Raí já tem como desafio blindar Dorival Jr, diz jornalista

O início do São Paulo no Campeonato Paulista com uma derrota e um empate coloca na ”timeline” de Raí como grande desafio lutar pela sobrevivência de Dorival Júnior no cargo de técnico da equipe.

A precoce queda de Rogério Ceni em 2017, após apenas cerca de seis meses de trabalho, dá uma ideia do tamanho da paciência do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Não há neste momento no Morumbi sinais de fritura de Dorival, mas o próprio treinador acusa a pressão ao falar em mudar seu planejamento após apenas dois jogos.

Uma das motivações da contratação de Raí como diretor executivo de futebol foi colocar no cargo alguém com perfil técnico, não político. Vinícius Pinotti, antecessor do ex-meia, não fez carreira na modalidade esportiva, é sócio do clube e foi um importante aliado do presidente.

Caso Dorival não faça o time engrenar rapidamente, será inevitável a pressão pela troca da comissão técnica. Em tese, o executivo deve brigar pela manutenção do projeto até o fim da temporada. Mudanças no meio do caminho costumam deixar a viagem mais turbulenta.

Assim, o desafio de Raí já começou. Cabe a ele dar as melhores condições possíveis para o técnico, ajudar na solução de problemas, inclusive os táticos, e abafar os eventuais corneteiros de plantão. Evitar declarações desastrosas que jogam mais pressão na comissão técnica, frequentes no passado tricolor, já é um bom começo.

Blog do Perrone

88 comentários

  1. Questionável. Quais ações para serem tomadas que “blindariam” DJ? Futebol é medição instantânea. Ha milhões de auditores.
    Carille, Jair Ventura, Cuca, p.ex, não foram preservados. Por isso, a melhor blindagem é competência. Infelizmente DJ, pelo tempo na estrada, está distante deste quesito.

    • Aqui no Brasil futebol é “medição instantânea” como você diz. Futebol de resultados, onde não importa se o time jogou bem ou mal. Esse é um dos motivos do futebol aqui não evoluir muito e ter uma porrada de times retranqueiros.
      Se você aposta em uma porrada de jogadores que não tem 1 ano de clube, assim como a comissão técnica e ainda sobe uma porrada de mlks da base obrigando com que o treinador os use por falta de alguns reforços, você não pode esperar um resultado para ontem. Dirigente tem de ser racional, conhecer o planejamento que está sendo feio, apostar na linha de trabalho e dar continuidade a ela. Já a torcida pode ser passional porque perder incomoda, só não pode influenciar as decisões da diretoria como tem sido feito, senão trocamos de técnico mais uma vez, trazem outro jogador de nome só para calar a boca torcida e o time permanece em eterna reconstrução e com dívidas, pois lá na frente terão que pagar por mais uma mudança de curso.

      • Concordo. So acrescentaria que a ferramenta planejamento é dinâmica. Precisa ser acompanhada e revista, jamais refeita. Por isso, com este cenário, pouca grana e mlks para jogar, precisamos de outro perfil de técnico. Não vislumbro em DJ um tecnico que resolva as coisas de uma maneira ágil, que enxerga mais soluções que impedimentos. Precisa ser mais direto no trato com as coisas reais. Cilinho, no passado, representava bem este papel. Mera suposiçao, acho que a dupla RR pensa assim tb, mas apenas iniciaram a gestão e sabem bem o chefe que possuem. Vamos aguardar é o que nos resta.

      • Seu raciocínio foi perfeito.
        Eu pensei que teríamos o Hernanes pelo menos até final de Junho.
        Perdemos ele, subiram garotos, houve poucas mas boas contratações…
        mas iniciamos a temporada há apenas 1 semana, minha gente!!!
        Calma!!!
        Eu mesmo, no final do ano, afirmei que DJ teria que, no mínimo, ser
        mantido até o final do 1o semestre (ou até o término do estadual, pelo
        menos) para haver uma melhor avaliação.
        Certíssimo está o Raí em blindar o DJ, pois esse desespero de parte da
        torcida e de possivelmente alguns diretores podem colocar tudo a perder
        novamente!
        Um técnico tem que ter pelo menos 1 ano de trabalho para poder ser avaliado.
        Era o mesmo raciocínio com o ex-treinador e continua sendo com o DJ.

        Parem de se lamentar, tá louco! Vamos ficar eternamente nesse looping de,
        a cada 6 meses, ficar trocando técnico? Não resolveu até agora, porque alguns
        de vcs acham que resolveria dessa vez???
        Chega!

        #EuApoioDJ
        #EuApoioRai

        • Renato Gaúcho demonstrou saber trabalhar com elenco limitado. O cara ganhou Libertadores com alguns expulsos daqui: Cortês, Maicon, Fernandinho e no último jogo, Cícero. Além disso, teve de mudar a forma de jogar do seu time quando perdeu Douglas (após ganhar Copa do Brasil) e no começo do ano passado pediu reforços questionáveis como Jael, Léo Moura, entre outros. Você acha que titulares como Edílson, Michel, Ramiro e Éverton (cebola) se destacariam no São Paulo por exemplo? Só jogaram bola com ele mesmo.

          É preciso analisar o Renato atual, não ficar preso a visões do passado.

    • Pouco tempo de trab o problema é que os nossos adversários com o mesmo tempo vêem apresentando um futebol melhor em tão pouco tempo. .. próx jogo será um drama contra mirassol e nem preciso dizer que o clássico será uma pedreira.

  2. Tem que “blindar” é a paciência da torcida, que não viu nada em Dorival Jr., que passe a confiança de que as coisas irão melhorar. Desde a temporada passada, quando esse técnico teve a oportunidade de folgar algumas rodadas, que o time fica pior. Ele não tem carisma nenhum, e nem a confiança do elenco. Então vamos esperar o quê, outra temporada dramática para tomar providências?

  3. Há torcedor que critica tanto o Leco, mas age igualzinho a ele… de técnico em técnico vamos colecionando recordes em substituições e nunca há ninguém inteligente, só incompetentes… daí muda de novo, para reiniciar o ciclo.

    Alguns temos que concordar, mas todos?

    • Quando digo que o Leco é o “menor” dos nossos problemas, Márcio …, mesmo sabendo do seu tamanho minúsculo e desprezível …, na estrutura política que comanda o SPFC , penso exatamente na falta de futebol tricolor.

      Eles estão apenas pensando em separar o futebol do clube e não na retomada do nosso futebol …, infelizmente.

      • Bom dia, irmão tricolor.

        Não acredito no Dorival Jr.
        Acreditei no Osório.
        Acreditei no Bauza.
        Acreditei no Ceni.

        O currículo do Dorival Jr é inexpressivo e incompatível com o tamanho da tarefa, que é resgatar nosso futebol perdido, abandonado, isolado e até bem pouco tempo, acéfalo.

        • Acreditei no Bauza e principalmente no Osorio. Comecei dando apoio total ao Ceni, mas concordei quando ele foi desligado da função (apesar de achar que poderia ter sido de uma forma melhor do que foi).
          Dorival pra mim é uma incógnita, mas tô confiante de que com Raí dando suporte, o trabalho pode melhorar.
          Saudações tricolores!

        • Eu não acreditei no Bauza ( e critiquei desde o começo), não acreditei no Dorival Jr. e continuo não acreditando. Acreditei no Osorio e no Ceni. Acreditaria num trabalho mais longo do Jardine (ele já merece uma chance). Eu só acho que o SP não vai começar a jogar do nada. Do jeito que começou o campeonato, me dá até medo de pensar o que vem pela frente, ainda mais sem contratações. Por isto, eu acho que somente um fato (técnico) novo poderia virar o disco. Não sou favorável à trocas constantes, mas eu já enxergo que o DJ não vai dar certo. Então troca o mais rápido possivel, que ainda da tempo de se fazer algo na temporada.

    • Exatamente. O planejamento da galera é igualzinho. Coloca esse treinador, se perder 4 seguidas é rua. Ele que se vire, não iremos blindá-lo e não temos dinheiro para reforços.

    • Se tiver uma sequência (dois jogos?) e não agradar, não temos problema em rotular o Leco e sair trocando peças né?!
      Não consigo entender a nossa torcida.

    • Ah! e de onde trouxeram esse tal Bruno Alves zagueiro? O cara é medonho, horrível, patético… Se ano passado não tivesse vindo o Arboleda teríamos caído com esse peso morto na zaga.

  4. Concordo em blindar até a página 2.

    Estabeleceria metas claras de desempenho e de desenvolvimento do time. Faria uma avaliação no fim o paulista. Continuando assim… Sinto muito, é rua. O fim desse ciclo nós quase presenciamos o ano passado.

    Engraçado falar em metas. Nossas metas financeiras são mais estruturadas do que muitas empresas grandes por aí. Pena que não somos banco ou varejistas e as metas que realmente são o coração do negócio simplesmente não existem ou são colocadas em segundo plano.

  5. Só tem um que pode ajudar o Tricolor! Jardine! Ele está no dia dia do clube, conhece a maioria dos jogadores e já provou que sabe montar vários times vencedores! Quantos jogadores da base ele revelou que saiu e logo achou um substituto? É Qantas vezes mudou o jeito de jogar só pra encaixar as peças?

  6. Eu vejo notícia de que o DJ quer um ou dois atacantes de lado e aí eu pergunto. E o centroavante, não vai trazer, não? Foram dois embora

  7. Raí tem que fazer esses jogadores ” correrem” pelo time e ter comprometimento,já que não temos dinheiro e o grupo não é tão ruim assim pra não ganhar de times falidos do interior.Só não sei se ele terá esse perfil de liderança e cobrança.Vamos aguardar….

  8. É fácil de resolver o problema do entrosamento,coloca o time que o Dorival Junior entende como titular e vamos ver oque acontence nos próximos 3 jogos.É claro que existe a falta de ritmo de jogo é uma melhor condição física,mas acredito que contra os times menores temos a obrigação de ganhar sempre.
    Eu acredito que este deve ser o time Titular do São Paulo no momento:

    Sidão..Militao..Rodrigo Caio…Anderson Martins..Reinaldo…Jucilei..Petros..Cueva..Brenner…Marcos Guilherme e Diego Souza..

  9. Pelo amor de Deus, quem pede Jardine não tem a menor noção do que está falando.

    Uma coisa é juniores outra é profissional.
    Se não for experiente o elenco janta ele vivo.

    Chega de experiências e testes, SPFC precisa de gente pronta. Trocar Dorival é insanidade. O time tá mais fraco ainda, e nego ainda não entendeu que não temos nenhum fora de série na base?

    Que irritante esses pedidos pelo Jardine e por mais base. Sábado foi exemplo claro que não temos um Neymar na base.

  10. Estamos sempre atras de culpados. A solução do problema nao interessa.
    Gustavo foi culpado. Pinotti era culpado. Juvenal era o problema, depois Aidar que era, agora Leco.
    Quando se pensa em solução, nao se pensa no todo. Estamos sempre remediando. Os culpados saem tão rapidos como são trocados. A continuidade existe so ate a pagina dois.
    A torcida tem a mesma capacidade de querer mudar tudo tão rapido quanto a diretoria. Então, se nós pedimos tanto essas trocas cheias de sentimentos e achismo, como criticar a diretoria por ser igual?
    A blindagem ao nao tão bom Dorival vai até o mesmo tanto que todos os outros técnicos anteriores. Na verdade, a blindagem vai ate onde era a verdade que com Rai, nossos problemas acabaram.

  11. E mais:

    Os diferenciados já foram vendidos pra Europa.

    Os europeus sabem que é diferenciado.
    Nenhum desses da base é cogitado por grande europeu pra jogar no profissional de lá. Nenhuma.

    Só na cabecinha de torcedor louco.

    O SPFC precisa de reforço de gente pronta e experiente.

    Certo tava o Muricy.

  12. Só pq o moleque se destaca na base não é garantia de sucesso no profissional pq na base ele se aproveita da ingenuidade na marcação e falta de experiência dos jovens adversários.

    Pra mesma idade, estão acima da média. Tem potencial. Mas no profissional, porte físico e experiência anulam essas qualidades se ele não for um fora de série que nem o Neymar ou Gabriel Jesus.

    Brenner definitivamente não é nenhum dos dois. Precisa de 4 a 5 anos ainda pra equilibrar isso profissional.

    • Brener pra mim tinha que estar jogando a taça São Paulo,com essa idade só se o cara for muuuuuiiiiitoooo diferenciado pra já jogar no profissional.Mas a necessidade e a incompetência de sensibilidade de enxergar isso,faz trazer o cara pro profissional antes do tempo natural.

  13. Acho o resultado importante no conjunto da obra (sequenciado e sem perspective). As vezes alguns resultados não refletem o desempenho em campo do time ou é possível ver evolução.

    Não acho que DJ deva ser demitido por dois jogos, mas o vejo repetindo erros graves e algo precisa ser feito.

    1) É preciso montar um sistema tático que se adeque ao material humano disponível e não forçar os atletas a se adaptarem ao sistema preferido do treinador.

    a) se não temos laterais confiáveis (Bruno, Auro, Reinaldo e Junior rendem melhor como alas; Militão apoia raramente e Edimar é inexplicável), precisamos jogar com três zagueiros ou colocar volantes para fazer essa cobertura.

    b) precisa escalar os jogadores nas posições que rendem melhor e não força-los a fazer o que não sabem ou de forma que reduza o rendimento deles.

    2) o que falar de suas substituições??

    Até acredito que Rai ou mesmo os jogadores possam ter conversas com DJ sobre isso, mas talvez seja o caso de melhorar sua comissão técnica com alguém que conheça bem a base. Jardine poderia ser esse nome e, com isso, ir sendo preparado para substituir o DJ quando este sair.

    • concordo principalmente no ponto 1. o time é taticamente mal armado. dorival insiste numa tatica que não da certo. e ele nao muda. é visivel isso que vc falou.ai o time fica engessado.

      e, como vc disse, nao temos jogadores pra jogar nesse 4231, 4141 que ele insiste em colocar. principalmente nas pontas com os inofensivos lucas fernandes e marcos guilherme

    • Ja que ngm vai ter culhoes de usar 3 zagueiros, Dorival deveria ir de um 4231. Temos elenco pra jogar assim e nossas melhores peças atualmente estão exatamente nos volantes e meias.
      É uma formação equilibrada, nao exige tanta velocidade, tem muita variação de jogada ofensiva e ainda assim teriamos uma linha defensiva clara.

        • Dan, mas no 4231, nao usamos pontas. Usamos 3 meias e um atacante. Seria cueva pela esquerda, Lucas F. Ou Shaylon prla direita e o DS pelo meio. O ideal pra centro avante seria alguem fazendo o pivo, mas se bem treinado da pra jogar com um Brenner, correndo por tras das linhas.

  14. Hoje estava lendo uma reportagem dizendo que o Palmeiras, apesar do começo de ano, já tem uma “cara tática” que o Roger deu ao time. É muito mais fácil conseguir isso quando o treinador tem um elenco que sobra em qualidade. Agora pedir isso pra um treinador que tem nas mãos um elenco que quase foi rebaixado em 2017 e cujo planejamento da diretoria pra 2018 é apostar em jovens formados no clube é impensável.

    Se o treinador tem Bruno como lateral direita ele vai ter que improvisar. Se o treinador não tem centro avante de area, vai ter que improvisar o esquema ou muda-lo. Se o treinador não tem um meia criativo que resolva, vai ter que pensar numa solução que é na tentativa e erro. Os jogadores não ajudam pq ou não tem um pingo de vontade ou pq são crus ainda. Então a questão toda é, mais uma vez, ficar pedindo a cabeça do treinador como se qualquer outro fosse chegar e dar um jeito com 100% de certeza. Isso não existe.

    Quem tem o poder do planejamento nas mãos optou por esquecer do futebol e focar no administrativo, então eu imaginei que muita gente fosse diminuir as expectativas pra algo mais ao nosso alcance que é fazer um ano decente, porém longe das conquistas a menos que surja um Neymar na base que leve o time nas costas ou então que da noite pro dia os moleques adquiram personalidade pra ser o que se espera deles antes das 70 ou 80 partidas como titulares.

    • Fábio, há uma chuva de críticas ao Bruno e ele faz jus à maioria delas, eu entendo.

      Entretanto, eu não o acho tão pior assim que tantos outros laterais de times brasileiros, e creio que ele seria uma ótima opção em um time formatado de acordo com as características do elenco do São Paulo e não ao gosto tático do treinador, que insiste há tempos em uma formação sem material humano para tanto – e que ainda perdeu os centroavantes.

      Bruno foi campeão brasileiro pelo Fluminense em um time que tinha Edinho e Jean como 3 cães de guarda e que davam segurança para os avanços e assistências de Bruno e Carlinhos – 2 nulidades quase unânimes na opinião da nossa torcida.

      Fato é que com consistência defensiva o Bruno jogava bem.

      Agora eu vejo Dorival prescindir do Junior Tavares e até do Reinaldo sob o argumento de que Edimar marca melhor, o que é uma baita mentira, dados os buracos que ele deixa em campo. Não fosse só isso, ele ainda não apoia em nada o ataque.

      Aliado a falta de apoio ofensivo e defensivo, não há um atacante “de lado” para sustentar o esquema que o Dorival implementa.

      Concordo e muito com os apontamentos do colega Tricolor Alagoano feitos acima.

  15. Blindar um técnico que conseguiu perder ou empatar os jogos mais fáceis do BR 17 no no Morumbi. Exemplos como Coritiba , Altrtico Goianiense , Chape é brincadeira Dorival Júnior nunca fez um grande trabalho fora do Santos e para ajudar o elenco está sim muito mais fraco que da temporada passada onde quase fomos rebaixados.

  16. Sobre o Lucas, parece que o Arsenal entrou na jogada e o Napoli está tentando o empréstimo por 3.5M de euros por uma temporada com valor fixado em ~30M de euros pra compra.

  17. Na moral não vem ninguém já está claro
    Perdemos a oportunidade de trazer um bom treinador. E perdemos dois artilheiros da equipe além do Hernanes que foi o diferencial da equipe. Esse ano vai ser de meio de tabela e olha lá não é pessimismo e sim realidade estamos desde 2009 sem ganhar algo realmente expressivo. Infelizmente viramos um balcão de vendas.

  18. Duas coisas devem ficar claras.

    1- o técnico tem de se adaptar ao elenco que tem. O elenco do São Paulo hoje não renderia no 4-3-3 pretendido pelo DJ. O time é pesado, sem velocidade nas pontas. O ideial, na minha humilde visão, seria um 3-5-2 ou até mesmo um 3-6-1. Assim os alas atuariam sem tanta preocupação defensiva, característica que fez o Reinaldo render bem em outros clubes, por exemplo. É um erro insistir em um esquema cujo elenco não possui as características para sua utilização.

    2- Se o DJ sair quem entra? O cucabol? Não há bons treinadores livres no mercado nacional. Trazer um gringo, algo que defendi aqui veementemente, também está fora de cogitação até pela demora em se adaptar ao futebol nacional. Não adianta fritar o Dorival quando o mercado está fechado de opções.

    • Acho que nem o Raí e nem o RR questionariam o esquema adotado pelo Dorival depois de 2 jogos. Mas apesar do Dorival não ser tão quadrado com mudanças ele tem suas convicções ofensivas. Já jogou num 3-6-1 quando era técnico do Coritiba mas no Santos montou sistema com 1 zagueiro num 5-3-2. Se a gente pudesse encontrar um “padrão” sobre os esquemas do Dorival o foco seriam as laterais, sempre rápidas e ofensivas e acho que ele está totalmente travado no SPFC quanto a isso e com dificuldades de fazer algo diferente pq nossos laterais são fracos ofensivamente.

    • Concordo em partes contigo, mas quanto a fritar Dorival eu oscilo bastante sobre o que penso.

      Parece que tanto maior o período de treinos do Dorival, tanto maior é o desleixo do time em campo. Chego a cogitar da hipótese de que o fechamento dos jogadores é que nos salvou do rebaixamento.

      Nós não conhecemos 5% dos bastidores do futebol, segundo Muricy, mas a demissão do Dorival após “salvar” o Palmeiras do rebaixamento seja um sinal claro de que ele era limitado e parece ainda ser, principalmente no tocante à dependência de um esquema é de lampejos de jogadores pontuais.

  19. A frigideira está ligada o tempo todo em todos os times do Brasil. Bobeou dançou. É assim até em time pequeno e mais fácil de administrar, como a Chapecoense ano passado. Raí está fazendo o seu papel. Tentar manter o treinador um tempo mínimo possível onde possa começar a mostrar resultado. O que o colunista falou não foi nenhuma novidade.

  20. O único reforço mais facial de conseguir vai para a turquia…..

    Acho que estão esperando perder mais uma…pra pensar em reforços…..essa deve ser a estrategia.

  21. Time que sofre para ganhar de times menores ou até perde para os mesmos, é óbvio que irá sofrer durante o campeonato. Vide 2017….O que mudou no time até agora? Nada. Continuam as mesmas peças e os mesmos erros.

  22. Kkkkk eu dou risada de acharem que o Cipriano é fora de série.

    Todo mundo lembra o que o Neymar fazia na base. Era muito evidente.

    Todos esses que alguns acham que vão resolver o problema do SPFC , tipo Lucas Fernandes e o Shaylon, nunca chegaram perto do que o Neymar fez.

    • Mais tem que rir por que não deve conhecer o jogador e rir é o melhor remédio ashashash Procura se informar melhor antes de dar risadas por que quem está lendo isso é que está rindo.

    • Neymar é fora de série, daqueles que aparecem a cada 10 anos e olhe lá. A comparação tem que ser em um patamar mais realista e tem vários ótimos jogadores que não são Neymar mas que evoluíram muito desde que subiram. O proprio David Neres poderia estar rendendo bem na sua segunda temporada com o SPFC mas quase nem respirou o ar do morumbi e já foi vendido.

  23. Cuca , com salário adequado , ou José Ricardo , que não acho difícil tirar do Vasco , são as melhores opções .
    Dorival é fraco , pior do que Rogério Ceni.
    Rogério perdeu seus melhores jogadores e não teve reposição .
    Dorival recebeu os reforços é só escapou do rebaixamento graças ao Hernanes que já foi embora , portanto não esperem mais do que derrotas desse cara .
    O maior mérito da carreira desse cara é ter sido campeão de um time que tinha Neymar e ganso, mesmo assim ele conseguiu se indispor com os dois .
    Outro dia falaram aqui que ele não mandava recados pela imprensa , obviamente estavam se referindo a Rogério e Muricy . Pois é , acabou de pedir reforços via imprensa .
    Quinta feira , depois do jogo com o São Bento , falou grosso que não mexeria no seu planejamento de jeito nenhum . Pois é , no sábado mudou de ideia .
    Esse cara não nos levará a lugar nenhum que não seja o rebaixamento , se bobear no próprio campeonato Paulista.

  24. Com Cuca livre não pensaria duas vezes….

    Mas não acho que culpa seja apenas do Dorival Jr., todo mundo sabe de ineficiência ofensiva do SPFC, inclusive foi um dos motivos que fez o time lutar contra o rebaixamento ano passado.

    Em um setor ofensivo que pouco produzia, o SPFC perdeu Hernanes e Pratto e trouxe apenas o Diego Souza.

    Não tem como o Dorival Jr. fazer milagres com os jogadores que ele tem a disposição para o ataque, eu apenas substituiria ele pelo Cuca, por achar o Cuca melhor, mas até o Cuca precisaria de reforços.

  25. Quem se queima é o próprio Dorival, que escala jogador fora de posição

    Ele não se ajuda…..assim não dura até o fim do paulistão

  26. os melhores trabalhos o ano passado aconteceram com treinadores que tiveram tempo para colocar um padrão de jogo e uma filosofia de jogo, e como nós, não tinham um melhor elenco…será que não aprendemos? A gente precisa entender a nossa real situação atualmente…e não temos $$$, não temos como competir com a lavanderia Crefisa em contratações, o que se precisa é ajustar um time. Trocar de técnico agora? nos ultimos 9 anos foram 14 técnicos e ta comprovado que não resolveu o problema o que não foi feito foi justamente ao contrario que é o que eu acredito, a manutenção de um trabalho gera resultados.

    Nós temos que mudar tbm a nossa cultura de torcedor…

  27. Mesmo com Hernanes e Pratto, nosso time já era limitado. Não havia jogadas de linha de fundo, poucas triangulações…

    Tem que trazer um lateral-direito de oficio que saiba apoiar no ataque, e não usar o Militão. Não queremos contratações de baciada, somente contratações para as posições que mais se precisa: LD, ponta, e meio-campo/ atacante (já que o D. Souza pode recuar).

  28. O time jogou bem o último jogo.
    O ponto negativo foi só o Lucas Fernandes mesmo, que está fora de posição, o resto é só questão de tempo.

    O primeiro tempo o time bem organizado em suas linhas. Sofreremos sempre contra times menores que tem mais tempo de treinamento e acabam ganhando na correria e resistência.

    Não estou preocupado como a maioria.
    Esse time vai render e muito!

    #FICADORIVAL

    • O problema não está no treinador, mas na falta de paciência da torcida. Até parece que perdemos a final.

      Deixa eu falar uma coisa, melhor começar a perder agora no início e virar um time cascudo no final do estadual, do que começar ganhando iludindo a torcida e no final levar fumo como acontece desde 2009.

      Calma galera. Esse ano seremos um time mais competitivo, e apoio o discurso do Dorival, realmente precisamos de reforços, mas esse time é suficientemente bom pra jogar de igual pra igual contra qualquer time brasileiro, talvez a não ser contra o Palmeiras.

      Dêem tempo ao tempo que vai dar certo.

      #deixemodorivaltrabalhar

  29. Dorival Júnior tem cometidos erros, isso é obvio. Acho que a desculpa de falta de elenco simplesmente não cabe contra adversários como Novo Horizontino e São Bento.

    Isso é desculpa esfarrapada, cara de pau e coisa parecida.

    Não precisa tirar o cara, apenas chega lá e fala “mermao, para de palhaçadinha.” Pronto.

    Concordo que vamos sofrer e muito, mais por conta da diretoria que por culpa dele, mas contra esses dois nanicos eu não admito esse tipo de desculpa.

    Se for por isso, vende o time inteiro do SP e contrata o time inteiro do São Bento. Aposto que sairíamos no lucro!

  30. Reclamar do Dorival agora é injusto, nosso elenco é mais fraco que do ano passado. Talvez com Diego, Cueva (pós-ressaca), alguns moleques jogando bem e mais umas duas contratações de peso podemos sim cobrar do Dorival.

  31. É claro que o spfc não tem dinheiro e a única coisa q tem a fazer é promover a molecada e o pouco dinheiro que tem gastar no risco mínimo.
    Fora q esses meninos são a chance do clube fazer dinheiro.

    O que falta ao clube e o senhor levo vir a público e falar, olha estamos fundidos de dinheiro…. não dá para fazer loucura vamos ter que usar os meninos .

    Falta ao clube ser honesto com a torcida e com ele mesmo, entender suas limitações no momento.

    É um projeto q com o Rai acho q tem chance de dar frutos, nos resta ter paciência.

    Nesse desespero por voltar a ser grande em um passo de mágica, vamos viver nesse sofrimento e vá ser cada vez pior.

    2018 se existir um planejamento com ou sem Dj no comando de campo , será um ano complicado. Passorncia

  32. Não vamos esquecer que perdemos dois jogadores super importantes
    Estamos jogando com time mesclado ainda.
    Vamos aguardar um tempo para ter a definição do time, reforços, estamos com time mais fraco que o ano passado
    Não podemos fazer igual os dirigentes e ficar limando treinador atrás de treinador
    Já vimos que isso não dá certo
    Vamos deixar o pessoal trabalhar e depois começar a cobrar a quem será de direito.

Deixe uma resposta