo o globoesporte.com, seria trágico. Espero que não aconteceça, e a molecada que tem que jogar Aguirre.Veterano, falastrão e lmitaddo tecnicamente não dá mais. Só assim teremos um time competitivo este ano.

    Curtir

  2. Rodrigo Caio e cueva não serão desfalques…..esse é jogo encardido precisa de sangue nos zoios…..esses já mostraram que não tem leis de treino.
    Nós vimos ontem o que um jogo pegado hoje f.mello X Alisson…..hoje é a vez de Petros x Ralf….. raça e equilíbrio emocional…..

    Eles vão adorar a mesma tática que sempre fazem vão partir pra cima e tentar fazer um goleiro no nosso erro…..o time precisa estar ligado pra não errar passes e dar contra ataque logo de cara.

    Curtir

  3. Galera, ignorem a imprensa esportiva que desde ontem da de barato uma final marginais x porcalhonas.

    Segundo eles, vamos perder hoje e no jogo da volta.

    Ha muita coisa em jogo, alem da classificacao.

    Espero que o time entenda a importancia dos proximos jogos, e corresponda em campo com garra e inteligencia.

    3 x 0 hoje.

    Curtir

  4. Não entendo essa impaciência de alguns torcedores com os jogadores. Petros está em má fase, como todos um dia passará por isso tbm. Quando ele chegou, lembro de muitos em falar a diferença em ter um volante, pois na época o Thiago Mendes estava em má fase, e era um dos alvos de critica no momento. Vejo Petros cascudos pra esses jogos, e importante. Jogador que cresce nesses momentos. Espero que jogue, mesmo que seja 1 tempo.

    Curtido por 1 pessoa

    • Desculpe, torço para o Petros fazer 3 gols hoje, mas em nenhum momento da carreira ele justificou este status de grande jogador. Na boa fase ele é um jogador médio e na ma fase e de dar raiva. Não tem a presença física do Jucilei, nem a velocidade do Hudson e mto menos a técnica que o liziero já mostrou. Por isto pra mim e Banco e só. Qto a jogador cascudo, isto e mais uma falácia, precisamos de bons jogadores. Acredite, não perdemos este monte de clássico por afinar como dizem, perdemos pq sempre estamos com o time mais fraco e mal armado que o adversário.

      Curtir

      • Entendo. Então na boa fase você acha ele pior que o Hudson? Em alto nível, qual tem mais técnica, experiência, força mental durante as partidas e competitividade? Acho que tudo isso forma um grande jogador. Eu respeito o Petros por estas características. Ele não é um craque, mas é um cara que não se omite, que peita adversário e se impõem em campo. Mas hoje, tecnicamente está devendo e sem confiança. Abraço

        Curtir

        • Sim. Acho o Hudson mais jogador que ele inclusive pelo que já fez pelo São Paulo. Força mental não é colocar dedo na cara de adversário e dar declaração polêmica. Isto é jogar para o torcida. Temos conceitos diferentes de futebol. Abraços.

          Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s