Leco blinda cúpula do futebol do São Paulo e ignora críticas sobre Aguirre

A não ser que uma improvável reviravolta aconteça, Diego Aguirre deve ser anunciado como técnico do São Paulo nas próximas horas. A contratação do uruguaio revela uma nova forma do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, administrar o futebol profissional do clube.

O mandatário maior está decidido a dar carta branca a Raí, diretor-executivo, Ricardo Rocha, coordenador de futebol, e Diego Lugano, superintendente de relações internacionais. Dessa maneira, Leco apresenta duas mudanças em seu perfil de comando:

O primeiro fato que chama atenção é a questão de Leco ter se mostrado menos centralizador nos últimos meses. Um dos motivos do ex-diretor de futebol Vinicius Pinotti ter pedido demissão do cargo em dezembro foi justamente pela forma como Leco tomava suas decisões, muitas vezes sem consultar Pinotti ou agindo no sentido oposto ao que o ex-diretor acreditava ser correto.

O segundo ponto notável nessa mudança de postura de Leco é a proteção que o presidente tem dado ao trio de ídolos formado por Raí, Ricardo Rocha e Lugano. Opiniões, comentários e até mesmo pressões externas, seja de outros departamentos ou de conselheiros, aliados ou de oposição, estão sendo absorvidas e ignoradas em grande parte, diferente de como acontecia costumeiramente em um passado recente.

O voto de confiança dado a Dorival Júnior após o empate com a Ferroviária, como a Gazeta Esportiva explicou à época, e a escolha por Diego Aguirre são as maiores provas de que Leco mudou.

A reportagem apurou que o nome do técnico uruguaio está longe de ser uma unanimidade dentro do clube. Até pessoas influentes no departamento de futebol foram contrárias a decisão de se buscar o ex-treinador do San Lorenzo.

Aguirre é visto como mais uma aposta sem contextualização e gera desconfiança entre são-paulinos. A principal torcida organizada do tricolor também já se posicionou publicamente avessa a contratação.

Dentro deste cenário, as pessoas ouvidas pela reportagem da Gazeta Esportiva confessaram que prefeririam outras opções. E André Jardine parece mesmo ser o favorito daqueles que temem pela opção já definida por Diego Aguirre.

Campeão Gaúcho com o Internacional em 2015 e comandante do Atlético-MG em 2016, Diego Aguirre, 52 anos, está desempregado desde setembro do ano passado, quando caiu diante do Lanús à frente do San Lorenzo, nas quartas de final da Copa Libertadores da América. Em seu currículo, Aguirre tem também dois títulos nacionais pelo Peñarol e três conquistas de copas pelo Al-Rayyan, do Qatar.

GE

Anúncios

39 comentários

    • Tem como tirar o Leco e os demais conselheiros, que ficam minando o ambiente do clube, por uma gestão mais profissional e competente?
      Por que, daqui a três meses, estou vendo o Leco afastar o Rai, Ricardo Rocha e Lugano, que são figuras conhecidas dos torcedores, como fez com o Pintado e Rogério Ceni. Não consigo ver o Leco e não sei quem são os tais conselheiros, até gostaria de saber para listar os nomes aqui, que parecem mais preocupados com outras coisas que os interesses do clube. Pois, olhando o plantel que temos, não dá para dizer que temos um time, mas sim um punhado de jogadores que se escalam em campo e não o que treinam durante a semana.

      Curtir

  1. Boa tarde.

    Aos poucos, Raí e R. Rocha vão dando a sua cara no SPFC. Alguns dos resquícios do trabalho do Pinotti vão sumindo, como a contratação do Dorival.
    Tendo essas mudanças, Raí e seu grupo vão fazendo seu trabalho e até por isso, serão cobrados. Por enquanto, além de umas contratações estranhas, acho que devemos confiar em seu trabalho e acho que dará bons frutos, se realmente tiver carta branca.

    Saudações tricolores.

    Curtido por 4 pessoas

    • Concordo.
      Prefiro Aguirre apostando com contrato curto, pois assim mostra que Jardine é uma possibilidade real. E isso mostra um projeto.

      Dos brasileiros Cuca não foi bem em 2017, e gerou muitos problemas no Palmeiras.
      E ainda havia o perigo dos velhos mefalhoes: Osvaldo, luxa, roth, falcão.
      Quanto as contratações prefiro esperar:
      Trellez rendeu bem no Vitória ;
      Ds9 de meia já foi bem na carreira;
      Regis vem com contrato curto;

      Acredito no trabalho do Raí

      Curtido por 5 pessoas

      • Porém o contrato curto e pq ele pode assumir a seleção do Uruguai depois da copa do mundo
        Eo São Paulo fez um contrato até dezembro sendo q se a seleção o chamar ele só pode sair em dezembro não no meio do contrato

        Curtir

      • Concordo plenamente com você, Márcio.
        Estou tentando ter paciência com o DS pelo mesmo pensamento que você, no entanto, devo dizer que ainda não entendi muito sua contratação, diferente da contratação do Trellez que é um centroavante e a posição é carente no futebol. Mas já que o DS está aí, vamos apoiar.

        Saudações tricolores.

        Curtir

  2. Outra cagada imensa do diretores em contratar o Aguirre, nada contra a pessoa…mas seria hora de Luxemburgo, o cara tá com vontade de fazer um ótimo trabalho, ele conhece os jogadores …mas…

    Curtir

  3. Eu acredito neste novo trabalho que esta sendo feito. Principalmente na promoção e preparação do jardine.

    ate a estreia na sulamericana teremos um descente podem apostar….chega de mimimi do traste dormival….

    Ele vira com sangue nos olhos principalmente porque ira assumir a celeste em 2019.

    Gosto principalmente pela postura dele e rotatividade do elenco chega de morto vivo cumprindo tabela como titular so por vaidade…. chega de vexame….

    Curtido por 3 pessoas

  4. Do outro post:

    Eu acho que o torcedor do São Paulo está tão acostumado com os aproveitadores que questiona até Lugano e Raí que sempre foram honestos com o clube.

    Mesmo depois de tudo que o Lugano fez e passou pelo São Paulo nesses últimos anos, tem gente que prefere acreditar que ele indicaria o treinador apenas pelo fato de ter o mesmo empresário…

    Também não acredito que Raí e RR arriscariam seus nomes apenas por uma suposta amizade especulada por jornalistas.,,

    Curtido por 2 pessoas

        • Pra mim é uma baita incógnita…
          Quando ele foi pro Atlético tinha um monte de jornalista achando que ele iria repetir o trabalho no Inter só que não foi bem assim.

          Do mesmo jeito que muita gente aqui comemorou quando contrataram o Dorival na esperança de um time mais organizado, 9 meses depois e o que se viu foram os mesmos problemas do Rogério no Brasileiro…

          Futebol tem muitas variáveis pra saber realmente se o cara vai dar certo ou não, ainda mais pra gente que acompanha de longe e não passa de um torcedor.

          Curtir

          • Pegando gancho no seu comentário, no trabalho do rogerio e do dorival, não saiu nenhum jogador? Ou esqueceu que a diretoria, digo Leco, fez uma limpa no elenco, vendendo jogador a rodo e comprando mau jogadores para repor elenco.
            Isto vc esquece de colocar na balança

            Curtir

  5. O LECO está coerente e deixar o futebol com Raí e Ricardo Rocha pois ele por si só não entende nada de futebol muito menos estes conselheiros que pensam ser donos do São Paulo.
    Aguirre não é uma aposta mas sim um treinador com metodologia de comando bem diferente do Dorival Júnior.
    Com o Aguirre no comando o São Paulo não será mais um time morto em campo mas será competitivo e disciplinado..

    Curtir

  6. Boa tarde pessoal.

    Eu acredito que a escolha da diretoria foi por um técnico”regular” no sentido de manter um certo nivel de aproveitamento por todos os times que passam, pela leitura que fiz, a diretoria quer alguém que vá preparando o time pro inicio do ano que vem o Jardine assumir em definitivo.

    Se o Aguirre mantiver o aproveitamento dos times que passou, não correremos o risco do ano passado e enquanto isso o Jardine vai ganhando experiência e conhecendo os jogadores.

    Acho que a escolha foi mais pensando em preparar o terreno pro Jardine mesmo

    Curtir

  7. A cada decisão, escolha e contratação, eu tenho mais certeza de que ter sido um craque dentro de campo, não significa ter boas decisões e escolhas como dirigente…
    Espero que eu esteja completamente errado dessa vez, e ele vire um Telê ou Cilinho da vida, e acertem pelo menos na contratação do tecnico, já que erraram muito na montagem do elenco…

    Curtir

    • Fernando, nada garante que o Rai seja um craque como dirigente, pois nem Zico conseguiu.

      A questao aqui eh sobre o pre-julgamento dos afoitos.

      Cravar “vai dar certo” assim como “vai dar errado” sao equivocos do mesmo jeito pois ninguem aqui tem esse poder de projetar o futuro.

      O onanismo dos que pretendem dizer “nao disse?” eh um pouco irritante as vezes.

      Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s