Daniel: Meia convive com lesões e espera chance com Dorival na volta ao São Paulo

O São Paulo pode ter um velho conhecido como reforço para a próxima temporada. Emprestado ao Coritiba para a disputa do Campeonato Paranaense e do Brasileirão deste ano, o meio-campista Daniel deve ser devolvido ao clube do Morumbi e pode ser reintegrado ao elenco. A decisão, no entanto, passa pelas mãos do técnico Dorival Júnior, que curte as férias com a família.

Rebaixado para a Série B, o Coxa passa por um processo de reformulação no departamento de futebol e não deve usar o atleta do São Paulo na próxima temporada, dando, desta forma, prioridade aos jogadores formados nas categorias de base do clube.

Embora a posição dos paranaenses não tenha sido oficializada, Daniel está ciente de que não continuará em Curitiba. Emprestado até o dia 31 de dezembro deste ano, o jogador voltará ao São Paulo – com quem tem vínculo até 2018 – mas ainda não sabe se será reintegrado ao elenco. A esperança do jogador para que isto aconteça é grande, visto que nem sequer escutou propostas de outros clubes para a próxima temporada.

– O Daniel sofreu com algumas lesões no Coritiba, mas pode, pela primeira vez em um bom tempo, fazer uma boa pré-temporada e render conforme o esperado. O desejo dele é permanecer no São Paulo e fazer uma boa temporada pelo clube, disse o empresário do atleta, Fernando Almeida, ao LANCE!

O representante do meio-campista tem razão quando diz que o jogador não teve muitas oportunidades em 2017. Emprestado em fevereiro para o Coxa, o meia armador sofreu com uma tendinite na patela e fez apenas seis jogos oficiais na temporada. Embora não tenha marcado nem um gol sequer, o jogador participou de três dos quatro últimos jogos do clube no Brasileirão, sinalizando que era um nome importante na tentativa de livrar a equipe do rebaixamento.

Como a comissão técnica do Trcolor, principal responsável pela formação do elenco, está de férias, Daniel ainda não teve uma resposta oficial sobre seu futuro no clube do Morumbi. De qualquer forma, por ser jogador do São Paulo, se reapresentará no CT da Barra Funda no dia 3 de janeiro do ano que vem, junto com o restante da delegação tricolor. Resta saber se ele será utilizado, ou não, pelo clube.

L!

17 comentários

  1. Parece matéria paga por empresário.

    Daniel foi muito bem no Botafogo e achei que daria certo aqui. Mas já são anos sem nenhum rendimento. Pior foi segundro reserva do Coritiba (!!!!). E isto em uma péssima fase daquele clube, que resultou no rebaixamento.

    Difícil achar que Daniel é reforço.

  2. Chuta que é macumba…
    Só para refrescar a memória, o Daniel foi reprovado nos exames médicos no Palmeiras, aí algum iluminado no Morumbi resolveu fazer uma boa ação e contrata-lo.
    Deu no que deu.
    E o pior é que não aprenderam nada com isso…

  3. Cañete ou Daniel, quem é pior?
    Jogador muito fraco, descompromissado, sem raça… péssimo. Nem de graça aceitariam um cara como esse. Negócio é tentar rescindir o contrato.

  4. Nao acho ele ruim nao. Ganhou muito jogo sozinho no Botafogo antes da lesão. Por isso sou a favor de emprestar ele com preferência pra renovação de contrato. Como que o Paraná tá de meia armador? Os caras deram muitas oportunidades pra quem a gente emprestou. Até pro caneludo Pedro Bertolozo. Tem que emprestar pra time assim. Quando emprestou pro Coritiba os caras ja tinham uns 4 meias…

    • Tb não acho ele ruim não e ainda por cima é novo…..Aqui em Curitiba já escutei torcedores do coxa elogiando ele e lamentando que ele machucou pois poderia ter ajudado mais o time…..Mas por outro lado eu acho que ele concorre no elenco com Lucas Fernandes e Shailon e eu prefiro os garotos da base….Poderiam emprestar ele de novo, vai que ele engrena em outro time e volta bem em 2019…..

  5. Daniel era da base do cruzeiro e tinha mais destaque do Alisson e Mayke por exemplo virou profissional e foi bem no botafogo o Sâo Paulo o contratou numa disputa com o Palmeiras mas veio machucado acho que poderia fazer uma pre temporada no Tricolor e depois no paulista se tem futebol para jogar no tricolor como o contrato vence esse ano seria chance unica.

Deixe uma resposta