Veja quanto o São Paulo gastou e arrecadou em 2018 no mercado da bola

Apesar da má temporada em 2017, o São Paulo tem mostrado confiança na equipe e não desmanchou o time base montado por Dorival Junior. Em relação aos que saíram, a política de contratação tem sido ‘pontual’ e os reforços chegaram na medida em que outros atletas importantes saíram. A consequência, até o momento, foi ter lucrado mais do que ter gastado.

Com a exceção de Anderson Martins, que acertou apenas luvas e salários com o São Paulo, os outros três reforços, Diego Souza, Jean e Jucilei, que foi contratado em definitivo, tiveram um esforço financeiro por parte da diretoria.

Até o momento, as saídas mais importantes foram de Pratto e Hernanes. O segundo teve que retornar ao seu time na China, e o argentino, sim, foi vendido para o River Plate por um valor milionário.

Outro argentino vendido, mas esse sem mais apreço por parte da torcida são-paulina, foi Buffarini que partiu para o Boca Juniors, Nessa negociação o Tricolor vendeu 80% do lateral e ainda permaneceu com outros 20%, de acordo com o GloboEsporte.com e o Lancenet!

VENDIDOS

Buffarini – (Boca Juniors) –  R$ 4,9 milhões

Lucas Pratto – (River Plate) – 11,5 milhões de euros (R$ 44,4 milhões) – ficou com R$ 32,9 milhões**

Artur – (Columbus Crew-EUA) – R$ 4,6 milhões

TOTAL: R$ 42,4 milhões nos cofres 

CONTRATADOS PELO SÃO PAULO

Anderson Martins – apenas salários e luvas

Jucilei – (Shandong Luneng) – R$ 4 milhões

Jean (Bahia) – R$ 10 milhões

Diego Souza (Sport) – R$ 10 milhões

TOTAL: R$ 24 milhões gastos 

VALOR ARRECADADO SE APROXIMA DA METADE DO PREVISTO EM VENDAS

Na reunião do Conselho Administrativo do São Paulo, na última semana de dezembro, foi previsto que o clube arrecade pelo menos R$ 88 milhões com venda de jogadores em 2018, de acordo com o UOL EsporteEste número está acima da estimativa da temporada passada.

Em 2017, foi previsto que com vendas de atletas o São Paulo conseguisse R$ 60 milhões, valor esse que foi superado com as saídas de Maicon, Luiz Araújo, David Neres, Lyanco, Thiago Mendes e Centurión.

Torcedores.com

 

9 comentários

    • Cueva e Jr.Tavares parecem ser os bandidos do elenco. Mas a verdade é que só estão sendo criticados por estarem jogando abaixo do potencial que eles têm. Se estivessem voando em campo a torcida e diretoria relevaria o tanto que aprontam.

  1. O que eu não consigo entender e como as contas não batem se ano passado teríamos que ter arrecadado 60 milhões e tivemos um superávit de mais do que o dobro disso o que sobra serve pra que , some no vento ninguém sabe pra onde ? Mas o que me interessa é reforços , precisamos de um time competitivo dentro de campo que levante taças pois é isso que faz o clube crescer títulos . Nosso time pode ficar ainda melhor e nem me venha com essa da base forte pra esse ano pois a base se aparecer vai ser pra torrar ela todinha como foi na temporada passada então forma um time forte e coloca os moleques aos poucos pra se destacar e vender por um bom preço não entendo a permanência do Edmar com o Júnior Tavares com um grande potencial dentro de campo e de negócios também agora queimaram o moleque e as propostas que aparecem são essa palhaçada de 1.5 mi de euros kkkkk quanto aquele Arana foi vendido pro Sevilha , pois eu acho o Tavares muito mais técnico do que o Arana que pra mim é um grosso cabeleiro só que encaixou uma boa temporada ganhou confiança aí se destacou faltou isso pro Junior confiança que ele não teve e alguém pra orientar o moleque acho que isso que aconteceu no Corinthians com Arana que era um pé de bosta também meio temperamental aí colocou os pés no chão agora saiu por uma boa grana lembro que na época que o São Paulo era um clube de vanguarda tínhamos todo tipo de profissionais inclusive psicólogos para ajudar os atletas a pensarem só em jogar bola , outra coisa que deve acontecer não só no São Paulo mas em todo clube uma blindagem é isso tem que ser colocado em contrato para que os procuradores do atleta parem de ficar especulando negócios durante a temporada ao menos que o clube tenha interesse de negociar o jogador a qualquer momento pra não mexer com a cabeça do moleque no decorrer da temporada não só os moleques mas os principais jogadores da equipe principalmente

  2. Um ano de sacrifício até pode ser, mas 2 anos dizendo que precisa vender jogadores pra cobrir mais do que o ano anterior, eh caso de investigação!!!
    Não eh possível que todo ano tenha que vender os melhores jogadores e os mais promissores pra fechar a conta, tem safado nessa história!!!

    O SPFC caiu nas mãos da corja daquele verme do Juvenal e sua turminha, isso foi o moti3 de hj sermos um clube de vexames, ultrapassado e que não ganha nada faz tempo.
    Enquanto não sair esse bando de safados , não sairemos do buraco.
    PFe MP, investiguem as contas e os patrimônios dos dirigentes de clubes desse país, deve ser pior que a Lava Jato.

  3. Uma boa parte do dinheiro que o SPFC ganhou com as vendas em 2017 só vai cair esse ano e ano que vem. Não tem como fazer as contas usando todo aquele valor pra falar que esse ano não precisa mais de dinheiro pq a dívida existe e o dinheiro não era suficiente pra cobrir o rombo, isso tudo segundo os números divulgados.

    Mas infelizmente a falta de transparência do SPFC faz com que todo mundo fique desconfiado.

  4. Alguém sabe informar se os empréstimos de vários jogadores nossos foram “gratuitos” ou tivemos alguma compensação, pois aí a arrecadação aumenta, já que mais de uma dezena de jogadores foram emprestados.

Deixe uma resposta