São Paulo tentou contratar Ganso em Dezembro, diz Nicola

A notícia de que Ganso não faz parte dos planos de Vincenzo Montella, novo técnico do Sevilla, fez os são-paulinos nas redes sociais sonharem com o retorno do meia. E dá para cravar que a vontade não é apenas dos torcedores: em dezembro, o Tricolor procurou o empresário de Ganso para discutir a possibilidade de repatriá-lo.

A notícia foi confirmada por uma fonte do São Paulo ao Blog nesta terça-feira. “Fizemos uma sondagem no fim do ano e ele foi muito claro no desejo de continuar na Espanha”, explica.

Não está descartada a possibilidade de uma nova consulta, mas o Tricolor ficou com a convicção de que Ganso vai preferir buscar um outro clube na Europa – caso seja de fato encostado no Sevilla – do que voltar para o futebol brasileiro neste momento da carreira.

O meia já não tinha muito prestígio com Eduardo Berizzo, demitido no fim do ano, apesar dos bons números na temporada: ele fez quatro gols em 11 jogos, sendo nove como titular.

Aos amigos mais próximos, Ganso tem deixado claro que vai vencer no futebol europeu – um retorno ao Brasil neste momento representaria perder essa batalha. Seu contrato com o Sevilla só termina em junho de 2021 e ele custou 9,5 milhões de euros.

O salário do brasileiro é de 2 milhões de euros por temporada, que equivalem a R$ 7,75 milhões. Ou seja, ele ganha na casa dos R$ 600 mil mensais.

Nicola

Anúncios

77 comentários

  1. Na minha opinião pro ganso funcionar tem q ser um time extremamente leve com muita movimentação.
    Inclusive os volantes, coisa que hoje não temos.
    Muito menos com o DS contratado..

    Curtir

  2. Ganso em 2016 tava jogando o fino da bola. Eu traria. Ainda mais com o DJ de treinador. No próprio Sevilla teve bons jogos. Tinha visto notícias da Espanha com jornalistas e torcedor falando que o Ganso deveria ser titular, foi depois de um jogo que teve aí que ele entrou e mudou a partida pra melhor pros caras..

    Curtir

    • Amigo Paulo, lógico que o Ganso era “feliz” no SP… Ganhando R$400mil / mês, não resolvendo …. nenhuma, salario em dia, ao final de cada mês (e com 30 dias…), enfim… Um verdadeiro “conto de fadas”… Que ainda “melhorou”, por incrível que pareça, indo para o Sevilla, da Espanha… Além do maior nível salarial, ainda vieram lindas praias, outra cultura, maior segurança, estudo para as filhas, e etc. Qualquer um se diria “feliz”… E ele só abrirá mão dessa “felicidade” se for decisivamente “forçado” pelos seus atuais patrões… Caso contrário, continuará por lá, dizendo que “tem objetivos a cumprir”, almeja títulos, volta à seleção, e etc… Tudo “em nome da felicidade”… Parece até “irmão” do Pato… Outra “ave”, por sinal… rs… O que me causa estranheza são inúmeras pessoas, como você, com alta visão crítica, serem “engalanadas” desta forma… rs…

      Curtir

      • Gosto do estilo refinado do Ganso …, um craque ” às antigas ” ( cerebral, extremamente habilidoso e lento ).

        Pena que o futebol moderno seja forçosamente veloz, extremamente físico e quase sem nenhuma habilidade e totalmente “mecanizado”.

        Talvez seja um modo antigo ou antiquado de ver, entender ou compreender o futebol …, quase nostálgico.

        Curtido por 1 pessoa

        • É… Os tempos mudaram… “Adorei” assistir, ao vivo, nos estádios, Pedro Rocha, Ademir da Guia, Rivellino, e, acima de todos, ao “estratosférico” Pelé… Este, por estar à frente do seu tempo (até em termos de preparação física…), creio que se adaptaria, sem problemas, ao futebol atual… Tostão (que não vi ao vivo…), creio que também, pela visão tática que já demonstrava, à sua época… Já quanto aos demais, tenho sérias dúvidas… Visto por esse lado, se o Ganso tivesse surgido à época dos mesmos, teria grande chance de se dar bem… Mas, “pena” para ele, estamos em 2018, onde está valorizado, cada vez mais, o “todo-campista”, fazendo o vai e vem constante, de área a área, ora se mostrando um (excelente…) defensor, ora um atacante (idem…)… O que seria demais se esperar do mesmo… Inclusive o novo técnico do Sevilla disse não contar com ele, devido à sua falta de “poder físico” para suportar o que ele pretende implantar no time, com pressão alta, intensidade o tempo todo, “suor” até o último minuto, e etc… Tudo o que, definitivamente, o Ganso não representa… SMILE.

          Curtir

        • Nem é tão antigo assim…. Zidane foi o último jogador assim, um pouco mais veloz do que o Ganso, somente por ter sido criado na cultura europeia desde o início. Ganso, se quiser, pode ser assim também. Aliás, para mim, Zidane foi o maior jogador que eu vi jogar. Questão de gosto.

          Curtir

  3. Em breve deve retornar, ele é um bom jogador seu único defeito que pouco colabora na marcação. ..só da certo é um time jogue em função dele. …tem mercado no Brasil na europa as portas estão se fechando para os meias clássicos.

    Curtir

  4. Nasci em 1960, e, pelo menos desde 1967 / 68, quando “descobri” o futebol (morava até então em sítio… rs…), torço pelo SP, influenciado que fui pelo meu pai… Já fui mais fanático, mas, a exemplo de Jô Soares (assistiram ontem ao “Bola da Vez”?!…), com o passar dos anos, passei a apreciar mais o futebol bem jogado (como na Premier Ligue…), do que propriamente o clube pelo qual aprendi a torcer… “Coisas da vida”… rs… Mas, ao contrário de alguns, julgo muito salutar a “zoeira” entre jogadores, o “sarro” em cima de times adversários, e etc… “Faz parte”, e até acho que o futebol está cada vez mais chato, exatamente por coisas, tais como essas, terem sido “deixadas de lado”… Souza, então no SP, Serginho, idem, Túlio, e etc., teriam grande dificuldade em sobreviver ás atuais “modernidades”… rs… Marcelinho Carioca, por exemplo, que ‘cansou’ de “deitar” em cima de nós, eu sempre o quis vestindo a camisa do SP… Assim como o Sheik… Jogadores que, independentemente de onde joguem, se “impregnam” da camisa que vestem, representam o clube onde jogam, “não tem medo de cara feia”, não “fogem do pau”, e dá gosto de se ver… Muito ao contrário de um monte de jogadores que, supostamente “craques”, não dizem a que vieram, e só nos causam raiva e repulsa… Exemplo recente, no SP, exatamente o Ganso, uma das maiores “enganações” que surgiram no futebol brasileiro, nos últimos tempos… Por essas e outras é que sou, sim, favorável à vinda do Robinho para o SP, se isso for possível, e equacionado financeiramente (como, por exemplo, um salário fixo menor, e metas a cumprir, para atingir um patamar maior…)… E peremptoriamente contra o retorno do Ganso ao clube… rs… SMILE.

    Curtir

    • O Scarpa nem veio ainda, mas o OutLeco já imagina como vendê-lo em breve.

      Ganso se voltar, deve ficar.

      Sinceramente, vejo o Scarpa como possibilidade de maior movimentação em campo, sem ser craque.
      Já o Ganso, um meia tradicional, onde quem deve se movimentar é o time.

      Um não inviabilizaria o outro.

      Curtir

  5. Ganso tem que jogar perto da área, ele mesmo falou isso em entrevistas recentes…

    O problema é essa “obrigação” do futebol de hoje de marcar com os 10 jogadores de linha. Daí vem aqueles treinadores meia boca e enchem o time de volante…

    Curtido por 1 pessoa

  6. Jogar com Ganso é defender com um jogador a menos quando o adversário atacar, o que no futebol atual é uma desvantagem enorme. O Scarpa tem custo menor e seria muito melhor ao São Paulo. Alguém precisa correr nesse time que já tem Jucilei, Cueva e Diego Souza que suportam apenas meio tempo de jogo se derem tudo.

    Curtir

  7. No momento é muito mais negocio investir no Scarpa, ate porque o Ganso so voltaria para o Brasil se nao arrumar nenhum clube na Europa…Na verdade eu acho que o mesmo é subaproveitado la, mas vida que segue…

    Curtir

  8. Acredito que possa até ter havido essa sondagem pelo Ganso, mas creio que isso foi antes de uma possibilidade mais concreta do Scarpa.
    A vontade dele é continuar na Europa, então juntando as duas questões, acredito que o Ganso não venha.

    Curtir

    • Vale a leitura pra ver como esse portal é tendencioso.

      Sim, vendemos o Neres, porém ainda temos 20% dele.
      Vendemos o Araújo, porém ele não está jogando absolutamente nada lá.
      Compramos e vendemos o Pratto, mas até ganhamos dinheiro nessa negociação.

      Não temos os três, mas temos, certamente, com esse dinheiro, uma diminuição da dívida bancária e dinheiro para aplicar em novos jogadores, DS e Jucilei por exemplo e outros que virão.

      Essa imprensa é tendenciosa, mas para quem lê e não se atém aos detalhes, levando a um pensamento errôneo.

      Curtido por 3 pessoas

      • Mas é por isso que não leio mais Marcio… são oportunistas, maldosos, parciais…

        Distorcem os fatos para passar a mensagem que querem… uma pessoa mal informada já usa essa matéria para criticar sem saber os detalhes…

        Neres ainda pode render mais 10mi de euros… com metas e os 20%…

        Curtir

      • Caro Márcio …, o próprio texto ressalta aspectos positivos sobre questão financeira e aborda dificuldades em manter elenco, montar time e a performance esportiva.

        Concordo que nossa prioridade institucional é o equacionamento financeiro …, não se discute.
        Precisamos sair do buraco em que nos meteram.

        A partir daí, formação de um time equilibrado e competitivo, voltando ao futebol de excelência que sempre caracterizou o SPFC.

        Mas não percebi essa perversão maniqueísta de forma exagerada.

        Curtido por 1 pessoa

        • Para se readquirir o respeito na praça e alçar longos vôos é preciso credibilidade e estamos no caminho de reconquistarmos isso.
          Não se monta grandes equipes devendo em bancos. Monta-se a partir do momento em que somos senhores dos nossos passos.
          Não me importo com a escassez de títulos caso a nossa dívida seja saldada.
          Amo meu time pelo que ele é e pela sua história e não apenas por títulos.

          Curtir

          • Eu também, Marcio… Só vi o primeiro título do SP já aos 10 anos (sou de 1960…), treze anos após o início das obras do Morumbi… Vi / assisti a times “horrorosos” do SP, mas nunca perdi a admiração pelo clube (de futebol) que aprendi a torcer… com o passar do tempo, o SP foi se “agigantando”… Rubens Minelli fez papel decisivo nessa fase… Cilinho aprimorou o processo… E Telê o deixou “brilhante”, sob todos os aspectos… Definitivamente (parecia-nos…), o SP se tornara GIGANTE… E, fazer-se o que, me “acostumei” com a ideia de que torço por um clube GIGANTE por si mesmo… E agora vocês querem me convencer que estou errado?!… rs… Logico que quero o SP com as finanças em dia… Mas, pergunte a um flamenguista, se, apesar de seu time estar, cada vez mais, com as mesmas em dia, sendo um exemplo a ser seguido, nesse segmento, se os mesmos estão “contentes”, só por isso, e “nada de nada”, em termos de títulos, ao ponto de o tal “cheirinho” ter virado ‘meme’ para as torcidas adversárias… Eu também não estaria… Assim como não estou, vendo a que ponto fizeram chegar o nosso SP… Portanto, ainda que por vias diversas, estamos no mesmo barco… Ambos, “sofrendo”… Até parecemos (todos os são-paulinos) os antigos torcedores do Small, da minha infância, “todo orgulhosos” por se dizerem “sofredores, graças a Deus”… Eu, pelo menos, não… rs… Abraço!!!…

            Curtir

  9. O ganso jogou muito bem com o Bauza porque o treinador argentino colocou ele com liberdade total a frente das duas linhas do 4-4-1-1 e exigia deles aparições e finalizações dentro da area. Quando perdemos ele por lesão contra os colombianos na semi da liberta viramos presa fácil

    Ele não foi titular no sevilla mesmo jogando bem com o demitido berizzo pq ele não marca ninguem, nunca marcou assim como o Lucas Moura. Aí vai do treinador, a maioria opta pelo coletivo em detrimento da qualidade técnica, cada um cada um

    O Bauza fazia isso com o Romagnoli no San lorenzo, liberdade total pro veterano e duas linhas de 4 bem rigidas taticamente

    Curtido por 1 pessoa

    • É isso, pessoal está pensando Scarpa x Ganso, mas eles não necessariamente competem. Scarpa pode fazer um terceiro homem no meio, como o Hernanes, ou jogar pelas beiradas. Ganso competiria com Cueva e Diego Souza.
      Ganso jogou muito bem na última temporada, mas não reconhecem porque sempre esperam que ele seja um novo Zidane, e ele é “apenas” ótimo jogador.

      Curtido por 1 pessoa

      • O Ganso até parece argentino… Se fosse “comprado”, pelo valor que os mesmos “se vendem”, seriam o melhor investimento que qualquer clube poderia fazer, em termos de contratações / formação de elenco… “SQN”… rs…

        Curtir

  10. Calleri não vem…
    Ganso não vem…
    Robinho (graças a Deus) não vem…

    Foco é no Scarpa…

    Liminar da Justiça foi negada… Ele não irá se livrar do Flu… portanto agora só quem quiser mesmo comprar…

    Curtir

  11. Não há mais espaço no futebol mais competitivo para jogadores que apenas participam em uma fase do jogo como Ganso, Lucas Lima, Ralf, Márcio Araújo, dentre outros. Fora que ele em específico demora muito para soltar a bola.

    Curtir

  12. Pessoal, apenas não esqueçam que além dos 20% que o SP ainda tem do David Neres, teremos mais 3 milhoes de Euros em bônus caso ele atinja a meta de partidas disputadas como titular, gols marcados e assistências.
    Como ele vem jogando muito bem, fazendo gols e dando ótimas assistências, dificilmente o SP não receberá o bônus por rendimento.

    Curtir

  13. Ganso tem um estilo de jogo que eu gosto muito. Pouca correria, pouco corpo a corpo, mais tecnica, visão de jogo e “inteligencia”.
    Nunca irá chegar no patamar que esperamos e nunca terá o reconhecimento como um otimo jogador pq o futebol moderno não permite isso. Em tempos onde Marcos Guilherme é titular absoluto pois mais corre e marca, achar que um jogador que joga num ritmo desacelerado irá ter 100pct de aprovação é totalmente descabivel.
    Ganso jogou bola na Espanha. Com os treinadores que lá passaram, teve oportunidade com todos, fez gol, alguns bonitos até, deu passes e dribles. Mas, pelo estilo de jogo, sempre será preterido por aquele que corre mais.
    Nos grandes centros Europeus, não tem lugar. Ninguem irá fazer um time pra jogar em função de um jogador só. Olhando campeonato por campeonato, Ganso não tem espaço mais. Joga numa faixa do campo onde o futebol moderno, obrigatoriamente, exige que o jogador corra igual cavalo, recompondo, indo até a linha de fundo defensiva, marcando, dando carrinho. Isso ele até faz, mas não nos 90 minutos.

    O futebol chegou a um ponto onde um belissimo jogador não fará o sucesso que merece pois involuiu tecnicamente e exige mais fisicamente.
    Futebol moderno, eu odeio você.

    Curtido por 1 pessoa

    • GMC – De outra forma, você expôs exatamente o que eu expus… Mas, o desfecho foi hilário… rs… “Seria cômico, se não fosse trágico”… Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Abraço!!!…

      Curtir

      • Acabei de ler teu comentário. É isso mesmo. Gostei do termo todo-campista hahhahaha.

        Eu não sei oq é mais trágico. O futebol ter se transformado nisso ou nós, como espectadores, sabendo que houve uma “involução, continuarmos apreciando uma partida de futebol.
        Não a toda a grande maioria da molecada de hoje torcer mais pra times de fora do que pra times brasileiros.
        Como diria meu filho, você é muito clubista Pai. hahahah
        Forte abraço.

        Curtido por 1 pessoa

        • É isso, GMC… Vejo esse espaço como um lugar disponível para trocarmos ideias, expormos nosso modo de pensar, ‘tirarmos um sarro’ uns dos outros, enfim… Pena (infelizmente, sinto isso…) que nem todos concordam com algo tão salutar… Ah!… Também sou ‘clubista’… Tanto é que a minha mulher (torcedora do Small – argh… rs…), reclama que, seja para onde formos (mercado, churrasco, jantares, etc.), parece que “eu só tenho essas camisas do SP” para vestir… E eu respondo que é porque eu torço para o “maior do mundo”… rs… Abraço!…

          Curtir

  14. Hoje o futebol e mais rapido, mais competitivo, os campos diminuiram drasticamente de tamanho,, pra estimular a velocidade,, hoje nao da tempo de pentear a bola e procurar o companheiro pra dar o passe, hoje e recebe, passa, desloca, recebe. igual falava Nenem prancha em 1930.. .. e so ver os meias top ,, De bruine, hazard,, ver qual o ritmo em que eles jogam o tempo todo, os 90 minutos.

    Curtido por 1 pessoa

  15. Não acho que o 10 desapareceu. Ainda tem no 4-2-3-1, no 4-1-4-1, 3-5-2, 4-4-2, 4-3-3.

    O Ganso é preguiçoso e egoísta. Só quer jogar em frente a grande área pra receber mais dinheiro.

    Em qualquer época do futebol o 10 se deslocava do meio pra ponta e fechava a linha de quatro na defesa. Sem falar que chutava bem de média distância, batia faltas, penaltis, cruzava. Tudo isso trotando…

    Falta a Ganso inteligencia tática e humildade pra aprender.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s