Sem avançar na negociação de Victor Ferraz que só caminharia se o São Paulo cedesse Hudson, o negócio parou.

Agora, sem opções viáveis financeiramente no mercado e sem nomes de consenso, Dorival Jr, Raí e Ricardo Rocha imaginam em segurar mais um pouco com Militão e Bruno.

O polivalente jovem jogador que se destacou na direita, deve seguir por mais um tempo e Bruno ganhar chances de modo a mostrar que merece seu valor no time. Se for bem e se mostrar recuperado, poderá ficar, somente se não receber proposta de venda ou ser envolvido em uma troca. Se não for bem, sairá do time e será negociado de vez.

Claro que se surgir uma boa negociação neste meio tempo, o São Paulo não perderá. Apesar de monitorar o mercado, os nomes de Victor e Dudu, que parou no Inter ao ser negociado pelo Figueirense, eram as prioridades e tudo voltou ao zero.

Diante de tudo isto, será uma boa, Tricolor?

Blog do São Paulo

Anúncios