Apresentado pelo São Paulo, lateral Régis diz que é ambidestro e que joga até no ataque

O lateral direito Régis foi apresentado pelo São Paulo no centro de treinamento da Barra Funda, na tarde desta sexta-feira, e já chegou assegurando que pode ser muito útil ao técnico Diego Aguirre por ter como principal característica a versatilidade.

“Consegui fazer boas competições sendo mais ofensivo, explorando bem o ataque. Pude me destacar dessa parte, mas entendendo também que lateral não vive só de ataque, sim de equilíbrio. Tem de valorizar os atletas do clube, Bruno e Militão que tem despontado. Chego com humildade e respeito, mas querendo ajudar o São Paulo de uma maneira diferente”, disse o jogador.

“Sou ambidestro, consigo jogar pelos dois lados, também na linha da frente. Me coloco à disposição nessas posições”, completou.

Com 28 anos e mais de 15 clubes no currículo, Régis também explicou que no passado teve dificuldades para se adaptar pelas equipes que passou, inclusive o Bahia e o Botafogo, únicos dos grandes que defendeu as cores.

“Era sempre calendário é curto, campeonatos com alguns meses de duração. Passei por grandes e contribuiu para não ter sequência. Tive passagem curta pelo Bahia mesmo, não é normal. Infelizmente não vivia bom momento pessoal, assim como Bahia. Em comum acordo encerramos o vínculo. Estou no São Paulo completamente estruturado para fazer meu trabalho”, disse Régis.

Como já fez jogos pelo Campeonato Paulista, o lateral não poderá defender o São Paulo no Estadual. Mas estará apto para jogar a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana pelo clube tricolor.

Neste sábado, o São Paulo enfrentará o São Caetano, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, às 16h (de Brasília), no primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista.

ESPN

Anúncios

15 comentários

    • Zeca foi atleta de seleção olímpica, com potencial para um dia disputar vaga na seleção principal. A carreira dele estagnou agora com todo esse imbróglio judicial e acho que demora a focar na carreira.

      Não dá pra comparar o Zeca com o Régis. Este último não será um novo Cicinho ou Ilsinho. Mas ele pode fazer o trabalho que o Militão vem fazendo. Um Hudson da LD é o que devemos esperar.

      Curtir

  1. O São Paulo vai melhorar seu futebol, mas não será do dia para noite. Muitos por falta de paciência não entendem e vai acusando ou insultando os que querem o bem do clube.

    Tem gente em redes sociais até pagando madeira para as galinhas, mas veja só o caso do Zeca. Não é assim galera, não é assim que funciona. Tem que ser tudo direito e as coisas não melhoram do dia para noite.

    E por essas e outras que a torcida tem que fazer uma auto reforma na consciência. Devem sair da meninice e voltar ou se tornarem homens na atitude algo que tem faltado na torcida atualmente.

    Quando vc pensa em business e management ou até mesmo em administração, vc começa entender muito bem como as coisas devem funcionar.

    A torcida deve apoiar mais e criticar menos. A torcida tem que pensar mais de forma madura e ver as coisas analisando ao mesmo tempo.

    Curtir

    • ” Auto-reforma na consciência “.

      ” Sair da meninice e voltar ou se tornarem homens “.

      “A torcida deve apoiar mais e criticar menos”.

      By guia Mitsuo para torcidas maduras.

      Nem sei mais o que comentar.

      Será arrogância, prepotência ou apenas inocência ?

      Com a palavra Mitsuo.

      Perguntas:

      Com direito ao auxilio-psicólogo ?
      Mulheres torcem nesta torcida ?
      Torcida tem que ser acéfala ?

      Curtido por 1 pessoa

      • Pura consciência tranquila dr Paulo. Vivo a realidade e daqui de longe percebo que a torcida do SP atualmente tem atitudes que diferencia da torcida antiga do SP que era educada, consciente e polida. Hoje não existe mais isso e falar a verdade não é arrogância e nunca foi arrogância.

        É aquele lance, vc quer que eu seja falso e diga “ah torcida maravilhosa igual essa não tem, são todos bons, todos inteligentes, toda diretoria é ruim e só torcida que é certa”? Se quiser que eu faça declarações para te agradar, eu faço dr Paulo.

        Assim como vossa senhoria quer que eu respeito vossa opnião, a minha deve ser respeitada e não ser tratada como afronta.

        Curtido por 1 pessoa

        • Caro Mitsuo:

          Meus questionamentos tem base em uma sociedade de massas, para uma torcida estimada em dezenas de milhões.
          Não desrespeitei em nada sua opinião, apenas problematizei …, se você não reconhece a validade de tais controvérsias, desculpe, mas não é uma afronta.

          Curtir

          • Que controversias Dr. Paulo?

            De qualquer forma Dr. Paulo, criticas foram feitas por mim e tenho essa opnião.

            Achar que nada precisa melhorar e achar que quem fala as coisas na lata é arrogânte é realmente atitude de fracos. O humilde aceita que sempre há algo a melhorar dentro de si no que tange ao comportamento social e cultural.

            Cabe a vcs aceitarem isso e desejar melhorar, ou simplesmente não aceitar e ficar nesse sistema “reclama-reclama”.

            Não forço ninguém a nada, até defendo o livre arbitrio das pessoas. Sugestões são dadas, agora fica a sua escolha o que vcs querem.

            A torcida pode melhorar e ser considerada a torcida mais inteligente, mas isso vai depender da humildade de cada um querer ou não querer. abs!

            Curtir

      • Boa, Paulo!!! Belíssimo comentário. Teve estômago pra responder de forma bem humorada e bem crítica a esse comentário no mínimo bizarro que a gente leu. Algo que com certeza eu não teria sido capaz, parabéns!

        Agora a gente tem que ter jeito certo de torcer também. Surgiu um Messias pra nos mostrar o caminho pra ser “uma torcida mais inteligente” e temos que ser “humildes” e aceitá-lo como líder nesse caminho que temos que percorrer. É cada um que me aparece!!!

        Curtido por 2 pessoas

    • Estou esperando coisa boa também.
      Experiente, sabe que terá poucas chances futuras e agora é a hora.
      É O time grande da vida dele.
      Espero a garra e determinação do Hudson quando veio. Ralou na carreira.

      Hudson contou numa entrevista que passou dificuldades nos clbes do interior.
      Comia o que tinha de promoção e mais barato.
      Tinha semana que era a base de almondegas. Outras a base de salsicha.
      Tudo dependia de promoção em supermercados da cidade.

      No tricolor é filet mignon todo dia.

      Curtir

  2. Tenho tido uma conclusão que jogadore de hj não tem maturidade. Para tudo é influênciado por seus empresários e por isso que se envolvem em problemas jurídicos, falta de adaptação em países com cultura diferenciada, problemas pessoais e até declarações infelizes sobre rivais.

    Os anos 70 era tão simples, jogador era contratado, era cobrado e ele sabendo que tem contrato não ficava se auto-vitimando, mas mostrava seu valor no clube. Lógico que tinha um ou outro fraco de cabeça, mas o número de jogadores mimados hj praticamente triplicou.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s