Guarani busca goleiro e se interessa por Lucas Perri

O Guarani vive um sério problema no que diz respeito ao goleiro da próxima temporada. Titular em grande parte do ano com 38 participações, Leandro Santos recebeu proposta de renovação contratual, mas ainda não respondeu.

Diante da necessidade, Narciso, preparador de goleiros, e Luciano Dias, superintendente de futebol, procuram alternativas no mercado. Após a chegada de Fernando Diniz, estudou-se a possibilidade de contratar Felipe Alves, goleiro adaptado ao esquema de jogo do comandante e um dos destaques na campanha do vice-campeonato paulista do Audax em 2016. Entretanto, a pedida de R$ 25 mil mensais estremeceu as estruturas do Brinco de Ouro.

Lucas Perri, por sua vez, revelado nas categorias de base da Ponte Preta, é um dos nomes estudados. Natural de Campinas, o atleta de 19 anos defende o São Paulo e é titular do sub 20. Embora não tenha tido nenhuma chance no time profissional, assumiu a posição do time sub-23 na Copa Paulista deste ano – Diniz tem boa influência no Tricolor Paulista. Por fim, Jê, de 26 anos, é um velho conhecido do treinador bugrino, já que ambos trabalharam juntos no Audax.

Em contato com a reportagem do Só Dérbi, o presidente bugrino, Palmeron Mendes Filho, não quis citar nomes e afirmou que só vai confirmar os contratados a partir do momento em que o acordo for sacramentado.

Vagner, suplente em boa parte de 2017, vai defender o Ituano no Estadual, enquanto Passarelli, nascido nas categorias de base alviverde, tem propostas do Tubarão/SC. O único que tem permanência confirmada é o jovem Carlão.

Só Derbi

Anúncios

40 comentários

  1. Leo, Fabiano, Everson, Richard. Todos revelados aqui. Todos sairam de graça e todos hoje poderiam estar jogando aqui sem problemas ao inves de irmos atras do Jean por uma fortuna. Que sirva de lição em relação ao Perri (e todos os jogadores da base). Goleiro demora a se desenvolver e goleiro precisa jogar. Acho excelente a ideia do emprestimo. Nao tem capacidade pra jogar aqui ainda, mas tem só 19 anos e tem potencial pra isso.

    Curtir

    • Concordo, se for empréstimo seria ótimo, desde que jogue, seja titular lá, caso contrário deve ficar e pegar experiência jogando o sub-23…

      E concordo também que goleiro se desenvolve mais tarde mesmo, normalmente… é claro que existem casos como o de Donnarumma, mas são raríssimos…

      Curtir

  2. Tb acho uma boa a ideia do empréstimo, e trabalhar com o Fernando Diniz pode ser uma boa para o Lucas, mas não sabia que o ex-técnico do Audax tinha tanta moral na base do São Paulo, como diz a reportagem, pq será hein?

    Curtir

  3. Se o bugre se assustou com os salários de 20 mil pagos a outro jogador, precisa saber quanto ganha o Perri, que deve ser mais que isso… Se for para o SPFC pagar os salários, deixa ele onde está…

    Experiência ele pode adquirir no próprio clube.

    Curtir

        • Quando o clube empresta o jogador nem sempre é lesivo ao clube, mesmo pagando parte dos salários, pois na realidade o clube tomador do empréstimo está colocando na vitrine um ativo que não é seu.

          Como exemplo temos o Maidana que se destacou no Paraná e valorizou muito sendo cobiçado por vários clubes (Bahia por exemplo). Outro caso foi o próprio Hernanes emprestado ao Santo André no passado e que voltou valorizado e jogou muito pelo São Paulo.

          Curtir

          • Mas se for para emprestar para vitrine, não será o Guarani que quase caiu para a terceira que vai dar essa visualização… fora que não sabemos quanto teremos que bancar de salários, pois não sabemos quanto o Perri ganha…

            Fora ainda que o preparador de goleiros do São paulo e a estrutura do clube tem melhores condições para moldar o goleiro, não acha?

            Curtir

  4. Se for congirmada , sera uma boa para o São Paulo, o jogador vai pegar experiencia numa equipe menor,, pode ser ate que jogue,,, e vai dar pra verificar seu potencial.. essa conversa de que fulano, beltrano nao foi dado chance e igual a comentarista de economia,, comentar sobre o fato ja acontecido.. Listamos 4 jogadores , goleiros que se tornaram profissionais de fato,, somente um e goleiro de nivel selecao, o Ederson , que saiu do sao paulo com 15 anos… os demais estao jogando, em times pequenos,, o Leo e reserva do Santos no Atletico paranaense.. e pra compor elenco. Entaõ e choro puro.Agora ninguem lembra dos inumeros goleiros que chegaram ao sub-20 e nao se tornaram coisa alguma,, Se fosse pra dar chance a todos os goleiros formados, teriamos que dar chance a Todos,,,pra saber quais deles se tornariam profissionais. Todo ano temos pelo menos 3 goleiros que estouram a idade,, entao nos ultimos anos ja passaram uns 20 goleiros,, falamos de 3, e ou outros 17..

    Curtir

    • Goleiro não é uma posição que vc pode ficar dando chances no clube. Só vai saber seu real potencial quando jogar, e pra fazer isso precisa ser em equipes menores.
      O empréstimo seria uma boa para ambas as partes

      Curtir

  5. acho que tambem precisa de confirmacao, por que se o guarani esta com dificuldade pra pagar salario de 25 mil reais,,,acho que o Perri ja ganha muito mais do que isso…ai so contratando goleiro do sub-20

    Curtir

  6. Sei que não tem nada relacionado ao post, mas me impressiona o carinho do Calleri (Pai e filho) pelo São Paulo. Isso tudo com apenas 6 meses…

    “Após sondagem do Flamengo CALLERI pai pública no Instagram “no Brasil o único manto sagrado de Calleri será o SÃO Paulo”
    Confesso que nunca achei ele um primor de técnica, porém o respeito, a raça e e paixão que sentem pelo São Paulo o credenciam a um futuro de idolo se a incompetente diretoria fizer o mínimo e contratarem quem ama este clube.

    Curtir

    • Tipo o Lugano… não precisa ser craque para ser ídolo… precisa saber onde joga, porque joga e respeitar a história de um clube gigante como o SPFC…

      Hoje em dia pelo menos para mim, o que mais vale em uma contratação é a vontade que o jogador tem de jogar pelo clube… esses nós temos que ir atrás sim…

      Curtir

      • O jogador precisa saber jogar futebol. …de nada adianta um cara que veste a camisa honre o manto e não sempre falha nos momentos decisivos. ..
        Rodrigo Caio, Buffarini, Edimar, Bruno.

        Curtir

        • Também Danilo, mas o que eu quis dizer é que essa vontade de jogar em determinado clube potencializa o talento de uns (Pato e Jucilei) e faz com que jogadores medianos cumpram bem o seu papel (Lugano, Aloísio Chulapa, Aloísio Boi Bandido)…

          Tem contratações de jogadores de “nome” que não viram porque o cara acomoda… ou pior ainda é ir atrás de Fernando Bob ou o caso do Maicosuel que queria ficar em Minas por causa da família (acho que ele está correto nesse caso), mas veja não tinha a gana de vir para cá…

          Nesse sentido que quis dizer

          Curtir

        • Também vejo diferença entre jogador que quer jogar em time grande, com jogador que quer jogar em um time específico…

          Falo apenas por mim, que eu pelo menos começo a torcer de uma forma diferente para o segundo…

          Curtir

    • Eu não posso crer nessa notícia. Não há razão técnica, no momento, para contratar esse Rodolfo para ser um eventual 3º goleiro.
      Estranha possibilidade de negociação.

      Curtir

  7. DIRETORIA

    Venda e empréstimos de atletas – a dívida do São Paulo poderia ser quitada em apenas alguns meses.

    A coisa é séria. A dívida do São Paulo poderia ser quitada em cotas e por empreendedores interessados no negócio. E indo além, seria uma empresa muito lucrativa. Explico:

    O comprador de uma cota levaria em contrapartida o passe de um atleta, cujo valor mínimo constaria em lista. Todo jovem atleta cotizado poderia ficar em Cotia ao menos até 21 anos. Depois da aquisição, o cotista escolheria o empresário para promover o atleta e fazer negociações, embora o atleta possa também ter o seu empresário para tratar com o cotista, não mais com o São Paulo, cuja obrigação legal seria apenas manter o atleta treinando.

    Se o investidor perdesse dinheiro na transação futura, o problema não seria do São Paulo. Ocorre que o empreendedor poderia também ganhar dinheiro, e muito, inclusive vendendo o atleta ao próprio São Paulo, que teria prioridade de compra em qualquer transação se cobrisse o valor de uma oferta rival. A bolsa de atletas estaria aberta para aquisição o ano todo, tendo afixado preços mínimos para cada atleta, preço que seria proporcional ao seu ganho mensal e que poderia ser aumentado a cada semestre em data previamente fixada.

    E claro que a ideia de uma “Bolsa de Atletas” precisaria ser mais bem detalhada e ter os aspectos legais resolvidos, mas é uma saída para pagar as dívidas e para os atletas jogarem rapidamente em outros clubes, inclusive no exterior.

    Aí teríamos um lucrativo empreendimento futebolístico de base, com participação societária, inclusive, se for conveniente, com empreendedores chineses.

    Leco – consulte seus assessores, há outros pensando nisso.

    Curtir

  8. Tem que emprestar, mesmo pagando salario. Principalmentese se vier o Jean.
    Goleiro tem que jogar e no caso do Lucas Perri precisa provar que tem qualidades para vestir o manto.
    Na boa, todos os jogos que assisti dele na base, seja no SPFC ou na seleção, não identifiquei nada demais. Percebi sim a enorme dificuldade em sair jogando com os pés. Espero sinceramente que tenha evoluido.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s