Sem espaço no São Paulo, o meia Daniel foi emprestado para a Ponte Preta até o fim do Campeonato Paulista. O jogador se apresenta no sábado (20) em seu novo clube para a realização de exames médicos e a assinatura de contrato.  Em crise financeira, a equipe de Campinas contou com a boa relação com o Tricolor do Morumbi  para trazer o atleta e reforçar o elenco do técnico Eduardo Baptista para a disputa do estadual.

O jogador tem contrato com o S√£o Paulo at√© o fim desta temporada e o pr√≥prio clube do Morumbi ser√° o respons√°vel pelos pagamentos integrais do sal√°rio do atleta at√© o t√©rmino do empr√©stimo. Diretor executivo de futebol do Tricolor, o ex-jogador Ra√≠ foi o respons√°vel por conduzir as negocia√ß√Ķes junto a¬† Ronald√£o, bicampe√£o do mundo com o S√£o Paulo em 1992 e 1993 e, atualmente, diretor de futebol da Ponte Preta.

Revelado pelo Botafogo, o meio-campista foi contratado pelo S√£o Paulo em dezembro de 2014 e assinou por tr√™s temporadas. As recorrentes les√Ķes e a quase sempre forte concorr√™ncia em sua posi√ß√£o fizeram com que o atleta tivesse poucas chances no Tricolor (16 jogos e nenhum gol anotado).

No ano passado, Daniel defendeu as cores do Coritiba no Brasileir√£o e pouco atuou na equipe que acabou sendo rebaixada para a S√©rie B. Antes de fechar com a Ponte Preta, o jogador havia sido sondado pelo Sport e tamb√©m pelo Am√©rica-MG, mas as negocia√ß√Ķes n√£o avan√ßaram conforme o esperado.

O estafe do atleta o orientou a jogar o Campeonato Paulista, considerado por muitos como o estadual mais forte do pa√≠s. O planejamento √© de que Daniel consiga fazer boas atua√ß√Ķes defendendo as cores da Macaca e consiga convencer a comiss√£o t√©cnica do Tricolor de que tem condi√ß√Ķes de voltar a jogar pelo S√£o Paulo no segundo semestre.

L!