A negociação envolvendo Cruzeiro e São Paulo pelo volante Hudson tem sido destaque no mercado de transferências deste fim de ano. E enquanto a Raposa e o Tricolor não chegam a um acordo para permanência do camisa 25 em Belo Horizonte, o jogador aguarda ansioso por um desfecho, se recupera da lesão sofrida na coxa direita em outubro e não esconde a vontade de seguir com a camisa azul.

Hudson recebeu prêmio de mérito esportivo na noite desta quinta-feira em Juiz de Fora, sua cidade natal no interior de Minas. O jogador falou brevemente ao GloboEsporte.com e admitiu a torcida para que tenha o futuro definido o quanto antes.

‚Äď √Č dif√≠cil. Essa indefini√ß√£o √© um pouco ruim, n√£o sei para onde vou ano que vem, se vou ficar. Claro que tenho meus desejos, minhas vontades, mas s√£o coisas que n√£o dependem s√≥ de mim, do Cruzeiro ou do S√£o Paulo, √© um todo. Procuro lidar com isso da melhor forma poss√≠vel e focar muito no tratamento da les√£o. Sinto-me valorizado, feliz, mas tor√ßo muito para que se resolva logo para ficar com a cabe√ßa mais tranquila.

Para ficar com o jogador, o Cruzeiro precisa pagar a cl√°usula no valor de 1,5 milh√£o de euros (R$ 5,7 milh√Ķes na cota√ß√£o atual), fator que tem travado as conversas at√© o momento. Ap√≥s a boa temporada com a camisa celeste, em que foi importante na conquista da Copa do Brasil, Hudson agradeceu ao carinho demonstrado pela torcida celeste e admitiu a vontade de seguir no Cruzeiro, embora respeite a decis√£o do Tricolor caso deva se reapresentar no CT da Barra Funda.

‚Äď Feliz demais (com carinho da torcida). Desde o princ√≠pio foi uma reciprocidade incr√≠vel comigo, me receberam muito bem. Estreei num cl√°ssico que vencemos (pela Primeira Liga), ent√£o as coisas caminharam muito bem ao longo do ano, coroado com o t√≠tulo importante da Copa do Brasil. Estou muito feliz, gostaria de ficar, sim, mas perten√ßo ao S√£o Paulo e se tiver que voltar, voltarei feliz tamb√©m. O tempo vai escolher, Deus est√° no comando ‚Äď afirmou o jogador, vinculado ao Tricolor at√© o fim de 2018.

Les√£o cicatrizada

Hudson tamb√©m falou sobre o est√°gio da recupera√ß√£o da¬†les√£o grau 4 sofrida no m√ļsculo adutor da coxa direita no fim de outubro, que o tirou do restante da temporada. De acordo com o atleta, a cicatriza√ß√£o est√° conclu√≠da. O foco agora √© no fortalecimento da regi√£o para que o m√ļsculo n√£o sofra sobrecarga. Ele garante que estar√° pronto para a pr√©-temporada, em janeiro.

‚Äď Recupera√ß√£o est√° muito bem. Tive a mesma les√£o ano passado, passei por exames esses dias e mostraram que a cicatriza√ß√£o est√° perfeita. Agora √© s√≥ a parte do fortalecimento para voltar junto com o grupo e treinar na pr√©-temporada normalmente. J√° estou correndo, fa√ßo todos os movimentos, os m√©dicos foram bem claros comigo que com um m√™s e meio eu poderia jogar, mas como entramos de f√©rias, n√£o vai ter jogo, ent√£o vou aproveitar para fortalecer ainda mais ‚Äď concluiu.

GE