Pato e Ganso tem lugar nesse time?

Amigos Tricolores.

Escrevo esse artigo em meio a uma série de opiniões sobre esses 2 jogadores. De um lado, Paulo Henrique Ganso, que está tentando rescindir o contrato com o Sevilla e ficará livre para jogar em qualquer time que o queira, do outro lado, Alexandre Pato, está sempre demonstrando amor incondicional ao São Paulo, via Redes Sociais, talvez, até mais que pelo Internacional, time que o revelou para o mundo.

A história de ambos se assemelha. Surgiram como grandes promessas, os novos craques do futebol brasileiro. Hoje são jogadores fora de série, acima da média, mas não os craques que um dia, aos 16,17 anos a imprensa sondou que seriam. Quando surgiram, eram tidos como titulares absolutos em pelo menos 3 Copas do Mundo (2010, 2014 e 2018), de fato, demonstravam futebol para isso. Hoje, as vésperas de uma Copa do Mundo, nem relacionados são e na minha humilde visão, se não foram para a Rússia em 2018, dificilmente irão para o Catar em 2022.

Como seria a seleção

No papel, a seleção brasileira com Alisson. Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Paulinho, Hernanes e PH Ganso. Lucas Moura, Pato e Neymar seria um time rápido, inteligente e com toque de bola refinado. No papel, repetindo, no papel um timaço. Tite não teria tanto trabalho para colocar esses caras para jogar e bateríamos de frente de igual para igual com qualquer seleção, mas no futebol, como nada é exato ou certo, nem sempre o que sonhamos dá certo. E sim, Gabriel Jesus tem espaço nesse time, tal qual Felipe Coutinho. Seria uma briga muito boa!

Pato e Ganso decepcionaram a todos

De grandes craques e estrelas do futebol, são hoje, jogadores acima da média que não se firmam mais na Europa. Pato ainda jogou no gigante Milan, mas Ganso, foi para o Sevilla, que não é nenhuma potencia europeia e não irá para nenhum grande clube, pode até permanecer na Europa, mas indo para países mais fracos como Turquia e Portugal, ou para Emirados Árabes ou dos EUA, países com menos força no futebol mundial. China pode ser, também, um destino, apesar que com as regras de estrangeiros e salários, ele talvez tenha portas fechadas para o momento por lá.

Pato está na China. Indo bem até, mas sabemos, que até o momento, o futebol chinês não é nenhuma potencia. Digo até o momento, pois daqui alguns anos, pode ou ser o novo Japão – que seria uma potencia e não foi – ou se concretizar o que muitos estão afirmando, ser uma potencia para bater de frente com os campeonatos Espanhol, Inglês, Italiano e Alemão. Dinheiro, tem. Organização tem. Ainda não é atrativo, mas com salários como do Tevez de 40 milhões por ano, começa a ficar mais interessante jogar por lá, afinal, apenas os grandes craques da atualidade como CR7, Messi e Neymar ganham, fora da China, salários astronômicos como os chineses estão pagando para Tevez e Robinho por exemplo. Em breve, a China poderá sim, ser uma grande potencia no futebol mundial.

Eu apoio a volta

Me agradaria a volta dos dois. É fato que Cueva não deve ficar depois da Copa. O baixinho é marrento e vai jogar tudo o que sabe na Copa. Prevejo o Peru sendo um coadjuvante, mas Cueva será um dos destaques da Copa, um dos mais comentados camisas 10. Copa do Mundo é a grande vitrine, vai que ocorre com ele igual ocorreu com James Rodrigues e ele para em um Real Madrid, Barcelona ou Bayer de Munique? Nenê não é nenhum garoto, está em fim de carreira e isso poderá limitar o jogador a estar em todos os jogos do ano, assim como, o cansaço físico vai limitar que ele jogue no seu alto nível em todos os jogos. Diego Souza, não é um jogador que prima por uma regularidade. Excelente jogador, mas não faz o que Pato e Ganso fazem, ou seja, pode jogar lado a lado com eles.

Criticamos quem tem talento para entregar

Sou suspeito para falar, pois sou fã do Ganso. Desde a sua época no Santos. Entendo e concordo com as críticas com relação a sua má vontade em campo, que ele não tem garra, como Hudson, por exemplo, mas também entendo que ele é um jogador cerebral que precisa de pessoas boas ao seu lado.

Sua melhor época no SPFC foi ao lado de Pato e Kaká, pois ele tinha jogadores inteligentes e Ganso precisa disso. Quando ele pega a bola e visualiza o jogo, ele não pode ter pessoas ao seu lado que esperam a bola no pé, ele tem que armar o time e não tocar de lado. Me lembro de vários jogos onde ele pegava a bola. Do seu lado Reinaldo e Douglas, na frente, Luis Fabiano entre 3 zagueiros. Ganso tocava de lado e a torcida xingava, mas quem joga bola sabe o que passa na cabeça de quem arma o time em uma situação dessas. Com Kaká e Pato, abrindo, correndo, se movimentando, seu futebol apareceu!

No Santos, ele foi muito bem, até melhor e mais decisivo que no São Paulo, porque até mesmo o limitado Wesley corria e dava possibilidades de jogo, Neymar e Robinho sempre se movimentando e até o André Balada se deu bem, movimentação, rapidez, Ganso precisa disso. Sou fã dele ainda e o queria sim no São Paulo, afinal Cueva não volta para o São Paulo depois da Copa, e se voltar, teremos uma briga boa para o meio de campo do São Paulo.

Pato é um jogador inteligente, rápido e matador. Sabe dar bons passes, pode até jogar como um meia mais avançado, sabe fazer isso, tem bom domínio e visão de jogo. Sabe se posicionar na área, mas deixa a vaidade atrapalhar um pouco seu rendimento, mas é o tipo do jogador que se tiver 3 chances, guarda uma com certeza. É perigoso e inibe os zagueiros. E outra, pode ser uma excelente influencia para Brenner, que desponta como um craque, mas tenhamos paciência, afinal, Pato mostrou que nem sempre o que parece, é, apesar deu apostar bastante no menino Brenner.

O time não ficaria ruim não…

Até sonharia com um time com: Sidão; Militão, Aborleda, R.Caio e Junior Tavares; Petros, Jucilei, Ganso e Nenê. Diego Souza e Alexandre Pato. No papel, um time de impor respeito, no papel, pois é preciso que todos joguem bem para o time render.

É claro que Pato e Ganso viriam para o Brasil com o moral baixo. Isso porque Ganso, principalmente, volta como um fracassado na Europa. Há muitas coisas que envolvem ele não ter sucesso lá, até o fato do técnico o colocar como 1o volante, mas tem culpa do lado dele também. Talvez se ele tivesse ido para outro centro como Portugal, por exemplo, ele teria se destacado mais e iria com mais experiência para a Espanha ou Alemanha, mas agora é fácil falar e criticar. Pato, teve uma carreira mais vitoriosa na Europa e voltaria com menos fama de mal sucedido em campo.

Brasil, o país da síndrome do vira lata

Entretanto, há um ponto importante a se pensar. Nós brasileiros temos a fama de vira lata. Lá fora é tudo melhor. Se Pato e Ganso voltarem para o São Paulo, os caras estão voltando para um dos melhores times do mundo, para o campeonato mais difícil do mundo. A imprensa nos induz a acreditar que é melhor jogar em times menores da Espanha do que no São Paulo ou outro time grande brasileiro! Temos 12 times grandes no país, lá fora, tem 12 times grandes se somar Itália (4), Espanha (2), Inglaterra (4) e Alemanha (2). Jogar fora do país onde vai se aprender outra cultura, ganhar em Euro, não ser roubado em impostos como somos, é outra história, mas achar que jogar no Sevilla, Lazio, Fiorentina, NewCastlle, Schalke 04 é melhor que jogar em um dos 12 times grandes, é demais!

A volta me agrada

Sei que serei xingado por esse artigo, faz parte do futebol. Somos 20 milhões de torcedores com opiniões diferentes. Há quem ache que Rogério Ceni foi melhor que Zetti; quem ache que Leônidas jogou mais que Pelé, que Garrinha jogou mais que Pelé e outros que acham que Canhoteiro jogou mais que Garrincha. Há quem apoie José Poy como o melhor goleiro do São Paulo, quem acha que Muricy foi melhor que Telê Santana. Quem apoie Edimar na lateral do São Paulo, quem gostava do Marcinho e quem detesta o Cueva. Há quem adore o Dorival Jr, há quem pede sua cabeça desde o primeiro dia. Há quem prefira Pepsi a Coca-Cola, quem vota no PSDB e odeia o PT ou vice-versa. Opinião cada um tem a sua, respeitando-a todos se dão bem, logo, sim, por mim, o Raí e Ricardo Rocha viajariam hoje mesmo para Espanha e China e traria os dois. De quebra, ainda mandaria Lucas Fernandes, Thomaz, Edimar, Reinaldo, Aderlan, Bruno para fora do país.

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Coordenador do MBA de Marketing Digital e do MBA de Gestão Estratégica de E-commerce da Faculdade Impacta de Tecnologia. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

85 comentários

  1. …Até sonharia com um time com: Sidão; Militão, Aborleda, R.Caio e Junior Tavares; Petros, Jucilei, Ganso e Nenê. Diego Souza e Alexandre Pato…
    Rapaz, eu tenho muitos sonhos, mas com toda certeza essa escalação não seria um deles !!!

  2. Sou fã do Ganso e do Pato tambem. Mas acho que no seu comentário voce superestimou o futebol brasileiro atual. É muito melhor jogar em um time mediano qualquer, da Inglaterra, Alemanha, Holanda, Espanha, Italia ou França do que em vários chamados grandes daqui. Ganha-se melhor e vive-se melhor. Eu não tenho complexo de vira lata. Mas sou realista. Nas ultimas vezes que viajei, senti vergonha quando me perguntaram de onde eu era.

  3. É uma visão, um sonho. Particularmente me agradaria a vinda dos dois. No entanto teria o São Paulo condições $$$ para isso?

  4. Seria excepcional! Em 2014 fizemos ótima campanha com o vice do brasileirão e olha que não tínhamos um bom sistema defensivo o qual se mostra mais sólido hoje.

    Se viessem (e de quebra eu traria o Kardec) o time ficaria sólido em todas as posições, inclusive a preocupação que esses nomes trariam aos adversários em relação à marcação, abriria mais espaço para os demais mostrarem seus talentos.

    Acredito que o Cueva seja vendido após a copa, portanto a possibilidade de repatriar os dois começa a se tornar possível… estou na torcida!!!

  5. Sonhar com Jucilei,Nenê,Diego Souza e Ganso, todos juntos! Devia tá com sono bem profundo! No meu time dos sonhos queria jogadores mais dinâmicos. Nenê e Diego Souza hoje em time que disputa títulos, só pra compor elenco.

  6. Em ordem de possíveis retornos e prioridades, essa seria minha lista:

    1- Calleri
    2 – Hernanes
    3 – Pato
    4- Ganso

    • Mas não tem lugar para Diego Souza e Trellez em campo… e se viessem Paato e Ganso, onde enfiariam, Cueva, Nene, Diego Souza, Trellez, Brenner, Valdivia e afins? Eles deveriam ter vindo antes de todos esses, não? Planejamento zero…

    • Cicinho vai conceder entrevista na terça no SP… deve anunciar que vai se aposentar e ter algum cargo no clube… temos melhores jogadores na dirigência do que em campo. Gostaria do Cicinho em campo… joga mais bola do que todos nossos laterais de ofício, juntos.

  7. Juntando os jogadores em câmera-lenta já contratados por essa diretoria e que estão no plantel, sairia um meio de campo e um ataque que qualquer time adversário tartaruga seria verdadeiro “Fórmula 1” diante de tanta vagareza: Jucilei, Ganso e Cueva; Nenê, Diego Souza e Pato. Nem nos anos 70, quando o futebol era mais lento, daria certo com tanta falta de intensidade. Só haveria chance se a disputa fosse com times de veteranos. Chega de saudosismo são-paulino, a época é outra e a realidade à nossa vista é muito diferente – o que passou, passou! Tá sem assunto, leia o Estadão – hahahah.

  8. Acho q os dois funcionariam hoje no time, mas esqueça de Nenê e Diego Souza no time titular, ainda mais todos juntos.

    Para dar certo o time deveria ser montado no 4231 ou 433. Pato na ponta esquerda sem recompor a linha de quatro, somente pressionando a saída do adversário. Brenner seria o centro avante, com mobilidade e velocidade para receber os passes de Ganso. Marcos Guilherme, Valdivia, ou outro garoto veloz na ponta direita, com a função de além de atacar, recompor a linha de defesa (por isso tem de ser alguém com fôlego o suficiente) pois Pato na outra ponta não voltará. Jucilei como primeiro volante e Hudson (podem me criticar hehehe) como o segundo, pois infiltra mais que Petros. A linha de defesa pode ser a atual.

    Agora o esquema mais difícil de montar. 352. Militão, Arboleda e Rodrigo Caio na zaga; Marcos Guilherme na ala direita, Júnior Tavares ou Caique na ala esquerda; Jucilei e Hudson na volância, ou Jucilei de volante com A ajudando Ganso na armação; Ganso com enganche armador; Brenner é Pato atacantes. Se é pra sonhar, sonhemos ( com pés no chão, claro).

  9. Parem de falar no Cicinho. Ele acabou de rescindir e encerrar carreira.
    Sentiu novamente a lesão no joelho que o impediu de jogar ano passado.
    Voltará para fazer recuperação no refis, apenas isso.

    • Acho difícil o SP ter feito um vídeo só pra ele vir se tratar no CT. Acho possível que ele seja contratado pra diretoria ou comissão técnica.

      • Ele vai se tratar aqui. Se tiver condições de recuperar pode até fazer uns jogos de despedida (ele e fabuloso), mais fácil um cargo administrativo.

  10. São Paulo devia ter trazido o Cicinho pra jogar ano passado. Vinhas de duas ótimas temporadas na Turquia e com 36 anos podia ter rendido alguma coisa. Hoje eu duvido que esse video tenha a ver com a volta do Cicinho jogador. Detalhe. Ele rescindiu com o Brasiliense há 12 horas.

    Sobre Ganso e Pato. Com certeza absoluta os dois teriam lugar no time do SP. E acho que poderiam ir pra seleção nessa Copa se tivessem ficado no Brasil. Criou-se alguns estereótipos sobre o Ganso que não são verdade, como o fato de ele não ajudar na defesa. Tanto em 2014 quanto em 2015 ele foi um dos que mais desarmaram pela equipe. Ganso defende mais que o L. Lima que é cogitado pra Copa, por exemplo. O que ele não tem é velocidade, mas Xavi, Pirlo, Lampard e tantos outros também não tinham…

    Sobre o Pato, pesa contra ele na seleção é a concorrência, mas tanto ele quanto o Lucas Moura são 10x melhores que o Taison que é sempre convocado.

    Fontes:

    2015- http://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/2015/12/ganso-se-defende-de-critica-de-dunga-e-cita-desarmes-feitos-no-sao-paulo.html

    2014- http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2014/05/ganso-lidera-desarmes-e-assistencias-e-luis-fabiano-e-o-mais-faltoso.html

  11. SIm os dois, o Ganso nessa atual fase do SPFC tem ate lugar, mas o Pato seria ele mais 10, joga muito, podem falar o que quiserem dele

  12. Gansono NÃO cara bipolar, mimado, ñ brilhar em time nenhum, da um passe bonito e é craque kkkkk, e é a hora do Brenner, deixa o Pato por la mesmo

  13. Vou deixar claro: para mim, o meio do São Paulo é Shaylon e Lucas Fernandes. Mas o assunto é Ganso e Pato, então vamos lá.

    Ambos têm lugar nesse time, e capazes de formar um belíssimo time se incluirmos o Calleri nessa lista.

    Contudo, para mim, só daria certo com 2 meias, e o Ganso sendo o mais recuado deles, longe dos marcadores, forçando os atacantes adversários a marcarem, o que torna o trabalho do Ganso muito mais fácil em armar o jogo e lançar caras rápidos como Calleri, Pato e Cueva, além dos alas/pontas.

    Pato e Calleri fariam uma dupla verdadeiramente infernal, não preciso ficar discorrendo sobre isso.

    O ponto é que C12, P11 e C10 são inteligentes e rápidos, o que seria um campo fértil para o Ganso, principalmente se levarmos em consideração que a marcação da linha de defesa estaria louca atrás do Cueva, e os zagueiros atrás de Pato e Calleri.

    O futebol do São Paulo floresceria.

    Sidão; Militão, Aborleda, R.Caio e Junior Tavares; Petros, Jucilei, Ganso e Nenê. Diego Souza e Alexandre Pato.

    Acho uma escalação péssima para a proposta: a linha de 4 moderna costuma ser espaçada e esburacada. Lateral é escassez no futebol moderno. O volante precisa ser rápido, abafador, constante e bom passador (como todo o time).

    Ganso é o único lento em movimentação permitido, portanto. Jucilei, Nenê e Diego Souza, fora. Um pesado e 2 velhos pesados.

    Entendo que o ideal para formar um time com Ganso, Pato, Calleri e Cueva é alta compactação das linhas e, a razão do maior futebol do Pato, pressão constante de todas as linhas sob o adversário.

    Para isso, vejo que a solução são 3 zagueiros e 1 volante. O resto é pra apertar o adversário:

    Jean; Militão, Anderson Martins e Arboleda; Rodrigo Caio, Ganso, Cueva, Caíque e Marcos Guilherme (Valdívia); Pato e Calleri.

    O time precisa de um goleiro perspicaz com os pés: Jean.
    O time precisa de 2 zagueiros rápidos e vigorosos apertando as laterais, Militão e Arboleda.
    O time precisa de 1 volante extremamente dinâmico que percorra a zona central com velocidade, abafando o adversário e com boa saída de bola: esse é o Rodrigo Caio.
    O time precisa de alas velozes que tem condições de abrir o jogo e de invadir a área, se precisar: Caíque (JT e Boia) e MG (Valdívia).

    Obs.: O zagueiro de sobra, Anderson, tem condições de avançar para liberar o avanço do RC em uma blitz Tricolor.

    Mas se a sanha por um esquema com linha de 4 prevalecer, até dá para montar:

    Jean; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Reinaldo; Hudson, Ganso, Cueva, Pato e MG (Valdívia); Calleri.

    Não gosto do esquema, porque Calleri ficaria isolado; Reinaldo exposto; Ganso caçado e encaixotado.

    Por que Hudson? Porque dos volantes, ele é o que mais se encaixa em “ser rápido, abafador, constante e bom passador”, embora ele precise treinar muito passes agudos e lançamentos (deficiências de Petros e Juça tb).

    Assim sendo, minha proposta de São Paulo passa por apresentar um projeto a Calleri, Pato, Ganso, Cueva e ao Osorio, o único treinador que se mostrou capaz de adotar essa visão de futebol.

    E um treinador que não terá problemas em fazer rodízio entre Pato/Calleri e Brenner, Ganso/Cueva e LF/Shaylon.

    Será que a cornetagem deixaria?

    Vai ver Dorival que é bom…

  14. Nossos reforços para conquistas hoje estão na base: Helinho, Antony, Rodrigo Nestor, Liziero, façam longos contratos e esperem por resultados. Só no Brasil que veteranos são comprados e tem salários astronômicos, com mobilidade zero! Estamos vindo de uma série de anos, coincidentemente sem títulos, sem analisarmos as características e da necessidade das contratações. equipe sem ideia de jogo e com rotatividade de técnicos e diretores não chegam.

  15. ficaria um time cansado, agora se for para jogar solteiros contra casado, jogos de final de ano time seria bom, agora para ganhar títulos mais uns 20 anos na fila kkkkk

  16. Pato sim, ele e Brenner no ataque seria interessante. Já Ganso, sem condições nenhuma, pelo simples fato do elenco que temos hj.

  17. Pato teria lugar sim no time, excelente atacante, mas o Ganso acho que não pela falta de mobilidade. Precisaria montar um time veloz para ele jogar. Mas uma pergunta deve ser feita a todos que acham que ambos devem vir de verdade, e não apenas como jogo de imaginação: o que o clube iria fazer com todos os jogadores de meio e ataque que possuem no momento? Jogadores que possuem contrato vigente, recebem salário e todos os outros direitos de qualquer trabalhador? SImplesmente jogam para escanteio, igual video-game, e bola para frente? Administrar um clube não é tão fácil igual um time de PES, Fifa… Menos devaneios…

  18. Torço para que o SPFC consiga montar um time competitivo com o que tem hoje para que os garotos bons da base possam ser aproveitados. Nene, DS, Cueva, Valdivia, Militao e outros, vao durar pouco no SPFC. Arboleda, Caio, Jucilei, Shaylon, Brenner, etc, estarao jogando em 2019. Jogadores como Pato ou Ganso poderiam até vir mas a prioridade seria para a base e só gastar na posição que falta.

    • Isso foi resultado da pressao dos conselheiros. Sairam de compras e encontraram o Scarpa com um uma placa escrito “vendido”. Aí só encontraram o fim de feira.

  19. https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/03/02/sao-paulo-prepara-adaptacao-do-morumbi-para-concorrer-com-arenas-rivais.htm

    Mudando de assunto.

    O que seria ideal:

    Arrumar uma construtora para bancar a construção, faria mais ou menos nos moldes da porcada.

    Demolia o estádio, construía uma nova e moderna arena para 70.000 mil pessoas, mais ou menos.
    Acabava com o clube (piscinas), faria ali uma “arena” menor para um público na faixa de 25.000 lugares, para realizar shows menores, jogos de tênis, eventos gerais, lutas de MMA, UFC, etc, com isso poderia ter show e jogo no mesmo dia, se for o caso.

    Faria um baita estacionamento, aproveitando o clube (piscinas), com opções de estacionar no térreo, sub-solo e andares;

    Com o tempo sem o nova arena, jogaríamos no Pacembu, depois teríamos em excelente estádio, com cobertura, atual e avançado. Estacionamento para conforto e segurança e lugar para shows menores na arena menor e um mega show na arena maior. Iríamos lucrar muito mais ao invés do clube (piscina), e olha que sou sócio do clube, o SPFC pagaria o valor do título, para restituir a compra.
    Tenho certeza absoluta que o SPFC iria ganhar muito mais, só com o estacionamento a clube.
    Teríamos os shows, na arena grande e menor, jogos, e ainda se beneficiaria do estacionamento.

    Com a chegada da nova estação amarela SPFC/Morumbi e com a futura estação da linha ouro, iria melhorar muito os meios de transporte de ida e volta do estádio.

    Um abraço Tricolor

  20. Critico nada, isso é democracia, e temos que aprender a viver com isso, coisa que os radicais não conseguem aprender. Olhando para o time hj, seria um sonho poder contar com Ganso e/ou Pato. Não tem comparação, olha a qualidade dos passes do Ganso, quantas vezes ele deixou alguém na cara do gol? A questão, é que se Ganso joga, o Petros teria que jogar um pouco mais recuado. E quanto ao Pato, outro sonho, é matador, sabe se posicionar como ninguém que temos hoje, e até arrisco a dizer, que se eles voltasem para o Tricolor, seriam mais felizes, e provavelmente desenvolveriam seu futebol melhor, talvez até entrando no radar de Tite. E para nós, poderíamos voltar a ser respeitados e brgar oor títulos.

  21. Poderia montar um time assim:
    jean, Militão, Rodrigo Caio, Arboleda, Junior tavarez, Hudson, Liziero, PH ganso, Pato , Calleri e Brenner ( Caíque) . Time que teria boa saída pelos lados, com Ganso colocando Calleri , pato e Brenner na cara do gol. E , francamente, não acho dificil montar um time desses. precisa ter vontade e determinação, claro. Um time desses voltaria a lutar por títulos e seria favorito

  22. Ganso infelizmente não consegue mais jogar em alto nível na Europa…dq a pouco esta voltando para o Brasil, aliás o pato tb….aq os caras seriam reis hahaha

  23. Tomara que queime minha língua, mas ainda não vi razão de contratarem nenê e Diego Souza. Sei ué são jogadores diferentes e bla,bla bla, mas ainda não mostraram p q vieram

  24. Acredito que esses jogadores que o tempo é o pouco futebol apresentado encarregou – se de transforma – los em eternas promessas. Nada.mais. Hoje são jogadores caros e de pouca consistência técnica. Talvez o Pato.ainda consiga alguma coisa no mercado, mas o Ganso não tem.mais chance. Só se diminuir bastante o salario (mais.muito mesmo) e fazer um contrato por produtividade.

Deixe uma resposta