Hudson pode ser um bom problema para Dorival Jr?

Amigos tricolores.

Eu, particularmente, sempre gostei do futebol do Hudson, desde a sua chegada ao São Paulo. Nunca foi meu ídolo, tão menos o acho um craque, mas eu gosto de jogadores que tem raça e defendem as cores do São Paulo em campo. Hudson, não é um Falcão ou Alemão, mas se assemelha a Pintado e Dinho, jogadores que na raça e vontade superaram o fato de não serem altamente talentoso. E foram muito importantes para o São Paulo.

Eu avalio que um time, seja no futebol precisa ter talentos, claro, mas é preciso ter, também, aqueles que executam com maestria suas funções. Muitos jogadores não chegam a seleção ou são vendidos a grandes times da Europa, são os jogadores medianos ou acima da média, mas não craques, ou gênios. O São Paulo, como em qualquer outro time, já teve de tudo, de perna de pau a gênios. Sempre teve e sempre terá, mas é preciso entender que mesmo os gênios, sem os medianos não se destacariam, esses, na linguagem do futebol, são os “carregadores de piano” aqueles que marcam, correm, lutam para que o craque apareça. Raí foi genial, mas sem Pintado e Dinho, ele não teria o destaque no time. Esse é um dos inúmeros exemplos que o futebol nos mostra. Nem Pelé jogaria sozinho sem os “carregadores de piano”.

Vejamos 1992

O ano em que o São Paulo ganhou tudo, o ano em que o mundo estava aos nossos pés! O São Paulo tinha muitos talentos, os craques, como: Zetti, Cafú, Antonio Carlos, Raí, Palinha, Cerezo e Muller, mas também tinham os jogadores com menos talento, que não eram craques, mas tinham função importantíssima no tricolor. Pintado, em entrevista para o livro sobre Telê Santana no SPFC, me disse que se precisasse, em campo, dar porrada no Raí, Muller ou Zetti, ele dava! Era amigos de todos – ainda o é de vários – mas em campo ele defendia o São Paulo e exigia que todos em campo respeitassem o manto sagrado. Era a raça do tricolor. Ronaldão, sabia das suas limitações, ouvia demais Telê Santana e de um limitado lateral esquerdo se tornou um zagueiro muito eficiente que a torcida gosta até hoje. Não foi um Ricardo Rocha ou Roberto Dias, mas a torcida gostava da sua entrega e raça. E foi zagueiro de Copa do Mundo!

E assim, mesclando craques e jogadores medianos, Telê montou um super time onde conseguiu comandá-los e nos dar mais de 30 títulos. Ainda teve Adilson, Ronaldo Luis, Vitor jogadores muito bons, não craques, mas que em campo davam o sangue. Hudson entra nessa lista.

Hudson melhor que Petros ou Jucilei?

Tecnicamente, avalio Petros e Jucilei como sendo melhores que Hudson. Nenhum deles é craque, mas são jogadores acima da média. Petros e Jucilei, hoje, para mim, é uma das melhores duplas de volantes do país. Dão segurança a defesa, tem boa saída de bola e Petros ainda ajuda a molecada a ter a calma necessária para jogar bola e fazer o seu melhor. Jucilei impõe o respeito aos atacantes com seu físico.

Hudson, sem dúvida, evoluiu muito no Cruzeiro, tem números excelentes em desarmes, passes e assistências, está mais maduro e sem dúvida poderá ajudar o São Paulo nesse ano de 2018. Comenta-se que o Santos queria Hudson para liberar Vitor Ferraz, Jair Ventura não é bobo e sabe que Hudson seria um jogador titular em seu time, aliás, em vários times grandes ele o seria. Até mesmo, jogando na lateral direita como já fez no São Paulo com bons jogos.

3 volantes. Jamais!

Colocar os 3 em campo seria um desastre, jogar com 3 volantes é para time pequeno como o do Fábio Carille, que joga pelo 1X0. O São Paulo tem, historicamente, um futebol rápido e de toques de bola, Telê deixou isso ainda mais claro em sua passagem, o São Paulo sempre foi um time leve de toques precisos em direção ao gol. Hoje, infelizmente, não estamos jogando assim.

Hudson, ao meu ver seria um primeiro volante, nesse caso, ele está concorrendo diretamente com Jucilei, que no São Paulo joga mais recuado, na proteção da zaga. Petros, está um pouco mais a frente, as vezes, até fazendo um papel de elemento surpresa, que ao meu ver, não tem dado muito resultado. Jucilei pode jogar de 2o volante, caso Dorival opte em colocar Hudson na proteção, liberando mais Jucilei.

De bom, para o São Paulo, é que temos opções, isso sem contar com o Araruna que nessa função vai muito bem e em uma necessidade, Rodrigo Caio pode voltar a sua posição de origem, com Arboleda e Anderson Martins na zaga. Para o São Paulo isso é muito benéfico. O ano é longo, contusões e cartões virão, por isso, é preciso ter um elenco. Frase batida, mas verdadeira, não se ganha campeonatos com apenas 11 jogadores.

O problema bom para Dorival Jr

Todo o técnico gosta desse tipo de problema. Ter 15, 16 jogadores para apenas 11 posições. Nos setores como defesa e meio de campo, o São Paulo está bem servido, nosso problema está nas laterais e ataque, lembrando que Eder Militão, mesmo indo bem, é improvisado e por isso tem limitações, mas é um menino esforçado e tem dado o sangue e tentado fazer o melhor, no meio de campo, Dorival tem esse problema, colocar 4 jogadores com 6 opções: Jucilei, Petros, Nenê, Hudson, Cueva e Diego Souza. Ainda por fora, tem Lucas Fernandes e Shaylon. Na defesa, são 2 vagas para 3 opções: Arboleda, Rodrigo Caio e Anderson Martins. Ainda tem o Bruno que vai bem. Nesses 2 setores, o São Paulo vai bem.

Em resumo. Hudson vem com vontade e tem futebol para jogar como titular. Cabe a Jucilei e Petros, ao meu ver, ainda titulares, correrem mais do que estão, dar o “algo a mais” pois Hudson vem com tudo para conquistar a vaga de titular. Bom para o São Paulo, pois essas disputas, quando sadias, só beneficiam o nosso time!

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Coordenador do MBA de Marketing Digital e do MBA de Gestão Estratégica de E-commerce da Faculdade Impacta de Tecnologia. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

 

148 comentários

      • Neymar aos 16 anos de idade já mostrou ao mundo, ter mais personalidade que seu “técnico”.

        Ganso também deixou claro ao recusar-se sair de campo, quem”comandava” a cena.

        Em resumo …, a vida de Dorival Jr. no futebol, enquanto jogador, era ser sobrinho do grande Dudu,
        nada mais.

        Como técnico, simplesmente não existe.

        • Eu entendo não ser um grande técnico, mas quem é extraordinário no futebol Brasileiro hj ? Respeito suas preferências, mas o momento é apoiar. O time vem de 4 vitórias sem tomar gol (vão dizer que os times são fracos), mas ano passado perdíamos desses mesmos times fracos. Ano passado não da pra levar em conta o trabalho, pois não foi ele quem montou elenco, e não teve pré temporada. Estamos no inicio, entendo que não está jogando um futebol vistoso, más que time está ? Vamos esperar o Paulista pra avaliar ou julgar, até o momento, querendo ou não, o time esta ganhando, e isso é o que importa.

          • Na hora que vier um Abel ou Mano colocando três volantes acho que ele fica feliz. O problema deve estar na parte defensiva né, que ta tomando muitos gols. haha

        • Neymar aos 16 anos hahaha Aquele abusado que se jogava para cavar faltas? Aquele que dava drible em adversário com o jogo parado só para irritar? Aquele que ficava fazendo dancinhas provocativas? Muito maduro ele mesmo para contradizer seu professor. Nem respeito aos mais velhos devia ter. Aliás no Barcelona ele tabém não teve problemas? Já não chegou no PSG se envolvendo em polêmicas? Acho que isso deve ser culpa do Dorival também. hahaha

          Não sabia que Ganso tinha se desentendido com Dorival. Teve multa? A diretoria chamou para conversar? Cara para de desvirtuar as coisas. Ganso estava morto na partida e chegou a dizer isso ao Dorival na beira do campo. O treinador pensou na substituição e ele disse que iria ficar porque queria dar os 110% (aliás, todo jogador gosta de terminar uma partida daquela em campo).

    • Tem cara que não entende mesmo nada de futebol, vai na onda da imprensa tipo da FOX e da radio Transamerica que tao loukinhas pra colocar o SAFADO do Luxemburgo no Tricolor, jornalistas escrotos tipo Savoia, Henrique Guilherme, Calil, Carmona, Morsa, recebem desse petista pra arrumarem emprego pra ele, PAREM de cair na onda dessa imprensa Marrom, ninguém ta jogando o fino da bola, Voces viram o Crefisa ontem?! Empatando com o Todo Poderoso LINENSE ???? fora o CUrica, que perdeu já duas seguidas, sendo que tomou um baile nosso no segundo tempo em que ganharam da gente.

    • Não vejo Hudson como titular.Hoje em dia, acredito até mesmo que o São Paulo poderia jogar apenas com Petros comoprimeiro volante e três meias, no caso, Cueva, Nene e Diego Souza, com Trellez à frente ao lado de Marcos Guilherme e entradas de Valdivia no segundo tempo no lugar de Diego Souza ou Nene.Ou seja, o 4-1-4-1

    • Cara, na boa, uma terapia pode ajudar. Sem querer ofender, mas talvez esteja acontecendo alguma coisa, que não é possível tanta chatice, repetição e pessimismo!

      Meu, a gente é torcedor! Vamos apoiar, torcer, criticar, claro, mas com bom senso. O time está longe de ser o ideal, mas no que essa pré-disposição de criticar ajuda???

      Moderação, desculpem pelo desabafo, mas notei que a indignação é geral aqui. Ninguém aguenta esse pessimismo mais. Se quiserem moderar, de boa.

    • Como autor do livro sobre o Telê Santana, afirmo, que NADA se compara aquele time, mesmo eu achando que tecnicamente, os Menudos jogavam mais, entretanto, a comparação aqui é entre ESTILOS. Hudson, bom volante, não é craque, mas recompensa com garra e vontade, tal qual, foi Pintado. Deixando CLARO isso, ok?

      • Acabei de comprar seu livro neste final de semana para dar de presente de aniversário para meu pai, que entre tantas alegrias, foi quem me fez são-paulino no meio de uma família que (tirando ele) só tinha palmeirense, haha. Em 92 eu estava morando nos EUA, mas a gente ficava se escrevendo para comentar a campanha daquele SPFC fenomenal. São lembranças muito especiais pra mim. Fiquei muito feliz em poder compartilhar esse nosso amor pelo tricolor por meio do seu livro!

    • Isso já percebemos…

      Nossa Paulo, com todo o respeito, mas chega a ser desagradável querer participar do blog dessa forma… Já viu quantos posts de sua autoria tem só na 1ª página?

      Assim como o FBN, nós já sabemos sua posição a respeito de tudo o que acontece no clube!!

      Realmente e sinceramente você acha necessário isso?

      Particularmente partilho de muitas de suas posições, assim como eu achava que o FBN tinha razão em algumas posições, mas assim como ele, não precisa nos lembrar a cada 18 min…

      Um bom dia para todos nós…

  1. Ano passado levamos 4 gols do audax, mais 2 da ponte, 2 do mirassol, 2 do são bento, 2 do pstc e muitos comemorando nosso “futebol alegre e ofensivo”… Muitos dizendo que “preferiam levar 3 e fazer 4 do que ganhar de 1 a 0.

    Atualmente dizem q o fato de ñ ter levado gols em 6 partidas este ano é “irrelevante” dada a fraqueza dos adversários… mas esses mesmos adversários fracos estão fazendo gols nos nossos rivais, e outrora faziam gols em nós com facilidade.

    De todo jeito tentam minimizar os méritos do time, só dando atenção para os problemas, que decerto ainda existem… Mas a questão é: se um time é incapaz de ñ levar gols contra adversários fracos, como vai enfrentar os grandes?

    O Dorival tá certo em priorizar a tática, o entrosamento, a consistência… Mantendo o padrão, chegaremos fortes pra disputar campeonatos mais importantes q o paulistinha.

    O time ainda é irregular, mas já tem uma cara que ano passado ñ víamos com o Rogério, quando em todo jogo tínhamos várias mudanças e os jogadores ñ sabiam o q fazer em campo…

    A maior dúvida com certeza é o ataque, mas creio que nos clássicos deste paulistinha teremos uma ideia melhor do q esse time é capaz… E principalmente se Nene, Cueva e D. Souza poderão jogar juntos nos jogos “grandes”, ou se ao menos um deles vai ter de sair.

    Demitir o Dorival seria a pior coisa a se fazer nesse momento… mesmo q perca o paulistinha. O Tite foi eliminado pelo tolima e no mesmo ano campeão brasileiro. Essa “raiva” da torcida com o nosso técnico é uma coisa realmente boba, espero q o Raí ñ leve isso a sério.

    • Faço coro com vc.
      Tem gente aqui que só consegue enxergar o copo “meio vazio” e nunca “meio cheio”…
      Dorival Jr não é um primor de técnico, como aliás nem o time e nem o futebol em geral.
      Eu também disse que os primeiros 6 meses e o final do Paulista seria o prazo pro DJ fazer esse time jogar bem. Se vai ser campeão ou não, não importa! Quero ver um time consistente, aplicado, entrosado!
      Se o título paulista vier… Ótimo!
      Mas quero ver o time bem, com boas perspectivas para o 2o semestre, avançando na CDB e Sula, começando bem o Brasileiro…
      Portanto, essa choradeira com o DJ podia dar um tempinho né gente?
      Que tal ?

        • Pra mim só o Tite é acima.

          Renato Gaúcho (campeão da Liberta) eu reconheço o bom trabalho feito no Grêmio com as peças que tinha. Hoje eu apostaria nele.

          Carille (campeão brasileiro) ta mais para um Mano Menezes (campeão da CdB) que gosta de dar a bola pro adversário e jogar no contra-ataque. Não gosto do estilo de nenhum dos dois. Estilo de time pequeno. Aliás no segundo turno do brasileiro o primeiro chegou a perder boa parte da sua “gordura” quando deram a bola para o time deles jogar. Já o segundo tinha peças de mais qualidade que sabiam o que fazer com a bola e inclusive fizeram um jogaço ano passado assim (não estou me lembrando o adversário).

          O resto que não ganhou nada, não vou comentar né, já que a galera quer títulos.

  2. Enfim, time q troca de técnico a todo instante ñ ganha nada… Hj perdem o Jardine, se ele vier vão pedir o Cuca depois de alguns jogos ruins, se vier o Cuca vão pedir algum estrangeiro, e assim a roda segue girando e nada muda.

    • Exato!
      O que vai acontecer, na atual conjuntura, é continuar num looping interminável a cada
      6 meses com essa maldita dança dos
      Técnicos…
      Chega!!!!
      A menos que o DJ cometa bobagens demais, não faça o time jogar e dê vexames nas
      Competições, ele tem que continuar o trabalho de montagem e aprimoramento da equipe.
      O meu prazo para isso é o final do Paulista,
      vencendo ou não o torneio!!

    • Exato, é isso mesmo. DJ pode não ser um Zidane mas vai colocar quem?
      Cuca está com frescura, não quer trabalhar e também não acho nada demais.
      Colocar o Jardine agora vai queimá-lo e ai vamos perder 2 técnicos: o da base e do time principal.

      Na minha visão, o único a valer a pena é o Zé Ricardo que pegou um Vasco desfigurado (isso sim foi um desmanche, viu Rogério Ceni?) e está conseguindo caminhar e jogando até que bem com um time totalmente novo.

      Mas tem que deixar o DJ e dar mais tempo.

    • Primeiro jogo dele (não tinha nem jogado jogo-treino) depois de vários meses. Ele inclusive sentiu um pouco de dor no local da grave lesão. Vai crescer mto ainda. Se Petros não se encaixar nessa posição q vem jogando, não duvido q Dorival saque ele, avance Jucilei e deixe Hudson protegendo.

  3. Em muitos campeonatos o SP foi bem no inicio goleando times menores e saímos no primeiro mata mata não gosto do futebol apresentado até o momento o trabalho do técnico tem que ter continuação por isso apoio o time nesse momento e não acho que devemos mudar de técnico.

    • Os melhores momentos do DS ontem foi quando ele saiu da área para tabelar. Quando lançam ele não dá. Muito pesado. E também não vejo ele fazendo pivô como fazia aquele cara que estava na arquibancada: Aloísio Chulapa. Uma hora vão ter de parar de insistir com ele por ali e aí o Nenê roda de vez.

  4. Alguém é redirecionado para download de um. App quando entra no site pelo Android? Ao menos uma vez por dia isto acontece, quando entro no blog. Muito ruim.

  5. O problema é montar o time com o Dorival ou deixar o Dorival montar o time ou pior ainda deixar que o Dorival deixe o filho do Dorival montar o time .
    Tem Dorival em tudo quanto é problema do time .
    E o meu amigo Felipe me desculpe mas Pintado e Dinho jogaram muito mais do que Falcão e Alemão que só jogaram com o nome no São Paulo . Falcão perdeu a posição para Marcio Araujo e Alemão tava muito mais pra zagueiro que pra volante no São Paulo .

  6. Dorival cara de pau em falar que não tem time “jogando vistoso no Brasil”. É como o funcionário justificar sua incompetência falando que todos os outros também o são. Vergonhoso.

      • Vocês querem um time voando nesta época do ano? Só se for na Europa onde estão em meio de temporada. O preconceito com Dorival é tão grande que lhes causam até erro de interpretação.

    • Ele não está justificando incompetência. Ele está desde o início do ano provando q é impossível ter um bom futebol com tão pouco tempo de preparo e q todas as equipes vão evoluir qdo atingirem um mínimo de tempo de treino e jogos. Mta superficialidade na leitura de vcs.

      • Discordo. Ele está há nove meses na direção da equipe. Quem compra essa desculpa de que o trabalho está começando é que está sendo superficial.

  7. ” Ah, o Leco é horrível, mas o Pimenta também é ”

    ” Ah, o Lula é desonesto, mas todos tb são ”

    ” Ah, o Temer é sem vergonha, mas vai tirar ele e colocar quem? são todos iguais ”

    ” Ah, não tem nenhum clube no Brasil com bom dirigente, deixa o Leco, mesmo ”

    É assim o Brasil vai indo…….de mal a pior

  8. O nível de cornetagem esta altíssimo, a evolução necessita ser constante, mas é importante avaliar que no final das contas o resultado positivo esta acima de tudo, ele leva a títulos.

    O SP joga de forma burocrática, e pode / deve jogar assim se isso for implementado para dar botes certeiros e vencer jogos, eu prefiro o SP ganhando 60 jogos no ano de 1×0 do que ganhando 30 jogos de 3×0 e correndo riscos.

    Aproveitando o espaço, ao meu ver o melhor jogador do SP hoje é o Militão, ele não compromete em nenhuma jogada, e aparentemente esta ousando um pouco mais no ataque….. será que vamos perder nosso LD de graça??

  9. 1- Prefiro Hudson em campo do que o Petros. Há mais mobilidade, a presença em campo parece multiplicada.

    2- Ao bem da verdade, um time do calibre do São Paulo deveria jogar era com 1 volante apenas. Neste elenco caberia 3 zagueiros e 1 volante. Marcação avançada, ataque compacto.

    3- É incrível como nada tira da minha cabeça que o Rodrigo Caio renderia muito melhor como volante. Observar os avanços dele é muito interessante. Ele se desloca rápido e o passe é muito bom, principalmente comparado a todos os volantes que temos. Além disso, quando avança, se apresenta para finalização melhor do que muito atacante por aí.

    4- Brenner podia ocupar o lugar do DS tranquilamente, e tenho ctz que nossos números ofensivos estariam melhores.

    • “Ao bem da verdade, um time do calibre do São Paulo deveria jogar era com 1 volante apenas.”

      De onde vc tirou essa? O SPFC de 2005-2008 jogava com 3 zagueiros e 2 volantes… Com “1 volante apenas” nem o Barcelona joga… Aliás, são pouquíssimos times no mundo que jogam com apenas 1 volante, pouquíssimos mesmo.

      O torcedor do SPFC tá delirando… tudo isso pra cornetar o time.

      • Eu tiro da minha mente, da minha maneira de ver futebol, ou só é permitido pensar igual o Profe Dorival, Tite, Guardiola?

        Primeiro, não sei o que é Barcelona. Barcelona é um timeco fabricado. Nunca foi nada até a supremacia economica + Messi. Não utilize um clube menor que o São Paulo como parâmetro para o Tricolor.

        Em segundo lugar, o volante no futebol moderno é um Ode à mediocridade bem ao estilo europeu: falta fluidez ofensiva, então usam volante de bom passe para tentar surpreender. O mundo comprou essa ideia como se fosse a coisa mais genial do mundo. Funcionou por um tempo, funciona em algumas ocasiões, mas já está na hora de mudar.

        Tudo na vida precisa buscar evolução. A tática moderna é involução, porque pratica o antifutebol. Tabelas, ataques fulminantes deram lugar a toques de lado e depedência ofensiva de volante.

        Eu poderia delongar, mas duvido que você esteja disposto a abrir a mente, com uma resposta dessas.

        Sds Tricolores.

    • 1 e 2. Também acho. Jogaria c Hudson na proteção e liberaria mais o Jucilei. Em determinados jogos, esses contra retrancas, eu tentaria o Valdívia nessa segunda posição do meio-campo.

      3. Rodrigo Caio já foi testado ali no meio e não funcionou. O tempo de bola dele no meio é ruim, ele dá bote mto seco e desguarnece a defesa. Na zaga ele consegue aproveitar os espaços q são deixados para os zagueiros subirem. No meio ele não terá esse espaço sobrando.

      4. Brenner vai ocupar seu espaço no devido tempo. Não podemos deixar a maior contratação do ano no banco. Com treino, a movimentação vai melhorar. Foi só acertar no intervalo, q Diego Souza voltou diferente.

      • Tudo bem que ele dá seus botes secos, mas quando eu considero a rapidez dele e a eficiência na transição comparado aos outros volantes, vejo que vale a pena tentar. Principalmente se considerarmos três zagueiros, que poderiam compactar melhor o sistema defensivo atuando avançados. Eu tentaria! Militão, Anderson, Arboleda, e o Rodrigo de volante. 3 peças rápidas, e o Anderson de velocidade média, seria a sobra.

        Não podemos deixar a maior contratação do ano no banco.

        Eu particularmente acho isso um problema. Se o cara não tiver rendendo, tem que ir pro banco. Embora tenha marcado seus gols, o DS vive de lampejos, e o Brenner trás perigo constante; ele tem entregado resultado mesmo fora de posição. Hoje, acho um crime maior o Brenner no banco do que o DS.

        Espero que ao menos o DS deslanche.

  10. acho que nao. hudson é pra situaçoes como as de ontem. bom, porém extremamente burocrático, reserva, nada mais.

    Acho que nem ha a possibilidade de se cogitar uma disputa de posição com o jucilei. É discrepante a diferença. jucilei é um monstro. Alto, espadaúdo, volante negao, domina o meio de campo. jogou praticamente sozinho ontem naquele meio.

    e o petros alem de ser mais jogador, tem muito mais catimba

  11. Klienv
    16 DE FEVEREIRO DE 2018 ÀS 07:58
    Alguém é redirecionado para download de um. App quando entra no site pelo Android? Ao menos uma vez por dia isto acontece, quando entro no blog. Muito ruim.

    ————————————————–

    2

  12. Só acho q o Hudson joga mais de segundo volante pq ele é dinâmico, gosta de jogar correndo o tempo todo, não é tão posicional. Pra jogar de primeiro volante a principal característica é jogar posicionado para as coberturas entre as linhas e dar o primeiro bote, isso sem a bola, com a bola, ser capaz de distribuir o jogo se preciso com passes verticais e lançamentos para os dois lados. Não vejo o Hudson jogando assim. Petros e Jucilei sim.

    Segundo volante joga de área a área, o famoso todo campista, desarmando e distribuindo com passes curtos principalmente, e chegando a frente para dar vantagem numérica no ataque, quando muito infiltrando sem a bola para concluir em gol. Assim vejo Hudson jogando. Petros e Jucilei também.

    Quanto ao time, não vejo no Dorival esse horror todo. Acho q está certo ele começar a armar o time pela defesa, nesse aspecto está funcionando. O ataque precisa de mais treino, até pq os titulares estão jogando juntos a bem pouco tempo. Minha dúvida e se o time consegue ser contundente com Cueva, Nenê e Diego Souza juntos, por hora acho q não, os três precisariam estar “voando” fisicamente, levando em conta a idade dos dois últimos claro. Acho q quem deveria sair é Diego Souza para a entrada do Brenner.

    A, antes q eu esqueça, se viesse um lateral direito bom, essa conversa nem existiria, pq daí seria Militão e mais um no meio campo. Esse é o nosso melhor primeiro volante do elenco. No meu time seria ele e Jucilei, não ia passar ninguém rsrsrsrs.

    • Em tempo. Se o time joga com Diego Souza como centro avante, fazendo o pivô e segurando os zagueiros, precisa de dois jogadores rápidos para infiltrar em diagonal nas costas da defesa adversária. Agora, se vc joga com dois armadores, Cueva e Nenê, daí precisa de um centro avante rápido, como o Brenner pra receber o passe em progressão, acelerando sempre. Esse cara é o Brenner.

  13. Não sei até que ponto o Dorival vai conseguir manter o Diego Souza jogando improvisado, acredito q ele seja muito mais efetivo como meia do que como atacante.

    O problema é o excesso de meias no time, de como ele vai manter Nenê e Cueva juntos.

    Acho que o melhor para o time seria a saída do Nenê para a entrada do Trellez ou do Brenner, deixando o DS armando as jogadas. O time ficaria um pouco mais dinâmico.

    Dorival poderia tentar essa formação em algum jogo do Paulista.

  14. A força nesse ano está no elenco.
    Titulares e reservas no mínimo no mesmo nível.
    Tempos atrás olhávamos para o banco e dava vontade de chorar. Do que adiantava tirar um titular que estava mal na partida e colocar um reserva que sabidamente não iria corresponder?
    Hoje não. Temos peças de reposição em qualquer posição.
    Mas o time precisa de encaixe, coisa que ainda não deu.
    Espero que não demore pois a porta vai ficando mais estreita.

    • Por mais que o Leco seja ruim, temos q lembrar que ele pegou terra devastada (que ele ajudou a criar).

      Na época do Aidar, a maioria do time titular era de jogadores emprestados ou jogadores que o SP só possuía parte do passe.

      Aidar vendeu metade do time e mesmo assim não arrecadou nada por causa das porcentagens que o SP tinha.

      Mesmo com as contratações duvidosas (que aliás, todos os times fazem), uma coisa de boa foi que o Leco passou a comprar os jogadores quase q em sua totalidade, podendo assim montar uma base por mais tempo. Só temos 3 jogadores emprestados (MG, Morato e Aderllan).

      Além disso, ele colocou agora um departamento de futebol competente, com grandes chances de conseguirmos nos reerguer.

      Agora o SP pode se dar ao luxo de não vender os jogadores por qualquer merreca. E tem um elenco muito melhor do que nos anos anteriores.

  15. Qual o problema dos comentários do Paulo Scala? Tem gente que manda comentários de quilômetros de texto e ninguém reclama, se não quer ler os comentários dele é só pular pro próximo, pessoal chato, em vez de se importar e comentar sobre o comentário dos outros, comente sobre o time, pois nunca vi o Paulo vir aqui reclamar de comentário dos outros. Somos todos são-paulinos, amamos a mesma instituição e é isso que importa.

    • Não acho que o colega Scala mereça uma chamada pelo conteúdo de seus posts, mas seria bom que a ele fosse explicado o conceito de flood, talvez pela moderação, pela ordem. Assim tenho certeza que esse problema se resolveria.

  16. Uma dica simples para quem está tendo problemas no acesso pelo Android.
    Tentem acessar por outro navegador ou limpar os registros do navegador (cache, cookies).

  17. Engraçado…ficar enaltecendo um volante que não chuta a gol, não rouba bola e que o forte e dar carinho.

    Isso demonstra o quanto temos um futebol medíocre e admirados pelos torcedores de resultado positivo….

    Mas ontem vi um pequeno avanço tentaram ensaiar uma cobrança de falta…o problema foi que o MG deve ter faltado a esse treino.

    Ganhamos de 4 bêbados tomando sufoco de 2 Mirassol( duas bolas na trave) e CSA .

    O Paula Scala anda muito irritado…mas ele tem toda razão ganhar desse jeito é normal pra corintiano ( até roubado eles comemoram)…agora garotos que estão chegando agora pra torcer por esse time chamado SPFC ….ninguem me contou não….. eu vi esse time ganhar muitos títulos e jogar muita bola….ser temido…

    Um sinal do tamanho da nossa fraqueza é o time do Spfc ter a bola e no campo do adversário e ser vaiado até fazer uma jogada bizarra e perder a bola…ou isso nos não vimos ontem?

    O Dorival representa o que temos de pior em um tecnico:

    Teimoso, covarde, fingido( diz que é ofensivo mas só joga na retranca), não tem discernimento do jogo na hora de fazer as substituições.

    Em resumo um enganador aprendiz de Encantador de Serpente.

    • 2006,2007,2008 foi a mesma conversa ”Muricy é a ilustração da teimosia”, ”Não vamos conquistar mais libertadores enquanto Muricy estiver no time”, ”Nem só de nacional vive um clube como o São Paulo”, bom mais ai depois desses inteligentes falarem isso, ficamos 3 anos se ganhar titulos. Detalhe que a teimosia de Muricy fez com que o Spfc estabelece-se um recorde que até hoje não é quebrado…

  18. Pessoal, Carlos etc…

    Não há nada a fazer no caso do Paulo… ele não transgride as regras, não ofende etc… sei bem que é um saco ler repetições aos montes, mas que ele se toque que está sendo repetitivo, quem sabe…

    Quanto aos depressivos, são um saco de aguentar, mas tbm não transgridem as regras, vou fazer o que?

    Ignorem… eu sei que enche o saco, mas ignorem…

    • Uma pena! O Scala já foi melhor p aqui. Mas com esse lero-lero de fora Dorival num ambiente onde esse grito não muda nada, só enche o saco dos outros.

      Meu caro Paulo Scala, vc já rendeu mais do q isso. Se for p ficar igual papagaio repetindo seu “Fora Dorival”, é melhor hibernar e só voltar qdo a boa notícia q vc espera se concretizar. Coloque um despertador ligado ao Google com o filtro “Dorival Junior é demitido do São Paulo” e vá dormir.

      Essa é minha sugestão drástica. A sugestão de companheiro é q vc faça como os outros: acompanhe e torça pela evolução natural do time, q vai ocorrer c treinos e jogos.

    • Da minha parte tranquilo, inclusive a respeito da atuação da moderação, até porque não é o caso de interferência da parte de vocês e sim da parte dele Paulo se tocar e parar de agir como o FBN o qual ele mesmo tanto criticava… a falta de coerência no comportamento de um atingiu o outro…

      Eles agem da mesmíssima maneira… com habilidade para estar dentro das regras, portanto não há o que a moderação fazer mesmo…

      Enfim, vai de cada um mesmo…

      Mas que é frustrante saber que o G-7 de postagem do blog já tem vaga cativa é… rsrsrs

  19. Hudson tem mais poder de marcação, agora quero ver tirar o Petros Capita…problema bom para o Dorival….
    em breve Valdivia será titular nesse time.
    Sidão(Jean)>>Militão>Arboleda>A. Martins>Rei>Jucilei>Hudson>Marcos G.>Cueva>Valdivia>Diego souza.

  20. Para mim esses alguns desses jogadores que chegaram são mais problema que solução. Temos 4 jogadores que podem jogar em uma única função e quase todos eles muito lentos na recomposição ou na intensidade. Isso para mim impede que qualquer técnico faça essa formação jogar bem. Só ver que o Vasco começou a jogar melhor quando o Nenê saiu (ele não é mal jogador).

    É particularmente não gosto desse conceito do carregador de piano. Por coisas como essa o nosso futebol ainda está muito atrasado taticamente e nas tomadas, mesmo em comparação com o futebol argentino.

  21. Tenho para mim que o Paulo faz isso mais por sacanagem do que qualquer outra coisa…

    Perceberam que mesmo os posts não tenho horário fixo para publicação, ele é sempre um dos primeiros a postar? Acho que fica direto no F5 e mudando o post ele coloca as mesmas coisas sempre… algumas vzs na cara de pau um copia e cola de outras postagens… rsrsrsrs

    Mas como eu disse, ignorem… rsrsrs

  22. Ninguém está falando q o time está uma maravilha. Nem o Dorival. Está clara a lentidão, a falta de entrosamento e os grandes espaços entre o meio e o ataque.

    Mas todos sabiam q isso iria acontecer com o tempo de preparo q temos. Alguns jogadores importantes, como Nenê e Valdívia, nem pegaram a pré-temporada.

    Então, considerando tempo, físico, entrosamento, os números apresentados devem, sim, ser olhados positivamente. Isso não é otimisto. É realismo. Até o Menon, q vinha pegando mto no pé, admitiu q viu evolução no time. Não é questão de ver o copo meio-cheio ou meio-vazio. É questão de olhar e observar.

    Sim, o São Paulo q conhecemos sempre mostrou mais qualidade. Mas antes de voltar a ser o São Paulo q ganha Libertadores e Brasileiros, o nosso time precisa ganhar Paulistão, classificar p uma Libertadores e parar de ser eliminado da Copa BR por times de categoria inferior. Uma coisa de cada vez, amigos!

  23. Gostei da participação do Valdivia no jogo . Se continuar nessa pegada é titular . Ponto negativo é ver Bruno Alves tendo mais espaço que Arboleda e Anderson

    • Valdívia entrou bem mesmo.

      Quanto à defesa, Bruno Alves fez por merecer. Depois q entrou, não tomamos mais gol. Arboleda ainda não está na sua melhor forma e Anderson Martins deu a vitória pro curintia, além de estar voltando de lesão tbm.

      • Podem me achar louco, mas, a despeito do muito que o Fabão colaborou, nos tempos de SP, julgo o Bruno Alves melhor que o mesmo… Discreto, não tão atabalhoado, sem querer “ser mais do que é”… Lembra, isso sim, o Adilson, de 1992 / 1993… Entra mudo, sai calado… Melhor (muito, aliás…), que o RC, com suas eternas “caras e bocas”… he, he…

  24. Ao contrário da visão q mtos têm do Diego Souza 2018, acredito q ele continue sendo o azarão p a última vaga do ataque do Tite. Ele não está improvisado no São Paulo. Dorival já cansou de falar q ele não é centroavante. Ele está treinando para ser móvel e puxar marcação (como foi no gol de ontem), se movimentando entre meio e ataque. Tite não quer um centroavante paradão, senão Gabriel Jesus não estaria nesse time.

    A movimentação do DS vai melhorar junto com o entrosamento. Quantos jogos a escalação de ataque de ontem já fez junta?

  25. Ganhou , mas o futebol do SPFC continua uma porcaria . Até pode ganhar do Santos , pois o meio de campo do Santos que deve entrar em campo domingo é muito fraco e o melhor jogadores deles , Bruno Henrique não vai jogar . Mas a verdade é que o time do SPFC inexiste até agora

  26. Eh meu colega Paulo Scala é melhor dar um tempo.

    Ser taxado de depressivo por não concordar com esse futebol medíocre é de doer.

    Na verdade o que me deprime e esse futebol medíocre estilo corintians.

    Se querem deixar de ser torcedores de futebol pra ser torcedores de resultado se preparem a montanha russa só está começando.

    Como dizia um serhor que conhecemos bem “O tempo é o senhor da razão “.

    • Não, o Paulo não foi comentado por ser depressivo, ele foi comentado por ser repetitivo, só isso.

      O que o Carlos comentou a respeito de ser depressivo foi indicado a outras duas pessoas e não ao Paulo.

      Inclusive…

    • O q deprime é a falta de títulos. Ninguém ficou deprimido sendo tricampeão brasileiro jogando um futebol considerando p muitos não ideal para os padrões do São Paulo.

  27. Um gol logo de cara ajuda muito, porém o que deu mais mobilidade ao são Paulo foi o ajuste de posição dos volantes. Primeiro tempo foi o 4-1-4+1.. o Hudson é quando joga o Petrus ficam perdidos ao terem que receber a boa e costas para a marcação.. aí sobrecarrega o cueca que tb não tem físico pra receber de costas e girar no.marcador. ao recuar o Hudson e ele fazer a transição de frente pro adversário nosso jogo ficou mais veloz e.melhorou o rendimento do time.

  28. O nosso time ainda não tem identidade e confiança suficiente pra poder mudar de patamar e pra isso acontecer precisamos nos livrar do rótulo que ficou de 2017. Alias, eu acho que esse é um dos motivos pelo qual o Dorival está optando por colocar jogador rodado ao invés da molecada.

    Eu mesmo tenho restrições com o Dorival, não concordo com várias coisas, reclamo dele, mas é impossível não dar méritos pra um cara que tá ganhando. A hora que o time começar a vencer clássicos creio que o torcedor vai dar um tempo.

      • Firmino hj seria titular mesmo com Jesus jogando….o cara tá jogando o fino da bola só q não tem mídia pq ele nunca jogou em grande clube, saiu do Figueirense para a Europa….o cara tem 20 assistências e 10 gols ….

  29. Eu vi o mesmo futebol medíocre dos jogos anteriores qdo tomou sufoco do Botafogo RP e ganhou…o jogo foi igualzinho, achou o gol em uma jogada individual do cueva e depois voltou a ser o futebol nheco-nheco de sempre …. lentidão, troca de passes de lado, falta de triangulações e infiltrações e principalmente com DS de centroavante : profundidade.,. Ele diz q o DS não é centroavante que é móvel, queria eu entender como ele vai ter profundidade sem centroavante e lateral que apoiam?!?!

    • FBN eu liberaria numa boa, desde que se comprometesse comigo em se comportar.

      Vitão teve todas as oportunidades conosco, inclusive numa das vzs eu me responsabilizar pela sua volta junto aos administradores, mas ele me decepcionou, não cumpriu com o prometido e patrocinou confusões em cima de confusões. Não merece mais o nosso crédito. Foi moderado umas 6 vzs, foi banido, voltou, moderado mais umas 2 vzs, voltou e aprontou de novo. Agora não tem mais volta.

      Fabinho não está moderado… quando deixou de postar foi por outros motivos mas não moderação.

  30. A entrada do Valdivia ontem deu esperança de ver o time jogando rápido e com infiltrações por trás da zaga adversária, do jeito que o Dorival gosta.
    Ainda tenho esperanças de ver o Morato jogando bem pela direita tbm, e ainda tem o Caique que tem entrado bem tbm

  31. Diego Souza não vai à Copa. Assim como não deve permanecer muito tempo como centroavante no SP.
    Essa posição é do Brenner, com mobilidade e velocidade. DS, recuado na posição do Nenê, além de render mais, pode trocar com o moleque durante os jogos. Aí vai ficar interessante!
    Sido-Milita-Arbo-Martins-Rei-Juça-Petros-MG-Cueva-DS-Brenner.

  32. Pois é, Felipe… Em outras palavras, você corroborou o que sempre afirmei, por aqui: um time tem que ter, mesclados, os “carregadores de piano”, com dois ou três jogadores “acima da média”, e um ou dois “craques”, acima de qualquer dúvida… Como o tinham os times de 1992 / 1993, com Adilson, Pintado, Dinho, Ronaldão, e Ronaldo Luís, ao lado de Cafu, Raí (em 1992), Cerezzo, Palhinha, Muller… Essa mescla formava um time coeso, no qual, a mediocridade dos primeiros, quase não era percebida, dados os resultados coletivos alcançados, e os títulos, por consequência… Agora, encha um time de “carregadores de piano”, por melhores que sejam, e coloque ao lado desses, jogadores “mais ou menos”, e nada será alcançado… E a “ruindade” dos primeiros, principalmente, será sobejamente exposta, causando essa “gritaria” geral, contra o time, como um todo, mas, principalmente, contra os que “nada decidem”… O papel desses não é decidir… É apoiar quem decide… Só que, no SP atual, não temos quem decida… E, nem sequer, quem faça parte desse “decidir”… E… ???… rs…

    • Sua opinião, respeito, mas não concordo. Time com 3 volantes joga muito amarrado. Eu jogaria com 3 zagueiros, 1 volante e 3 meias. Mas essa é minha visão. Obrigado!

  33. Ontem foi muito bom, pois Tem muita cara aqui que não entende mesmo nada de futebol, vai na onda da imprensa tipo da FOX e da radio Transamerica que tao loukinhas pra colocar o SAFADO do Luxemburgo no Tricolor, jornalistas escrotos tipo Savoia, Henrique Guilherme, Calil, Carmona, Morsa, recebem desse petista pra arrumarem emprego pra ele, PAREM de cair na onda dessa imprensa Marrom, ninguém ta jogando o fino da bola, Voces viram o Crefisa ontem?! Empatando com o Todo Poderoso LINENSE ???? fora o CUrica, que perdeu já duas seguidas, sendo que tomou um baile nosso no segundo tempo em que ganharam da gente.

  34. Até hoje eu não me conformo com aquela troca bizarra “avalizada” pelo Ceni entre o Hudson x Neilton. Aquilo trouxe um prejuízo técnico monstro para o SP ano passado. Hudson não deve nada ao Petros. Fora que é mais rápido e ágil. Petros tecnicamente é bom, mas lento demais.

  35. 3 volantes. Jamais!

    Colocar os 3 em campo seria um desastre, jogar com 3 volantes é para time pequeno como o do Fábio Carille, que joga pelo 1X0. O São Paulo tem, historicamente, (……)

    Historicamente, nos últimos 7 anos ganhamos apenas a mísera Copa Sulamericana e o “time pequeno”, com esse “desastre” ganhou dois brasileiros, libertadores, mundial, e paulista.

    Menos né.

      • Onde o SPFC jogou com TRES volantes foi campeão?
        Tres ZAGUEIROS sim, alias, eu acho que o SPFC deveria jogar assim, mas com 3 volantes? Onde?
        Até onde eu sei entre 2005 – 2008 quando ganhamos nossos ultimos titulos era Mineiro e Josué, com Danilo, meia, formando os 3 do meio de campo. Depois Richarlysson e Hernanes, com Hugo. Agora 3 volantes não!

        E sim, jogar com 3 volantes é para time pequeno! O SPFC é gigante!

        • Felipe – Ninguém está falando do SP, ou do mesmo jogar, ou não, com três volantes, atacantes, ou seja o que seja (até mesmo porque, hoje, no futebol moderno, acabaram essas denominações… quem não se adaptar a ser “todo-campista” morrerá de fome – anote… rs…)… O que nos referimos, foi ao fanatismo “cego e surdo”, de não ver, e nem admitir ouvir, que, em outro clube, que não o SP, algo foi feito, certo ou errado, mas que gerou ótimos frutos… O resto… Bem… “O resto é o resto”… rs… De minha parte, prefiro não compactuar com o “time da inveja”… 20 times disputam um título… Apenas um o conquista… Oras… Alguma coisa de bom ele deve ter, concorda?!… rs…

Deixe uma resposta