São Paulo desponta como solução rápida para disputa entre Flu e Scarpa

A queda de braço entre Fluminense e Gustavo Scarpa segue indefinida. Como a juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do Rio, negou a tutela de urgência pedida pelo jogador para encerrar imediatamente seu contrato, Scarpa segue vinculado ao clube até uma decisão judicial sobre o mérito da ação — ou até um caminho alternativo entrar em cena.

No curto prazo, o São Paulo desponta como solução mais rápida. O clube paulista mantém interesse em contratar o camisa 10 do Fluminense, segundo apuração dos portais “Globoesporte.com” e “Uol”. Em dezembro, antes do imbróglio judicial, o Fluminense recusou proposta de R$ 11,5 milhões — mais até três jogadores do São Paulo — por Scarpa. Com verba em caixa após vender os argentinos Lucas Pratto e Buffarini, a diretoria paulista deve fazer nova investida.

O interesse do São Paulo cai como uma luva para que Fluminense e Scarpa evitem o tribunal, pouco vantajoso para ambos. Originalmente, uma negociação era vista com bons olhos tanto por Scarpa, que deseja mudar de ares, quanto pelo Fluminense, interessado em fazer caixa — embora tenha apenas 40% dos direitos econômicos do meia. Só que a transação emperrou por exigências de ambas as partes.

Incomodado, Scarpa pediu a rescisão por conta de pagamentos em atraso. Em despacho na manhã de quarta-feira, a juíza Dalva Macedo afirmou que o clube quitou apenas parte desses débitos após ser alvo de ação judicial. Estão em aberto, segundo a magistrada, os direitos de imagem de agosto a novembro e a gratificação de Natal. A juíza também pediu a antecipação da audiência, marcada para 5 de setembro, que julgará o mérito da ação.

Mesmo com o pedido de rescisão imediata negado, é pouco provável que Scarpa se junte para a pré-temporada. Na quarta, o Fluminense fez seu primeiro treino em Orlando, nos EUA, onde disputará a Flórida Cup a partir de sexta. A estreia será contra o PSV, da Holanda. O elenco retorna ao Rio às vésperas da abertura do Carioca, contra o Boavista, dia 17.

Nesta quarta-feira, o lateral-direito Gilberto e o volante Jadson foram anunciados oficialmente pelo Fluminense. Gilberto chega emprestado pela Fiorentina por um ano, enquanto Jadson assina por duas temporadas.

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, declarou à “Fox Sports” que o zagueiro Henrique finalizou sua rescisão com o Fluminense. Outro alvo do clube paulista é o atacante Henrique Dourado.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/esportes/sao-paulo-desponta-como-solucao-rapida-para-disputa-entre-flu-scarpa-22275766#ixzz53rtQGuvt
stest

52 comentários

  1. Então, quando surgiu esse imbróglio pensei q a nossa proposta seria perto dos 10 milhões sem jogadores envolvidos ou o emprestimo de dois ou três + um valor perto de 7 ou 8 milhos. A nossa proposta foi bem generosa levando em consideração que azedou a situação Scarpa e Flu mesmo ele tendo sua liminar negada. Sei lá, geralmente no mundo dos negócios as propostas são influenciadas pelo momento do vendedor. Mas como foi dito, o SP não vai se aproveitar da situação, vida que segue.

    • Apesar de tudo isso, o Flu sabe que o jogador é valorizado. E o jogador sabe que se não resolver, pode ficar sem jogar. Perder o primeiro semestre é trágico. Jogador sempre tem esperança de ser convocado pra seleção.

      Além disso, outros times poderiam entrar em negociação se as propostas fossem ruins.

      Enfim, nem é tão fácil se aproveitar da situação

      • Eles queriam emprestar por um ano, reforçar o elenco pra não cair e revelar mais nomes e depois vender Scarpa (valorizado por jogar em um clube da libertadores) e pagar as dividas. Por isso eles não queriam cede-lo pra gente e nem em definitivo. Seria facil um clube europeu compra-lo por 15 milhões de euros e o flu lucraria uns 6 mi de euros e daria uns 11 milhões de reais….

        Após fazer as contas da pra ver que nossa proposta foi bemmm generosa.

    • Pode até acontecer.

      Até lá o Leco vende o DS (se jogar a Copa), o Cueva ou até mesmo o Scarpa… e o Calleri vem como reposição, talvez até por valor mais baixo que o que recebermos na venda.

  2. Vi agora um setorista falar que o Gomez ainda não se apresentou por problemas de saúde na família.

    O que acontece que todo Argentino que vem pro São Paulo acaba tendo problemas com familiares ou amigos? Seria essa uma maldição?

  3. Acredito ainda que esta novela ainda vai durar mais alguns dias, mas com final feliz para nós Tricolores!!!!
    Já o time de três cores do Rio, se não se cuidar, vai pagar no ano que vem, a Série B devido desde 2000, coitado do Abelão…

  4. Na minha opinião, Scarpa já é do São Paulo. Pois se fala que falta apenas o jogador retirar o processo para que a negociação de concretize de fato.

    • Poxa.. Espero que vc esteja certo, mas acho precipitado.
      Há muita gente interessada nele.. Inclusive, pode pintar uma propostas do exterior a qualquer tempo.

    • Quando a questão é o dindim e tem empresário envolvido, a solução sempre demora mais, mas não deve passar desta semana. Então, se nada for resolvido até lá, é melhor buscar outra alternativa para substituir o Hernanes, porque com a falta de um bom armador tudo se complica no time.

  5. Normalmente esse período de contratações é terrível, com um monte de nome, baciadas e contratações no minimo com critérios estranhos. Mas esse ano, confesso que estou animado, todos os nomes ja ventilados pelo São Paulo são de qualidade ( mesmo o Robinho que tem vários pontos negativos) e as contratações, exceção ao Edimar considero boas também. Acho que 2018 tem tudo para ser um ano promissor e acredito seriamente em Paulistinha e numa Copa do Brasil no minimo!!

  6. Diferente do ano passado em que tinham muitas especulações e quase nenhuma resolução, este ano com Raí já temos duas que foram concretizadas (Jean e DS), uma que nem deu tempo pra especular (Anderson M.) e a do Jucilei.
    Hernanes foi a questão de omitirem a informação da cláusula que fez com que voltasse no começo do ano.
    E Pratto, pela idade e futebol apresentado entendo que tenha sido uma boa negociação.
    Sendo assim, essa novela Scarpa está acontecendo não por conta da negociação por parte do SPFC e sim pelo imbróglio entre Flu e jogador.
    Que a carta branca do Raí continue, mesmo que o jogador não venha.
    Que ele consiga manter e reforçar a base do ano passado por pelo menos um ano.
    Que o Leco vire estátua, cone, bonecão do posto e se transforme em um figurante. Ele que seja a Rainha e deixe o Premier Raí tomar as decisões.
    E se tudo der certo, que RC e Cueva sejam vendidos.
    O primeiro pelo valor de mercado e por termos uma reposição e o segundo, mesmo sem o Scarpa, que veja e sinta que o clube é muito maior que qualquer jogador e não será refém de um mimado e desequilibrado emocional.

    • Outras expectativas são:
      – Renovação de Cipriano e Militão;
      – Morato e Maico sem lesão. Entendo que vão render;
      – Chegada de pelo menos mais um jogador. Pode ser Scarpa ou um atacante;
      – Brenner, Cipriano e Shaylon tenham sequência e consigam se adaptar rapidamente. Pra mim é melhor que qualquer reforço. E que não sejam vendidos.

      Do mais, as eternas especulações como Lucas e Calleri, não crio muitas esperanças, mas se por Ventura acontecerem, seriam a cereja no bolo.

Deixe uma resposta