À espera de anúncio do São Paulo, Valdívia se despede do Atlético-MG

O meia-atacante Valdívia, que estava no Atlético-MG emprestado pelo Internacional desde a temporada passada, publicou nesta quarta-feira uma mensagem de despedida do time mineiro em seu perfil no Instagram. O atleta já trabalha na parte interna do CT do São Paulo na Barra Funda, onde aguarda ser anunciado em breve como sexto reforço do clube para 2018.

“Foram alguns meses juntos e muitos momentos marcantes”, escreveu Valdívia. “Obrigado, Atlético, pela oportunidade e pela sequência que me deu em 2017. Obrigado, Massa do Galo forte e vingador. Sigo em frente, mas com vocês no coração.”

Contratado por empréstimo de um ano junto ao Internacional em maio de 2017, Valdívia fez 33 jogos com a camisa do Atlético-MG e marcou dois gols. Ele terminou o último ano em alta com o técnico Oswaldo de Oliveira, sendo titular, mas perdeu espaço na equipe no começo da temporada 2018.

No São Paulo, Valdívia disputará posição no meio-campo com Nenê, Cueva e Shaylon. Se anunciado ainda nesta quarta-feira, deve estar junto com a deleção no estádio do Morumbi para o jogo contra o Bragantino, às 21h45.

O jogador deve estar à disposição para estrear pelo São Paulo no dia 15, contra o Ituano, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Antes dele, o clube havia se reforçado com Jean, Diego Souza, Anderson Martins, Nenê e Tréllez.

Isto É

44 comentários

  1. Vamos partir do princípio de que ele esteja em boas condições físicas…
    O jogador tem suas qualidades, mas, por não ser um jogador acima da média, acho dispensável, já que temos jogadores da base tão bons ou melhores do que ele.
    O grupo inchou ao ponto de temer pelo esquecimento da garotada que vinha babando.

    Curtido por 2 pessoas

    • Concordo. E inchou de uma maneira não satisfatória.Nomes como o de Valdívia não exalam a titularidade, mas enterram opções melhores apenas por ser medalhão.

      A vinda do Valdívia é o fôlego que o Dorival precisava para insistir nesse esquema inadequado para o elenco. Isso é uma péssima notícia.

      Curtido por 2 pessoas

    • partilho da mesma preocupação. Pior, as peças que vieram sao exatamente pras posições que temos maior destaque na base.
      Temo muito pela pouca utilização dos garotos.
      Oq era chamado de planejamento e uso da base, caiu por terra.

      Curtido por 1 pessoa

      • Exato. Muito cedo para abandonarem esse planejamento.
        Pode ser que nos traga prejuízo tanto técnico quanto financeiro.
        Não chegamos nem perto do caos que venderam para mudarem tão rápido as convicções que tinham no começo do ano.

        Curtir

        • Convicções? Esquece isso ps… eu não caio mais nessa…

          Como nos últimos anos vamos mais uma vez contar com a sorte, “ver se vai dar liga” e vamo que vamo!!!

          E há quem defenda com unhas e dentes essa gestão… se pensar diferente, pronto vem uma enxurrada de “sermões” dizendo que somos pessimistas…

          É isso aí está tudo certo, do jeito que foi planejado, vamos ficar quietinhos e torcer… deixemos as análises para os entendidos/torcedor/técnico/economista/fisiologista de plantão

          Curtir

        • Paulo Barbosa, voce jah parou para pensar que o tal abandono do planejamento tem a ver com a reacao da torcida em virtude dos primeiros jogos?

          Leco, assim como JJ, tem mentalidade viciada em politica, e fara de tudo para sobreviver no cargo. Nomear Rai eh reflexo disso, alem de outras atitudes reativas que tiveram o claro intuito de calar a torcida.

          O que o torcedor nao entende eh que ele proprio eh um dos maiores responsaveis pela fragilizacao do clube.

          Curtir

    • Claro que tira oportunidade mas era meio obrigatório não deixar só a base. Não concordo com os nomes, mas qual escolha e tempo tivemos?

      Se você pensar o SPFC sem nene, Trellez, Valdívia e Diego Souza vc seria obrigado a escalar a base, e não acho isso bom. Imagina uma lesão do MG e o Cueva na seleção, qual o time que o SPFC iria escalar?

      Lucas Fernandes, Shaylon, Caique e Brenner? Ou Paulinho e Toró? O SPFC não tinha nomes experientes para o setor ofensivo, não acho que vão minar a base pq quem for bom ganha a vaga de qualquer um desses… Claro que vão ter que mostrar mais serviços pelas vagas… E não é o ideal depender da base no time titular, isso só acontece com o Leco presidente. Ideal é o cara ganhar a vaga na bola na minha avaliação e não pq não tenha quemcolocar.

      Curtido por 2 pessoas

    • “Valdívia disputará posição no meio-campo com Nenê, Cueva e Shaylon.”
      Acredito que seja mais veloz e que tenha mais poder de marcação do que qualquer um desses, ou seja, mesmo que seja inferior tecnicamente seria mais útil ao conjunto equilibrado.

      Ano passado víamos jogadores técnicos e sem velocidade que ficavam só tocando a bola de um lado para o outro e nunca chegava no cara dentro da área para finalizar.

      Curtir

  2. De tacadas sólidas no passado, Pratto (com ressalvas) e Jucilei. Esse ano, ninguém.

    A janela desse ano foi mais sóbria, sim, e depender menos de treinador também é outra grande vantagem.

    Mas nenhum dos nomes de 2018 é uma contratação certeira. O potencial de DS, Nenê, Jean e Anderson serem bons trunfos existe, mas nenhum deles veio por conceito, mas sim por oportunidade ou por reação.

    DS foi uma resposta à saída do Pratto; Anderson e Nenê, negócios esmos de oportunidade; Jean, até agora ninguém entende ter pago 10 (ou 15?) milhas pra não ser nem testado e ainda enterrar o Perri. Valdívia é um cala-boca de oportunidade no Dorival.

    De todas essas vindas, as únicas negociações responsáveis parecem ter sido as de oportunidade, Nenê e Anderson.

    Não sei… Esse São Paulo vulgarizado tem me deixado amargamente cético.

    Curtido por 5 pessoas

  3. concordo, um cara desse tira espaço dos varios atacantes de lado que ja temos no profissional(caique, bóia,cipriano,morato) e de um que poderia subir que é o toró e ainda pior de tudo que é pedido do treinador o valdivia, sinceramente já passou da hora do dorival sair.

    Curtir

  4. Complementando o outro post, acho que se as Coloradas insistirem em 10 milhões de euros pelo Valdívia, acho que ele ficará encalhado no mercado, por melhor que eu espero e torço que ele irá no São Paulo, tá caro demais, e não vale este valor todo…

    Curtir

  5. Eu até concordo que gastamos mais que o ideal em cada nome, mas eu não vejo o SPFC apenas com o Cueva em ano de Copa do Mundo, MG com contrato só até o final do ano e a base como algo saudável.

    Pelo contrário vc seria obrigado a escalar no mínimo 2 (Shaylon e Brenner) e às vezes os 4 do setor ofensivo com a base.

    O Rai ou contratava e montava um time ainda longe do ideal ou não teríamos nem time nem elenco nenhum. Minha opinião, o problema veio de 2017 e não tinha solução perfeita…

    Se não contrata com esses moleques tem risco de perder mais 1 ano sem time passando sufoco e chegando em julho precisando de um Muricy ou Hernanes para salvar o ano…

    Não defendi nenhum dos nomes, não acho nenhum deles o objetivo final, mas não dava para ir sem ninguém tb. O Rai tinha que montar um time e agora é torcer para encaixar. A verdade que não tem como o Rai ou ninguém resolva o SPFC em uma janela de transferência.

    Curtir

    • Vejo a situação da mesma forma

      Apesar de não gostar de algumas contratações, o Raí assim como qualquer dirigente precisa de tempo pra colocar ordem na casa e nesse caso colocar ordem na casa tá inflacionado por conta da crefisa

      Curtido por 1 pessoa

      • Exato. Lucas Lima e Scarpa foram as negociações certeiras nessa janela e quando o Rai chegou a crefisa já tinha papado os 2…

        Quando falaram do Diego Souza achei uma loucura, mas quem iria liderar o time depois da saída dos 2 líderes do time (Pratto e Hernanes)? O Cueva???

        Sobrou a sobra, janela fraca para todos os times e espero que o Rai consiga 3,4 nomes melhores que nossos atuais no meio do ano. Só acho brincadeira qualquer crítica que o Rai tenha recebido. Se não trouxesse ninguém aí sim teríamos que criticar pq acredite, escalar só a base só dá certo quando vc tem um Kaka, Neymar, Philipe Coutinho, Lucas, Robinho etc que não é o caso…

        Curtir

    • É uma análise muito difícil, ne?
      Nao tem como ter so base, mas tbm nao da pra ter so jogador rodado (meia boca ou, no maximo, bom).
      Pelo meu entendimento do que vc disse, que nosso problema veio de 2017, eu concordo. O time era fraco. Acho que esse ano estamos melhor (tirando Hernanes, mas ele nao tem reposição possível ou imaginável).

      Porem, pra mim, o ponto foi nao darem tempo pra analise dos moleques em campo. E nem acho que isso partiu da torcida, foi mais comissão técnica. Temos ótimos valores na base para teste e temo que com a chegada desses jogadores de fora, eles fiquem esquecidos ou pouco utilizados. Pode acontecer oq aconteceu com o Ademilson. Teve que entrar numa fogueira contra o Atletico em um mata a mata na libertadores, o muleque tinha pouca rodagem e perdeu um caminhão de gol. No final, fomos eliminados mais por conta do Lucio (q nunca deveria ter vindo) do que outra coisa. Mas ele que levou a culpa.

      Curtir

      • Claro que não da para só ter cara rodado nem só a base e concordo com você que os moleques precisam e espero que sejam testados para não colocar ninguém na fogueira como vc bem lembrou.

        Só acho que ter as opções era um mal nescessario neste momento… temos o time de 2018 sem os ajustes, agora precisamos testá-lo com calma e ajustar tudo para não terminar 2018 igual foi 15, 16, 17…

        Curtir

  6. Dos jogadores da base que vi jogar, só o Caique me chamou a atenção.
    Shaylon, Lucas Fernandez e Brenner ainda não estão prontos. Paulinho, Cipriano, Artur e Toró ainda vão ter que rodar muito e ganhar experiência, pois quando entraram (no caso do Paulinho), dá pra ver a afobação de querer resolver pela idade e pra mostrar serviço. Não dá pra contar com esses jogadores pra começar uma partida decisiva quando os mais experientes não puderem jogar.
    Resumindo: a vinda do Valdívia é importante sim, precisamos de elenco, precisamos dar tempo a essa garotada e vaga se conquista no campo, não nos bastidores como está sendo feito aqui. Se ele vai vingar ou não, o tempo dirá, mas é o que temos pra hoje no mercado.

    Curtir

    • Eu gosto desses garotos entrando no segundo tempo. Eles costumam entrar muito bem, com muito gás, mais leves de responsabilidade, esse Paulinho, você vê afobação eu vi uma vontade de produzir algo, eu acho que tem que ser isso mesmo, tem que entrar e ir pra cima, e ele é abusado, o errar faz parte do processo.

      Curtir

    • Comentei sobre isso semana passada. Faz muita diferenca o jogador que respeita e admira a instituicao e sua historia se comparado a aquele que soh quer usar o clube como vitrine.

      Curtir

  7. Vamos debater.

    Eu acredito que já estão no time de cima o Araruna, Shaylon, Brenner e Lucas Fernandes.
    Esses já são realidades.

    Mas eu proponho debater outras peças.

    O Caíque vai ficar ou será emprestado?
    O mesmo eu pergunto sobre o Paulo Boia, Cipriano, Bissoli.
    Alguém arrisca um palpite.

    Curtir

  8. Olha. Tem quem acha que os jovens promissores do elenco ficarão prejudicados com a vinda desses jogadores rodados que chegaram agora – eu não penso assim. Os jovens do nosso elenco ainda não estão em ponto de bala, mas alguns devem explodir durante este ano.

    Os “veteranos” que chegam não têm condições físicas para os 90 minutos de jogo intenso nem para atuarem longo tempo sem lesão. Assim, teremos uma formação mesclada e um jogo em “câmara lenta” até os 15 do segundo tempo. Daí em diante, os jovens de fôlego e de boa técnica devem entrar para causarem o desequilíbrio no jogo, quando então a boa condição deles pode nos dar a vitória.

    É uma condição precária e arriscada de jogo, mas válida para quem não tem dinheiro – é a história do “quem não tem cão caça com gato”. O grande problema do São Paulo é que o clube não arruma a maneira mais adequada de ganhar dinheiro, enquanto os nossos concorrentes caminham para uma condição financeira privilegiada, que os distancia cada vez mais de nós. Isso, sim, é preocupante. E o que faz Leco e seus comandados da diretoria para solucionar isso, não se vê!

    Curtir

  9. o problema que o valdivia o sp não vai ficar com ele no fim do empréstimo por esse preço, ou seja é um jogador que pode se valorizar e o sp não terá condições de ficar, é melhor então valorizar um da base.

    Curtido por 1 pessoa

    • A minha avaliação é que o time de 2015 que o Leco estragou mais, 2016 e 2017 não deu sustentação nenhuma para o ano subsequente.

      Não da para planejar 2019 sem nada concreto em 2018. Precisava montar um time…

      Nene e Diego Souza vão ser úteis em 2019? Eu não sei.

      Trellez vai vingar? Também tenho muitas dúvidas…

      O Valdívia tb sabemos que não deve ficar nesse preço maluco, faz parte.

      O fato que o SPFC precisava e ainda precisa de no mínimo 3 nomes fortes para o ataque, se sair o Cueva e o MG diria que precisamos de 5….

      Mas não da para confiar e jogar responsabilidade de um time tri campeão mundial em um monte de jogadores jovens que não vingaram.

      Talvez desses reforços que precisamos saia algum da base, talvez não… o fato que vejo que hoje enxergo um time coisa que não via.

      Espero sim quem como temos 2 janelas com um time montado o Rai consiga terminar 2018 bem diferente do que terminamos 2017.

      Título o mais provável é a Sulaamericana que não tem os melhores times ou a Copa do Brasil se os times da libertadores pouparem, paulista e brasileiro acho mais difícil. Mas nada adianta ganhar um título como ganhamos em 2012 se o SPFC não se encontrar em gestão e time. Rai não montou o time dos sonhos mas sim o time para começar a pensar em um futuro melhor.

      Vejo um time com deficiência com o Rai, antes dele tínhamos as deficiências sem um time.

      Curtir

  10. Minha Opinião;

    Treinador ganha jogos, conquista elenco e ganha títulos sim….vejam…

    Renato Gaúcho pegou um time de refugos no Grêmio, ganhou a Copa do Brasil e uma Libertadores….

    Carille pegou um grupo arrebentado do Oswaldo de Oliveira dizim que eram a quarta força, muitos atletas vendidos, ganhou o Paulista e o Brasileiro, já havia feito um belo trabalho na base, ganhando uma Copa São Paulo.

    Luis Ricardo ganhou uma Copa São Paulo, uma Copa do Brasil no time de cima e levou o Flamengo para a Libertadores. Foi para o confuso Vasco e com um clube devendo salários e limitado levou o clube na Libertadores, já com goleada na fase de grupos.

    Jair ventura já fazia ótimo trabalho no Botafogo, bastou ele sair de lá e o clube já foi humilhado na Copa do Brasil, e o mesmo elenco. Vai dar trabalho com o Santos esse ano.

    Isso prova que o elenco é de menos, basta o treinador parar de iventar, escalar certo o time, e tirar de cada jogador o que ele tem de melhor.

    Maicosuel vai arrebentar na mão do Renato no Grêmio.

    Treinador faz sim a diferença, reclama menos via mídia e trabalhe com competência com o elenco que tem.

    Eu não acredito no Dorival.

    Curtir

    • E o dinheiro, não faz mais diferença ainda? Veja o elenco e time que o nosso concorrente ao lado formou – dá até para disputar o mundial e com chance de ganhar. O problema do São Paulo é outro – é dinheiro!

      Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s