Na busca por refor√ßos, o S√£o Paulo demonstrou interesse em Gabigol. O atacante, que pertence √† Inter de Mil√£o e est√° emprestado ao Benfica, tem o aval do t√©cnico Dorival J√ļnior para sua chegada e a negocia√ß√£o √© tratada como poss√≠vel no Tricolor. O jogador pouco tem sido utilizado em Portugal, abrindo a oportunidade de retornar ao futebol brasileiro.

Dorival comandou o atleta, hoje com 21 anos, no Santos e sempre ressaltou a aprovação de seu nome. Mas a negociação era tratada como improvável. Porém, como Gabriel entrou em campo somente cinco vezes pelo Benfica, marcando apenas um gol, o São Paulo passou a enxergar como aberta a possibilidade de trazê-lo.

As conversas ainda est√£o em um est√°gio inicial, com o Tricolor estudando qual a proposta mais vi√°vel para trazer o jogador. O entendimento principal √© que o foco deve ser a Inter de Mil√£o, que pagou 29,5 milh√Ķes de euros (quase R$ 100 milh√Ķes)¬†para lev√°-lo √† It√°lia logo ap√≥s a conquista do ouro na Olimp√≠ada de 2016, mas tamb√©m pouco o aproveitou em campo.

O São Paulo pode até tentar um empréstimo de graça, oferecendo à Inter e ao próprio jogador a possibilidade de retomar sua confiança atuando no Brasil. Mesmo assim, será necessária uma discussão para enquadrar o salário do atacante às exigências financeiras do Tricolor.

Gabigol pouco foi utilizado em sua primeira temporada na Europa, pela Inter de Milão (dez jogos e um gol). Na metade deste ano, foi emprestado ao Benfica, na expectativa de que ganhasse experiência e confiança, mas continuou com poucas oportunidades. Por conta disso, na Europa, já se noticia que a Inter quer tirá-lo de Portugal, e o São Paulo crê que pode se encaixar nesse plano de carreira do atacante.

Promovido ao profissional do Santos em 2013, Gabriel fez 57 gols em 156 jogos, sendo campeão paulista em 2015 e 2016 e vice-campeão da Copa do Brasil de 2015. Foi para a Europa logo depois de conquistar a inédita medalha de ouro olímpica no Rio de Janeiro, no meio do ano passado.

L!