São Paulo discute pay-per-view e luvas com Globo por Brasileiro-2019

O São Paulo acertou a maior parte das condições do contrato com a Globo de TV Aberta e pay-per-view para o Brasileiro, de 2019 a 2014, mas ainda faltam alguns itens. Há uma discussão sobre ppv e luvas, entre outros artigos menores. O Conselho de Administração já referendou os pontos principais e deu autorização para a negociação. Falta fechar esse itens e a aprovação no Conselho Deliberativo.

Em 2016, o São Paulo tinha aceitado a proposta de TV fechada da Globo. Por isso, levou luvas de R$ 60 milhões. Ficaram em aberto os contratos de TV Aberta e ppv que foram reprovados no Conselho Deliberativo no final de 2016.

Desta vez, dirigentes são-paulinos entendem que há mais chance de o negócio ser fechado. No geral, as condições do contrato são iguais aos de outros clubes que já assinaram com a Globo com exceção daqueles que têm acordos com o Esporte Interativo. O São Paulo passa a entrar na distribuição de 40% de divisão igual, 30% por exibição em aberta, e 30% por premiação.

A diretoria do clube ficou satisfeita porque qualquer partida em TV Aberta mesmo que seja só para o interior do Estado contará para calcular a cota. E dirigentes são-paulinos avaliam que o São Paulo só perde para o Corinthians no Estado de SP em aparições na Globo.

Em relação ao pay-per-view, a distribuição é de acordo com os assinantes que se declarem torcedores do clube. Mas o Flamengo e o Corinthians conseguiram uma garantia extra de um percentual mínimo que ganham mesmo se não atingirem esse patamar. A diretoria do São Paulo tem consciência do mecanismo e gostaria de contar com ele, mas sabe ser mais difícil conseguir porque demorou a fechar com a emissora.

As luvas oferecidas pela Globo em 2016 eram de R$ 20 milhões, proposta que depois saiu da mesa. Há uma discussão entre as partes. Mas a tendência é o clube ficar pelo menos com esse patamar, e talvez poder ter flexibilidade para receber uma parte do dinheiro antes. Neste caso, teria luvas totais parecidas com a do Grêmio, que levou R$ 80 milhões. Ficaria abaixo de Flamengo e Corinthians.

Ao contrário de 2016, a diretoria do São Paulo não está com pressa porque seu caixa está mais aliviada e não precisa das luvas de imediato. Mas, da parte da cúpula do clube, essa negociação não deve dar para trás, restando ser aprovada no Conselho.

Em relação à Adidas, a avaliação no Conselho de Administração é de que a empresa apresentou o maior valor global, considerando material, royalties e possibilidade de vendas de camisa. A análise é de que a Adidas investe bem mais em propaganda e tem uma distribuição melhor do que a Under Amour. Por isso, devem aumentar as vendas de camisas.

A proposta da Under Amour teve uma redução em relação ao que pagava anteriormente ao São Paulo em torno de 15%. Por isso, ficou claro para conselheiros que a proposta da Adidas era mais vantajosa. A troca de material esportivo ocorrerá em julho deste ano.

Rodrigo Mattos

20 comentários

  1. Apesar do twitter provocativo contra nos, queria muito que o SPFC tivesse assinado com a Esporte Interativo. A parceria deles, aparentemente, da a entender mais benéfica a imagem dos clubes que da globo que só visa a sia mesma usando de muita politicagem.

    Algo me diz que a proposta da globo não era a melhor e aquele sucesso do Antaíde foi uma fabricação politica da emissora e grupo do Leco

    • Não esqueço até hoje o Aldair e o Ataíde fazendo um alarde todo que seria um evento que o São PAulo iria lançar, que seria um ultra mega hiper novidade, na época se questionou o que era e depois veio tipo um portal de compras que um valor do produto comprado reverte para o clube… algo assim, nem sei se existe ainda. Aquela dupla era demais… lambanças que até hoje o clube paga.

  2. Gaymio conseguiu 80 milhões em luvas. SP conseguiu 60, podendo talvez chegar aos mesmos 80, ficando abaixo de Flalixo e Travecas. Sinceramente, chega de receber migalhas da emissora mais podre do país. Vivem pra beneficiar os 2 queridinhos e sempre fazem chacota do SP. Chega. Alguém precisa ser homem nessa diretoria/conselho do clube… não é possível.

    • Se a globo perdesse o Gremio, ela iria ficar sem os três principais clubes do Sul do País. Internacional e Atlético Paranaense assinaram com o EI, por isso do valor alto para o Grêmio.

    • Juvenal tentou ser homem naquele leilao dos direitos televisivos, afinal foi ele quem liderou o movimento. Quebrou a cara.

      As “migalhas” a que voce se refere eh consequencia da covardia dos outros clubes e da esperteza de quem ocupou o vacuo de poder.

      Para mim, 80 milhoes de luvas eh muito dinheiro para um clube que tentou rifar a Globo.

      O clube saiu no lucro, isso sim.

  3. Marcelo Hazan

    Verified account

    @Marcelo_Hazan
    35s35 seconds ago
    More
    Torcedores gritam o nome dos jogadores, mas cometem gafe. Cantaram Marquinhos Cipriano, que não está mais no profissional #gesaopaulo

    Será que o Leco contou pros ‘amiguinhos’ que houve reviravolta no caso e vai renovar, e por isso gritaram o nome dele?

      • Titular absoluto do time na lateral direita desde o ano passado, Militão tem sondagens de Chelsea e Juventus. O volante de origem tem como empresário Giuliano Bertolucci, um dos agentes mais influentes no mercado europeu. Já Cipriano foi alvo de Fiorentina, Atlético de Madrid, Bordeaux, além do Palmeiras.

        Giuliano Bertolucci o mesmo do Oscar e Casemiro.

        Sempre a mesma raposa no galinheiro.

  4. Se o SPFC fechasse com uma segunda opção, não ficaria triste. Globo é um lixo, e aposto que outros times grandes comprariam a briga. Mas falta culhao.

    • Ninguem comprou a briga em 2010 no fracassado leilao dos direitos televisivos, entao ninguem comprara outra briga agora porque os que lideram o futebol hoje nao tem o que reclamar da vida – estao nadando em dinheiro

      Jah o resto, sao TODOS covardes.

  5. Régis A. Romualdo

    @R361S
    7m7 minutes ago
    More Régis A. Romualdo Retweeted Marcelo Hazan
    Em agradecimento pelos gritos de “Luxemburgo” depois daquele jogo com o Ituano, o Dorival Jr. podia acabar logo com o treino e mandar os jogadores pro vestiário.

    hahaha essa foi boa!

  6. Então houve perda da proposta…
    Porque 20 milhoes em 2016 são bem mais do que 20 milhões agora..
    A proposta para ser igual tem que considerar pelo menos a inflação do periodo (2016 e 2017 da em torno de 10%)
    No caso do SP seria interessante considerar os juros bancarios que poderia ter abatido caso recebesse o pagamento em 2016…

Deixe uma resposta