Ricardo Rocha fala que São Paulo ainda pode contratar mais um ou dois reforços

Apesar de considerar que o atual elenco do São Paulo está equiparado ao dos rivais, a diretoria tricolor não fechou o ciclo de contratações. Um pedido antigo de Dorival Júnior continua no radar. Isto é, um atacante de velocidade pelo lado.

Hoje, Dorival tem Marcos Guilherme como opção pela direita e Valdívia, que, embora prefira atuar mais centralizado. Já na esquerda tem usado Nenê, que não tem tanta velocidade, Brenner, que é centroavante e joga improvisado, e Lucas Fernandes.

Marcos Guilherme e Nenê são titulares incontestáveis. O primeiro atuou nos nove jogos que o time fez na atual temporada, sendo que somente no primeiro saiu do banco de reservas (substituiu Maicosuel, que já nem está no clube) e foi titular nos outros oito.

O segundo chegou com a temporada em curso. Estreou contra o Botafogo-SP e não saiu mais do time.

Mas Dorival quer e tem pedido à diretoria opções, especialmente para Marcos Guilherme. Embora goste do seu titular, ele acha arriscado ter apenas um jogador com as características que deseja no setor.

O treinador também gosta muito do futebol de Valdívia e até partiu dele o pedido da contratação do meia-atacante, mas Dorival entende que o jogador não é tão rápido. Como exemplo, o camisa 21 entrou na vaga de Marcos Guilherme no segundo tempo do confronto com o Santos, mas acabou atuando mais centralizado e quase nada pelo lado direito.

A outra opção para a direita é Caíque, que entrou no lugar de Marcos Guilherme em dois jogos: Novo Horizontino e CSA. Mas a avaliação da diretoria é que o garoto de 19 anos ainda não está pronto e é preciso ter mais paciência com o desenvolvimento dele.

O problema que o São Paulo encontra no mercado é quem contratar? Bons jogadores estão empregados e são caros.

“Estamos monitorando. O Raí está liderando isso. E analisamos oportunidades. Nosso elenco é bom, competitivo, mas não consideramos fechado. Procuramos pelo menos mais uma posição ou até duas”, disse Ricardo Rocha, coordenador de futebol do São Paulo.

INTERESSE EM LATERAL ESFRIA

A declaração de que o São Paulo tinha interesse em Victor Ferraz, lateral direito do Santos, foi dada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, há algumas semanas. De fato, Dorival Júnior indicou o jogador por ter trabalhado com ele.

A favor do São Paulo estava o fato de Victor Ferraz viver um desgaste com a torcida. Por outro lado, o Santos não pretende abrir mão. O jogador de 30 anos tem contrato até 31 de dezembro de 2019. Os dois chegaram a conversar, mas a negociação esfriou.

“Não fizemos nenhuma proposta. Não queremos um embate com o Santos, um clube que temos uma boa relação. Além disso, damos apoio ao Militão, que é um bom jogador e vem se saindo bem na posição. Ele me lembra eu. É zagueiro, mas pode jogar como volante, como lateral. É um bom garoto e vamos prepará-lo ainda mais”, disse Ricardo Rocha.

Militão, que é zagueiro de origem, tem jogado na posição e vem agradando, o que também esfriou as conversas.

Atualmente Victor Ferraz está se recuperando de uma luxação no ombro direito. Quem acompanha o dia a dia dele afirma que o jogador está mais para baixo, desanimado e não descarta a possibilidade de uma transferência ocorrer mais para frente.

ESPN

85 comentários

  1. Bom dia, tricolores.

    Se tem derrota em clássico, tem reforços.
    Vivemos essa novela todo ano. Para “acalmar” torcedores, falam em reforços após alguns derrota. No entanto, os novos contratados serão, realmente, de uma mudança significativa? Se não, não é só gastar dinheiro atoa.

    Saudações tricolores.

  2. A análise do Bruno Grossi, amigos, vale a pena ler (discordo sobre acreditar na existência de um padrão, eu já acho que o time é bastante disforme, e tenho minhas dúvidas sobre o final. Coloquei destaques entre colchetes):

    “Existe uma diferença entre um time ter ou não um padrão de jogo e as pessoas gostarem ou não desse padrão. O São Paulo, por exemplo, tem um padrão: posse de bola, passes seguros até o time rival se abrir e os pontas agirem. Eu não gosto, acho chato, mas ele existe.

    O que cada um gosta pouco importa. Tem quem prefira Guardiola, tem quem prefira Mourinho. Tem quem prefira Osorio, tem quem prefira Bauza. O que precisa ser pesado na hora das avaliações é como, dentro desse padrão, um técnico consegue colocar as ideias em prática.

    [Ênfase a partir daqui] E é justamente aí onde Dorival tem se enroscado. O time tem a posse, mas é improdutiva. Os movimentos para abrir campo para os pontas são lentos e as jogadas (o volante lançando por trás da zaga ou a tabela pela direita para cruzamento rasteiro do fundo) acabam ficando manjadas.

    Por mais que o tempo seja escasso, por mais que falte entrosamento, Dorival também comete seus erros. Durante a primeira semana de pré-temporada, Brenner foi centroavante e se destacou. Em jogos, não fez meio tempo na função. [!!!!!] Nenê chegou e jogou. Valdivia, idem.

    [Na lata!!] Shaylon era outro que mostrava evolução nos treinos, inclusive jogando mais recuado em uma função em que Petros tem feito muito pouco. Mas já teve qualquer possibilidade de crescer com uma sequência de jogos interrompida.

    Ou seja, Dorival mostra suas ideias, seu padrão de jogo (goste ou não), mas não tem levado a uma boa execução. E ainda tem deixado para trás algumas de suas convicções.

    O histórico recente do SP, entretanto, mostra que a troca pela troca no comando não leva a nenhum lugar. Nem mesmo aquele gás de uma mudança de treinador aparece no clube. Se há insatisfação interna, que o trabalho e soluções sejam debatidos antes de qualquer medida drástica.

    E por mais que a declaração de que ‘treinador não faz gol’ seja infeliz, ela não deixa de ter certa razão. O São Paulo ronda a área adversária e ninguém parece tomar a iniciativa de um drible, de uma enfiada de bola. Falta atitude.”

  3. Me preocupa o critério das contratações, elenco muito desequilibrado e me parece que erraram a mão nos gastos… Trellez não vai engrenar, Diego Souza como centroavante já ficou nítido que também não e o Jean foi um absurdo pagarem 10Mi por um reserva, sou muito a favor em promover o Jardine mas acho que deve ser feito com critério, no ano que vem de preferência e tendo um elenco mais formado por jovens, difícil vai ser se livrar desses caras sem ter um prejuízo financeiro absurdo… infelizmente acredito que será mais um ano de coadjuvantes e ainda pior, sem dar rodagem para os jovens e gastando dinheiro à toa…

  4. Como conseguir resultados diferentes fazendo as coisas do mesmo jeito: Depois de derrota em clássico, membros da direção falam em reforços para “adoçar” a boca da torcida, que já quer a demissão de mais um técnico, sem saber quem pedir no lugar, com a Diretoria mais perdida que cego em tiroteio…
    Depois tem gente que não sabe pq estamos do jeito que estamos!!!!

    • Concordo, demitir o Dorival não resolve o problema, mas o triste é que sabemos que ele não chega até o final do ano, isto está muito claro, e o problema é o mesmo de sempre, contratar jogadores de baciada, sem um critério decente de montagem de elenco, não dar espaço pros jovens e tudo o que vemos acontecer ano após ano ultimamente.

  5. Infelizmente temos uma diretoria que gastou muito mal e não planejou um time com jogadores em posições necessárias pra temporada, apenas houve um aumento de folha salarial. Temos uma base que foi preterida e que infelizmente terão de desenvolver para o futebol em um outro clube. O técnico eu nem discuto, ele é conservador e morre com suas convicções.

  6. Só vale a pena trocar o fraco Dorival por alguém de currículo comprovado. Cuca seria o ideal. Negou o galo mas aceita o SP na hora. Abel Braga seria a segunda opção. Jardine não aguenta a pressão. Sem chance.

    • Essa q é minha decepção até agora, achei q dessa vez o SPFC fosse ter coragem de colocar os meninos e não sairia fazendo contratações a baciada como a do Tréllez, Nenê (q não são incontestáveis) e oq pode vir daqui pra frente… não foi dessa vez, espero q de tudo certo

    • Exato! Graças às últimas gerações sólidas que formamos, temos condições de montar uma boa base com eles e, sendo muito mais barato do que sustentar medalhão pereba, sobra dinheiro para buscar os líderes técnicos (como Hernanes e Calleri) e até poderíamos nos dar ao luxo de pagar salários maiores.

  7. o problema que o dorival é incoerente , quando fomos inferiores a alguns times menores e ele disse que o importante era o resultado, ontem ele disse que foi injusto(eu também acho que foi) mais não é o resultado que importa?

  8. Não adianta ir atras de recomendação do Dorival. Não vai aguentar a pressão da torcida que, com razão, vai exigir a saida dele. Entao, não percamos tempo, vamos logo pensar num substituto. Tecnico não ganha campeonato, mas um cara que tenha a cabeça no lugar e pense como um vencedor ajuda e muito. Dorival arma o time como um perdedor e nao merece continuar.

  9. o problema não está na chegada de reforços. Não está na troca ou não de tecnico.
    O grande problema, ao meu ver, está no que poderia ser mas, aparentemente pela falta de vontade ou qualidade, não está sendo.
    Com Dorival, o time poderia render melhor jogando de outra maneira? O time poderia fazer melhores partidas numa outra configuração tatica? O time poderia mudar um panorama de um jogo enrolado, truncado, com o tecnico pedindo para as peças em campo se configurarem de uma outra forma? O time poderia virar um jogo se as substituições fossem maus ousadas? Se essas substituições soltassem o time e não fossem apenas 6 por meia duzia?
    Será que a molecada poderia estar rendendo mais no lugar dos jogadores que estão sempre em campo e não estão dando contado recado? Será que se os meninos da nossa base não fossem sacados do time, para a entrada dos “medalhões”, sem o menor tipo de meritocracia dos que estão entrando, a disputa por um lugar do time fosse mais vantajosa, trazendo assim um ganho de qualidade e reconhecimento pros que estão no elenco?

  10. Ricardo Rocha, onde foi parar o nosso São Paulo de antigamente?

    1. Arboleda foi jogar ao lado do goleiro, não marcou o atacante, chegou atrasado para impedir o chute, tomamos o gol – e a culpa é do Dorival!
    2. Bruno Alves na cobertura da lateral-esquerda não encurtou a distância, permitiu o cruzamento do qual saiu o gol – e a culpa é do Dorival!
    3. Jucilei jogou com o freio de mão puxado o segundo tempo inteiro – e a culpa é do Dorival!
    4. Petros não enfiou uma bola perigosa aos atacantes, não soube atacar (alias, não sabe), é uma lástima para finalizar a gol – e a culpa é do Dorival!
    5. Nenê teve lucidez e inteligência, mas não teve pernas para jogar um futebol moderno – e a culpa é do Dorival!
    6. Cueva movimentou-se em câmara lenta a maior parte do jogo, não teve fôlego para suportar o tempo inteiro, errou demais os passes e não é perigoso na finalização – e a culpa é do Dorival!
    7. Diego Souza já nasceu morto no São Paulo atual e só tem chance de jogar um pouco como centroavante se os atacantes de beirada forem tipo Neymar e Coutinho que preparam a última bola, caso contrário é um zero a esquerda – e a culpa é do Dorival!

    Ricardo, sabe quando esse time do São Paulo vai melhorar? Só quando os dirigentes aprenderem a ganhar muito mais dinheiro que agora e a gastá-lo de maneira certa. Até lá, o nosso time será um fracasso, seja com Dorival, Tite ou Guardiola, porque sem dinheiro não se compra “ovos” e sem “ovos” não se faz “omelete”, como já dizia o Zelão, técnico-filósofo do nosso condomínio.

    • 1, 2 e 3: Os defensores estão expostos por linhas esburacadas, o problema é do esquema, culpa do Dorival, portanto.

      Petros e Nenê: culpa do Dorival escalá-los e não substituí-los na hora correta. Há alternativas melhores para as posições.

      Cueva: atrás fisicamente, indisciplina, deveria entrar aos poucos; entra no gás, esvai rápido. Sim, culpa do Dorival não saber gerir um time.

      Diego Souza: fora de forma e lento, titular absoluto, culpa do Dorival; sem colhão, sem autonomia, refém de medalhão para dividir responsabilidade. O cara não tenta nem mudar o posicionamento. Sim, culpa do Dorival.

      Dorival ou não, esses erros são latentes em vários desses treinadores medíocres que permeiam nosso futebol. Temos que parar de contratar pelo nome e contratar pelo conceito e produtividade real.

      Ricardo, sabe quando esse time do São Paulo vai melhorar? Só quando os dirigentes aprenderem a ganhar muito mais dinheiro que agora e a gastá-lo de maneira certa. Até lá, o nosso time será um fracasso

      Nisso concordo plenamente. O primeiro pecado é dos diretores que são uns perdidos. Pregam grandeza, volta às glórias, blabláblá, mas tomam as mesmíssimas atitudes de sempre. O modus operandi é sempre o mesmo; mesmo perfil de treinador; mesmo perfil de contratações: as desnecessárias.

    • Quem dizia isso, Neto, era o Oto Glória, técnico da Portuguesa, campeã paulista de 1973 (dividindo o título com o Santos, após uma “lambança” do Armando Marques, na contagem das cobranças de pênaltis, após o jogo)… E foi ele também que dizia: “técnico não tem escolha: um dia é bestial, outro dia é uma besta”… Kkkkkkkk…

  11. Esse texto que o Leandro nos trouxe do Bruno grosso termina com uma frase magistral que trocar por trocar não vai ajudar nada, o SPFC vem a 10 anos com torcedores querendo trocar de treinador, o disco mais riscado do mundo.

    A manutenção do Dorival se prejudicial em campo pq ele não é um Muricy, um Telê, um Tite etc alongo prazo afasta esse torcedores que só querem a saída do técnico é pode nos fazer refletir na verdadeira causa de cada derrota nessas dezenas que perdemos desde 2009.

    Dorival tem 0 culpa, suas limitações não é a causa disso. Isso é claro.

    Quem perdeu de 6×1 para o time reserva dos gambás em 2015 não foi o Dorival.

    Quem beirou o rebaixamento em 2016 e foi até chamar o MAC não foi o Dorival.

    Quem beirou o rebaixamento em 2017 e foi chamar o profeta não foi o Dorival.

    Quem perdeu 90% dos clássicos no paulista desde 2010 não foi o Dorival. Ele perdeu 2.

    Perfeito. Apesar de erros a culpa não é dele.

    Rai está faltando agora bancar o treinador para sempre no SPFC na forma de quem começou o trabalho termina independente se for l Guardiola ou o Doriva e mudar nossa história de trocar treinador a cada 6 meses que não ganhamos nada, absolutamente nada com isso. Torcida vai ter que aprender na marra, na palavra do maior jogador que tivemos. Se pagamos um preço em ter Dorival mais 1 ano faz parte, mandá-lo embora é só questão de tempo para mandarem outro e recomeça o ciclo perdedor que alguns querem sem perceber. Eu aprendo com os erros, não é trocar o técnico que fez o Autuori ganhar o mundial, foi um trabalho que começou com Rojas, Cuca, Leao até chegar o Autiori. Rai está sendo brilhante na harmonia do São Paulo. Pena que precisa de jogadores ainda. Mas vai dar certo, eu confio na chegada do Calleri e quem sabe o Ganso para darem outro padrão a esse time.

    Rai foi a melhor contratação na minha avaliação para o SPFC, é incrível como ele me deu esperanças.

    É claro que se fosse o Pinotti eu estaria insatisfeito, simplesmente pq Rai não é o Pinotti.

  12. Amigos.

    O trabalho da diretoria de futebol eh novo e me mostrou algo interessante.

    Não está contratando o que o treinador pede. Se fosse assim teríamos Robinho e gabigol.

    Não estou dizendo que contratamos melhor que isso, mas Sim, que existe um novo propósito.

    Antes se contratavo o que o técnico pedia sem saber se amanha o técnico estaria no cargo. Hj continuamos a nao saber se o técnico ira permanecer mas imaginamos que exista um novo pensamento de contratacoes

    • Perfeito.

      Eu também não concordei com a análise dos reforços, mas aí eu me questiono se não tivéssemos nenhum deles como seria o SPFC hoje.

      É um absurdo o exemplo se fosse o Pinotti a galera estaria com outro comportamento pq é claro que o Pinotti que paga grana (pessoal e tem todo direito) para um cara que roubou o SPFC para ganhar moral não é a mesma coisa de outro que é o maior jogador junto com o Rogério desse clube. Não pode ser a mesma régua. Não podemos tratar igual os desiguais.

      A régua de criticar o Rai em 3 meses é errado e vou e temos que defender. Rai tem que ser blindado e não criticado.

    • Mas o erro capital está aí: não contratam o que o técnico pede, correto; só que contratam peças discutíveis que mais prejudicam o elenco do que qualificam.

      No fundo, contratam para dar satisfação aos abutres ao invés de contratar com austeridade.

      De todas as contratações realizadas, nenhuma foi uma tacada perfeita. Todas são discutíveis em algum ponto, e isso sem procurar pelo em ovo.

  13. Sobre a troca de técnico , pra mim o nível de atuação do são paulo e o nível de atuação do futebol brasileiro , você não vê um time jogando bem , alguns enganam nesse começo atuado contra times pequenos , mais pra afirmar que tem um time bom não tem , qualquer time brasileiro que for exigido abre o bico ou pipoca .

    Então as criticas na minha opinião são justas , só que acho que as cobranças tem que ser firmes e inteligentes , vi muitos falares em comparação entre o Jair ventura e o Dorival , dizendo que o Jair e melhor técnico , pra mim é um engano , o Jair até começou bem e diferenciado no botafogo , mais logo se tornou igual aos outros , o jeito de jogar entre um time e outro e igual , acompanhei o botofogo o ano passado e foi um time limitado a esperar o adversário e contra atacar , exatamente como esta fazendo no santos até aqui ,

    Pra mim o diferencial mais importante dos técnicos que eu considero com melhores trabalho no brasil e consolidados nos últimos anos . como TIte , Mano , Renato Gaucho , e Cuca e que os times treinados por eles erram pouco , não vejo eles como super técnico , mais com certeza sabem executar um bom trabalho , sabem o passo a passo que tem que se fazer .

    Mias importante que ideia de jogo , ou esquema tático e o time não errar , em uma escala de competitividade , o bom time no minimo tem que saber marcar , seja jogando no esquema que for , nosso time não mostra evolução nisso a anos , por isso e presa fácil , se resolver o problema da marcação e meio caminho andado , os times pequeno jogam fácil contra a gente , sempre vamos para o jogos sabendo que vamos levar gols bobos , ai soma 2 problemas , alem de não saber marcar somos fracos e encostante ofensivamente , não temos volume de jogo com qualidade .

    Quando o santos ganhou a ultima libertadores , o Muricy pegou o time do Dorival e so arrumou isso , lembro as palavras do Muricy , o time corre muito atras do adversário ta errado , time que não sabe marcar também não consegue jogar de forma segura e objetiva .

    Escanteio contra a gente é um pesadelo , sofremos muito contra ataques , não sabemos controlar o jogo o equilibrio entre atacar e defender não temos , falta um bom posicionamento tático e nossas jogadas de ataque são manjadas e individuais . Esses fatores que os últimos bons tecnicos brasileiros conseguiram solucionar em suas equipes , implantar em seus times uma maneira segura de jogar defensivamente e ofensivamente , isso que da um up de um time meia boca para um time competitivo , pra mim falta esse diferencial pro Dorival até esse momento . essa cobrança que faço ao Dorival e comissão técnica . não da pra esperar ,esses problemas tem que ser resolvidos . e ai não é questão so de contratar .

    Essa é uma critica que faço aos técnicos brasileiros no geral , focam muito no tipo de jogo que querem , mais coisas simples não conseguem fazer o time executar . o time é aquilo que executa , e não uma ideia um objetivo .

  14. O São Paulo tem um time câmera lenta e mediano, nada mais que isso – sem chance de disputar títulos. E se ficar assim, será mais um ano lutando para não cair no Brasileirão.

  15. Meu time ideal pra competir com dinamismo, seria no 4-2-3-1, Diego Souza e Reinaldo, teriam a proteção e as subidas do veloz e técnico Liziero pela esquerda, na direita acho que temos um time seguro

    Sidão
    Militão————-Arboleda—————–R. Caio———————Reinaldo
    Jucilei————————–Liziero
    M. Guilherme———————-Cueva————————-Diego Souza
    Brenner ou Trellez

  16. O planejamento do SPFC não melhorou, estamos indo para o 3º mês de ano e ainda falam em contratações ( neste período ja deveria ter um elenco montado). Sair Dorival e entrar o Jardine não vai resolver nada além de queimar o Jardine.

  17. É preciso tomar muito cuidado ao usar a palavra “reforço”.
    Parece que até agora não entenderam o seu real significado.
    Está sendo usada em vão.
    Infelizmente 2018 está sendo uma repetição dos outros anos.

  18. Eu também pensei em André Jardine para assumir o SPFC, mas analisando bem ele não suportaria a pressão e ainda queimaria um ótimo profissional. A solução, ao meu ver, seria contratar o Cuca e subir o Jardine para ser o auxiliar fixo do clube e já ir se familiarizado com o ambiente.

  19. “Damos apoio ao Militão”, só não conseguimos renovar com o Militão, não é mesmo?

    Se tivesse vencido ontem, estaria falando em reforços hoje?

    Declarações e trabalho “mais do mesmo”, até agora, por parte da diretoria de futebol. por enquanto, tudo parece ser feito nas coxas, sem qualquer planejamento.

    Difícil avaliar a capacidade de Raí e RR para seus cargos, até porque deve ser humanamente impossível trabalhar direito com o Leco interferindo.

    • MAC saiu em 2009 brigado com essa turma, e só voltou por pouco tempo para ajudar o time em situação complicada.

      Eu pessoalmente gosto do MAC, ele com o MPG fizeram história nesse time e a decaída do SPFC por coincidência ou não se dá com o falecimento de um e o JJ tirando poder do MAC.

      Acho que o MAC não tem culpa no cartório, os outros penso igual.

      • Em início de 2011, ainda na era JJ e.diretor de futebol o Adalberto Porche, MAC saiu porque nao concordava com os rumos que o clube estava tomando. Era das baciadas.
        O chamatam de traidor aqui.

        De 2010 a 2014 divida começou a atingir a estratosfera. E as tais antecipações de receita para balanço ficar no azul e todo mundo aplaudir o maravilhoso gestor.

        A tragedia atual nao tem dedo do MAC que nao concordava com o sogro.
        Tem dedo do JJ, Leco, Aidar, Adalberto Batista e Ataíde.
        Adalberto e Athaide por serem diretores do futebol na epoca crítica.
        Leco por estar encolvido em decisões da época que resultaram em perda financeira para o clube.
        Aidar pir ser sucessor do JJ e tambem envolvido em situações potenciais de perda financeira para o clube.

        Opiniões são importantes mas um pouco de fatos são necessários para embasamento.

  20. AspirantesTricolores
    @aspirantesSPFC
    ·
    3 h
    Ótima notícia: As semifinais da Libertadores sub-20 terão transmissão ao vivo pela @FoxSportsBrasil. Quarta-feira (21/02) a partir das 16h30 (horário de Brasília e local

        • Paulo tenho receio que alguns desses mesmo não vire nada.

          Isso é algo que me preocupa, DS, Nene e o Trellez na verdade.

          2 pela idade e o Trellez pela falta de capacidade talvez de jogar em um São Paulo.

          AM acho que vai ser sempre útil, Jean vai sempre estar no grupo e o Valdívia é empréstimo. Não é problema. Nene dos 3 pelo menos veio de graça apenas com salário e só 2 anos de contrato.

          O ponto que acho que agora a torcida e espero que o SPFC perceba que precisamos de cara caro que resolva de verdade. Acho que em julho o foco vai ser esse. Importante não ser eliminado da CB nem da SA até lá.

    • Como o Bruno Grossi falou, por que não testar o Shaylon no lugar do Petros? Tem mais talento para fazer a função. Resta saber se teria o esforço físico também. Mas só testando se sabe. Esse medo do Dorival é que não entendo.

    • O SP não tem peças para contra ataque, então o jeito é ficar com a bola. E mesmo assim quando o adversário dá o contra ataque, raramente nosso time aproveita. Qual equipe abre mão dessa arma?

  21. Realmente não gosto do estilo do DJ, não vejo futuro com ele. É verdade que a continuidade tem seu peso, a tendência é melhorar pelo entrosamento, mas a atitude do DJ tb não ajuda, com esse futebol burocrático e amarrado. O Rai vai tentar banca-lo o máximo que der, mas o que segura treinador no Brasil é resultado, desse jeito não vai longe não. Eu apostaria no Jardine, apesar da inexperiência tem qualidade pra surpreender e conseguir bons resultados rapidamente.

  22. Esse Dorival que está esperando mais contratações é o mesmo que permaneceu no cargo no final do ano passado, com a alegação da diretoria de que ele sabe trabalhar com a base?

    • Também penso nele, pode não ser rápido, mas faz a bola correr, só que pra isso, precisamos tirar nenê ou até o Petros que não tem função para colocar caras rápidos, mas valeria o esforço, consagra quem estiver na frente.

  23. Quando os caras lá de dentro vão perceber que o Marcos Guilherme não é ponta? Nunca foi ponta, sempre foi muito rápido, mas ele sempre foi meia de armação ou meia atacante, bom jogador, voluntarioso, mas não ponta, assim como Valdivia, os pontas que temos são da base e não estão sendo utilizados.

  24. O dinheiro do pratto foi investido no goleiro Jean e no Trellez? Mas aí um Scarpa não merece ter um esforço, o presidente não tem habilidade ou.melhor credibilidade para atrair investidores na tentativa de resgatar a honra de ser tricolor.

  25. No Santos o Dorival promovia jogadores de 18, 19 anos. No SPFC eles não estão prontos. A base do Santos é tão superior a nossa? O Dorival que fazer um esquema como fazia no Santos, mas nossos jogadores são diferentes. Pra mim o problema é esquema tático. Acredito que temos jogadores para o 3-5-2 ou 3-2-4-1. Deixaria o time mais compacto e com maior liberdade os jogadores da frente.

  26. Sei não mas as contratações dessa janela foram muuúito ruins . Gastaram muito e não contrataram ninguém que realmente faça a diferença. Uma das piores janelas de contratação q já vi . Talvez a pior .

  27. – brenner estava bem no começo do ano mesmo fora de posição. agora virou banco por que o dorival quer.

    – Dorival quer fazer do petros meia , quando o mesmo não tem capacidade para isso.

    – Dorival insiste com DS como atacante e o mesmo rende o mesmo que um cone. Para piorar Dorival manda o mesmo sair da area

    – é como disse o menon . Dorival parace uma criança tentando colocar um quadrado dentro de um circulo.

    – Todo o jogador que chega já vira titular absoluto. Não importa se quem estava jogando antes etava bem

    – Rai , o terror do morumbi esta se mosntrando o Terror das finanças. Contratações para lá de esquisitas. Trellez, 6 m! DS, 10m! O jean,10m, para nunca ser testado? Valdivia que não jogava nada há 2 anos.

  28. Pessoal não vejo nossa defesa como problema…mas sim nosso ataque…os caras não chutam…alguém escreveu que o Petros estar sem função no time e estar mesmo…o Petros era o cara que deveria ser um elemento surpresa ou mesmo um carrapato em cima de uma área de atuação de rodar a bola mais a frente e rapidamente passar aos meias e atacantes para ocorrer o contra ataque.

    Jucilei joga muito…mas é lento…ele tem de ter o Petros para ajudar na transição

Deixe uma resposta