Silas desmascara Vampeta sobre a questão do “bambi”

Convidado do “Troca de Passes” da noite desta terça-feira, o treinador e ex-jogador Silas fez uma revelação que certamente colocará um temperinho a mais nas zoações envolvendo torcedores de São Paulo e Corinthians. O antigo meia tricolor na segunda metade dos anos 1980 (e integrante da Seleção nas Copas de 1986 e 1990) afirmou que o apelido “bâmbi”, que hoje corintianos usam para provocar os são-paulinos, na realidade tem origem em um ídolo do Corinthians.

– Sabe quem era o bâmbi? O Corinthians tinha o Carlão goleiro (Carlos, titular do Mundial de 1986 no México), o Leão, eu não me recordo se era o Solito velho ou o Solitinho, e o Ronaldo. Giovanelli o sobrenome? O Ronaldo, que é meu amigão. Casado com uma menina lá de Campinas, amigão nosso. E o Ronaldo era roqueiro, acho que é ainda. Ele usava uma camisa cavadinha assim, e o cabelinho assim, e o Leão botou o apelido nele de bâmbi. Aí o Vampeta passou o apelido para o lado de lá, e ficou até hoje. Mas é desse lado aqui – ressaltou.

SPORTV

60 comentários

  1. Jucilei em entrevista após o jogo, falando do mané do Novorizontino: “agora só falta o Anderson Salles fazer a parte dele para enfrentar a gente na semifinal”.

    Chupa!

  2. Se forem ver o time mais popular na parada gay, o time que tem jogadores que dão selinho em homens, vão ver quem é o verdadeiro bambi.

  3. Pensando já na proxima fase, a sorte pode nos sorrir ainda

    No melhor dos cenários, Bragantino se classifica nos penaltis e o Botafogo se classificando(independente se no tempo normal ou nao), nós teriamos a segundo melhor campanha, atrás apenas das pepas.

    Também podemos pegar Corinthians(segundo jogo fora) ou Santos(depende do resultado pra saber se o segundo jogo é em casa).

    Na minha opinião, Santos não passa e pegaremos o Corinthians ou Bragantino na proxima fase, com o segundo jogo fora.

    Confere? É isso mesmo ou os cálculos estão errados?

    Seja como for, prefiro pegar as pepas numa eventual final, com o time mais treinado e com mais confiança. É possível….

  4. Um dos meus jogadores favoritos!

    Sempre achei que se tornaria técnico do São Paulo um dia, espero que consiga retomar o rumo da sua carreira.

  5. Bambi, um animal veadinho só é afeminado por aqui no Brasil, por causa do jogo do bicho. Em país nenhum do planeta tem essa associação. No filme da Disney, o animal delicadinho é um gambazinho. No passado os homossexuais eram chamados transviados, nada a ver com o animal.

    • Não gostei da entrevista do Silas, muito ingênuo. E nem da sua idea de ter no São Paulo um jogador tipo Felipe Melo para ameaçar os adversários e ganhar o jogo – essa época já passou e o mundo do futebol está diferente. Se liga Silas, caso contrário vai ficar difícil arrumar emprego.

  6. a verdade que sobre essa historia..do titulo ai..quer coisa pior que o vampeta..pousar para revista g…ele nao tem moral nenhuma..pra falar nada..na realidade..ele quis chamar a atençao por tentar difamar o spaulo..! mas a imprensa ..a maioria das x compra a ideia de quem nao presta..!

    • Em termos de emoção, clubismo e confiança, gostaria desses mesmos jogos que vc disse. Ganhamos das travecas e depois das porcas na final.

      Agora, pensando em realismo e titulos, seria preferencia pegar Santos, Bragantino ou Botafogo na proxima fase e as pepas na final.

  7. Pleno 2018 e a homofobia descarada ainda toma conta do futebol. Uma pena. Gay tem em toda torcida e não deveria ser usado como algo pejorativo.

    https://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/torcedor-do-palmeiras-reclama-de-homofobia-nos-estadios-e-e-ofendido-em-redes-sociais.ghtml

    Com tanta gente babaca com microfone na mão no mundo hoje (Neto, Vampeta, Ronaldos, Zinho, Edilson, Edmundo..) é legal ver quando destacam gente que tem coisa útil pra falar, como o rapaz da reportagem acima.

    • Apesar de achar uma idiotice esse negocio de chamar de bicha no tiro de meta, eu nem sei se encaro como homofobia.
      Não consigo ver como algo direcionado a uma pessoa. É apenas pegação de pé entre torcidas rivais. Diferente, por exemplo, de como a torcida do SP não gritava o nome do Richarlyson por acharem que era homossexual.

      Mas, como sei que o mundo não é uma maravilha e que as pessoas, num geral, tem preconceito e não fazem distinção, acho legal o destaque dado a ele(deixando claro que quando surgiu essa historia dele ai, a FOXSport achou uma postagem dele usando um termo considerado homofóbico pra ofender alguem ou algum clube).

      • É só trocar homofobia e gay por racismo e negro. Começa a gritar “macaco” no tiro de meta e a chamar a outra torcida de termos pejorativos só que relacionados a cor. Meio absurdo né? É absolutamente a mesma coisa.

        Sobre o tweet, ninguém é perfeito, todos erramos. Não vejo a relevância disso. Qual o interesse de quem fez isso? Tentar deslegitimar o argumento dele por isso? Isso vindo da FoxSports não me surpreende nem um pouco..

        • Acho que isso é um assunto delicado e cada um encara de um modo. Não acho que da pra generalizar ou comparar situações.
          Utilizei o comparativo do Rick pra exemplificar oq eu acho que é homofobia e oq não acho que é. Mas é o meu pensamento e, como disse depois, pelo mundo ser como é e a intolerancia reinar, o ideal é não existir tao coisa, independente do tom.

          E, sobre o tweet, acho o caso perfeito pra se analisar. Apesar de saber qual foi o intuito do canal e oq ele procurava com isso, para a minha analise deixou muito claro como sempre há duas medidas para uma mesma coisa. Em um momento ele utiliza o termo tranquilamente, pois pra ele era cabivel e foi oq achou certo na hora. Tempos depois, ele se sentiu ofendido por alguma coisa com o mesmo tipo de conteudo, mas num ambiente diferente e em outro contexto. Ele já tinha a opção sexual dele quando escrever ofendendo. Nada mudou.

          Existe intolerância e as minorias (termo pra mim que já diminui um grupo, então tbm pode ser considerado ofensivo) realmente sofrem mais. Mas elas tbm praticam intolerancia muitas vezes.

          É realmente um assunto que nao tem final e delicado. Como não sabemos lidar com isso, que ele acabe.

          • As vezes o moleque aprendeu e aquilo lá é só um registro infeliz do passado dele ou as vezes ele é só hipócrita mesmo, mas não diminui em nada o excelente post que ele fez depois.

            Concordo em boa parte com você. Principalmente sobre ser um assunto bem delicado e que o ideal é que isso de usar termos homofóbicos e tudo mais tivesse um fim. As vezes o que não é ofensivo pra um é ofensivo pra outro, então pra que usar isso se temos tantas outras opções de brincadeiras e zuações?!

    • Exato Hugo, você vê Juarez Soares, Rivellino, Gerson e Zico comentando e falando palavras perjorativas, nos programas que trabalham?Pois é , esta mídia Gamba que são dirigidas por Emissoras Gambas (Band, Gazeta e FOX) preferem contratar estes caras que não sabem nada de jornalismo, em vez de ter em seu quadro profissionais gabaritados.

    • Compactuo sobre a mesma opinião, Hugo! É incrível como as torcidas se utilizam do termo para desmerecer outras, e o pior é quando essas torcidas atingidas tentam de todas as formas provar que não são, que isso, que aquilo, como se fosse doença.

      Isso só aumenta a discriminação com homossexuais e mantém o clima hostil, misógino, preconceituoso, racista e violento do futebol.

  8. Tem torcedores do sp que são uns frescos, uns metidos a politicamente corretos, são aqueles tipos que falam assim…o que vem de baixo não me atinge, tipo Juvenal Juvêncio, futebol é zoação, não podemos perder essa oportunidade prá zoar os travecos bambus.

  9. O silas nessa mesma entrevista falou uma coisa que eu também acho correto” O São Paulo tem que parar de pensar em Libertadores e voltar as origens de humildade, que sempre teve, e ganhar o Paulista, sem essa soberba que colocaram no clube”.

    • Então explica melhor essa soberba – seria falar que “time grande não cai”? Isso é apenas gozação aos que já caíram. Não há soberba – estamos em baixa há 10 anos.

      • Soberba é achar que é “Soberano”, brigando pra não cair, é ver um time que era exemplo de administração e hoje, o grande clube e exemplo que foi,está apenas na arrogância do seus dirigentes.

        • Soberba é a midia chamar um certo time da capital de Timão, mesmo nas piores épocas deles, e todo mundo achar normal e sem problema. Mas nós usarmos o Soberano é soberba e faz mal ao clube.
          Um peso, duas medidas.

          Até hoje, só me lembro de um cara que rechaçou esse termo(e ele é odiado por muito torcedor). Luis Fabiano

          – “Timão? Que timão?

          • Mas Timão está relacionado com o símbolo deles que seria um timão de navio, não? Aí fazem o “trocadilho”.

            Mas eu também prefiro ser chamado de tricolor do que soberano. Gostava da época que adotamos o Jason também hahaha acho soberano sem graça

            • Mas o timão é usado pra enaltecer o time. Eu sei, vc sabe e a midia toda sabe.

              Acho que soberano é um termo usado para uma época(como usam o campeão do seculo pras pepas). Vai de cada um gostar ou nao. Pra mim nao muda.
              Prefiro o Jason tbm. Muito mais legal

              • O SPFC foi campeão da década de 80 Paulistas 80/81/85/87/89 e Brasileiro 86 onde o Paulista valia muita mais que hoje.

  10. Na mídia, quem é são paulino se omite ou então fala baixinho, não polemiza e não causa. O resto tem perfil totalmente oposto, são descaradamente torcedores e propagam esse tipo de besteira. Isso existe desde sempre e é diário ver manchetes com duplo sentido, fotos, comentários e insinuações. Tudo o que é contra nós é propagado e o que é contra corinthians e palmeiras é abafado, não dura 1 semana.

    Além da ignorância de jogador e torcedor a gente ainda tem que lutar contra própria mídia e essa é uma tarefa impossível se você não tem representatividade. Então o negócio é ser superior a essa mediocridade e ignorar esse tipo de besteira pq o próprio São Paulo não faz absolutamente nada pq talvez não tenha que fazer mesmo. Tinha que ter feito antes, agora não adianta.

    • Seu pensamento vai na linha do que acabei de falar ali pra cima sobre os termos Timão e Soberano.
      Timão pode, é aceito, a midia usa e todo mundo acha normal.
      Soberano é zuado, é soberba e a gente nao deveria usar o termo pois nos faz mal.

  11. Matéria do Globo Esporte sobre nossa Vitória fazem uma entrevista com o goleiro do São Caetano kkkkk kkkkk é brincadeira cara… e o mérito do atacante?? Não mostraram outros lances, nada. É muito descarado o que fazem. Como você incomoda meu Tricolor… e que continue assim!

  12. O grande problema do SPFC quando começou a ser chamado de Bambi foi que os são Paulinos se acovardaram , seguiram a cartilha do Juvenal Juvêncio e ficaram em silêncio, deixaram a mídia esportiva corinthiana falar a vontade, nenhum dirigente foi na tv e defendeu o SPFC, foi uma vergonha.
    Eles aproveitaram por inveja e ódio e deitaram e rolaram. Tinha que ter tido uma resposta principalmente nos meios de comunicação naquele tempo, como está tendo agora. Torcedores podem falar o que quiser, mas é inadmissível comentaristas esportivos anti SPFC falarem e ninguém tomar providências.
    Essa entrevista do Silas se fosse de um jogador são paulino que fosse chamado de Bambi pelo técnico leão tinha mesa redonda prá discutir esse assunto, tinha piadas em todo noticiário esportivo, mas como é de um jogador corinthiano ninguém fala nada.
    Essa covardia nos prejudicou muito.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!