São Paulo se prepara para exigência de Aguirre: ser um time aguerrido

Diego Aguirre acabou de regularizar sua documentação e só terá a tarde dessa sexta-feira para preparar o time para sua estreia no São Paulo, neste sábado, contra o São Caetano, fora de casa, abrindo as quartas de final do Paulista. Mas o pouco contato com o técnico, que esteve em Alagoas para ver a vitória por 3 a 0 sobre o CRB, nessa quarta-feira, já deixou claro ao elenco que ele cobrará exatamente a determinação que prometeu em sua apresentação.

– Ele ainda não pediu nada porque não assumiu totalmente. A partir de amanhã (sexta), começará a dar treinos e falar conosco. Falamos mais com o Jardine, que foi nos passando. Mas já sabemos as características dele. Gosta de um time com muita raça e muito aguerrido. Temos de nos adaptar a isso e fazer o melhor por ele e pelo São Paulo – disse Marcos Guilherme, indicando que o técnico cobrará a principal característica que faz a torcida gostar de uruguaios.

– Essa identificação é pela raça, pela gana que os uruguaios têm. O nosso treinador vai exigir isso da equipe. Cabe a nós ter esse pensamento e confiar no trabalho dele porque, com certeza, esse comando dele vai dar certo na nossa equipe – apostou o meia-atacante, em entrevista durante o desembarque da equipe, em Guarulhos, na noite desta quinta-feira.

Nos dois últimos jogos, ainda sem visto de trabalho, Aguirre traçou as estratégias do time com o técnico interino, e agora auxiliar, André Jardine. Mas conversou individualmente com alguns jogadores, como Rodrigo Caio. E a expectativa é de que o treinador aposte mais em mexer com os ânimos do time do que fazer ajustes táticos para sua estreia.

– Tivemos um contato normal com o Aguirre, nada muito específico. Também não tivemos muito tempo para conversar, é jogo atrás de jogo. Mas o professor veio para somar, nos ajudar. Precisamos tentar pegar tudo que ele quer e transformar dentro do jogo. Isso é o mais importante – disse Rodrigo Caio

– A gente fica feliz que ele já pode dar treino, estar conosco e passar um pouco do que deseja. Não temos tempo para treinar e ele passar os detalhes do jeito que gosta que a equipe atue. Mas, por mais que ele não estivesse no campo, foi nos orientando e falando junto com o Jardine. E, dentro de campo, nós podemos nos ajudar. Neste momento, é isso o que vale, mais do que o treino e a questão tática – completou o zagueiro.

L!

 

Anúncios

34 comentários

  1. “Gosta de um time com muita raça e muito aguerrido. Temos de nos adaptar a isso e fazer o melhor por ele e pelo São Paulo – disse Marcos Guilherme”

    O que deveria ser uma obrigação, não é sr. Marcos Guilherme…

    Se vão ter que se adaptar, é pq tem consciência que não são… o jogo contra os porcos foi a maior prova disso…

    Espero nunca mais na minha vida ver uma coisa igual aquela…

    Curtido por 7 pessoas

  2. Eu ficarei muito contente com um pouquinho de bom futebol.

    Um time organizado, coeso, compacto e eficiente.

    Com jogadores que saibam cumprir suas funções táticas, minimamente treinadas.

    Um time que funcione como um time.

    Eu quero ver gols do meu SPFC.
    Eu quero ganhar jogos ” fáceis “.
    Eu quero ganhar jogos “difíceis “.
    Mas se perdermos, que seja com luta.
    Perder na disputa, disputando.
    Sem derrotas “antecipadas “.

    Que Aguirre – Jardine sejam os líderes e comandantes a conduzir nosso tricolor à decisões e por que não futuros títulos.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Acho que a direção não vai hesitar em separar o joio do trigo dentro do elenco.
    Para mim a declaração do Rai de que o problema não era só o DJ deixou muita coisa subentendida.
    Eu confio nesses caras. E é importantíssimo que o treinador tenha vindo com total apoio deles.

    Curtir

  4. O elenco hoje proporciona uma luta saudável pela posição de titular. Quem não quiser sujar o uniforme sai e entra outro do mesmo nível, mas com vontade.
    Nosso elenco hoje é, em termos de qualidade, bastante homogêneo.

    Curtir

  5. Não se transforma o psicológico de um jogador. Isso tem que aos poucos ser uma linha de contratação. Se você tiver um elenco 60%-70% de raça, guerreiro, sangue nos zóio, aí o resto acaba se contagiando. O que acontece hoje é que temos um elenco com o psicológico fraco, mimado e que estão acostumados a pouco fazerem, e assim, os poucos bons nessa parte, acabam se contagiando por isso.

    Essa é a razão de tantos maus jogadores nossos jogarem melhor quando saem e se juntam a outros elencos. É o grupo.

    Curtir

    • Isso tudo vem de cima, a construção de uma equipe

      o que mais chegou perto foi o elenco de 16 na liberta

      TIme raçudo técnico raçudo dando sustentação pra Calleri e Ganso na frente decidirem

      Curtir

  6. Apesar da partida contra o Palmeiras acho o nosso time aguerrido dedicado sem a bola

    a imagem tá arranhada por conta do classico mesmo acho que aconteceu aquilo também por influencia (ou falta de) do DJ

    O DJ nunca foi um treinador que exigiu isso, nunca foi o perfil dele, os times deles nunca foram sinonimo de raça.

    e essa caracteristica casou com alguns dos jogadores que estiveram em campo naquela fatidica partida

    Mas existe sim alguns no elenco que a DIRETORIA trouxe que não possuem esse espirito, prefiro não citar nomes rs.

    Mas a maioria tem essa caracteristica eu acho

    Curtir

  7. Penso da mais ou menos da seguinte forma;

    Um time raçudo sem qualidade técnica ganha jogo mas não ganha titulo

    Um time com qualidade técnica sem raça idem

    Um time com raça e qualidade técnica ganha jogos e alguns titulos.

    Se não der na técnica ganhe na raça

    Se não der na raça, ganhe na técnica

    Um complementa o outro.

    Um precisa do outro.

    Curtir

  8. pra mim raça não se negocia, ou vc tem ou não tem, simples assim.

    jogador que não tem é pq não tem vocação pra isso, não é da sua natureza biológica, pode até enganar por uns jogos, mas depois volta ao seu normal

    acho que a comissão técnica tem que fazer um “pente fino” no elenco e ver quem é quem e separar o joio do trigo com o tempo.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s