Guilherme Lima, meia de 18 anos, foi negociado com o ​São Paulo pela ​Chapecoense. O acordo prevê empréstimo de um ano com prioridade de compra do clube paulista.

No ano passado, o meia foi tido como esperança do Verdão após acidente aéreo na Colômbia, em novembro de 2016, que deixou 71 mortos e seis feridos incluindo jogadores do time titular.

Lima, que é da base do catarinense, passou primeiro pelo Avaí, voltando a Chapecó em 2014 para vestir a camisa 10 no sub-20, isso porque o jogador pulou a etapa do juvenil. Na Copinha deste ano, no entanto, ficou na reserva devido a problemas físicos.

A Chapecoense negou propostas de times do Brasil e do exterior pelo atleta em 2017 devido a identificação de Lima com o clube. O que não aconteceu ano passado depois que o atleta amargou a reserva.

Lima, que é canhoto e acostumado a armar jogadas e a finalizar, segue os passos de Shaylon, inclusive com o acordo em mesmo modelo. O meia do São Paulo foi negociado em 2015 e já está no time principal com o aval do técnico Dorival Jr.

Esporte Interativo