Roberto Natel cria polêmicas em véspera de clássico e votação para contrato Adidas e Globo, revolta situação, oposição e cria clima tenso no São Paulo

FOTO: Roberto Natel conversa com Denis Ormrod da oposição do clube, autor e data desconhecidos.

O vice presidente de Leco, Roberto Natel, criou um verdadeiro rebuliço interno ao pedir assinaturas para adiantar um pleito de reunião extraordinária no Conselho.

O assunto é destinado a retirar os proventos ou tirar do cargo, conselheiros que hoje se licenciam para serem Diretores Remunerados. O pleito em si é perfeito.

O timing de ser véspera de clássico e de se votar o contrato da Adidas\Globo revoltou muita gente.

O fato é que o assunto já rola há mais de 1 mês. Por quê agora?

Primeiro porque o clube precisa se focar em enfrentar seu rival e em votar a questão do contrato Adidas e Globo. Segundo, porque para movimentar apoio, teve que incitar todos os lados trazendo um foco direto à questão política ao invés do foco da partida. Uma guerra de lado a lado agora? Parecer dono do ato, o que não é? Na qualidade de VP, por que não se manifestou ANTES?

O Blog do São Paulo procurou pessoas para entender o que houve e o retorno foi péssimo já que as pessoas já estavam exaltadas ou fazendo política às vésperas do jogo.

Esperou 1 ano de Estatuto Novo para falar isso AGORA?

Interlocutores de ambos os lados informaram que o momento foi errado e que mesmo que apoiem a causa, não era a hora.

Já opositores de Natel afirmam que por ele ter perdido força interna e liderança, ele quer de alguma forma mostrar algum poder. Outros, relembraram o fato de Natel já ter inclusive fornecido por muito tempo e comprovadamente, assumidamente, combustível para os carros do clube e ter sido investigado no Comitê de Ética por este motivo.

Há ainda que acusem Natel de querer ser remunerado e que este ato é uma retaliação por não ter conseguido e ainda informam que sua filha atua nas produções de shows no Morumbi o que será levado em breve ao Comitê de Ética. O Blog do São Paulo não conseguiu contato com o Sr. Natel e deixa o espaço aberto para explicações e exposição de sua versão como ele próprio já o fizera em outros momentos de forma exclusiva neste veículo.

Diante disto tudo, Sr. Roberto Natel, qual seu intuito de promover esse clima na véspera do jogo e com o assunto Globo e Adidas para ser resolvido em dias? Qual  o ganho para o São Paulo FC?

Qual o ganho para instituição de misturar as estações ao invés de ordenar as prioridades e o avanço do clube?

Por favor, aguardamos suas considerações ansiosamente como torcedores, ainda mais em um momento como este tão importante esportivamente e politicamente para termos um contrato esportivo e televisivo que contribua com o caixa e com o fortalecimento do clube.

Aguardamos seu contato.

Blog do São Paulo

 

 

34 comentários

  1. Tomara que essa pantomima não interfira no jogo de amanhã.
    Como eu quero ver o SP vencer e convencer, sem sustos, sem MEDO, sem AMARELAR, unindo técnica, tática, ração e determinação.
    Sidão
    Militão
    Arboleda
    B. Alves
    Reinaldo
    Jucilei
    Liziero
    Nene
    M. Guilherme
    L. Fernandes
    Trellez

    • Meu medo é o Liziero sentir o peso do jogo amanhã como o Diogo (Sereias) sentiu no clássico de hoje, ou como até mesmo o Brenner sentiu naquele clássico contra as peppas. Tomara que o jogo do SP flua e que o juiz não atrapalhe comprometendo jogadores com cartões logo cedo na partida.

      • Penso o mesmo, o Diogo foi muito mal, tremeu hoje.
        Mas infelizmente não tem outro, Hudson está fora e o Petros só sabe reclamar, não está jogando nada, além de fazer o time ficar lento.
        A dupla idela seria Hudson e Liziero, mas amanhã acredito que ele não vai sentir tanto, me parece mais maduro do que os outros meninos citados.

        • É não tem outro e o São Paulo precisa ir atrás de um segundo volante urgente. Liziero se continuar jogando o que está jogando, no final do ano vendem ele (acho que o Raí consegue segurar nesta janela do meio do ano).
          Eu tinha esperança do Araruna viral alguma coisa, mas esse também caiu muito de rendimento e não sei se terá nível para jogar em time grande (tenho menos fé nele do que no Jr.Tavares).

  2. Se cortar o salário desses caras agora vai atrapalhar em que o time em campo amanhã? Eu não entendo essas coisas de que cria clima ruim em véspera ao clássico. Não são eles que treinam, nem são eles que jogam.. não deveriam nem chegar perto dos jogadores. Aliás, a maioria ai se fosse embora do clube hoje, ninguém sentiria falta. Se acham mais importantes do que realmente são. Ocupam cargos que poderiam estar sendo ocupados por profissionais de verdade, ou seja, só prestam desserviço.

    • icarodm, concordo com você quando diz que esses caras não deveriam nem chegar perto dos jogadores, não fazem falta ao clube e deveriam ser substituídos por profissionais (afinal, são meros politiqueiros). Mas o problema é que o São Paulo, ao contrário de outros clubes, sempre manteve bem associada a ideia de que a qualidade de gestão está intimamente ligada ao alto nível de competitividade do time. Então, no São Paulo, o clima do ambiente político conturbado infelizmente chega ao campo (diferentemente do do Corinthians, que consegue “blindar” seu time da política e mantê-lo competitivo). O São Paulo não deveria ser assim, mas infelizmente é.

  3. Ok, não era necessário.
    Mas se houver uma derrota, será esse o motivo?
    Nossa política nesses tempos de vacas magras sempre foi conturbada. Normal. Segue o jogo.
    Vamos ganhar da escória amanhã.

  4. É Antonio Nunes Galvão, muita gente achou ruim vc, mas hj com certeza devem sentir muita falta do senhor. Por que o senhor se foi tão cedo. Uma pena a geração de hj não ter te conhecido. O verdadeiro sãopaulino sente a falta de sua competencia.

  5. Detesto o Leco, mas Natel é tão nefasto quanto.
    O pleito pode até ser justo, mas é difícil apoiar quem pensa mais no próprio umbigo do que no bem do clube.

  6. Infelizmente a atitude desse dirigente do clube reflete a situação desses ultimos anos do nosso clube. Dirigentes que se colocam acima do São Paulo Futebol Clube, que não respeitam a história, pensam somente em se auto-promover, querem afagos ao ego. Parabéns, Natel! É por dirigentes como você que o spfc está nessa pindaíba.

  7. Concordo com tudo do texto, menos de relacionar à inabilidade (timing) do vice com o jogo de amanhã. Essa discussão passa ao largo de tudo que é do futebol, até da diretoria de futebol que hoje, finalmente, é profissional e não formada por conselheiros como Ataíde ou o próprio Leco no passado. Não vai influenciar em nada, nem pro bem nem pro mal.

  8. Apenas pontos de vistas diferentes. Jogadores e o técnico expressaram suas expectativas para o jogo e a importância do mesmo. Nenhum deles demonstrou preocupação com a política do clube, não há tumulto nenhum, como tem pessoas que explicitam tragédias, negativismo, tem uns programas na tv sobre acontecimentos trágicos, todos os dias. Torcida foco no futebol jogado, e não falado.

  9. Sinceramente, não vejo problema nenhum em se votar isso. Essa questão não entra dentro do campo. Com relação ao time pode até ser fora de hora, mas é uma discussão que já deveria ter sido resolvida. Me parece um grande problema na política do clube, com respingo zero no time de futebol. Não vamos vencer ou perder o clássico amanhã por conta disso.

  10. A questão nem é se interfere no campo ou não. . Mas mostra a real preocupação desse bando de bode.

    Pq não se mobilizaram para fazer campanhas para encher o estádio hoje..?

Deixe uma resposta