Dorival: “Temos confiança que os dirigentes do São Paulo são competentes para uma análise e fazermos um 2018 diferente”

Dorival Júnior, Leco, Vinicius Pinotti, São Paulo, CCT da Barra Funda, São Paulo SP, 31/10/2017, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

A garantia de permanência do São Paulo na Série A do Campeonato Brasileiro de 2018, graças à combinação de resultados da 36ª rodada do torneio, fará o clube começar a se preparar de fato para a próxima temporada. Antes, o discurso era de total foco na luta contra o risco de queda – mesmo quando ele já fosse mínimo.

“A partir desta segunda, vamos começar a conversar com a diretoria sobre reforços. Temos confiança de que os dirigentes são competentes para fazer uma análise de tudo que aconteceu para corrigirmos e conseguirmos uma melhora no que foi apresentado para, assim, buscarmos um ano diferente em 2018”, disse o treinador.

 O treinador pediu atenção aos “sinais negativos” demonstrados pelo clube durante o sufoco desta temporada. “Buscaremos um ano diferente em 2018. Esses sinais negativos precisam ser avaliados e trabalhados para que o São Paulo possa caminhar de outra forma. O São Paulo tem que voltar a protagonizar os campeonatos na parte de cima [da tabela].”Até agora, neste fim de ano, apenas Morato teve sua situação já acertada oficialmente. O atacante, que se recupera de uma cirurgia, teve seu vínculo com o clube ampliado de dezembro deste ano para o fim de 2018. Titulares como Edimar e Jucilei, que têm contrato também até dezembro, ainda não têm garantia oficial de sua situação no São Paulo depois disso.

Quanto a possíveis contratações, o São Paulo ainda não confirmou propostas em andamento. Dorival pediu reforços “tipo Hernanes” e já falou que quer aproveitar atletas da base tricolor. Nomes como o do ídolo Kaká (que estava no Orlando City), do atacante William Pottker (Internacional) e do goleiro Jean (Bahia) já circularam pelo Morumbi.

Estadão

72 comentários

  1. SPFC tá parecendo o Palmeiras dos anos 80….

    Time de aluguel com jogadores veteranos e excêntricos…..quem não lembra do lateral esquerdo Diogo, contratado só pq arremessava o lateral direto na área?

    Estamos perdidos

  2. Pottker eu aprovo !!

    Interregional acabou de fechar com o Roger pra 2018 e com certeza precisam se desfazer de alguns jogadores.

    Manda o Buffarini e o Thomás pra PoA e trás o Pottker que é muito melhor que Nem, Marcinho e Marcos Guilherme !!!

    • Primeiro uma coisa não está vinculada a outra.

      Segundo, sem essa de cobrar as pessoas pelas suas convicções, vai…

      Esse assunto sempre gera problemas e não vamos começar de novo, né?

    • Imagina os caras assistindo o treino do SPFC deve ser muito engraçado daí o Renato Gaúcho vai e fala: o Pratto a natureza marca,esse Rodrigo Caio entrega toda hora joga em cima dele,olha só o Sidão bate roupa, se abrir pode chutar. Esse Edimar tem uma Av. atrás dele, pode ir lá.

  3. “Dorival pediu reforços “tipo Hernanes”” Só isso que ele quer? Jogador que chegue e resolva? Quer um aumento também? Fácil ser técnico assim…

    To vendo que vai ser mais um ano acumulando jogador sem qualquer lógica como fizemos em 2017 e mais uma janela do meio do ano mais movimentada do que devia. Tem que começar o ano com a saída de uma barca: Denis, Renan, Bruno, Buffa, Edimar, Thomaz, Nem, Marcinho e Denílson. Gomez, Bruno Alves, Aderllan e Maicosuel não deixariam saudades também. Os dois primeiros muito fraco e os dois últimos muito caros pro pouco que entregam.

    • Mas, Hugo… O DJ tá errado?
      Ele tem que pedir contratação que chegue e resolva, mesmo !!!!
      E não contratação de baciada porque tem esqueminha com empresário X ou comissãozinha por causa de jogador Y!
      Tem que ser 2 ou 3 contratações pontuais, de gente que chegue e resolva, senão usa o que já tem ou puxa da base!

  4. Boa noite.

    2018.

    Dorival: e já falou que quer aproveitar atletas da base tricolor.

    Então eu digo: Dorival, faça no São Paulo o que você fez no Santos.

    Leco, se o Dorival usar a base e o São Paulo for bem nos campeonatos, recompense o trabalho dele, dê uma valorização no trabalho dele.

    • O problema é que no Santos não existe pressão. No SPFC, na primeira derrota, a torcida arrebenta com o emocional da molecada. Não tem a menor chance de o Dorival conseguir fazer no SPFC o que é feito no Santos.

    • Cara, primeiro reforço do ano é Edimar..im bagre de mais de 30 anos..você acha mesmo que vão usar tanto assim a base?
      Deixa de ser inocente..
      Novamente a mlkada vai ser solução quando não tiver outra alternativa..depois de vansar de usar os bagres contratados..

    • Cara, disso não tenho dúvida. Ainda não saímos da crise financeira.

      Mas, se for 9 milhões de Euros por um lateral/zagueiro está bom. Dá para repor muito mais barato.

          • Não pode vender, o Militão é uma mina de ouro, tipo do jogador que daqui 2 anos estará valendo 20 milhões de Euros.

            O SP precisa entender que necessita desse tipo de jogador para ganhar títulos primeiramente e depois vende-los por fortuna. Viramos o Corinthians que vende atletas/ativos do clube por preço de banana?

            Chegaaaaaaaaaa

      • Isso de repor mais barato.. a quanto tempo vendemos e sofremos com os erros na reposição. Fora que uma espinha dorsal tem que ser mantida e militao será fundamental. 2018 seria de afirmação pra ele. Lembrando que não depende de nós pra que hudson volte, jucieli fique. Se militao for é mais uma posição que nao precisariamos contratar e vamos ter que ir atras no mercado. Ja começariamos ainda mais fracos…

  5. Alô São Paulinos.

    O São Paulo contratou o Ricardinho em 2002.
    Montou um time caro.
    Era o Leco o Diretor de Futebol
    Em 2003, o São Paulo chegou a atrasar salários.
    Em 2004 veio o Juvenal Juvêncio para Diretor de Futebol.
    A primeira coisa que ele fez foi mandar o Ricardinho embora.
    Depois ele contratou o Cuca e montou aquele time do Goias.
    O São Paulo começou a ter a mentalidade de montar time com jogadores a custo zero.
    Uma politica que funcionava.
    Em 2004 o São Paulo foi eliminado pelo Once Caldas na Libertadores.
    O Luiz Fabiano foi vendido.
    O Marcelo Portugal Gouvêa que acabava de ser reeleito, gastou o dinheiro da venda do Luiz Fabiano para reformar o Social.
    Os Conselheiros ficaram loucos.
    No futebol era revelado o Renan, Alê, Edcarlos, contratado o Junior, o Luizão, o Alex Bruno.
    Chegou 2005 e o Marcelo Portugal Gouvêa dizia que não tinha dinheiro para contratar.
    Trazia um Mineiro, Josué a custo zero.
    Na Libertadores trazia um Amoroso a custo zero.
    Contratava o Christian a custo zero, o Thiago Ribeiro, o Richarlyson, o Aloisio, o Thiago Ribeiro, tudo a custo zero.
    Ganhamos o Mundo.
    Chegou 2006 e veio o Muricy.
    O São Paulo trouxe o Lima, Rodrigo Fabri, Alex Dias, André Dias, tudo a custo zero.
    Mas nessa época o Muricy queria que o São Paulo abrisse os cofres para contratar.
    O Muricy dispensou o Alê, o Renan, o Hernanes que voltou em 2007, o Fabio Santos e deixou encostado o Denilson que acabou vendido.
    Reforços o Muricy queria montar o time do Inter: Jorge Wagner, Fernandão, Tinga, Rafael Sobis, Daniel Carvalho. Além do Conca e do Juninho Pernambucano.
    Desses o São Paulo contratou por empréstimo o Jorge Wagner e depois em definitivo.
    Além do Miranda.
    Muricy e Diretoria do São Paulo começaram a bater cabeça.
    O Muricy queria que o São Paulo comprasse jogadores, mas o São Paulo queria contratar jogadores a custo zero.
    Sem falar que de jeito nenhum o Muricy usava a base.
    Deu o que fazer para em 2007 o Muricy usar o Hernanes e Richarlyson, que depois viraram a melhor dupla de volantes.
    Em 2008 começou um excesso de contratar e dispensar jogadores: Volante Fabio Santos, Carlos Alberto, zagueiro Anderson.
    Em 2009 foi a vez de ficarem encostados o Arouca, Junior Cesar.

    Daí o Juvenal Juvêncio foi mudando a mentalidade.
    Ele começou a abrir os cofres para contratar.
    O São Paulo gastou para fazer aquela reformulação de 2012.
    Comprou Ganso, Luiz Fabiano, Allan Kardec, Pratto.
    Teve aquele time caro de 2014.

    Mas só teve 1 título: A Sul Americana de 2012.
    Uma divida interminável.

    Qual a solução que eu proponho:

    Usar a base.
    Contratar jogadores a custo zero.

    Como fazer isso?

    Diretoria e o Técnico não podem bater cabeça.

    • J.J. claramente enlouqueceu com o poder e o seu terceiro mandato foi o início de tudo de ruim que estamos passando, mas foi um excelente diretor e presidente (no primeiro mandato). Entendia muito de futebol. Trouxe muito jogador bom por conta própria e negou a vinda de muita indicação por saber que não era bom para o clube (coisa que a diretoria é incapaz de fazer hoje). O time que iniciou a campanha de 2007 ganhando de 2×0 do Goiás foi praticamente ele que escalou (ele interferia bastante no trabalho do Muricy).

      • Concordo. JJ manjava mto de futebol. De tds no clube, um dos mais entendidos. Essa é a diferença de um time campeão pra outro que briga pra não cair. Um entende mto se futebol outro foi zagueiro na escola.

  6. Eu acho absurdo o presidente do SP ver a venda de jogadores com a ÚNICA forma de sanar as finanças do clube.

    , esse cara recebe 20 mil golpes por mês, tem um diretor remunerado, tem um gerente de marketing remunerado, tem ali, supostamente, profissionais gabaritados e que ganham muito bem para terem uma visão ampla, fora do comum e bolar uma situação ou um plano que envolva mais do que apenas desmontar um time por semestre.

    Não é preciso ter MBA, mestrado ou doutorado pra perceber que a marca de um time é valorizada com títulos. Com títulos vem mais verbas, mais patrocinadores, mais exposição e etc. Como uns canalhas desses acham que vão conseguir valorizar a marca deixando o SP a parte de todas as disputas possíveis, numa maratona insana de venda de jogadores?

    E não tem nem lógica. Vende um David Neres por 30 milhões e gasta quase 90% dessa grana para comprar a METADE de um jogador mais velho, que nada agregou o clube, com salário maior e que, em menos de um ano, já tá insatisfeito.

    Eu estou quase convicto que naquela diretoria só tem macaco. Se não for isso, são todos corinthianos querendo lascar o clube de vez.

    E não tem essa de “sanar dívidas” blá blá blá.

    Essa prática não tem defesa. É muito se conformar e pensar na saída mais fácil. Repito: eles recebem muito bem para pensar fora da caixa.

  7. Potker e Jean só bons nomes, que viriam para ser titulares. Mas, não creio no primeiro, pois a contratação do Roger é para substituir o Leandro Damião.

  8. tbm vou ficar indignado se venderem o Militão pra agora, o moleque mal completou 20 jogos pelo profissional do clube, espero que seja apenas boatos isso.

  9. E se for para o Militão continua sendo improvisado na lateral, que seja vendido, ok defensivamente ele segurou a bronca na lateral, mas ofensivamente foi inoperante, precisamos de laterais que joguem como laterais.

    • discordo, precisamos de jogadores que dá conta do recado em suas posições que jogam, mesmo que seja improvisado, oq adianta trazer um lateral, volante, ou um meia de ofício, se não aguentam a bronca e o treinador é obrigado a improvisar ?

      não temos um lateral direito bom, então não pode vende-lo enquanto não trouxer um que segura a barra, ou que teste outro jogador que atue bem por ali

      • depois vende o Militão, e temos que aguentar um lateral direito de “oficio” que não joga mer…. nenhuma nem atrás e nem na frente, se for assim prefiro que continue com o Militão

        • pelo menos ele deu conta de uma coisa, o duro é ter dois laterais de “oficio” como Bruno e Buffarini que não dá conta nem de defender e muito menos de atacar

          vc não entendeu a minha lógica, eu prefiro um improvisado ali que ajude em alguma coisa, do que ter dois que não faz absolutamente nada, e ainda por cima são caros !!

          ou traz alguém comprovadamente bom nesse setor ou fique com alguém que faz 50% do serviço bem, é melhor do que 0%

          • Você que não entendeu, eu nenhum momento defendi a venda dele para continuar com os laterais atuais, inclusive disse que precisamos de laterais que joguem como laterais, ou seja, que marquem e apoiem. Por que se for apenas para marcar é melhor jogar com 03 zagueiros, e escalar atacantes de velocidade como alas.

    • Não… vc foi moderado após inúmeros avisos para deixar de ser provocador, vc foi moderado após inúmeros pedidos para se portar de forma correta, vc foi moderado depois de muito insistirmos para vc mudar suas posturas, as quais desagradam enormemente as pessoas que aqui frequentam.

      E vc foi moderado por ser dissimulado, claro.

      E no seu caso não é moderado, pois na verdade vc foi banido, ou seja, não volta mais, mesmo pq já foi moderado outra vez e não adiantou nada, pois vc não muda suas atitudes e acha que pode se portar da maneira que quer, como se não existisse um mínimo de regras para uma boa convivência.

      Em resumo, vc não é bem vindo aqui. Fora que é dissimulado.

  10. O Time do Povo!‏
    @OTimedoPovoCEC
    Oct 18
    More
    Os destaques da Série B:
    Renatinho – O melhor camisa 10 do Campeonato (Paraná)
    Iago Maidana – zagueiraço do Paraná
    Zé Ricardo – volante do América-MG
    Carlos Eduardo – Atacante do Goiás

    • Leco é um omisso. Me surpreenderia q respondesse. Se responder fazendo promessas será difícil crer. Ele perdeu muita credibilidade e acho q pra se recuperar precisa mostra, agir mais do q falar.

      Boa sorte a ele, porq o sucesso de 2018 depende disso….

  11. Estava vendo os números do campeonato http://www.mat.ufmg.br/futebol/serie-a/
    Vamos terminar o campeonato como o segundo pior visitante. Com um número ridículo de vitórias fora de casa.
    Perder fora de casa e perder clássico virou rotina já há alguns anos e isso nos impede de chegar perto de títulos..É preciso mudar a postura do time,
    Se tivéssemos feito no primeiro turno a campanha medíocre que fizemos no segundo turno a Libertadores estava garantida.

    • Concordo com você, mas curiosamente tenho a impressão (não fui conferir nos números) que apesar do ano horrível conseguimos melhorar um pouco nos clássicos…

  12. a análise do Cleiton Ferreira foi bem pertinente . O SPFC obteve sucesso com jogadores desconhecidos . O Raí
    , por exemplo , veio do Botafogo – SP . O Jean goleiro vem de um time menor . OK . Mas seria bom buscar o Ayrton no Londrina ( LE ) , o Edigar Junio , o Acosta ( não é desconhecido , mas joga em um clube pequeno , o Lanus ) , Tem que contratar jogadores de times de menor expressão

  13. a geração sub-17 é ótima . Mas só estarão prontos em 3 anos . Na base , hoje , só Lucas Perri , Igor Liziero estão prontos . Artur e Iago Maidana voltam e os 2 tem que fazer parte do elenco . Sou contra a permanência do Dorival , pra nossa situação hoje , o melhor seria subir o Jardine . Não sou contra o Cuca , pois montou o SPFC que ganhou tudo e o galo que ganhou a libertadores . Então , pra manter a filosofia de jogo de forma ofensiva , Ceni > Dorival > Jardine ou Cuca

  14. Como DJ poderia falar algo diferente??
    Essa diretoria e presidência não me dão esperança nenhuma que 18 será diferente. Ao contrário, os sinais são de que a tendência é piorar. Ainda bem que não tem LA pra jogar. Seria terrível isso. A diferença entre SP e corinthias e uma só, lá são incompetentes na administração, mas entendem mto de futebol, aqui ngm entende porcaria nenhuma, por isso essa lástima.
    Fora Leco!!

  15. Para ser a quarta força do futebol paulista, para ficar todos os anos lutndo contra o rebaixamento eles são bons. Para chegar ao topo é preciso mudar. É preciso libertar o clube. Eleição direta com votos dos sócios torcedores para apresidente. É mudar ou morrer.

  16. A frase só pode ter sido dita em tom irônico, ninguém por mais positivista que seja acredita nos dirigentes do São Paulo.

    Essa é a hora de jogar a responsabilidade para os dirigentes!

  17. Dorival perdeu a chance de ficar calado. Será que ele é bobinho ou está querendo só garantir o emprego, quando diz que confia na diretoria ?

Deixe uma resposta