“Reforços indesejados” estão no epicentro da crise entre Dorival e SP

Depois de derrotas seguidas para Santos e Ituano, Dorival Júnior virou alvo em meio a uma nova turbulência do São Paulo. O técnico ficou exposto, recebeu cobranças da diretoria por desempenho e resultados e também externou suas insatisfações. Segundo apuração com pessoas próximas, uma delas está nas contratações de Nenê e Tréllez, consideradas por ele desnecessárias e um empecilho para o desenvolvimento de jovens. Mesmo assim, nos últimos jogos, preferiu usar esses reforços “indesejados” em vez dos garotos.

Esse movimento que soa contraditório causou questionamentos sobre uma suposta ingerência da diretoria na hora de escalar o time, forçando a entrada dos atletas. O cenário foi rechaçado pelo próprio Dorival. Diretor-executivo de futebol, Raí fez questão de ressaltar, em entrevista ao Globoesporte.com, a “confiança” e a “autonomia” no trabalho do técnico. Então, por que Nenê foi titular em todas as partidas desde que chegou? E Tréllez, por que furou a fila de Brenner como centroavante reserva?

A ideia era mostrar, na prática, que os jogadores escolhidos não se encaixam no perfil do time, deixando o time mais lento e engessado. Na visão do treinador, não dar uma chance aos recém-contratados aumentaria a pressão no São Paulo, o que ajuda a complementar a explicação. Se mantivesse Shaylon como titular e deixasse Nenê no banco, havia o temor de que o jovem, que ainda não convenceu, fosse engolido por críticas da torcida e da imprensa e pela sombra do veterano contratado do Vasco. O mesmo se aplica à concorrência Tréllez-Brenner, embora o ex-centroavante do Vitória cause muito menos barulho do que o próprio artilheiro badalado de Cotia.

Dorival sempre foi apontado como um profissional respeitoso, que não entra em conflito com os superiores e evita reclamações. Quando perdeu Hernanes e Pratto, por exemplo, encarou com naturalidade e mostrou discurso de “arregaçar as mangas e trabalhar com o que tem”. A contradição, ou o limite da paciência do técnico, é que agora ele admitiu desagrado com as contratações que não estavam em seus planos.

Com Diego Souza, Jean e Anderson Martins, houve consenso. Valdívia era um pedido do treinador. Gabigol também era um ponto comum, mas o Santos foi mais eficiente nas negociações. Dorival ainda sugeriu Robinho, rejeitado por razões institucionais: o São Paulo não quis negociar com o jogador, condenado por violência sexual na Itália.

O discurso de diretoria e comissão técnica já esteve alinhado quanto à confiança de que os jovens podem render. A presença dos garotos promovidos entre 2017 e 2018 era vista como solução para evitar gastos em negócios periféricos e ainda valorizar o que é produzido em Cotia. Brenner e Shaylon começaram jogando bastante, mas passaram a entrar cada vez menos e com tempo limitado. Outros, como Paulinho Boia e Caique, aparecem e somem como alternativas. Já Paulo Henrique e Pedro Augusto jogaram só na estreia e revezam no banco de reservas.

A diretoria, obviamente, nega que contrate alguém com a obrigação de jogar e apresenta argumentos para a situação de Nenê. Foi uma oportunidade de negócio, sem custos, de salários compatíveis à realidade do clube e que surgiu no momento em que Christian Cueva recebeu proposta para sair e se rebelou por ficar na reserva. Se o peruano fosse caso perdido e saísse, ter um nome de peso como Nenê seria uma forma de amenizar os prejuízos para o elenco e acalmar a torcida com uma reposição rápida.

Com a reunião de quinta-feira, diretoria e Dorival puderam jogar limpo, abrir o jogo. Isso pode dar fôlego ao treinador, que se sentirá mais seguro para retomar suas convicções e seus ideais de futebol. Para os dirigentes, principalmente com o posicionamento de Raí, é uma chance de mudar o histórico recente de trocas constantes no comando da equipe, de provar que o respaldo não é raso. O diálogo apareceu como caminho para quebrar os paradigmas do clube. Pelo menos até a página dois.

UOL

77 comentários

  1. Repetindo:

    Essa reportagem sobre o Dorival me deixou deveras receoso.

    Como ele escala um time só pra mostrar que não vai dar certo? E depois manda entrevista dizendo que “vai dar muito certo “?

    Se mostrou vingativo. Faz as coisas sem pensar no clube, apenas pensando em si, em mostrar que estava certo e os outros errados.

    E como barra os garotos com medo de cobranças? Se mostrou (apesar de ser sabido e notório isso, faz parte do histórico da carreira dele – vide caso Ganso) totalmente sem pulso, firmeza e convicção. Não confia nas próprias convicções e escala por pressão e não por convencimento.

    Agora tenho sérias duvidas sobre a continuidade do Dorival no São Paulo.

    • Mas isso é a reportagem que está supondo, o Dorival não falou que escalou o time pra mostrar que não iria dar certo.

      Pra mim ele insiste em Nene, Diego Souza e Cueva juntos porque acredita que quanto mais partidas jogarem juntos, mais rápido vão se entrosar e encaixar o time. Mas é evidente que não está dando certo e aí é que está o pecado. Precisa mudar, abrir mão das convicções, barrar o medalhão se for preciso e apostar na molecada.

      Também não gosto do Dorival, não estou defendendo o hómi… Mas acho que no meio dessa crise, vão supor e criar milhares de histórias sobre o que ele faz ou deixa de fazer e cabe a nós analisar com ponderação as notícias.

    • Exatamente Andre. Senti o mesmo. Ou seja, parece que o fim do Dorival no São Paulo está mais próximo do que a gente esperava. Acabou a confiança.

    • Com respeito a sua opinião, mas existem diversas maneiras de se interpretar esta situação. Eu prefiro enxergar sob uma otica positiva: ele testou primeiro as novas contratações, para evitar a pressão e/ou queimar os garotos. Se desse certo, ótimo. Caso contrário ele poderia promover as mudanças necessárias, de acordo com suas convicções e filosofia, sem que a torcida e a diretoria o cobrassem por não ter testado tais reforços.
      Não acredito que um profissional como ele tome atitudes de um garoto mimado.

      • Ah Mauricio, não sei cara.
        Como falei mais pra baixo, o problema pra mim foi como os medalhões entraram no time.
        Tirando o DS, que fez pré temporada, Nene, Cueva e Valdivia não fizeram,
        Todos eles tem lugar cativo no time(Valdivia entrando no segundo tempo), tomaram a vaga dos que estavam jogando sem esforço nenhum e, por mais que não venham bem, são sempre mantidos.
        Entenderia se isso acontecesse se todos tivessem começado a pré temporada juntos e estivessem jogando no time considerado titular.
        Mas, oq realmente aconteceu, foi tomar de assalto a vaga dos que estavam jogando, manter jogadores que não rendem e preterir todos os garotos da base.
        Caique entrou bem nos jogos, agora que tem Valdivia, acabou pra ele.
        Brenner fez gols, jogou bem e era o melhor da parte ofensiva(mesmo que jogando numa posição não ideal pra ele) junto do MG. Agora quase não entra mais.
        Shaylon, se não era espetacular, no minimo estava rendendo a mesma coisa que o Nene(pra mim a bola parada dele estava melhor do que o atual titular). Foi chutado sem o seu substituto ter feito 1 treino sequer com os titulares. Depois disso, parou de ser usado e entrou no ultimo jogo, numa baita fogueira.

        Resumindo, não houve criterios pras escolhas. Ele apenas optou por isso, seja lá por qual motivo. Agora, pra conseguir administrar, é muito pior.

    • Suposição da reportagem…. Apesar de eu achar q foi colocar os medalhões p não queimar os mais novos. Faz sentido.

      O q vcs tem q levar em conta e não estão levando é a preparação e o físico.

      Muitos jogadores não fizeram a pre temporada juntos, desentrosados e muitos ainda estão mal fisicamente (Diego Souza e Neném) .

      Além da viagem q o time fez p jogo da copa do brasil (q é mais importante q o paulista) e jogou um jogo depois.

      Usem a cabeça. Paulista é p preparação. Perdeu alguns jogos. Dane-se!

  2. Reportagem sem sentido. No máximo mostraria a contradição no discurso do treinador.

    1) se ele acredita na base, pq não escala?
    2) se o time está desgastado, pq não mescla experiência e juventude montado dois times competitivos que se alternem?
    3) se os reforços são indesejados, pq são sempre titulares com ele (Reinaldo, DS e nenê) ou primeiras opções de banco (Valdivia, Trellez e Hudson)?

    • Esse parágrafo explica tudo isso, caso a notícia seja verdadeira: “A ideia era mostrar, na prática, que os jogadores escolhidos não se encaixam no perfil do time, deixando o time mais lento e engessado. Na visão do treinador, não dar uma chance aos recém-contratados aumentaria a pressão no São Paulo, o que ajuda a complementar a explicação.”

    • O comportamento do Dorival no SP tem me levado a concluir que a paixão dele pela base no Santos foi porque não tinha outros para colocar. A direção do Santos só vendia e mandava se virar com os que estavam subindo. Ano passado no SP achei que ele se comportava assim porque a gente estava naquela situação delicada, o que teve lógica no momento, escalar sem tentar experimentar novidade. Mas esse ano, ignorar Shaylon e Brenner ou até o Paulo Henrique que foi bem na 1a partida, dar mais chances ao Caique. Afinal o paulista é o único campeonato do ano onde isso ainda é possível. Talvez ate os garotos nao correspondessem, mas teria que testar. Enfim…. é essa a impressão que ele me dá.

  3. Penso que ele tentou e está tentando fazer dar certo, errado ou não, ele está tentando fazer um elenco com caras velhos darem certo.

    Se ele fizesse o contrario também seria criticado. Acredito que ele optou por trabalhar com o que o clube lhe ofereceu, na minha opinião não tá de todo errado.

    Eu se estivesse no lugar dele também tentaria fazer dar certo, mas hoje ou depois do jogo contra o Santos, barraria o DS pra colocar o garoto Brenner ou o Trellez.

    Minha critica ao Dorival é ao seu modelo de jogo que não bate com a caracteristica do elenco

  4. Esse cara não tem a mínima condição de continuar no SP. Se domingo, Cueva,Ds e Nene forem escalados juntos, e Arboleda no banco pra Bruno Alves, não precisa nem entrar em campo, já manda embora no vestiário.

    • Nesse caso eu realmente espero que ele se toque. Se a escalaçao for a mesma ja entramos moralmente derrotados. Fora, que ja seremos obrigados a ver o edimar

  5. Tudo isso me parece um contragolpe do Dorival no Rai. Afinal, ele contratou, Dorival rebateu, Rai deu uma nele dizendo que tinha talento e que ele que soubesse utilizar, e para finalizar Dorival colocou todo mundo para provar que não vai vingar jogar comp Masters, como nossa diretoria adora. Agora se no fds, colocar um monte de moleque da base e ganharmos com bom futebol, so Vai demonstrar que so o clube perde com essas quedas de bravo entre diretoria e tecnico.

  6. Time fraco, e técnico pior ainda foi salvo pelo Hernanes assim como nas sardinhas por Neymar e Ganso Dorival uma piada e nossa diretoria ainda piora tudo deixando o elenco cada vez mais fraco. Estão flertando com a série B. Canalhas

  7. Lança Chamas Leco !!!

    Fritou o Ceni e já está chamuscando o Raí

    Como é que esses caras caem no papo dele??? Eu nem me sentaria na mesma mesa…..quanto mais trabalhar pra ele

    G-Suis!!

  8. Marcelo Hazan

    Verified account

    @Marcelo_Hazan
    16m16 minutes ago
    More
    Reunião de quinta foi de cobranças no São Paulo. Raí disse que Dorival tem autonomia para “extrair o melhor desempenho coletivo”. Opinião: imagino que o time terá mudanças para domingo. A ver #gesaopaulo

  9. Como já disse, tem que ter coragem pra barrar os medalhões e colocar os jovens.
    Mas concordo emmuma coisa com o DJ, se tivesse colocado os.mulekes e não tivessem jogado bem com os medalhas no banco a pressão seria maior ainda, fez sentido pra mim colocar os medalhas pra ver se davam conta e depois, não dando, colocar os muleks

  10. Fico preocupado com certas colocações no âmbito do achismo, alguém aqui ouviu alguma dessas colocações da boca do Dorival ou do Rai, fica muito no ilusionário, Cada um pensa o que quer e fala o que quer, sem que os envolvidos falem algo. isso me preocupa pois sabemos que a mesma imprensa que constrói e a mesma de destrói.

  11. O Dorival fez a gentileza de tentar usar os reforços “indesejados” e ao mesmo tempo blindar os jovens da base para não serem queimados. E isso às custas da imagem dele como treinador.

    • Esse é o lado positivo da possível história.
      O negativo é que ele sucumbi a pressão interna e não tem convicção de seu trabalho, se importando mais em mostrar que a diretoria está errada de um jeito mimado, sem se importar com o clube.

      Copo meio cheio ou meio vazio.

  12. Duvido que o técnico va escalar um time só para mostrar para a diretoria que ela está errada, é questão de liga mesmo que o time ainda não encontrou, e eu acredito que passe também pela qualidade do elenco que embora pareça bom, ainda é muito desequilibrado alguns jogadores que na nossa visão são bons jogadores na realidade são fracos, normal no futebol brasileiro que na minha opinião hoje é muito fraco, o futebol brasilerio hoje vive de status, como disse o Menon é muito marketing e muita tatuagem e pouco futebol, jogador comprometido com o time esquece isso não existe mais, vejam lucas lima, voces acreditam que ele tem amor pelas pepas, ou que le teve amor pelo santos, ele provou que o que importa e seu cabelo amarelo e suas tatuagens e o bolso cheio.

  13. Pelo que se vê na reportagem, a questão é muito mais complexa do que um “fica” ou “vaza, Dorival”. Conforme a própria matéria, ele usou os tais jogadores para deixar claro que não iria funcionar e assim ganhar respaldo para apostar nos jovens do clube – principalmente Lucas Fernandes, Shaylon e Brenner.

    Se foi isso mesmo, foi uma atitude de inteligência de Dorival, mesmo isso custando algumas derrotas em campo. Aliás, ele já havia dexiado claro em uma coletiva em janeiro, que o Tréllez não foi pedido dele e sim da diretoria. Me lembro de outra vez que ele afirmou que um jovem precisa de, em média 80 jogos no profissional para se firmar.

    Acho que com essa atitude, ele pelo menos evitou a fritura dos garotos, que agora contam com mais apoio pelas circunstâncias trazidas pelo ataque lento de até agora.

  14. Gostaria que alguém aqui diga o nome de um logador hoje no brasil que se identifica com o time que joga? Baseado em exemplos de Rogerio Ceni no SÃO PAULO, Marcos nas pepas, Lugano e Hernanes que hoje não estão mais no futebol brasileiro, me apontem um só jogador.

  15. ” Tudo é tão errado, que parece certo “.

    Dorival “cavando” sistematicamente sua demissão (deveria pedir para sair, seria mais honesto).

    Leco & patota destruindo de forma progressiva e continuada o SPFC …, para depois salvá-lo.

    E vida que segue …, pois “não sabemos de nada”.

    • Você ganha 200k por mês, recebe em dia, tem boa estrutura de trabalho, faz o que gosta, se te mandarem embora vai ter direito a mais dois ou três salários.
      Por qual motivo um ser humano nessas condições deveria pedir demissão ????????????

  16. Olho para o campo hoje e ao invés de futebol, vejo um desfile de tatuagens em campo parece uma disputa de quem tem mais, e o futebol em segundo plano. Acho que é porque estou ficando velho, pois a cada dia perco mais a alegria de assistir uma partida de futebol, e vejo nos mais jovens também essa decepção.

  17. Uma luta inglória pra qualquer treinador

    Cuca também sofreu desse mal na crefisa.

    Como profissional, não concordo com algumas decisões que são tomadas aqui na firma, mas não deixo de segui-las por birra por não concordar, tento ser profissional e fazer o que me foi determinado. Ou então peço o boné.

    Elenco mal constuído dá nisso, ahh se fosse o Pinotti

  18. Gente a matéria é clara! Ela informa que o epicentro da crise entre Dorival e SP é uma ingerência (intromissão) da diretoria na hora de escalar o time, forçando a entrada dos atletas contratados. Isto parece óbvio visto que Nenê foi titular em todas as partidas desde que chegou e Tréllez ter furado a fila de Brenner como centroavante reserva. Dorival teria apenas aproveitado esta ingerência da diretoria para comprovar que escalando os jogadores contratados ( sem sua aprovação) o time não jogaria bem. Acredito que essa intromissão da diretoria não parta do Raí, visto que ele acredita que trocas constantes no comando da equipe só prejudica o time. Tanto que até deu mais tempo para Dorival trabalhar. Acredito que Leco esteja pressionando Dorival nas escalações.

  19. Marcello Lima

    @MarcelloLimaBR
    8m8 minutes ago
    More
    Ouço que Dorival não tem culpa do rendimento pífio do time pq não pediu os jogadores contratados.Ok,ñ pediu?chegaram?Então se adapte ao que tem!Se não consegue de lugar a quem consiga.Ñ tem jogadores rápidos pelos lados?Caíque,Bóia e Cipriano são o que?Basta querer usá-los!

  20. Essa história não faz o menor sentido. Dorival iria arriscar o próprio pescoço para mostrar que não daria certo? Se fosse o caso ele escalaria dois times, como ele tinha planejado, o time da “diretoria” e o dele e ia mostrar no campo que ele tem razão. Fez justamente o contrário colocou um time só, o que entende como mais forte, jogando a cada 3 dias para tentar se garantir no cargo.

  21. Independente da veracidade da matéria, a situação toda foi pessimamente administrada pelo Dorival.
    Se, desde o começo, houvesse meritocracia na escalação de qualquer jogador, hoje seria muito mais fácil tirar qualquer um do time titular, inclusive os medalhões.
    Se há desconfiança que alguem pode se rebelar, fazer panelinhas ou tentar atrapalhar o trabalho do técnico, deve-se cortar e mostrar quem manda desde o começo. Porém, oq foi feito foi escalar todos assim que chegaram ou ficaram disponíveis.
    Cueva fez oq fez e, apesar de ser o nosso melhor jogador, deveria ter ficado no banco e ir conquistando o espaço.
    Nene chegou, nao fez nenhum treino com os titulares e já ganhou a vaga.
    DS, que fez pre temporada, teve todas as chances do mundo, sempre de titular, muitas vezes não era substituido. E, apesar de não render, tem cadeira cativa de titular.
    Valdivia, apesar de não ser titular, foi o mesmo critério. Chegou, ficou disponível e já entra em todos os jogos.
    O pior, na verdade, nem é a má gestão do time, mas sim minar e desanimar todos os meninos que vinham ganhando chances, entrando bem e jogando bem. Eles foram rifados e a mensagem que fica é, por mais que vc tenha jogado, se esforçado, quem ganha a vaga é quem vem de fora, independente de qualquer coisa.

  22. Raí está se queimando com a torcida!!! Não adiante insistir naquilo que não vai dar certo. E outra, se 100% da imprensa acha de demitir o Dorival é um retrocesso, então o SP tem que demiti-lo para ontem…90% da imprensa é tudo gambá e contra o SP. Eles sabem que a permanência do Dorival é sinônimo de que o SP não vai a lugar algum, por isso insistem com a permanência dele no cargo.

  23. Reportagem fantasiosa.

    Dorival não consegue fazer o time jogar. Simples.

    Treinador deveria ter dado atenção aos jogadores que estavam no clube no ano passado e depois dar oportunidades para os recém chegados.

    Pior… Quando não tinha as contratações recentes Dorival fez diversos testes bizonhos.

    Colocar Shaylon como volante? Petros armando o time? Brenner de ponta-esquerda? Jr Tavares como meia?

    Sério?

    Não vou mentir, no primeiro treino que sinalizou essas doideras critiquei.

    Shaylon jogou a maior parte da base como meia-atacante central ou pelo lado direito. Ele fica perdido pra dominar a bola pelo lado esquerdo, é visível. Todo torto…

    Brenner do lado esquerdo não consegue cruzar, não faz jogadas de ultrapassagens. A única jogada que faz é se posicionar para atacar o segundo pau em cruzamentos. Pera… Coisa de centro-avante? Certo…

    Petros armando o time… É bom repetir… Armando o time.

    Jr Tavares de meia… Aonde que Jr Tavares faz passes, tem visão de jogo, cadencia? Pode ter drible e velocidade…

    Tá bom. Deixa o Dorival fazer o que ele quer…

  24. Não sei se é a reportagem, o Dorival ou a Diretoria, mas tudo parece muito contraditório, o técnico não gosta dos medalhões pesadões mas escala de titulares, dizem para prestigiar a molecada, mas cadê eles no time, dizem que vão dar respaldo ao treinador, mas só quero ver se perder para as peppas, duvido que termine o Estadual empregado….
    Enfim, está tudo uma bagunça no São Paulo, infelizmente!!!!

  25. Esse time com os contratados pode sim render mais. Mas ele não serve pra jogar da forma que o Dorival quer, estilo europeu. Não temos jogadores qualificados pra isso.

    Aqui na América Latina é o tradicional estilo Bauza.

    Senão é ferro.

    • Pior que é verdade mano

      Veja os ultimos campeões brasileiros. Times extremamente limitados porém extremamente concetrados em ser competitivos. O ultimo campeão brasileiro que jogava realmente muita bola era o Cruzeiro do Everton Ribeiro e Goulart.

      Nossos rivais em 2016 e no ano passado eram sofriveis tecnicamente, se valiam de defesas muito sólidas e por uma bola, os gambá chegaram a perder do lanterna Atlético GO dentro da impressora

      Tipo nós com o Bauza na liberta, limitado mas focado em ser competitivo não em jogar bonito. Apesar de termos jgado bonito contra o Toluca do Cueva

      Sofriamos no Paulista mas iamos bem na libertadores.

      O estilo Bauza aqui quase deu certo pq a instituição São Paulo não tem capacidade nem tempo pra adquirir um modelo de jogo arrojado de futebol bonito. É dificil demanda tempo, muito tempo sem titulo. o futebol reativo, básico e de pelear siempre do Bauza aliado a um elenco lutador só não fomos pra final porque perdemos Ganso e Kelvin, fomos de Italo e Wesley kkkkk aí é osso, ainda sim, só tomas os gols depois da expulsão do Maicon, e se terminasse zero a zero, a história poderia ter sido diferente.

      Por isso que o nosso rival de itaquera esquece esse negócio de posse de bola e busca ser competitivo e passou a ganhar titulos regularmente.

      Me pergunto sempre se estão errados se devemos ter um jogo vistoso….

  26. Comentei no Uol e vou comentar aqui o seguinte : Dorival O menos Culpado, O principal Leco, depois as Decepções Rai e Ricardo Rocha I(ate aqui) – so falta o power trio seguir o conselho da facção rebaixada do carnaval e contratar o picareta fracassado jogador de poker. Os Erros de Dorival Bruno Alves (????) o principal, manda o power trio ir a PQP, escala so o cueva e poe os meninos, Shaylon, Brenner, Caique, de oportunidades pro Valdivia, e começa a testar o Jean, rebaixamento no Paulista nao rola, ganhar, sejamos realista, nao rola, prepara o time pro brasileiro, pra nao passar sufoco, sei la quem sabe da um milagre e conseguimos a sexta ou sétima colocação e pegamos uma Liberta em 19, Copa do Brasil e Sulamericana, dificil, mas sei la preparando quem sabe, o Gremio nao ganhou a Liberta ano passado, o paulista um dia não ganhou a copa do Brasil, !!!!!! #Deixem_o_Dorival_Trabalhar!

  27. Sidão

    Militão
    Arboleda
    Caio
    Tavares
    Petros
    Hudson
    Cueva
    Marcos Guilherme
    Diego Souza
    Valdivia

    Testaria esse time ai, Diego SOuza pode não ser C.A ideal, mas o Pratto sofreu do mesmo mal aqui ano passado, a bola não chega, não tem profundidade nem com os pontas e nem com o lateral, com o Militão fechando lado direito, deixa o tavares ir pra cima dando suporte pro #PokoLindo kkkkk e claro metendo bola pro Diego Souza.

  28. Mas, ele está certíssimo.Raí está fazendo um péssimo trabalho.
    Nene com seus 37 anos só veio porque bem naquela semana o SPFC estava rompido com o Cueva.
    DS veio para jogar fora de posição além de estar gordo e fora de forma.
    Petros, Hudson e Jucilei para disputar 2 posições Aliás, quem contratou essa tranqueira de Petros?
    Trellez veio para tirar vaga do Brenner e Caique.
    Valdivia que entrou bem era o refugo do refudo que nem Atlético e Inter queriam.

    Ai fica dificil né?

    Cadê o tal jogador protagonista que o Bauza sempre falava?
    Junta todos esses cabeças de bagre e contrata um protagonista.
    SPFC literalmente virou balcão de negócios: vende as revelações e trás refugos ou semi-aposentados.
    Ai é comissão da venda, comissão da compra e assim vamos caminhando.
    Estamos fazendo vestibular de novo para a 2a divisão.
    Ano passado bombamos nesse vestibular.
    Esse ano, com mais experiência, pode ser que passemos.

  29. O Dorival se perdeu, agora nada do que ele tentar, vai dar certo; mesmo que ele venha a usar os garotos e deixar os veteranos no banco. Quando se perde o controle da aeronave, o desastre é certo. Sua saída é questão de semanas.

  30. Seria tudo muito bom se fosse verdade , e se o DJ realmente tivesse convicções .

    Fico só imaginando se esse post não tivesse sido escrito sobre o Rogério Ceni na época em que ele era o técnico .

    Tem gente que iria ter orgasmos múltiplos .

  31. Eu acho Petros, Jucilei e Hudson fundamentais neste ano. Fatalmente um vai se contundir ou estar suspenso.

    Os outros que temos para a posição são estilo cerca frango ou frouxos na marcação.

    O problema é encontrar um esquema latino-americano que encaixe nesse elenco. Estilo europeu não serve pq não temos os craques que jogam por lá

  32. Como disse um articulista mais acima, está claro que Dorival já caiu. Só falta saber quando chegará o novo treinador. Acho que estão tentando o Cuca e Jardine será a segunda opção. Seja quem for enfrentará tempos muito duros tendo um pilantra na presidência do clube. Fora leco, vá cuidar do netos, da advogacia, mas deixe o SPFC em paz. Chega desses espectros de Juvenal .

  33. Eu tenho a sensação que o Dorival quer sair . faz tempo . parte por isso . acho que técnico desmotivado e pior que jogador desmotivado. Dorival foi bom técnico mais não pretende evoluir não tem ambição como técnico . eu muitas vezes quis o Mano no são Paulo por isso . vejo ele e o Tite com ambições pra conquista e pra trabalhar . aceitar derrota não da .

  34. E outra, não temos pontas velozes e o futebol brasileiro também não, simplesmente pq não jogamos da mesma forma que os europeus. O esquema europeu foi feito pra mim extrair o potencial dos craques que jogam por lá, onde tem dinheiro.

    Esse elenco do SPFC tem cara de tanque pesado, é pra armar esquema de guerra e guerrilha. Foco no resultado.

  35. O Brasil se perdeu no futebol depois que adotou o sistema europeu, e os nosso jogadores estão sendo podados , antes eramos o futebol da genialidade hoje somos brucutus dentro de campo.

  36. Acho a crise do tamanho de um time grande como o são Paulo . ou o Dorival assume o comando o controle e resolve as coisas . ou fica claro que não esta pronto pro desafio . do momento que vivemos .esperar diretoria o time começar ganhar do dia pra noite não vai acontecer . chorar porque não tem jogador não resolve . ficar de mi mi mi . toma a atitude e resolve . da diretoria a solução que vai vir e só sua demissão .

  37. Jogo de domingo Dorival entra pressionado. ..se a diretoria realmente estivesse escalando o time Jean estaria no time, e Brenner e Shaylon seriam titulares. Uma coisa que acho estranho o Rodrigo Caio só pq tem chance de ir a copa do mundo não sai do time, uma zaga com Arboleda e Anderson Martins poderia ser experimentada.
    A base não é solução dos nossos problemas ela serve para ajudar. ..pq até com esses jogadores quando entram no time a bola queima nos pés deles.

  38. Se a matéria é verdadeira, Dorival vai ter que mostrar suas convicções e mudar o time para domingo. Se isso não acontecer, sua demissão esta sentenciada.

  39. Só uma coisa me deixa curioso. Por que há apelo pela chegada do Luxemburgo e não acontece o mesmo pela do Cuca?
    Se ele tiver alguma restrição para trabalhar nesse momento, até entenderia, mas eu, pessoalmente, desconheço,.. talvez a questão salarial, mas acho que ele aceitaria baixar os vencimentos, smj.

    Luxemburgo foi o melhor técnico do Brasil no passado, mas hj não vejo nada de diferente nele.

    Sobre o Jardine, não acho que daria ponto. Trabalhar na base é uma coisa; profissional é outra. Ele não suportaria a pressão de dirigir o time principal.

    Quanto ao DJ, acho que até após o jogo contra o CRB talvez saibamos se fica ou não.

  40. Como nasce um esquema tático e forma um time vencedor . da necessidade e da visão . da visão quando se planeja e segue uma linha um pensamento ou seja planejamento . da necessidade . quando sabe se virar com aquilo que tem . sendo criativo explorando uma qualidade do time . Não ha qualidade individual . explora qualidade coletiva .

  41. Boa tarde pessoal, sou leitor assíduo desse espaço e hoje tomei a liberdade de lançar uma pergunta a todos ? Quem se recorda quando o SPFC trouxe o mestre Tele ao SPFC ( pelo que me recordo, não estava tão em alta assim, chegando a ter fama de pé frio ) diante dessa questão, porque não oferecermos um contrato de “produtividade/aproveitamento” com o LUXA ???

  42. LUXA?!

    Pelo amor d deus, o q tá acontecendo com esta torcida?!

    O cara não faz trabalho decente há mtos anos, não conseguiu dirigir time na China, não conseguiu dirigir o Sport

    A falta de títulos tá fazendo mto mal à torcida. Estão piores q os dirigentes….

Deixe uma resposta