São Paulo antecipou cotas de TV da Globo para fechar orçamento de 2017

O São Paulo antecipou cotas de TV da Globo referente ao Campeonato Paulista para fechar as contas de 2017. O valor antecipado pelo clube junto à Federação Paulista de Futebol foi de cerca de R$ 8 milhões e se referem aos meses de março e abril deste ano.

Segundo apurou o UOL Esporte, o clube do Morumbi passou por dificuldades com seu fluxo de caixa nos últimos meses do ano e necessitava de dinheiro para saldar as obrigações relacionadas a pagamento de direitos federativos, honorários de agentes de jogadores e gastos com fornecedores. Essas operações pontuais referentes a despesas do dia-a-dia não precisam da aprovação do conselho deliberativo graças a um acordo prévio.

Também está na mira dos cartolas são-paulinos as luvas referentes aos direitos de TV aberta do Brasileiro a partir de 2019 cuja negociação está em andamento com a Globo. A emissora chegou a oferecer R$ 20 milhões, mas a proposta foi vetada pelo conselho deliberativo durante a corrida eleitoral que culminou na reeleição de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, no ano passado. Clube e e representantes da emissora voltaram a conversar sobre o assunto posteriormente, mas sem chegar a um acerto até o momento.

UOL

89 comentários

    • Mais de R$200 milhões em vendas no ano passado e precisou de adiantar R$8 milhões em cotas. Que gestão é essa?! Pode mandar o pessoal do financeiro embora e botar um head hunter atrás de profissionais capacitados. Aliás isso seria só cumprir o Estatuto, nada além.

    • Viramos um time pobre, mas que paga altos salários a seus dirigentes, que andam de BMW. Se não fosse preto, branco e vermelho, eu juraria que se chamava Brasil.

  1. Sobre a sequencia de jogos “maus” que o são paulo fez (mas venceu), cheguei à seguinte conclusão: a torcida tem culpa sim (uma parcela, pelo menos). A prova disso são as vaias nas 3 vitórias conquistadas.

    O torcedor do São Paulo ficou mimado demais com a era de títulos e belo futebol. Hoje, a vitória já não importa mais. Tem que jogar bonito.

    Aí vejo uma conversa: – Ah, fulano não é jogador pro São Paulo!
    Me desculpem, mas o tempo passou, o clube se “apequenou” diante de gestões desastrosas. Estamos em processo de reconstrução, não tem jeito. Torcer pra nova comissão acertar mais do que errar, senão, permaneceremos assim até “Deus sabe quando”.

    Mas não podemos acreditar que o São Paulo de hoje tem o mesmo poder de compra e o desejo dos jogadores de jogar aqui como no Mundial e Tri-Basileiro. Seria inocência demais.

    É o que temos pra hoje. Os jogadores que temos hoje, são o que o clube merece (não a torcida). Culpa de um passado “obscuro” e ainda hoje, temos situações inexplicáveis.

    Portanto. O que a torcida mais quer? Títulos? Títulos vêm com…? Vitórias.
    Futebol bonito fica pra depois. Primeiro precisamos de títulos.

    Poupem as vaias ao menos nas vitórias. Cobrem, sim! Mas sejamos racionais. O que importa hoje é ganhar.
    Partidas e títulos.

    • Não acho que o clube se apequenou. Hoje a Europa rouba bem mais jogadores do que antigamente então os campeonatos nacionais em si perderam a qualidade. Também tivemos a China levando bastante gente, inclusive jogadores medianos os quais os times não têm condições de equiparar o salário (obs.: tem gente que diz que isso já passou, mas o Grêmio perdeu Fernandinho assim). E por fim temos uma empresa que injeta um dinheiro desproporcional em um clube e leva a maioria dos jogadores que restaram e que possuem qualidade técnica.
      Não dá para montar um super time no papel. Nem o Flamengo, que equilibrou suas contas e possui a maior clientela/torcida do Brasil, está conseguindo montar um elenco sem carências. Cruzeiro, também têm carências e hoje também está com um dos elencos mais fortes do Brasil (e pode ter certeza que mais à frente a conta virá, como veio para o Atlético-MG).

      Outros times que têm ganhado campeonatos, não foram porque tinha 11 titulares inquestionáveis, mas porque montaram um conjunto forte e isso só vem com manutenção de elenco e de comissão técnica. É preciso estabilidade na diretoria também para que se mantenha um planejamento e confiança nos profissionais contratados por eles. O São Paulo precisa dessa manutenção e de equilíbrio financeiro. É claro que não há como segurar todos os jogadores e na verdade é até necessário vender alguns para fechar o caixa.

      O que eu estou vendo e apostando neste ano é na estabilidade da diretoria de futebol com Raí, que consequentemente tem um planejamento e acredita em Dorival (um treinador experiente). Juntas (diretoria e comissão técnica) estão tentando montar um elenco equilibrado e dar uma nova cara a este time sem Hernanes e Pratto. As reposições para Cueva e Rodrigo Caio (jogadores com maior probabilidade de sair no meio do ano) já estão no elenco e já saberão a forma do time atuar. Essas vendas inclusive podem alcançar a meta financeira que é fazer R$90 milhões em vendas neste ano.

    • Concordo com o ponto de vista.
      A nossa torcida é gigante, a nossa história é muito bonita, mas as gestões e coleções de fracassos fizeram o time ficar menor que era..Fato!

      Quanto a torcida, na boa, maldita hora que o Juju e aquela velharada maldita criaram aquele mote de “Soberano”…parece que essa soberba pegou na torcida. Tem time sendo campeão com time jogando mal, ano sim e ano não, e a gente nesta soberba, sem nem dar tempo pra comissão técnica treinar um time “NOVO”…enfim…enche o saco isso.

      Abs.

    • As vaias foram totalmente merecidas. Quem pagou , tem direito de mostra satisfação ou insatisfação. Eles que joguem bem mais e melhor, que receberão aplausos.

    • Será porque a torcida já conhece o resultado no final.de ano quando vê um futebolzinho medíocre desse no início da temporada?

      Acha que esse futebol medíocre que o SPFC joga vai muito longe?

      Já vimos isso desde 2010.

  2. Não sabemos ao certo o custo de antecipar, mas uma das mudanças que o Paulo Nobre fez no Palmeiras foi acabar com essa filosofia de antecipar receita…

    Sei que o momento exige sacrificios mas não da para usar práticas do passado eternamente.

    O SPFC precisa parar com isso o quanto antes, às vezes 1 ou 2 jogadores caros a menos no elenco vale a pena para não ter que ficar antecipando receita.

      • O que arrecadamos em vendas deve chegar muito perto dos valores que o Paulo Nobre colocou no Palmeiras.
        A diferença deve estar em outro ponto.

      • Colocou mas tirou com Juros né… Paulo Nobre ajudou as Peppas mas ele se teve prejuízo foi pequeno, na verdade o que ele fez foi administrar direito.

        Já ouvi dizer que um tal de Abilio Diniz falou que o SPFC não precisa de doação mas sim de gestão. Que o SPFC poderia criar títulos privados e diminuir o juros da capitalização, e até para contratar jogador caro. Algo que a Crefisa (agora que mudou) faz com o Palmeiras. A verdade que o Rai vai ajudar e talvez resolver o problema de futebol mas a mudança é mais profunda ainda.

        • Os juros do Paulo Nobre eram mais baixos que os do mercado. Não é como se tivessem pegado empréstimo com um banco normal. E não podemos esquecer que saiu ele e entrou Crefisa injetando dinheiro mais pesado ainda e dizendo que o patrocínio tem retorno (chamando todo mundo de trouxa).

          • Icaro claro que não é simples mas o Nobre se perdeu foi pouco. Os juros era abaixo do que o clube capitaliza mas pelo noticiado era algo como uma aplicação boa para quem aplica. Ele só tirou o spread bancário, se não me engano ele recebeu algo como 1,15% a.m algo assim. Tirando I.R dava 1% mês limpo, não é uma doação…

            O prejuízo dele foi perder a liquidez e não financeiro pelo que parece. Não sei.

            Crefisa sim faz menos sentido, a peppinha dona da crefisa ainda fala que tem lucro, só rindo…

      • Tem o Abílio Diniz. kkkk
        Mas acho que ele precisaria ser presidente como o Paulo Nobre foi, pois deixar para Leco é pedir para ser roubado. kkk

  3. Fico a espera de quem entende de administração e contas pra apresentar aquelas justificativas sobre esse adiantamento. Eu sou leigo demais pra entender as contas do SPFC.

  4. Vamos ter paciência, o copo está meio cheio, nossos adversários também pasam (ou passaram) por dificuldades, temos um passado que nos enche de orgulho.
    Tenho certeza de que repetindo os mesmos erros e não inovando em nada conseguiremos sair dessa.

    • PB vc está alertando desde 2010/2011 da gestão Juvenal em alguns posts de madrugada.

      Continua igual.

      O cara antecipava receita e balanço terminava milagrosamente no azul.

      Pessoal comentava: Nossa que competente.
      Vc dizia que não era bom sinal.

      Em 2010/2011 a divida começou a ficar estratosférico e perdemos o fio da meada dos títulos e da boa gestão.

  5. Adiantamento foi feito da fechar o fluxo de caixa do mês de dezembro,,pois é o pior mês em questão de finanças, as receitas.minguam e o clube tem o.mes ,décimo terceiro e percentual de férias pra pagar , aí vem.janeiro pífio de receitas próprias que tem pré temporada etc como não há folga de caixa tem que recorrer a bancos ou adiantar receitas

    • Da forma que você colocou até parece muito normal, mas não esqueça que em todos os anos tem o mês de dezembro, décimo terceiro e férias. Esse circulo vicioso de antecipar receitas não vem de hoje e não é exclusividade dessa gestão, mas precisa ser repensado, quem está de fora tem a sensação que falta no minimo planejamento.

      Ano passado vendemos além do que estava programado e ainda assim o clube precisa desses artifícios para saldar a folha. Espero que em abril tenhamos boas noticias em relação as dividas, mesmo não tendo tantas esperanças que tenha mudado de forma considerável,

  6. É questão de fluxo de caixa, até porque não foi um valor tão alto.
    Agora, esses valores de luvas de 2019 eu discordo totalmente no adiantamento. Muito fácil pro gestor receber receitas que deveriam ser recebidas só no mandato de outro dirigente.

  7. Quase R$ 200 milhões em vendas pra seguir adiantando cota? Onde foi parar o dinheiro do clube? No bolso de empresários “próximos” ao presidente?

    Que roubalheira descarada é essa com o patrimônio do clube?

    Isso já ultrapassa o limite da má gestão e/ou incompetência. O que está acontecendo no São Paulo tem outro nome: crime.

  8. Vamos fingir que não lemos nada sobre o assunto e continuar a acreditar que a gestão Leco é eficiente e transparente, exatamente como nos orientaram…

  9. Não vamos colocar meta. Vamos deixar a meta aberta, mas quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta!

    Dorival Jr na coletiva explicando quando o SPFC vai jogar bem.

  10. Como gastaram mais de R$ 16 milhões em Trellez e Jean para reserva, incharam a folha salarial para mais de R$ 10 milhões, como disputaremos títulos nessa obrigação de desfazer o time a cada 6 meses, cadê a austeridade financeira. Que tristeza ver tudo isso em um clube que outrora era modelo na América.

    • Também não consigo entender, pra mim duas contratações incompreensíveis sobre todos os aspectos , seja financeiro, técnico, e de aproveitamento. A do Jean principalmente, totalmente dispensável, com melhor trabalho e criatividade poderiam ter trazido um bom goleiro para disputar a posição com o Sidão a um custo muito menor. As contratações do Nenê e do Valdivia também muito questionáveis tanto tecnicamente quanto financeiramente. Trellez também foi uma contratação pra lá de questionavél pois é um jogador com passagens em diversos clubes e com apenas algum destaque na última temporada pelo Vitória. Resumindo pra mim o planejamento para a temporada foi muito ruim e só me resta torcer para que os Deuses do futebol façam dar certo todas essas bobagens.

  11. Nossa somos enganados por onde quer que vamos, é na politica é no esporte é na vida, como gostamos de sermos enganados. Oque leva alguem querer ser presidente de uma empresa ou de um clube totalmente endividado e a sede de torna-lo forte, de faze´lo voltar aos trilhos e colher os louros da fama. que pena a gente acredita em duende. me desculpem mas somos uns verdadeiros trouxas, pensando isso, é claro que todos eles pensam é no tanto de dinheiro que podem desviar para os seus bolsos, e estou generalizando sim pois não se salva um ser qualquer que seja, somos uma geração fálida eticamente falando, e o pior é que não vejo saída para que isso mude. É triste porém é a verdade que eu vejo em todas as instituições do país, e por que não dizer no mundo.

  12. O SPFC precisa se reorganizar como um todo. Hoje a diferença de dinheiro ficou maior e tem 3 times na nossa frente em arrecadação que são o Flamengo, Gambá e Peppas.

    Não podemos arrecadar menos no Morumbi que eles arrecadam em seus estádios. Eles têm dívidas (Corinthians) e concessões (wtorres) que se não nos anteciparmos vai ficar pior. Hoje temos uma vantagem que não vamos ter. Precisa se repensar no projeto mais lucrativo possível para o Morumbi.

    Não podemos aceitar arrecadar menos de televisão (essa a culpa é só do Juvenal e sua paixão pela record) que os 3. Tem que fazer um jeito de igualar isso mesmo que o SPFC diminua a receita. Melhor dividir mais com Cruzeiro,Galo,Flu, Vasco, Inter e Grêmio que aceitar os 2 recebendo mais.

    MKT tirando a crefisa não da para receber menos ou muito menos.

    Vão falar que é torcida, mas pq cargos de água, até o Juvenal brincar de ser presidente o SPFC era o primeiro em todas essas categorias?

    Só falta agora para terminar de lascar, um dia as outras categorias de base serem melhores que a nossa. Aí seria a chave de ouro dessa gente.

    Temos totais condições de se reestruturar mas o difícil é saber se o Leco quer. A mudança do SPFC é sim o Rai, mas não pode ser só ele.

    Falta o cara de MKT do mercado, usar boas normas práticas administrativas, licitação para compra até de agulha e o posto do Sr Natel que feche as portas ou vá vender gasolina para outro, um cara de financas do mercado etc

    A verdade que essa notícia me incomoda muito mais que o futebol mal jogado no segundo tempo, pq hoje o espaço para Juvenal, Aidar e Leco é cada vez menor. Leco tem que no mínimo sentir pressão pq a moral do Rai não deve ser transferida nem em uma linha para ele, e sim apenas para o time.

    • O Fla depois que se reestruturou disputou titulo da copinha quase todos os ultimos anos e ganhou tres.

      Mas durante a fase de reestruturação penou e não ganhou nada.
      Esse chove e não molha do tricolor é que irrita.

      Nem reestrutura e nem ganha titulos.
      Achei que ano passado iriam começar. Ai vendem bem o Neres e gastam o dinheiro da venda dele no Pratto.

      • Exato massa.

        Cara eu aceito falar que não tem dinheiro e em 1,2 anos vai mudar. Mas vender o Neres e comprar o Pratto?

        Antecipa cota e gasta 30 milhões aí em jogador?

        Não somos expert em gestão de clube esportivo, mas burro tb não somos.

        • Concordo, isso é o inexplicável. Na hipótese que sao honestos e sí visam o bem do clube, nao tem sentido vender a janta para comprar o almoço. Rolar a dívida nao é fazer o melhor pelo clube. E nem aceitar pressao de conselheiro ou sócio. Mas tenho dúvida sobre a minha hipótese.

        • Eu também !!!! Aceito alguém falar que vai reestruturar e não vamos ganhar ficar um a dois anos sem titulos.
          Mas tem que ser sério, fazer parte de um plano de médio prazo, honesto e transparente.

          Ano passado comentei isso do Pratto (não é culpa dele), de ser bom futebolisticamente falando mas um erro crasso financeiro para quem estava precisando reestruturar.
          Depois se empolgaram e venderam um monte e contrataram um monte.

      • Flamengo é o exemplo mesmo. Pq nem estádio tem, tinha uma dívida muito maior que a nossa, CT muito inferior, categoria de base (depois da década de 80) nem se fala e estava mais capenga.

        Mas eles cortaram custo de verdade massa, enxugaram tudo e gastaram depois em jogadores bons. É algo assim que imaginamos que o Sr Leco vai fazer, pq só o coitado do Rai não vai mudar.

        Como eu queria que não existisse aquele clube, como eu queria… SPF sem C…. clube de mordomias deveria se chamar.

      • Certinho, Massa!!!
        Foi por isso que laaaaaa atrás no início de 16 eu já pedia um Jubero de técnico para reestruturar o time, e em estreita relação com a Base comandada por Jardine, iria pinçando os melhores para o profissional.
        Se presidente fosse, chegava, passava o lápis e avisava:
        – Acabou!! Vou fazer uma auditoria interna com empresa independente, levantar todos os erros administrativos e má gestão de recursos, cortar gastos, reestruturar o clube, etc… Não esperem títulos nos próximos 2 anos. Pode até ganhar algo, mas a prioridade é pagar dívidas, honrar os compromissos em dia, reestruturar clube e a parte do futebol, investir mais na Base e lançar garotos no time profissional. Em dois anos (final de 17 e início de 18) estaremos ok!

  13. Tudo isso não interessa.
    Pra quem detém o poder no clube, o q importa são os ingressos grátis, as vagas no estacionamento e as viagens pra jogos fora.
    Ainda bem q com a mudança do Estatuto, a estrutura do clube se modernizou como o prometido, e tudo passou a ser diferente e melhor gerido.
    Valeu, Leco. Em vc sempre podemos confiar.

  14. enquanto os clubes brasileiros forem CLUBES, onde dirigente então arrombam e saem para dar lugar a outro cartola com o mesmo intuito a coisa continuará como está.
    veja como se comportam times europeus, principalmente na Inglaterra, usada como exemplo pois tem as cotas de tv mais bem divididas, os times são empresas, alguns com um dono trilhardario e outros conjunto de associados, empresa se negocias ativos e se divide os lucros obtidos entre os sócios, afinal se há prejuizos constantes o cara é demitido do cargo e entra um novo lider eleito.
    não adianta no Brasil o que é publico, clube, associação etc, resumindo o que não tem dono é ultilizado para ganhos de vantagens e benefícios dos administradores que ali estão, afinal não há punição, só há vantagens.

  15. veja o caso de nosso vizinho de CT, era um clube até pouco tempo atras tão ou muito mais mau administrado que o SPFC, tanto financeiramente quanto administrativa, quando entrou um cara sério, trabalhador que ultilisou de suas finanças pessoais para arrumar a casa, fez da equipe sua empresa, sem ter que dar satisfação para cardeaes e sangue sugas parasitas, teve seus ganhos pessoais certamente, e passou o bastão para outro que parece ter o mesmo intuito porem não o mesmo carater, ponto de vista meu, bancado por uma instituição que apesar de aportar muita grana, está recebendo exorbitantes montantes de lucro do seu investimento, não sei se de forma ilegal, mas esta ganhando.

  16. Não podemos generalizar os clubes Brasileiros. No Flamengo do Bandeira de Melo, foi colocado no novo estatuto, a Lei de Responsabilidade, onde o Presidente tem que responder com seu próprio patrimônio por desmandos em sua gestão. A dívida lá ta caindo vertiginosamente com saldos anuais de mais de R$ 100 milhões, pagando aluguel de estádio. O estatuto lá não é fake, daqui a 5 anos, vamos ter que comemorar empates contra eles, isso é previsível que ocorra!

  17. Falta ao SPFC (e a outros clubes) o mesmo tratamento diferenciado que dois clubes recebem da CBF, TVGlobo, Governo Federal e de alguns patrocinadores privilegiados.

    • O problema no SPFC não é dinheiro e sim a gestão desse!. Perde 2 jogadores titulares e gastam R$ 30 milhões, que não suprem a saída e nem tão pouco melhora as carências do ano anterior. Contratam jogadores bichados e fora de ritmo, problema são as gordas comissões!

      • Concordo, Braga Neto. O problema crítico é a gestao do clube. Bem gerido o clube sai do fundo do poço. Mas a questao que coloco é o tratamento desigual entre os clubes. Como as regras nao sao claras e o SPFC é ruim nos bastidores, temos poucas chances de lutar de igual para igual com esses clubes.

  18. A espanholizaçao (dominio de dois clubes) no futebol brasileiro continua avançando. No Rio o Flamengo e em SP a Crefisa está querendo ocupar o espaço do curica. O resto dos clubes, salvem-se quem puder.

  19. ArquibancadaTricolor

    @arqtricolor
    29s30 seconds ago
    More
    Copa do Brasil:
    – CSA x São Paulo, 14/02, 21h45, em Maceió
    Paulistão:
    – Ituano x São Paulo, 21/02, 21h45 em Itu

    Jogadorzada vai ter que maneirar no carnaval porque esse não tem a vantagem do empate…

    • Vai ter que vencer ou treinar muito penalti no carnaval. Nesse caso, DS, Nene e Cueva, os batedores oficiais, vao ter que aguentar os 90 minutos.

  20. Não entendo nada de finanças, mas sei que o SPFC vendeu cerca de 200 milhões em jogadores em 2017. Não há dúvida alguma na minha cabeça que há algum problema extra-finanças. Agora, compete ao Conselho investigar o que há . No meu íntimo eu acho que sei, mas se eu falar posso ser processado.

  21. As vaias não são para o time de 2018, são para o SPFC de 2009 a 2017, tudo é “herança” desses anos pífios.

    Senão ganhar de 3,4×0 vai toma vaia o ano todo mesmo, normal .. a torcida está cansada.

    Triste mas compreensível e eu faço parte disso, acredito que todos nós …

  22. Sai reportagem falando da folha salario R$ 10 milha mês sem um elenco bom pagando salário integral de jogadores em outro time…começa o ano e ja vem notícia falando que para fechar no azul precisa vender jogador, meio do ano vende jogador, fim do ano vende jogador, fim do ano fala que previsão do começo do ano não é a correta e sobe a previsão e pega cota adiantada e as porcentagens de vendas por formador…é tanto $$ sumindo do clube que revolta…

Deixe uma resposta