É agora! São Paulo joga contra o Quebracho em busca do bi da Libertadores Sub 20

Único clube brasileiro a vencer a Copa Libertadores Sub-20, o São Paulo começa hoje a corrida para tentar sua segunda taça. O time está no Uruguai, sede do torneio, onde estreia neste sábado no torneio contra o Quebracho, da Bolívia, às 17h30 (horário de Brasília).

Atual campeão da competição que acontece a cada dois anos, o time aposta no entrosamento do elenco vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Junior para superar os rivais e se manter no topo da América.

“Estamos muito felizes por representar de novo o Brasil neste torneio, sabendo da reponsabilidade que é”, avalia o técnico André Jardine. “A competição já tem um nome importante a nível profissional, e está crescendo muito no Sub-20. vamos encarar com muita seriedade para trazer mais este título internacional para o Brasil.”

Entre os atletas relacionados para o torneio estão Igor Gomes e Toró. Os dois devem integrar o time principal do São Paulo depois do torneio continental. O técnico Dorival Junior ainda estuda a possibilidade de acionar mais garotos. O zagueiro Walce, o lateral Liziero e o meia Helinho são nomes no radar.

Além do São Paulo, garantido no torneio por ser o atual campeão, o Brasil também será representado pelo Cruzeiro, vencedor da Supercopa Sub-20 em 2017. Os garotos do time mineiro têm estreia marcada para domingo contra o Libertad, do Paraguai.

No Grupo A, o São Paulo, além do Quebracho, enfrentará o Atlético Venezuela e Atlético Talleres, da Argentina. Já o Cruzeiro, no Grupo B, tem pela frente o River Plate do Uruguai e Deportivo Equidad, da Colômbia, além do Libertad. O torneio ainda tem um Grupo C, com o equatoriano Independente Del Valle, o peruano Sport Huancayo, o chileno Colo Colo e o uruguaio Club Nacional.

As semifinais do torneio Sub-20 têm data marcada para 21 de fevereiro, e a decisão acontece três dias depois, no Estádio Centenário.

Estadão

46 comentários

  1. Toró pode não ter potencial de craque, mas tem um bom nível e consistência para fazer parte de um elenco que precisa de jogadores para rodizio o ano todo

    • Ele é o jogador para compôr elenco, apoiar a equipe no segundo tempo ou time alternativo e empurrar a bola para dentro…

      Ele lembra o Borges, empurrava uma bola para dentro da meta que era sensacional, embora não demonstrasse o futebol mais vistoso… É como dizia o Hugo: “Toca pro Borges que é gol!” kkkk

  2. E com todos os problemas do time, com as escalações erradas e o futebol fraco, ainda temos a terceira melhor campanha, abaixo do time sem cor (2 pontos) e do Crefisa.

      • A diretoria tem uma culpa que não pode se eximir, mas o técnico não está tão horrível quanto pregam… Deixem ele fazer sua parte, treinar e trazer resultados… Afinal, estamos em primeiro no nosso grupo e passamos de fase na CB, nesse exato momento é tudo o que queremos do nosso time, jogar bonito é opcional no momento (começando o ano).

        • Olha, se for demitir o Técnico por causa de Campeonato Paulista.
          Para tudo e fecha pra balanço.

          O São Paulo tem que ganhar tudo.
          Essa tem que ser a mentalidade.
          Mas poderia usar o Paulista para treino, testes, pré temporada.
          E no mata mata vai com tudo em busca do titulo.
          Mas lá contra o São Bento fizeram um escândalo.
          O Dorival vacinado desistiu de usar o Paulista para testes.

          Semana passada, nossa, fui crucificado, por falar a verdade.
          Tinha Técnico que perdia tudo no primeiro semestre no São Paulo.
          É a mais pura verdade.
          Não adianta me apedrejar.
          Eu não tenho o poder de mudar a história.
          E a gente não pode esquecer os fatos.

          Agora, o Campeonato Brasileiro tem que ir com força total.
          Com o Elenco pronto, sem desmanche.

      • Nem ele se leva a serio.

        Ele foi espinafrado porque criticou o Wellington, que chamou os marginais do que realmente sao, e achou engracado quando nos chamaram de bambis.

        Diante da repercussao, teve que admitir no ar que era incoerente.

        Momento impagavel de desmoralizacao publica de um quelonio.

    • Vamos comparar:

      O time juniores entrosado, com padrão de jogo e acabou de participar da Copinha.

      O profissional sem entrosamento (Nenê, Diego Souza, Reinaldo, chegando agora).
      O profissional começando o ano agora.

      Quem sabe se o São Paulo conseguir parar de trocar de time, o profissional faça uns 5 a 0 nos jogos.

Deixe uma resposta