Gustavo Scarpa troca o protagonismo no São Paulo para ser artigo de luxo no rival

A novela envolvendo Gustavo Scarpa finalmente acabou. Depois de meses com vários clubes tentando a contratação do jogador, ele decidiu ir para o Palmeiras. O São Paulo, que esteve muito perto de contar com o atleta em seu elenco, fica a ver navios. Não por incompetência de nossa diretoria, pelo menos dessa vez, já que a negociação foi conduzida corretamente desde o início, inclusive tratando diretamente com o Fluminense.

Infelizmente, o São Paulo termina sem o grande jogador. Scarpa é dono de um talento inegável e poderia agregar muito ao sistema de jogo do Tricolor. Um dos principais ‘garçons’ do último ano, poderia ajudar muito na transição de jogo do time e ainda fazer uma bela dupla com Cueva. Isso se não fosse o substituto do peruano, que não deve passar da Copa do Mundo por aqui no Brasil. Ou seja, Gustavo Scarpa tinha tudo para ser protagonista e até mesmo ídolo por aqui.

O problema é que Scarpa não quis ser o dono do time, isso ele já tinha no Fluminense e ganhou destaque, foi sondado por outros clubes brasileiros e até equipes de fora do país. Protagonismo não servia mais para ele, o desejo era maior, de vitórias e conquistas. Ele viu isso no nosso rival, não no São Paulo, talvez por influência de empresários ou mesmo porque não acreditou na conversa de nossos dirigentes. Seja como for, Scarpa optou pela vitrine cheia de brilho. No rival, nem é certeza de que ele jogará porque a concorrência é muito grande. Terá de se firmar, brigar pelo espaço e jogar dobrado para aguentar as cobranças feitas, enquanto aqui teria tapete estendido e prioridades.

A negociação com o meia ex-Fluminense foi arrastada e boa parte da torcida tricolor sonhava com um final feliz. Seria uma ótima peça para reforçar a equipe cheia de jovens jogadores e ainda sem um centroavante definido. Era o jogador que faltava para animar a todos no Morumbi e sonhar com voos mais altos, mas isso vai ficar só na imaginação. Para nós, o medo e a desconfiança ainda são os maiores sentimentos.

O salto de qualidade esperado no São Paulo vai ficar para uma outra oportunidade. Sem Scarpa, mais nomes serão especulados por aqui e iludirão os torcedores. Lucas e Calleri, claro, serão os mais falados por estarem em baixa na Europa e serem os que mais encantam no imaginário da torcida pelos feitos recentes aqui no Tricolor. A verdade é que, pelo menos até a próxima janela, não vamos nos contentar com grandes nomes e reforços extravagantes e se isso acontecer será pela venda de alguém importante do time.

No São Paulo, não existem mais protagonistas como antigamente, existem apenas jogadores com ciclos curtos, que saem por migalhas ou que buscam os sonhos em campos europeus. Se firmar aqui é para poucos e Scarpa não quis se arriscar.

ESPNFC

Pedro Cuenca

151 comentários

    • Esta é a pergunta Paulo. Por que no passado não tão distante assim, os jogadores disputavam a chance de vir jogar no SP. Hoje, escolhem o lado de lá do muro ou até mesmo a periferia de Itaquera ? Algo de muito errado deve ter e a gente não sabe.

    • Sinto muito te dizer, meu amigo Paulo, mas, atualmente, nenhum jogador faz questão de “fazer história” em clube algum, aqui das “terras tupiniquins”, seja o SPFC, ou qualquer outro… O jogador, mal saído das “fraldas”, já é manipulado (ou isso vem de berço mesmo, vide o exemplo do Neymar “Jr.”…), pelos seus empresários, a assinar um contrato curto (até um pouco antes da maioridade, apenas para ter uma “vitrine” onde se mostrar), de forma a que, quando estiver próximo dos 18 anos, já possa ir pensando onde dará continuidade à carreira… Tal como Militão, e uns dois ou três, um pouco acima da média (Cipriano, inclusive…), da base do SPFC, com os quais o clube pode se “espernear”, que, com certeza, não conseguirá fazer com que assinem um contrato de longo prazo com o mesmo… Os atuais jogadores já crescem sonhando com Barça, R. Madri, M. United, e etc… E, agora, ainda sonham com M. City e PSG… E, não vai muito, com os “Herbei Fortunes”, da China…

    • Olha Paulo, fazer história parece ser uma coisa que poucos jogadores procuram fazer agora.
      Pode ver que o cara mal sobe para o profissional e já tem aquele discurso adotado: “Espero fazer um bom trabalho e logo ir para um grande clube da Europa”.

      Hoje está mais difícil também pela questão da maioria dos times grandes estarem com uma “estrutura boa”. Cruzeiro, Gremio, Palmeiras e por aí vai …

      Mas creio que com Raí e R. Rocha as coisas tendem a melhorar e os jogadores voltarão a olhar melhor para o SPFC.

      Estou esperançoso.

  1. Essa história já deu o que tinha que dar. Essa história de que esteve perto é coisa da imprensa. Era sempre “SP está perto de Scarpa” no título e aí no meio da matéria vinha o famoso “só falta se acertar com Fluminense e atleta” pra caçar cliques. Vimos a mesma coisa com o Hudson. Enfim, muita informação desencontrada e muito jornalista querendo “dar o furo” antes da hora. Agora alguns, como o péssimo UOL, falam em chapéu pra esconder a própria incompetência. Tá muito fácil cravar uma negociação e depois que ela não ocorrer simplesmente usar desculpas bem fajutas falando que as negociações tomaram rumos inesperados ou outras frases que já estão se tornando clichê. E assim o jornalismo esportivo vai ladeira abaixo com o sensacionalismo que já vinha dominando outras seções do jornalismo brasileiro.

    • Mais ou menos como a história do Diego Souza… Estava tudo certo com o jogador, e faltava “só” o acerto com o Sport… Daí, foi “só” fechar em R$ 10 milhões a aquisição de um jogador, já meio veterano, que nunca foi protagonista de títulos significativos em clube algum, meio ‘malemolente’, e ainda, agora, fazendo dupla com o Cueva… Quando a gente pensa que ‘nada é tão ruim que não possa piorar’, são nesses casos que pensamos… Se, à ocasião do início do imbróglio do Scarpa com o Flu, o SP tivesse oferecido R$ 20 milhões, no total, entre clube (Flu), e jogador / empresários, além de alguns atletas emprestados, o negócio teria muito mais chances de ser fechado, sem risco jurídico, e o SP teria um jogador muito melhor em seu elenco, jovem, com grande potencial de venda futura… Afinal, se o SPFC é muito ruim de “compra”, de “venda” ele é expert…

    • Hugo, estou enojado com o jornalismo esportivo. Aliás, mesmo entre os jornalistas profissionais de outras categorias, eles não têm a menor consideração com seus “colegas” do esporte, claro, há exceções. A maioria destes supostos “jornalistas esportivos” são torcedores com microfone e câmera à disposição e fazem de tudo para ajudar seus clubes de coração, esquecendo que a vocação do jornalista é trabalhar para veicular a verdade. Vejam o caso da Jovem pan, que já foi uma emissora de alta qualidade nas transmissões esportivas, como excelente José Silvério, orlando Duarte, Randal Juliano. Hoje é um verdadeiro lixo, com Vampeta como comentarista (?) , Beto Saad ( o cara é autêntico palhaço), os filhos do Flávio Prado e Nilson Cezar, sem nenhum mérito fazendo parte do escrete da JP, enfim, que triste fim o rádio esportivo da Jovem pan teve, hein?

    • Hugo, por isso que deixei de acompanhar o futebol como um todo, principalmente nosso Tricolor, justamente por que as diretorias anteriores era um sinônimo de fracasso e sem jogo de cintura para trazer jogadores que queriam vestir a camisa do SPFC, quando traziam vai lá saber se não era por causa de grana por fora. Muito complicado.
      Concordo contigo sobre a impressora esportiva que nos últimos 8 anos se tornou impossível de ouvir, assistir e ler, pouca coisa mesmo que acompanhava como os blogs, mas no último ano nem quis mais saber, voltei esse ano a ler o blog, igual como um colega acima falou, talvez com Raí, RR, quem sabe Lugano e o D Jr tendo tempo para trabalhar, algo de melhor venha, porque está dificil aguentar a gestao do Leco, porque a saída de Pratto e Hernanes tem que colocar na conta só dele e de Pinotti, ambos não tem noção do que fazem, um já saiu agora é aguentar o outro.

      Vamos Tricolor!

  2. Vamos pensar em uma possibilidade.
    Mesmo com salários atrasados, o Fluminense pode ganhar na Justiça a causa. O Fluminense é bom de bastidores.
    A Justiça determina que o Scarpa volte ao Fluminense. Vai demorar, mas um dia acontece, vide o Oscar.
    Nesse caso eu apresento uma possibilidade.
    O Fluminense cobra do Palmeiras, o tempo que o Scarpa jogou no Palmeiras.
    E negocia o Scarpa com outro clube.
    Pode isso Arnaldo?
    Eu acho que pode.
    Se o jogador voltar a ter vinculo com o Fluminense, o time das Laranjeiras negocia ele com quem ele quiser.
    E é até bom isso acontecer. Dessa forma se tornaria inviável contratar jogadores com liminar.

    • 1) ele fez sua escolha e não quis vir para cá. Portanto, esqueçamos esse cara.
      2) crefisa está sendo esperta. Fechou com o jogador E, agora, vai mandar um monte de refugo em pagamento.

      • Isso que ninguém está querendo enxergar , Tricolor. O Scarpa , se quisesse vir para o SPFC teria retirado a ação e aceitado a oferta do SPFC. Ele sempre quis ir para o Guarani da capital, induzido por seus empresários que ganham muito mais em transações com o palmeiras do que com outros clubes. ( O palmeiras lhes paga um dinheiro por fora) . Esse Scarpa não tem caráter, é um Oscariotes II , esse tipo de jogador nunca irá se doar totalmente a qualquer clube. Veremos o que fará no Guarani.

  3. SPFC mais fraco que o ano passado essa é a realidade, Diego Souza repos Pratto, mas Hernanes o melhor do time ficou sem reposição….Coadjuvantes novamente

  4. Quando li o texto achava que essa tristeza toda era porque o Messi não vinha, calma pessoal! Bom jogador que ia agregae muito, isso é fato, mas não é a salvação da lavoura …. Não vejo ele com esse protagonismo todo e prioridades que o texto fala, não deu .. Paciência… Vamos com Shaylon, LF e mais quem estiver da base para apoiar… Precisamos parar de se lamentar … Eu prefiro ele la e ver o meu tricolor meter dois gols la no chiqueiro …. Futebol se ganha no coletivo, garra e muito treinamento … Vamos ver como será nosso ano.

  5. Ué??!!

    Infelizmente pra gente, ele escolheu um salário maior e um time/clube mais pronto que o nosso.

    Esse é o Legado do JJ, Aidar e Leco….q por incrível q pareça, tem gente q vem aqui pedir aplausos para o Leco

    • Pronto?cara este time ta com dinheiro porque um maluco resolveu ser dono do time (CREFISA) pois as porcas não ganhavam nada ate 2009 e so veio conquistar a Copa do Brasil. Quiser ao SPFC ter um patrocinador forte n (Pão de Açúcar – Abilio Diniz) mas o cara não ajuda!

      • Sim, o time deles está na nossa frente…..por vários motivos.
        Temos q parar de colocar a culpa nos outros e trabalhar pra recuperar nossa liderança
        E o Abílio cansou de oferecer ajuda

        • O Guarani da capital só está melhor do que o SPFC porque é abastecido com dinheiro sujo lavado pela Crefisa. A qualquer dia a PF vai prender os dirigentes da Crefisa, aguarde e vai acabar essa farra . Impressionante como o Guarani da capital não consegue ser um clube viável sem a ajuda de organizações que lavam dinheiro ( Parmalat, Crefisa)

          • Cuidado, meu amigo Paulino… Determinadas afirmações, sem que se tenha provas concretas, podem vir a gerar processos na justiça… Refreie o seu ímpeto, caro amigo… rs…

      • Realmente, esse Abílio Diniz não me parece ser tão São Paulino como diz. Não precisamos de esmola, mas bem que a BRF , uma das maiores empresas alimentícias do mundo e controlada por ele, poderia nos patrocinar.

      • Só uma coisa Marco, o Abílio deixou o Pão de Açucar já há algum tempo, mas é o controlador da gigante BRF, uma das maiores empresas alimentícias do mundo.

  6. Torço para que esse nosso rival continue contratando cada vez mais. Isso não é garantia de título (como foi visto ano passado) e pode justamente ter o efeito contrário (problemas de grupo). Quanto a nós, se não tivermos como contratar bons jogadores para a posição, vejo que para esse primeiro semestre o jeito seria recuar o Diego Souza (deixar ele revezando com o Shaylon) e contratar um atacante de área (chamar o Gilberto de volta, tentar o Henrique Dourado, etc).

    • Melhor tentar (efetivamente, não apenas “jogando para a torcida”…) a contratação do Henrique Dourado… Antes que as ‘Pepas’, ou até mesmo o Small, saiam na frente, e fechem o negócio… E depois, veremos muitos, por aqui, “chorando o leite derramado”… rs…

    • Henrique Dourado é um jogador absolutamente mediocre, não interessa gastar os tubos num perna de pau, é do mesmo nível do Gilberto. o SPFC ou traz o Calleri ou coloca o Brenner para jogar. Pronto.

      • De minha parte, eu já creio que o H. Dourado acrescentaria algo de positivo a esse elenco do SP… Pelo menos, aquele “arrepio”, a cada pênalti, marcado a favor do SP, deixaria de existir… A conferir-se, óbvio…

    • Que comentário infeliz…
      Já pensou se todo jogador que deixou de ir para outro clube optando jogar no São Paulo se contundisse assim. Meu Deus!

      Será que é difícil compreender que a vida é feita de escolhas… O cara fez a escolha dele, ponto. Vida que segue.

    • Não deseje mal a ele , marco, algo me diz que o Flu vai reverter o caso na justiça e o Guarani vai ter que pagar a multa. Quanto a Scarpa, deu para ver que é homem de pouco caráter, não serviria para jogar aqui.

  7. Plano B.

    O Scarpa não foi revelado pelo Fluminense.
    O Ganso não foi revelado pelo Santos.

    Vamos revelar também.

    O Shaylon craque na base, terminou 2017 muito bem.
    O São Paulo conta com 16 jogadores da base.
    São Paulo que revelou Lucas, Kaka, Hernanes, Julio Batista, Denilson, David Neres.

    O São Paulo também já contratou excelentes meias sem fazer grandes investimentos.
    Danilo.
    Souza.
    Jorge Wagner (o Jorge Wagner foi 5 milhões).

    Investimento foi mais no Ganso.

    O meia não precisa necessariamente ser o meia clássico.
    O meia clássico é bom mas é raro: Ganso, Raí, Alex, Rivaldo, Riquelme.

    Se bem que, o Shaylon tem característica de meia clássico.
    Quem também tinha características de meia clássico era o Boschilia.

    Mas como eu estava dizendo, não precisa necessariamente ser um meia clássico.
    Kaká não era meia clássico. Era um jogador veloz.
    Lucas não era meia clássico. Era um jogador habilidoso.
    Souza não era meia clássico. Era um jogador habilidoso.
    David Neres não era meia clássico. Era meia-atacante.

    Mas o São Paulo tem meia.

    Cueva é meia?
    Pra mim é.
    Vamos desistir do Cueva?
    Eu não desistiria.
    Mas a gente não pode contar com essa Diretoria que não segura jogadores.

    Eu também não desistiria do meia Lucas Fernandes.
    Mas a gente não pode contar com essa Diretoria que não segura jogadores.

    Nesse meu comentário, olha quantos meias formados no São Paulo eu citei: Shaylon, Lucas Fernandes, David Neres, Boschilia, Kaka, Julio Batista, Denilson, Lucas.

    Enfim, vamos ficar atentos.
    ô Olheiro do São Paulo.
    Vamos trabalhar.

  8. Desculpem a crítica, mas quês Scarpa ser exploda…. (para não usar outra expressão)…. ele fez a escolha dele e pronto. Não vejo razão para continuar a Dakar desse cidadão.

  9. E antes q comece a discussão sobre o Abílio Diniz não ter ajudado……lembro q o Paulo Nobre só ajudou quando virou presidente, ou seja, depois q pegou a chave do cofre.

    Queria ver alguém aqui dar um cheque em branco na mão do Lecão da Massa, pra ele usar com Mansur e o Natel

    • Aí vem a pergunta né: o SPFC estaria tão pior se o presidente fosse um sócio que injetou 150 milhões de reais? Seria ele pior do que o Leco, Aidar ou Natel, Casares? Duvido. Esse povo quer a grana mas não quer largar o osso.

  10. Eu não torço pro GS selecionar e não jogar. No máximo, eu posso torcer pra ele jogar mal e não ajudar em nada as peppas

  11. Acho que o SP está no caminho certo. Não se sai das trevas direto para a Glória. Isso é trabalho para 3 anos, pelo menos. Pode até beliscar um ou outro título, mas para alcançar um nível ótimo e manter, só com o tempo. Tomara que o trabalho não seja reiniciado novamente daqui a 6 meses. E vida que segue.

    Tomara que olhem para base, para jogadores despontando em clubes menores e até a América do Sul. Ter um caminhão de dinheiro e comprar 20 jogadores por ano apenas para ver quem dá certo, como o Chelsea, aqui não se sustenta. Não tem Xeique ou Bilionário Russo por trás. Então tem que fazer um planejamento e ser pioneiro em algumas coisas… Isso nos levou ao tricampeonato na década passada.

  12. vamos a realidade:

    o SPFC hoje nao e esportivamente atraente

    Nao estamos disputando tittulos,pelo contrario lutamos para nao cair.

    Ultimamente quase todos os jogadores saem insatisfeitos com a direcao do clube.

    somos mal vistos pela imprensa.

    vivemos com problemas financeiros

    ou os bons jogadores sao vendidos ou vem para ca por emprestimo

    nao temos planejamento algum

    perdemos o nosso diferencial ..

  13. Não podemos esconder a verdade.

    Não tem um moleque no São Paulo que pode substituir o Scarpa.

    Lucas Fernandes não é jogador para o São Paulo.
    Shaylon não é nada disso que falam.

    Na Copinha tem dois jogadores melhores que eles (Higor e Antony)

  14. Inter de milão pedindo 1.5M de euros por 1 ano e meio com pagamento dos salários do Gabriel feito pelo Santos ( ~600 mil se ele aceitar). Por baixo ele vai custar mais de 16 milhões de reais. Vale a pena?

  15. Com a metade do elenco formado por garotos de Cotia começamos o ano enfraquecidos em relação ao sofrido ano passado.

    Convenceram o treinador que esse é o caminho se quiser continuar por lá, com isso já afinou seu discurso com a direção.

    Com a chegada de Rai em 2018, chegou também a esperança e promessa de um time forte, de contratações, muita gente empolgada, mesmo sem ao menos até o momento ter reposto as baixas da equipe.

    Vamos apostar na base, temos um celeiro de jogadores, as coisas podem dar certo assim, principalmente no que diz respeito a venda desses jogadores na proxima janela européia. Ficaremos com quem os europeus não quiserem comprar e assim vamos nos ajeitando em terras tupiniquins.

  16. Nada de lamentação, se Leco deixar Rai e Ricardo Rocha trabalhar e manter as conta em ordem.

    Pode aposta que esse ano e os próximos serão de fortalecimento e gloria.

    Hernanes vai fazer muita falta mais pode aposta em Lucas Fernandes ou Shaylon, até meio com Hudson, dando mais liberdade para Cueva, Brenner e Diego Souza jogar.

    2018 promete !

  17. Texto bem estruturado e a compreensão clara que perdemos nossa identidade. Vários jogadores deixaram de vir nos últimos tempos. Azar deles.
    Como resgatar? Simples, temos vários jogadores experientes, estrategicamente completar o time e o elenco com a base. Temos vários jogadores com boa perspectiva. Tudo isso blindado pelo trio RRL.
    A minha única duvida é DJ , preocupa, passou da hora de agregar conquistas no curriculo. Mas torço muito para que ressurja comoTite, que renasceu no timinho da(o) marginal.

  18. Será que o interesse no Everton Felipe existe mesmo ou é só conversa pra colocá-lo em destaque?
    Me pareceu ser bem rápido e com recursos, fora ter entrosamento com o Diego Souza.

  19. Queria desdenhar da contratação do GS pelo Palmeiras, mas não consigo. Foi uma bela contratação. Foi um excelente negócio para o jogador e para o clube.
    Aqui ele iria ter que carregar o piano nas costas, o que é um risco, e lá vai dividir responsabilidades.
    Agora nos resta não perder mais nenhuma peça, nem mesmo aqueles ditos reservas, como Hudson.
    O time está mais fraco, mas o elenco está melhor. Vamos ver no que isso vai dar.

    • Pois é, nem sempre o dinheiro é o mais importante, o jogador também é seduzido pela vitrine que é o clube, como também pelo projeto oferecido.

  20. Pensando sem clubismo, ele pode ter optado por um time que paga mais é que tem perspectivas de títulos.

    O SPFC que inicia 2018 é mais fraco do que terminou 2017, lembrando que ano passado brigamos para não cair.

    A minha expectativa esse ano era não perder os principais jogadores e ainda reforçar o time com 02 ou 03 jogadores importantes, para assim ter boas perspectivas de um ano melhor.

    • Concordo que o time está mais fraco que aquele que terminou 2017, mas discordo que aquele time foi o que brigou para não cair. O time que quase nos colocou na série B foi o do 1o semestre, que não tinha Hernanes, Petros, Arboleda ou Marcos Guilherme. Todos esses chegaram no final de junho ou em julho, e o 1o turno acabou em 6/8. O próprio Dorival chegou apenas em julho. Melhoramos muito no segundo turno com todos os reforços jogando e entrosados. Infelizmente o time se construiu ao longo do campeonato, este é o fato.

      Não estou dizendo que seja um baita time, que vá brigar por títulos e etc. Mas só precisamos parar com esse discurso de que esse time é tão ruim que brigou para não cair. Pelo contrário, foi esse time que tirou a gente do buraco em que nos metemos no 1o turno.

      • Acontece que “esse time”, só com as saídas do Hernanes e do Pratto (e sem reposições à altura – D. Souza não me convence…), não existe mais…

        • Não estou questionando se esse time existe ou não – concordei que está pior que o que terminou 2017 com a saída dos dois. Só observei que é uma falácia ficar repetindo aos quatro ventos que o time que terminou 2017 era tão ruim que quase nos jogou na série B. Querem fazer comparações, façam. Mas sem exageros.

          No fundo, na minha visão o que nos colocou no buraco no meio do ano passado não foi a qualidade (ou não do time), mas o desmanche que foi feito à época. Nenhum trabalho resiste a vender e comprar meio time ao longo do ano. Dessa forma, mais do que contratar meia dúzia de jogadores, trazer 50 “craques” por empréstimo de 6 meses, o importante para 2018 seria evitar perder peças em demasia com os campeonatos em andamento. Se vamos conseguir evitar isso? O histórico do Lecão não anima nesse sentido, mas espero que até ele tenha alguma capacidade de aprender com tantas burradas que fez e praticamente nos levaram à série B.

  21. Em resumo:

    Um time fraco:
    No meio do ano mais uma baciada,
    Sem centroavante reserva e nem titular:

    Vamos colocar nossas fichas num jogador que trocou de clube 13 vezes nos últimos 13 anos…ou seja jogador sem identificação com nada ou ninguém.

    Ou vamos colocar nossas fichas no peruano que nos faz de imbecil desde que chegou…sem nenhum compromisso?

    Acordem …depois não adianta ficar chorrando o leite derramado.

    Tirando o Petrus o resto e tudo jogador fraco mentalmente….

  22. Cuidado, hein, Sr. Pedro Cuenca… Eu vivo expondo tudo isso que o senhor expôs, por aqui, e sou taxado de tudo (modinha, “metido a besta”, convencido, “se acha”, e etc…)… Chegando ao cúmulo de alguns até duvidarem que sou são-paulino, pode?!… rs… Mas este é o retrato, nu e cru, do nosso amado clube, com certeza… Queiram, ou não, alguns “incautos de plantão”… rs… Abraço!!!… SMILE.

  23. o sp é hj o maior cemitério de jogadores que existe. aqui, com 2 meses, se ele nao pegasse a bola, driblasse o time inteiro e fizesse 1 gol por jogo, a modinhazada ja iam chamar ele de scarpa feijoada, scarsono……etc

  24. Esquecem este jogador e vamos focar no São Paulo,existem outros jogadores talentosos na América do Sul que são até melhores que o Scarpa,agora vamos aguardar e ver o que fará o Raí pois acredito que ele trabalhava com a possibilidade de não conseguir trazer o Scarpa…

  25. De um time qse rebaixado em 2017, o que devemos esperar em 2018? A direção vendeu ano passado o presente e o futuro tricolor. Hj continuamos devendo e sem capacidade de investimento. Alem disso contratamos hj pra vender logo em seguida, isso não dá certo.
    Por isso, minha torcida pra esse ano é de títulos, mas me contento com vaga no g4 no brasileiro e contas saneadas. Somente isso será capaz de nos colocar mais forte na vitrine do futebol brasileiro. E uma forma disso acontecer é a subida de jovens acima da média ao time profissional. Isso elevará o nível do time, que terá condições de brigar por títulos. O resto é consequência.

  26. Goleiros, laterais e volantes estamos bem servidos para o nível do BR (Tirando o Edimar é claro)
    Do meio pra frente que precisamos de contratações.

    Olhando ano passado, iria atrás de Zé Rafael e do Trelllez

  27. Contratem pelo menos o Robinho,

    Problemas com marias chuteiras todo jogador tem.

    Nosso time não assusta ninguém.

    Imagina o ataque de amanha( maicossuel, bissoli e junior tavares)

    o zagueiro do São Bento deve tá na feijoada desde sábado…afinal preocupar com o quê?

  28. Na boa, eu colocaria Cueva e Shaylon jogando nesse início de ano, para ver como se saem… se não der liga, aí sim, iria atrás do plano B.

    O Scarpa seria mais uma aposta… e cara.

  29. Pensando friamente, s SEP fez um grande negócio. SP ofereceu 13 milhões e três empréstimos por 40% dos direitos econômicos. A SEP pagou 23 por 100%.

    Considerando que a ação judicial do Scarpa é bastante consistente, a SEP irá lucrar bastante com ele.

    Por outro lado, diferente do que consta dessa coluna, acho q o Scarpa, líder de assistência no último brasileiro, jogará de titular do time verde.

    Por fim, acho q o jogador preferiu jogar na SEP porque é o time mais rico do Brasil hj… e ele tá preocupado em ter o seu salário atrasado.

  30. 2018 sem vexames

    É isso q espero, nada mais, nada menos

    Uma semifinal de Paulista
    Uma oitavas de Copa do Brasil
    Um 7° lugar no Brasileirão, sem por os pés na zona de rebaixamento

  31. Nossa o São Paulo estava negociando com tantos jogadores, cade? não tem mais nenhuma negociação acontecendo, eram todas aquelas mesmo ou só o jogador que foi para as pepas roseas?

    • Estava pensando a respeito, ontem… Os clubes deveriam oferecer, a esses ex-jogadores, em posições tais como a oferecida ao Lugano (e assumida pelo Zé Roberto, nas ‘Pepas’…), um salário de, no máximo, R$ 20 mil… E fazê-los ver, claramente, que é um ótimo salário, não alcançado por 99%, creio, de nossa população. Se eles vão, ou iriam, aceitar, é “outra coisa”… Mas que assim deveria ser, ah, deveria… rs… O que acham?!…

  32. Ainda bem que acabaram se os craques se não ia ser muito difícil competir com a Crefisa,hoje em dia os jogadores são muito nivelados,mas claro que tem alguns melhores mas não tão superiores aos demais.Um bom sistema tático,preparo físico,comprometimento dos jogadores pode igualar as forças.Tirando Neymar,Cristiano e Messi o resto tá muito nivelado…..

    • É o que penso. Dá para ser competitivo e tirar alguma diferença técnica com aplicação e comprometimento. Vamos ver se nosso treinador faz os jogadores comprarem essa ideia.

  33. Já li muito isso que ele não queria mais ser protagonista, pois já o era no Fluminense. Daí eu pergunto: desde quando ser protagonista num time pequeno do Rio de Janeiro significa alguma coisa???? Com respeito ao clube tricolor, que até respeito e gosto, mas esse argumento não é bom. Scarpa assim como todo jogador, quer definir logo sua situação no início da temporada. O Scarpa simplesmente quis isso e ele acredita que ganha uma vaga fácil no elenco do Palmeiras… e outra que ele não ganharia mais dinheiro em outro clube. Se ele fosse pensar em visibilidade e partir pra um clube europeu de ponta, ele deveria jogar em São Paulo e na maior vitrine do país: o TRICOLOR. Ninguém vende bem como o SPFC. Então, pra mim, o Scarpa foi burro.

    • É… Com toda aquela “montanha” de dinheiro, colocada em cima da mesa, para ele e os seus empresários, com certeza ele foi muito “burro”, mesmo, por aceitar fechar o negócio… rs…

  34. Se o SP tivesse oferecido mais dinheiro para Scarpa/empresários, o jogador viria rapidinho ser o “dono” do time aqui. Não vamos nos iludir com outros motivos.

  35. Acho que devemos ser realistas nesse começo de ano. Shaylon e Lucas Fernandes ainda não estão prontos pra assumir o papel que foi do Hernanes ano passado. Não é só porque o ano virou que magicamente eles vão adquirir a maturidade necessária, inclusive até acho que esse peso que parte da torcida está colocando neles pode prejudicar a carreira de ambos. Nosso time vai ser beneficiado em relação ao ano passado principalmente pela manutenção do trabalho da comissão técnica e também da maioria do grupo, só que é inegável que a reserva técnica que tínhamos na figura do Hernanes agora não temos mais. A falta do maior responsável por nossa manutenção na série A preocupa. Não acredito que iremos cair ou coisa do tipo, mas não temos time pra brigar por título. O Cueva já deu mostras de que a cabeça dele está lá na copa, portanto nosso meio de campo criativo está sem representante.

  36. No papel, o elenco parece mais fraco que do ano passado. Só o Hernanes pesava muito, além do Pratto. Mas em campo, ainda não sabemos. Não me iludo que o Bruno ou o Reinaldo se tornem craques. A minha ilusão é que a magia venha da garotada da base, de um Shaylon, Brenner, Cipriano. Vou torcer muito para que o SPFC não fracasse nesse intento. Caso contrário, não duvido que as desesperadas baciadas voltem.

    • O problema é que, não importa se seja Shaylon, Brenner, ou Cipriano, qualquer um que “desponte”, em tempos atuais, no SP, não resiste sequer a uma “janela de transferências”… Alguma dúvida, a respeito?!…

  37. O Flor poderia ter aceitado a proposta que o SP fez da primeira vez, mas cresceu o olho e ficou leiloando o jogador, se deu mal. Ficou sem jogador, sem dinheiro e sem peças de reposição. E não tem de ter dó pois quando tinha a Unimed fazia o que queria.

    Não precisamos chorar por causa desse cara, mas quero que ele fique é sem jogar sumido do mercado e sem chances de ir para um grande centro de futebol agora. E que palmares não ganhe Libertadores ou Brasileiro.

    Esse negócio de torcer para o Flor ganhar na justiça contra o Scarpa, não faria nem cosquinha no bolso da Crefisa.

  38. Nossa chance de sucesso esse ano é que cada jogador jogue 110% e que os jovens sejam o que se espera deles. Nao temos nenhum Neymar na base e muito menos na barra funda, então não dá pra esperar que um moleque como o Shaylon, por exemplo, seja o maestro e carregue o time nas costas.

    A diretoria está montando um elenco totalmente imprevisível que pode dar certo e pode dar muito errado, mas isso a gente vai descobrir nos primeiros jogos pq já tem clássico e mata-mata logo no começo. A torcida terá paciência?

  39. Ricardo Rocha @RicardoRocha94

    Amigos, quem me segue há mais tempo nas redes, sabe que sempre considerei críticas, mas não ofensas.Todos têm direito de mandar sugestões, pensamentos, críticas e etc, mas com respeito. Vou bloquear e reportar os que se excederem, e o farei em todas as minhas redes. Abração

    Vixi, já começaram os ataques? rss

    • Simples… Não quer pressão?!… Ficasse como “comentarista de resultados”, lá no Sportv… “Quem não tem competência não se estabeleça”… Oras, francamente… Já começa a mostrar que houve uma excessiva valorização da chegada do mesmo, juntamente com Raí, e etc., como a “solução definitiva” para o SPFC…

    • Daqui a pouco iremos ter uma “seleção de estrangeiros” no SP… Dos quais, se muito, 10% mostram a que vieram, nos clubes do Brasil, sempre com o “penico nas mãos”, agonizando, devido às más administrações..

    • Quintero é bom de bola mas com certeza todos esses empréstimos não podem ser uma coisa boa.

      Não conseguiu parar em nenhum clube nos últimos anos…

  40. Jogador + empresário = só pensam em dinheiro e como o timeco verde, ontem pobre lascado brigando com Wtorre, hj milionário, PSG tupiniquim, com patrocínio da lavanderia Crefisa “onde seu dindin” fica limpinho.
    Difícil é aguentar a “mídia” falando 90% do tempo em Flaglobo, Bandeirintians e o milionário PAUmeras. Não perco mais tempos nesses canais bostas, pena todos os outros times se sujeitar a isso.

  41. A perspectiva no final do ano passado era mesmo a de perder as principais peças desse elenco (que vale lembrar fez uma das melhores campanhas do segundo turno). O maior problema foi ter perdido o Hernanes agora por uma cláusula esdrúxula e o Pratto por uma questão pessoal do jogador.

    Dentro das possibilidades nem mesmo o Scarpa poderia repor tudo o que o Hernanes fez e representou naquele time.

    Estamos na metade de Janeiro e ainda tem muita água pra rolar…

    • 6 milhões de euros só de “luvas”, para ele e seus empresários… Fora salários, cinco anos de contrato, prêmios estabelecidos por metas alcançadas, e etc., coisas habituais atualmente em acordos celebrados entre clubes a atletas… E nós, são-paulinos, só “aplaudindo”, infelizmente… Isso é cíclico, estamos em baixa, fazer-se o que…

      • estamos em baixa, de fato.
        mas isso não é sustentável. O que o Palmeiras está fazendo com o mercado da bola não é sustentável.
        Se o plano deles é se tornar um PSG do Brasil, estão conseguindo.

  42. Pra mim o Scarpa nunca esteve perto do SP, desde o começo estava claro que por dinheiro iria para o Palmeiras e por vontade do empresário pro Small. A diretoria usou essa novela pra manter o torcedor na expectativa e dizer que estava “trabalhando”. O fato é que agora ficamos sem Hernanes, sem Scarpa, sem plano B,C,D. Com um time pior do que o ano passado, tendo que apostar em milagres ou no inesperado. Perdemos dois líderes e modelos de comprometimento, liderança, garra…espelhos positivos (Hernanes e Pratto) e pra esse ano os “caras” do time são o oposto disso (Cueva e DS). O que esperar? Tomara que não seja o óbvio!!

  43. Águas passadas.
    Ele tem todo direito de escolher onde quer jogar e quanto quer ganhar.
    Aqui ele teria um desafio maior e um salário bom mas menor que do outro lado do muro.
    Lá ele terá mais na questão financeira, mais torneios importantes e uma disputa pesada por posição.
    Já que decidiu por lá então já era.
    Creio que a diretoria fez o máximo e o certo para contar com o jogador, mas existe o fator de um time ter mais dinheiro e cobrir todas ofertas que vem do Brasil.

    Esperar pelo plano B da diretoria.

    • Se é que exista esse tal “Plano B”… Os nossos novos “diretores” se mostram muito satisfeitos com o atual elenco do clube, para o meu gosto, pelo menos…

      • Smile to torcendo para que exista…rsrs
        Acho q o Raí e o Ricardo estão trabalhando nessa parte.
        Temos o menino Shaylon q mostrou evolução no final da temporada…
        O L. Fernandes, q apesar de estar mais tempo no time ainda precisa muito….
        Mas precisamos de um meia mais experiente para ir passando experiencia para esses garotos da base.

        Torço muito para que exista algo….rs

        Abraços

  44. Esse ano é um ano de reconstrução, acho que jovens aliados aos mais experientes, é uma receita que costuma dar certo. Eu não investiria tanto, porque estamos fora da Libertadores e disputaremos de expressão, somente brasileirão e sul americana… Copa do Brasil é importante, mas é série B da Sul Americana.

    Para ganhar respeito da América novamente, é preciso ganhar a Sul Americana.

  45. Acordem!!! Qualquer proposta de qualquer time só um pouco organizado é melhor que o São Paulo. Ou seja, o que esperar de um clube que tem Leco como presidente?

  46. Acho que o pessoal precisa ser menos emoção e mais razão.

    Não há muito o que lamentar!

    Atualmente jogador de futebol e seus empresários visam dinheiro e aquilo que chamam de melhores condições de trabalho, o jogador optou pelo vizinho porque ganharia mais e na concepção dele atual iria se expor menos à eventuais riscos além de maior chances de conquista…

    Acho que nem cabe mais ficar discutindo sobre um atleta que optou pelo rival, já tivemos muitos craques que não vieram para o São Paulo outros tantos vieram e se foram é o clube seguiu vitorioso em toda sua história…

    Vamo São Paulo.

  47. Não entendo essa fissura toda pelo Shaylon. Não mostrou nada até agora. Pintam ele como novo Messi mas nas partidas que entrou não chegou a ser nem nota 5. Se fosse BOM mesmo já tinha desequilibrado em alguma partida ou mostrado qualidade notável.

    Precisamos de um meia armador que apareça e faça a diferença como o Hernanes fez (não precisa ser nível Hernanes, mas criando jogada para gol tá valendo).

    Lucas Fernandes é outro. Joelinho de vidro vai flopar que nem outros Lucas Gaúchos, Mazzolas e Rafinhas.

  48. Bate Bola da ESPN
    Ze Elias : “ representante do Cueva viaja entre hoje e amanhã para ouvir duas propostas, uma da Rússia ( Krasnodar) e outra dos EAU (Al Hilal)

  49. Olha a gente tem que ver o exemplo do Grêmio, que com um monte de jogadores desacreditados mais otinas revelações foi campeão da libertadores e só não foi do brasileiro por que não quis, o SPFC tem que priorizar a Base, contratando pontualmente, o Scarpa preferiu $$$$$$, não e que estamos em decadência, ha 20 anos atras na era Parmalat era a mesma coisa, os jogadores iam correndo pro porco, sempre foi e sempre sera assim, aonde pagam mais o cara vai, com certeza o Porco deve ter oferecido o dobro pro cara. A o cara não vai ser Titular em primeira instancia??? vai sim no lugar do Keno, a Leila Crefisa manda por ele no time, fora que a tiriça do Lucas Lima e ,Muito pior que ele. meus amigos o Futebol e a extensão da vida , O QUE MANDA E $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Deixe uma resposta