Cueva: “Quem nunca pecou que atire a primeira pedra”

De pênalti, Cueva marcou o segundo gol do São Paulo na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo de Ribeirão Preto, na tarde deste sábado, no Morumbi, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. Na comemoração, fez um sinal de desculpas à torcida são-paulina.

Não era para menos. Em um mês, Cueva foi multado por se atrasar em seis dias na reapresentação para a pré-temporada e depois afastado do grupo em meio à recusa da diretoria em aceitar uma proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita. Cueva voltou a ser relacionado justamente para este jogo contra o Botafogo. Começou no banco, entrou no intervalo, foi um dos melhores em campo (CLIQUE AQUI e veja as notas dos jogadores) e foi elogiado por Dorival Júnior.

– Estou feliz pelo resultado, mas claro, pedi desculpas, devo ao clube, aos meus companheiros, aos torcedores. Agora estou à disposição de todos – disse Cueva, que completou:

– Todo mundo erra. Eu errei. Mas já falamos tudo internamente. Agora cabe a mim fazer a minha função e ajudar o clube a ganhar. Quem nunca pecou que atire a primeira pedra.
Cueva deixou claro que ficou balançado pela proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita.

– Eu tenho contrato com o São Paulo. Se há proposta para sair, é natural que o jogador analise com a família sobre crescer, não? Mas é no São Paulo que eu tenho meu melhor momento como jogador de futebol.

– O que eu quero é jogar, ajudar o time. Se tiver que sair, sair de cabeça erguida – emendou Cueva.

O técnico argentino Ricardo Gareca, da seleção do Peru, esteve no Morumbi acompanhando a vitória do São Paulo. A ideia era ver Cueva em ação e conversar com o jogador pessoalmente.

– Gareca sempre me fala sobre as coisas que pensa, sempre conversamos, ele gosta muito do futebol brasileiro, sabe do tamanho do São Paulo – disse Cueva.

– Não posso tropeçar na minha pedra. Tenho de aprender com meus erros. Se você analisar minhas estatísticas, sou um dos que mais joga. Quero sempre jogar. O que eu mais gosto é de jogar. É o que me deixa feliz – completou o peruano.

GE

9 comentários

  1. Quem nunca errou 6 VEZES q atire a primeira pedra né Cueva….ele é bom jogador mas já deu…na boa ele já está com a cabeça fora do Tricolor…só vai jogar esses 4 meses por causa da Copa e do treinador do Peru q puxou a orelha dele…não sou a favor dele voltar ao time apesar de ser o melhor q temos…mas nada nem ng é maior q o São Paulo…a diretoria pensa diferente..pra variar…e quer utilizá-lo…pois bem..q seja até a Copa ele receba uma proposta e vá atazanar a vida de outro clube q TB vai passar nervoso com esse irresponsável, do pescoço pra baixo.tem tudo pra ser um ótimo jogador…mas a cabeça.. muito fraquinha.

  2. Isso ai Cueva! Agora joga bola ate o meio do ano, nos ajude bastante e depois vaza. E espero que nos deixe com muitos milhoes de euros no bolso enquanto voce engana outro trouxa.

  3. Balançado pelos petrodólares né? Por que eu não vejo crescimento em sair de um clube gigante como o São Paulo paulo, pra jogar em Al Hilal (nunca ouvi falar)… Tá de sacanagem hein Cueba.

  4. Jesus disse isto, mas completou também dizendo: Vá e não peques mais! Então Sr. CUEVA tome vergonha na sua cara ! Respeite o SPFC é sua torcida

Deixe uma resposta