Marcos Guilherme é o exemplo a ser seguido por Valdivia no São Paulo

Dorival quer usar Marcos Guilherme como exemplo para Valdivia.

O veloz meia atacante do São Paulo, teve grande início no Atlético PR, se destacou e chegou à Seleção de base, inclusive. O mesmo ocorreu com Valdivia no Inter.

Depois, ambos deram uma apagada e acabaram sendo liberados por seus clubes por empréstimo mas continuam vinculados aos formadores.

A má fase de Marcos Guilherme logo desapareceu com gols e muita intensidade, dedicação tática no time de Dorival. Agora, o treinador acredita que Valdivia possa fazer o mesmo atuando do lado oposto pelo Tricolor. Com boa condução, dribles curtos, visão de jogo e bom arremate, a cartilha de Valdivia é fazer o mesmo que Marcos Guilherme faz no lado direito, mas no lado esquerdo.

Fica a expectativa e a dúvida: será que Valdivia vai despontar no Morumbi como Marcos Guilherme?

Blog do São Paulo

Anúncios

105 comentários

    • Não vê velocidade? Não vê dedicação ao esquema de jogo? Não vê bom posicionamento?
      Não o vê/viu puxando quase todos os últimos contra-ataques do time? Acho que é problema nas vistas mesmo.. haha

      Curtido por 3 pessoas

      • Exatamente Icaro, não adianta vir comparar M Guilherme com craques do passado pois isso seria injusto.
        No time atual ele é sim muito importante, se dedica, e dali vem saindo as melhores jogadas do time.
        Um óculos ou uma dose de boa vontade devem resolver o problema…

        Curtido por 1 pessoa

        • Exato, torcedor chato que só sabe cornetar, gosto do futebol dele, sabe pressionar a saída de bola e faz os seus gols, diferente de outros que só comem , bebem e dormem.

          Curtir

        • Amigo Paulo – Eu também… Mas o futebol tem que ser coletivo… Muito “coletivo”, sem ninguém para “quebrar as linhas”, não resolve, mas, o contrário, também, é fato… Veja a diferença entre o “Messi-Barça” e o “Messi-Argentina”… O mesmo jogador, o melhor “quebrador de linhas” que vejo hoje (acima de todos – mesmo do Neymar, sem dúvida alguma…), vê o seu futebol render frutos e mais frutos, no Barça, por estar cercado por um TIME, que sabe o que quer, onde está, onde quer chegar, suas limitações, não deixa de ‘lutar’ até o último minuto de jogo, esteja este perdido, empatado, ou já ganho por 5 x 0… Todos brigam, e ponto… Neymar, por exemplo, no Barça, era parte de uma engrenagem, e se “enquadrava”, até porque, se não o fizesse, corria o risco de até apanhar no vestiário… (boa ideia, aliás, com relação ao Cueva… rs…)… Já no PSG… Tsc… Já o Messi, na Argentina (até agora, pelo menos…), não se sente “parte de um TIME”, e se frustra, por, por mais que faça, não resultar em nada os seus esforços… Aliás, se o baixinho que a treina, conseguir isso (tornar a mesma um TIME…), a Argentina se tornará (mais ainda…) candidatíssima a ser campeã do mundo, agora em 2018… Ao lado de Alemanha, Brasil, e, provavelmente, França… Se bem que eu adoraria uma “surpresa”, tipo a Bélgica… Aguardemos… O ano promete… rs…

          Curtir

      • Kkkkkkkkkkkkkk… Isso aqui está ficando “impagável”, tal qual o meu amigo Paulino… Desse jeito eu vou acabar me esborrachando de tanto rir… Kkkkkkkkkkkkkkk…

        Curtir

  1. Tchau Brenner. Foi um enorme prazer. Sinto muito por voce.

    E indo na direção oposta da maioria, nao consigo ver oq a maioria no MG.
    Acho que aplicação tatica como maior qualidade pra um atacante muito pouco.
    Como alguem falou por aqui dias atrás, é o Romero do SP

    Curtir

        • Quem ta tirando espaço do Brenner é o Dorival, colocando ele fora de posição. Mas, por consequência, ele fora de posição perdera ate a posição atual dele, que não é a posição certa. Rs

          Foi uma critica ao Dorival, que ja rifou Shaylon na primeira oportunidade que teve. Nao sei se volta ao time no próximo jogo, mas foi incoerente com o posicionamento dele de quem esta jogando tem de ter sequência.

          Curtir

          • Sequencia foi dada para o Shaylon e o cara se escondeu, não fez a função que foi designado, que é armar o time, voltar para marcar e abastecer o ataque, jogadorzinho sem personalidade, com medo, não serve para jogar futebol.

            Curtir

          • Tbm achava. Era diferente tecnicamente. Tinha duto pra ser diferenciado.
            Pra mim, o emprestimo dele mais o prejudicou do que ajudou. É tipco jogador q era melhor ter deixado por aqui treinando do que emprestado pra se perder.

            Curtido por 1 pessoa

        • Gabriel Jesus tem os mesmos 1.75. É o mesmo estilo de atacante. Mobilidade, correndo entre as linhas vindo de tras. Não é questão de profissional ou base, é questão de estilo de jogo. Gabriel Jesus estreou no Paulista com 17 anos, teve destaque. Sabe a diferença entre eles? Um pesa 70kg e outro pesa 73.

          Nunca será o centro avante de área, que fará parede, disputará bolas de cabeça e tudo mais. É outra coisa, outra caracteristica.
          Queimar o moleque é colocar ele fora da posição dele só pq o DS TEM DE SER centro avante.

          Curtir

          • Se o Gabriel Jesus vem de trás ele não é centro avante…. ele faz as 3 funções na frente em intensa movimentação com os outros dois abertos e trocando de posição com frequência.

            Dada a diferença nos esquema táticos Brenner faz o mais próximo disso que é jogar aberto em velocidade e pisando na área pra concluir.

            O esquema do Guardiola não chega nem aos pés dos esquema usados no Brasil….

            Brenner foi sacado do sub-17 e la era um centro avante, mas não ha qualquer margem de comparação com o profissional.

            Curtir

  2. Com todos os jogadores e nomes , sempre imagino o time em um 3 x 4 x 3 para jogar com os pontas. E com nenê, Cueva , Petros e Hudson fazendo a meia para ficar um time mais veloz. Ou o bom é velho 4x 4x 2 com Diego Souza e Brenner.

    Curtir

    • Me agrada esse 3-4-3, mas eu seria mais radical. Armaria um 3-6-1 enquanto defende que se converte em um 3-3-1-3 enquanto ataca.

      Mas Dorival só tem um esquema, sempre.

      Peço desculpas aos companheiros, mas nosso problema é técnico e não elenco.

      Curtir

  3. Do post anterior :

    Entre CBF x Globo, nosso futebol agoniza.

    Imprevisto ou não, nesta situação específica acho que Leco acertou.

    Só faltou combinar este posicionamento com um grupo de clubes mais representativo.

    Uma liga de clubes seria o ideal, talvez seja o passo inicial.

    Não acho que algo seria decidido nesta reunião, pois tudo já estava resolvido com antecedência.

    O imprevisto é a saída do Leco.

    Curtir

  4. Gosto da forma que o MG joga, embora precise melhorar nas finalizações. Torço para que o Valdívia possa ser um jogador que arrisque mais chutes de longa distância, o São Paulo faz isso muito pouco.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Torço para que Valdívia consiga, pois com ele e MG nas pontas esse time terá velocidade, profundidade e contra-ataque. Ainda colocaria o Brenner ou Trellez revezando de centro-avante e o Diego Souza deveria buscar seu espaço lá no meio campo brigando por vaga com Cueva e Nenê.

    Curtido por 1 pessoa

        • O MG já foi deslocado algumas vezes para o meio enquanto outros jogadores jogaram ali na ponta direita. Ano passado eu já o vi jogando até na ponta esquerda já que é comum os pontas inverterem na partida. Oportunidade para outros jogarem ali está tendo sim. Não acho que o MG seja o problema do time hoje, na verdade ele tem até se destacado e retirá-lo seria um tiro no pé. Dorival tem que ver as outras posições primeiro, pois até agora ele não conseguiu encaixar este time com o DS jogando de centroavante.

          Curtido por 1 pessoa

          • A memoria pode me falhar, mas todos os jogos que eu me lembre ele jogava pela direita, as vezes alternando pro outro lado (como vc mesmo disse, normal para pontas.) Ele corta para o meio as vezes, mas sempre joga de ponta. Ele não joga de meia., nunca(e nem acho que deva jogar).
            Cara, ele fez 28 jogos seguidos. Desde que estreou, vindo do banco, nunca mais teve um jogo que ele não entrou. São 28 jogos seguindo (enfase!!!!) São 24 jogos como titular. Os outros 4, vindo do banco, 3 foram assim que ele chegou no São Paulo e 1 no começo do paulista. São 2310 minutos em campo. Não sei todas as estatísticas dele, mas são 7 gols só. Acho que assistencias não chegam a 10. Roubadas de bola, no brasileiro, era menos de 1 por partida.
            Torno a dizer, acho que ele é o de maior destaque do time, mas não existe teste pra alguem no lugar dele. Outros saem e podem cair pela direita, mas ele não sai do time, não há testes.

            Curtir

      • lembrando que so temos cueva ate maio, pode fazer um revezamento até lá entre os dois, ja que o nene dificilmente vai aguentar uma sequencia qurta domingo. Bota ele pra jogar uma vez por semana só.
        Quando cueva vazar temos nene e ate diego souza como subtitutos com trellez ou brenner na frente. Acho que o elenco ta equilibrado, resta ao dorival encontrar um time ideal e boas soluções caso haja imprevistos. Esta fase de paulista nada mais serve para encontrarmos e ajustarmos um time. Nas quartas de final e inicio da sulamericana é que precisamos estar na ponta dos cascos.

        Curtido por 2 pessoas

  6. Mg nada mais é do que um Assessor Especial de Lateral Direito que não sobe.

    Tem quase 30 jogos no SPFC e 5 gols…..ou seja um ponta artilheiro igual ao romero.

    Se voçe quiser saber se ele é bom basta compara-lo com o Pato que jogou de ponta esquerda e veja quantos gools ele fez e fomos vice brasileiro.

    Só uma pergunta o Dorival ainda não caiu?

    Curtir

    • Em maio, no máximo (ainda que eu, frise-se, não o acho o principal responsável pelo NADA que estamos vendo no Morumbi, há, pelo menos, sete anos…)… Mas é que isso é tão certo, seguindo o script dos últimos anos, que dá para, tranquilamente, cravar certas previsões: baixo rendimento, eliminação do Paulistinha, queda do treinador, treinos e mais treinos secretos (para não “assustar os adversários”…), eliminações da Sul-Americana e da Copa do Brasil, briga contra o rebaixamento, comemoração pela conquista do troféu “time grande não cai”, saída para as férias de final de ano, promessa do Leco de formação de um elenco formado por PROTAGONISTAS, à altura das tradições do SP, início das especulações, divulgação de que “os valores – sejam quais forem – assustaram o clube”, promessa de A, B ou C, e apresentação de W, Y e Z, enfim… rs…

      Curtir

  7. Marcos Guilherme é um jogador voluntarioso, aplicado taticamente e bom de grupo. Mas ainda é muito pouco para a grandeza do SP. Se fosse um ótimo jogador, certamente estaria na Europa num clube médio para grande. Ele me lembra, às vezes, o Mario Tilico. Corria muito e não tinha tempo para pensar direito.

    Curtir

  8. Realmente o Dorival Jr. esta com medo de perder seu emprego! Brenner o artilheiro do ano na reserva, apenas ele e M. guilherme jogadores dinâmicos e velozes, Nenê de titular e ainda ver Diego Souza excelente meia/volante, unico com características próximas a Hernanes de centroavante. Ou não tem convicções ou cedeu ao planejamento da diretoria!

    Curtir

    • Ele deixou claro que não pensa em seleção agora.
      Mas o Tite convoca jogador da China, Ucrânia, Turquia e Brasil, acredito que a liga não seria problema e sim seus concorrentes serem mais experientes e estarem acima dele nos últimos anos

      Curtir

  9. Não tem como ter um bom futebol enquanto Dorival armar o time assim:

    Sidão

    Militão Anderson Martins Rodrigo Caio Edimar

    Jucilei(Responsável pela armação)

    Marcos Guilherme Petros Nenê Brenner

    Diego Souza

    Curtir

    • Sp nunca vai ganhar vai conquistar nada com esse elenco, Sidão goleiro do jogos pequenos, Ruim Caio (a cara da derrota), Jucilei de Armador (aff) Diego Souza tem que ser um falso 9

      Jean>Militão>Martins>Ruim Caio (Arboleda)> Reinaldo> Jucilei> Marcos> Diego Souza> Nene>Brenner e Trellez.

      Os Laterais podem ajudar na marcação e Nene e Diego Souza como segundo Volantes.

      Curtir

      • Qual a necessidade de rotular um jogador nosso de forma pejorativa, depreciando-o?
        Rodrigo Caio não merece de forma alguma esses rótulos que parte da torcida, lamentavelmente, compra. Tem jogado demais o menino. É exemplo de postura e comprometimento, líder, são paulino de coração, nunca desrespeitou o SP nem seus torcedores.

        Pra quê isso?

        Curtido por 3 pessoas

          • Então a culpa de não ganharmos nada é do Rodrigo Caio?

            Tá certinho… Só vale lembrar que ele foi um dos responsáveis por nos salvar do rebaixamento em 2013 e 2016. Se está ruim com ele, imagina sem ele?

            O foco das críticas tá errado, amigo tricolor. Rodrigo Caio é o mais próximo de um “ídolo” dentre os jogadores que temos hoje no elenco, quer você concorde ou não. Teve um primeiro semestre ruim no ano passado e parte da torcida pegou o jogador pra Cristo. Mas se esquecem facilmente do que ele já fez de bom. Qual jogador não teve uma má fase na carreira? E qual jogador esteve bem no primeiro semestre do ano passado? Não se esqueça também que foi ele quem peitou Cueva na saída de um jogo ano passado cobrando comprometimento. Depois o tempo mostrou quem tinha mais comprometimento..

            Técnicos e jogadores muito mais entendidos de futebol do que eu e você já disseram que ele é um dos melhores zagueiros do país.
            Para citar um exemplo de jogador – Juan (melhor zagueiro de sua geração) já o nomeou como o melhor zagueiro do país.
            Para citar um exemplo de técnico – Tite (melhor técnico do país) o convoca frequentemente para a Seleção.

            Mas, quem entende de futebol é meia dúzia de gato pingado que escreve atrás do teclado, né?!

            Curtido por 1 pessoa

            • Né não, Allan?!

              Lógica incrível a de alguns torcedores… Eu acho – mas só acho – que é o tipo de gente azeda, desses que ninguém gosta de ficar muito tempo perto. Pessimistas e criticistas, tudo deve ser criticado, ironizado e satirizado.

              É difícil…

              Curtir

            • Não… Contra o Small (que, até outro dia, era nosso freguês – lembra das gozações do Leandro Guerreiro em cima deles?!… – hoje é o Sheik que nos goza…), tem faltado, principalmente, time, e com jogadores com personalidade, e cientes da camisa que vestem (coisa que o Cueva, por ex., não sabe…)… Até outro dia (tempos do Ganso…), tínhamos até um time razoável, mas sem qualquer resquício de sangue nas veias… Agora, até que temos tido esse “sangue”, mas, futebol, que é bom, nada… E até tenho pena do R. Caio… Pode até ser boa gente (e o é – já provou inúmeras vezes…), mas ele é o único jogador que “representa” essa fase perdedora do clube, há sete anos, pelo menos, tempo exato em que este é titular do time… Daí, pega a “pecha”… Não tivemos a “era Dunga”, na seleção?!… Pois é… O SP está, há sete anos, na “era R. Caio”…

              Curtir

        • Bom vamos lá, Rodrigo Caio se posiciona mal, tem um bom toque de bola velocidade, porém não tem inteligencia, erra feio o tempo de bola, tanto que dificilmente ele acerta o gol de cabeça, alguns erros bizarros.
          è um zagueiro que quer jogar avançado, se não me engano falhou feio no gol Cor, foi dar bote na lateral conclusão todos já sabemos.

          Curtir

        • Militão é defensivo, Jucilei marcaria fixamente e com Petros na armação atualmente, ele marca pouco tbm. Apenas ganhariamos em qualidade ofensiva. Valdivia e MG recompões muito bem tbm. Mas marcação é recomposição tática. Não precisa de 5 volantes para o time marcar bem. Uma melhor estruturação tática e o time jogar mais junto resolveria isso. O nosso problema é que nosso técnico é o Dorival…

          Curtir

          • Aí chegamos à mesma conclusão… TODOS tem que marcar… Marcação alta, média e baixa… Aliás, acabou o termo (e a função…) denominado “volante”… Quem ainda se julgar “volante”, estará fadado ao fracasso, se não se conscientizar disso… Aliás, esta é uma das deficiências nossas… Tanto o Jucilei, como o Petrus, infelizmente, ainda se julgam, e atuam como, “volantes”… Hoje, o jogador de meio de campo, tem que se adaptar a ser um “todo-campista”… Ir e vir, marcar, fazer a saída de bola, dar passes em profundidade, mesmo em altíssima velocidade (e não ter que parar, pensar, analisar, para, se possível fazê-lo, como quer o Ganso ainda seja, por exemplo…), entrar na área, chutar a gol, enfim… Como, exemplificando, o De Bruyne… Como é lindo vê-lo jogar, não?!… Todos tem que fazer de tudo, e em alta intensidade… E, para isso, há que se ter um treinador que vislumbre esta necessidade, e a implante no time que treine… E tem que ter capacidade para isso… Até para justificar os salários absurdos que recebem, para seus times mostrarem “pedrinha”, a quem os assiste, ao invés de um futebol minimamente aceitável… Afinal, “quem não tem competência, não se estabeleça”…

            Curtir

  10. Pois é, Marcos Guilherme não está bom, não é pro São Paulo…

    Bom mesmo era Michel Bastos, Centurión, Marcinho, Ytalo, Rogério, Kelvin, Wilder, Maicon, Gómez, Pabon…

    Vamos aprender a valorizar os jogadores que vêm em grande fase e dão o sangue no campo. Nada está bom pra torcida! Meu deus.

    Curtir

      • Pois é, Sergio… Marcos Guilherme é voluntarioso, tem velocidade, tem regularidade, dá o sangue no campo, nunca fez biquinho pra nada e, ainda por cima, é são-paulino.

        Mas, não está bom. Nunca está.

        Curtir

        • Não creio que seja o caso de “nunca está bom”, especificamente para ele (MG)… O “nunca está bom” se aplica o time do SP, como um todo, que, ao o assistirmos”jogar” (???…), parece tudo, menos futebol, e, muito menos ainda, um TIME… Em um “bolo” de jogadores, correndo feito barata-tontas, não sabendo o que fazer com a bola, sem evolução vertical das jogadas, triangulações, ou coisa que o valha, um jogador voluntarioso como o mesmo, não passará, mesmo, de exatamente isso: um jogador voluntarioso… Agora, coloque esse mesmo jogador, em um TIME, coeso, marcação coletiva, alta, média e baixa, jogadas em bloco, atenção total, e etc., e o este até se tornará um ídolo da torcida do seu clube, seja este qual seja… Como, por exemplo, o Romero, no Small, o é… Voluntarioso, também, e só… Mas em um TIME, com grandes chances de continuar na caminhada rumo a, pelo menos, um título, a cada ano, queiramos nós, seus adversários, ou não… Pronto, falei… rs…

          Curtir

    • Rapaz… Não havia pensado nisso… Sabia que o Kelvin, em meio a esse monte de jogadores “lerdos” que temos hoje, no SP, seria de extrema utilidade para o DJ, ou para qualquer outro treinador que venha, a partir de maio, no máximo?!… rs… Olhando hoje, e, mesmo lembrando como o mesmo NÃO jogava, até chego à conclusão de que “eu era feliz e não sabia”… rs…

      Curtido por 1 pessoa

    • Exatamente assim, robertoncg!

      Nada está bom, ninguém serve. O negócio é criticar por criticar mesmo.

      Ah e vamos rotular nossos jogadores depreciando-os de todas as formas possíveis!

      É por essas e outras que a gente fica no modo leitura durante a maior parte do tempo, mas tem hora que cansa…

      Curtido por 1 pessoa

  11. Gosto do MG, mas confesso que tambem me irrita as ameaças de drible e passe pra trás. Mesmo assim gostaria que ele renovasse no fim do ano. Sempre dedicado, faz seus golzinhos de vez em quando , ajuda na marcação e puxa os contra ataque estilo papa léguas. Como carrega o piano e não é craque a torcida sempre irá pegar no pé dele principalmente quando ele for mal alguma partida, normal.

    Curtido por 1 pessoa

    • è que a fase está ruim, mas nossa torcida já foi mais simpática com jogador nesse estilo, que era comprometido taticamente e ajudava o time todo.
      Lembra do Leandro ? em 2006/2007 foi muito importante, era jogador de elenco e se doava o tempo todo.
      Aposto que não tem muitos gols pelo SP mas foi muito importante e era idolatrado na época, hoje o M. Guilherme com um futebol muito parecido sofre com a torcida

      Curtir

      • Pois é… Você disse tudo, e só referendou o que disse, no meu comentário… Olhe o time do SP de 2006 /2007, e olhe o mesmo, agora em 2017 / 2018… Inverta os papéis… O MG seria útil, até um ídolo, como o Leandro Guerreiro o foi, em 2006 / 2007… E este seria “mais um pereba”, perdido entre tantos outros, hoje em dia…

        Curtir

  12. Esforçado e só. Esse é o Marcos Guilherme. E isso é o mínimo que se espera de qualquer atleta profissional: esforço e dedicação.

    Apesar de todo o “voluntarismo”, as deficiências técnicas são visíveis (domínio de bola, passe, finalização).

    Há de se reconhecer a aplicação dele dentro de campo, mas MG não passa de um cara pra entrar no 2º tentando fechar o lado do campo (auxiliando o lateral) e visando puxar algum contra-ataque.

    Curtido por 1 pessoa

  13. Pois é… MG é ruim, bom é o Romeiro…..

    A nossa realidade esta longe da contratação de craques. o curica foi campeão ano passado mantendo uma base de jogadores nivelados (cada um aqui pode dizer onde enxerga este nível, ok…) mas foi campeão sem ter nenhum craque.

    Vocês preferem ter um craque no time e 10 jogadores ruins, ou um time com 11 jogadores nivelados, que compreendem sua parte tática do jogo, que vence jogos de forma constante e naturalmente se sagra campeão?

    Eu prefiro o segundo ponto, mas realmente isso é uma questão de opinião.

    O SP esta trazendo jogadores, que eventualmente podem se tornar campeões, feche o time Dorival, permita que Rai, RR e Lugano blindem este elenco e nos faça campeão….

    Curtir

    • Romero é sofrível tecnicamente. Mas seu entendimento tático (que vai muito além da transpiração e correria) é muito superior ao de MG.

      Muito por já fazer parte de um mesmo esquema de jogo há anos, de estar entrosado aos companheiros, mas não apenas por isso. Romero sabe preencher os espaços – tanto no ataque quanto na defesa – o que acaba por compensar as dificuldades técnicas.

      No SPFC, até o momento, só vejo o Marcos Guilherme correr e acertar lances de maneira esporádica, o que faz parecer mais sorte do que competência.

      Curtir

  14. Eu acho que no segundo semestre o Valdívida irá se soltar e jogar bem!
    Aí, o nosso parceiro do caso oscar, o inter, venderá o atleta pra Europa pelos 15 mlhões de Euros do contrato.

    Curtir

  15. MG não é exemplo de desperdício. É bom jogador, rápido mas sacrificado por ter que puxar contra-ataque e marcar lateral.
    Mas não adianta discutir isso, DJ não vai mudar isso. Se valdivia fizer o mesmo do outro lado pode dar certo, o problema é que atacante terá velocidade para concluir a jogada. De certo não será Diego Souza.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Não sei o que viram em Marcos Guilherme…contra o todo poderoso Botafogo de Ribeirão Preto no sábado (eu estava lá) não fez nenhuma, repito, NENHUMA jogada que resultasse em perigo. É uma corrida desenfreada e só. Cumpre um papel tático para a marcação, mas como atacante deixa muito a desejar. Por isso o São Paulo tem dificuldades para armar jogadas, pois não temos jogador de lado que possa criar com intensidade e levar preocupação ao gol adversário.

    Curtir

  17. é bom jogador Marcos Guilherme, acho que falta nele um pouco de ousadia e drible, pois no mano a mano ele precisa se destacar mais, ir pra cima e driblar. Quanto ao Valdivia, acho que vai despontar aqui, creio que vai jogar muito bem, porém igual ao Marcos Guilherme, está emprestado, como vai ficar no final, vem aqui joga muito bem, e volta ao time ?

    Curtir

  18. Acho que o único que mudou a postura com relação ao MG fui eu. Acho que ele, junto com o Rodrigo Caio, são os dois melhores jogadores até o momento. Muito vontade em campo, velocidade e com qualidade nas assistências.

    Curtir

    • Coisa antiga essa de diferença muscular.

      André Dias, zagueiro que logo que voltava de contusão muscular, logo tinha outra lesão muscular, até acharem essa diferença muscular.
      Depois que tratou, pararam as contusões, aí deixou de ser bichado.

      Mas isso é básico.

      Curtir

  19. Bom dia. impressionante como alguns torcedores não percebem a importância do MG, respeito a opinião de todos mas sinceramente fico impressionado, nesse começo de ano ele vem sendo o principal jogador do spfc ou então estou vendo outro jogo, até pra quem fala que o cara não define bem e não é bom atacante, só olhar o número de assistências e de gols, só de gols são sete em seis meses de clube, sendo que ele nem é centroavante e joga pela ponta…têm muito jogador de nome que ficou mais tempo e não fez sete gols, Pratto mesmo em um ano fez 14, contra o madureira enquanto o time inteiro estava morto ele era o único que queria jogo, enfim existem mil argumentos pra defender esse muleque acho que é por isso que jogador nenhum para no spfc, a torcida é chata demais e não valoriza seus atletas, enquanto isso o perna de pau romero é ídolo da galinhada! Vamos melhorar torcida

    Curtir

  20. Estive lendo os comentarios dos ultimos posts sugerindo morte, espancamento etc etc, e me pergunto se essa turma consegue encontrar uma solucao mesmo que utopica, mas menos radical para o clube.

    Utopia por utopia, eu queria muito que o Rai ou o Leonardo fossem indicados como candidato a presidencia do meu SPFC, mas sinceramente nao sei se ha entraves estatutarios que inviabilizam essa ideia, porem o JJ me convenceu de que, com uma boa dose de “politica”, tudo eh possivel.

    Com qualquer um deles na presidencia (e imagino que, tendo um deles, o outro certamente tambem faria parte do projeto de alguma forma), tenho certeza que representaria um upgrade em termos de gestao e profissionalismo.

    Enfim, cada um contribui com o que tem. Uns com a razao, outros com sangue nos olhos.

    Curtir

  21. Vou torcer para o Valdivia queimar minha língua e brilhar no SPFC, mas eu o vejo como uma contratação extremamente arriscada sinceramente não entendo vc dispensar o Maicosuel que era jogador de velocidade pelo lado do campo com um histórico pré contratação de ser banco do Atletico e ainda pagar 40% do salario para trazer o Valdivia que é jogador de velocidade pelo lado do campo com um histórico pré contratação de ser banco do Atletico.

    Viramos time dos refugos do galo.

    Curtir

  22. Melhor formação pro São Paulo, time rápido e técnico, Nene, Trelles e Brenner como opçoes pro 2° tempo

    Jean;
    Militão, Rodrigo Caio, Anderson, Reinaldo;
    Jucilei, Petros, Valdivia, Cueva, Marcos Guilherme;
    Diego Souza

    Curtir

  23. Não compartilho da mesma opinião do pessoal quanto aos meninos vindos da base. Não acho que eles têm que ser a solução imediata. A transição tem que ser feita aos poucos. Ao meu ver eles devem entrar no decorrer dos jogos e ir ocupando as posições a medida que o futebol deles estiver evoluindo pra isso, dai a importância de se ter opções mais rodadas no elenco. Não deve-se sacrificar os resultados em prol da revelação de jogadores, pelo contrário os resultados tem que ser turbinados pela revelação e para isso tem que haver tempo. O São Paulo é um grande clube e nunca deve deixar de contratar um talento em prol de uma suposta supressão do crescimento de um jovem. O jovem que está no São Paulo tem que estar ciente que terá que superar a concorrência independente de qual seja. Quem tiver medo de concorrência não pode jogar em time grande, me desculpem os críticos.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s