O técnico do São Paulo, Dorival Junior, reconheceu que o planejamento do clube para a próxima temporada está atrasado, mas disse estar otimista de que o time vai consolidar a fuga do risco de rebaixamento para, então, poder debater a preparação para 2018.

“Nossa única preocupação é sair dessa situação. Sei que o planejamento está atrasado”, disse Dorival, após a vitória sobre o Atlético-GO por 1 a 0. “Estamos conversando, mas nada que nos faça perder o foco do nosso objetivo aqui. Depois que as coisas estiverem calmas, a gente pode tratar disso.”

O treinador são-paulino elogiou o atacante Carlos Eduardo, do Goiás, e confirmou que ele vem sendo sondado como possível reforço do São Paulo no ano que vem. Dorival afirma que as negociações ainda não começaram.

“Muitos jogadores estão na mira, mas observar e negociar tem uma distância muito grande. Nós ainda não estamos negociando, evitamos fazer isso agora. Todo jogador que chame atenção é observado. Carlos Eduardo é, sim, um grande jogador, mas não tem nada.”

O São Paulo inicia na tarde desta segunda-feira a preparação para o duelo contra a Chapecoense, na quinta, no estádio do Pacaembu. Em seu melhor momento no Campeonato Brasileiro, o time paulista busca a quarta vitória seguida.

Nos vestiários, o time tem um “pacto” de que precisa conquistar 47 pontos para fugir do risco de rebaixamento e, só depois, pensar em outros objetivos no torneio, como uma eventual vaga na Copa Libertadores.

Estadão