Buffarini perto do adeus

Aos poucos, o São Paulo começa a esboçar o elenco que pretende montar para 2018. Pouco utilizado nesta temporada, Buffarini não deve fazer parte dos planos do clube para 2018. Sem conseguir repetir as boas atuações de quando jogava na Argentina, o lateral direito perdeu espaço no time a ponto de ficar no banco de reservas mesmo quado o improvisado volante Militão sentiu uma lesão durante a partida com o Atlético-PR (dia 14). Na ocasião, ele foi substituído pelo também improvisado Araruna.

Por isso, não é de se estranhar a possibilidade de o argentino defender outro clube na próxima temporada. O jogador já chamou a atenção de alguns times no mercado internacional e recebeu sondagens. No entanto, Buffarini e seu estafe esperam o fim de 2017 para pensar no futuro.

“Estamos em contato, mas ainda faltam dois meses para terminar o ano. Depois, vamos ver o que for melhor para o São Paulo e para o jogador”, disse Darío Bombini, o empresário do lateral.

Neste ano, o jogador já despertou o interesse do Boca Juniors, porém as conversas não foram adiante. Buffarini tem contrato com o São Paulo até julho de 2019. Contratado na última temporada, o jogador já havia chamado a atenção em outras ocasiões do Tricolor e veio por indicação do então treinador Edgardo Bauza. O clube desembolsou cerca de 2 milhões de dólares (R$ 7,5 milhões). O salário do jogador também é considerado alto e, desta maneira, o São Paulo não deve fazer força para mantê-lo no Morumbi.

Aos 29 anos, o argentino disputou 23 partidas pelo São Paulo em 2017 e não marcou gols, sendo que as atuações provocaram críticas de parte da torcida. A sua última vez em campo foi no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, em pleno Morumbi, no dia 9 de setembro. Para complicar ainda mais a situação, a lateral direita é um dos setores mais visados pelo departamento de futebol tricolor no planejamento para 2018.

Bruno, em recuperação de cervicalgia, também teve atuações abaixo do esperado e foi bastante questionado. Com contrato prolongado até dezembro de 2018, o lateral, de 32 anos, é outro que muito possivelmente não fica no Morumbi e será visto como um ativo do Tricolor neste fim de temporada.

Por outro lado, por conta da boa fase, o volante Militão deve ter o seu contrato prorrogado até 2021. O jogador, que tem vínculo até 2019, foi promovido por Rogério Ceni no início deste ano e mostrou versatilidade. Profissionalizado como volante, ele já atuou também como zagueiro e agora é o titular na lateral direita.

UOL

60 comentários

  1. Pra 2018:

    Gol: Big Sid, Walter, Perri;
    Lat: L. Farias, Auro, Jr., M. Reis/Zeca;
    Zag: R. Caio, Arbolenda, Militao, Maidana, Aderlan;
    Vol: Jucilei, Petros, Pedro, Araruna;
    Mei: Hernanes, Cueva, Kaka, LF, Shaylon;
    2°A: MGuilherme, Maicosuel, Morato, Léo Natel/Caíque;
    CA: Pratto, Brenner.

    Esse time com treinador desde o início e uma boa pré temporada briga de igual pra igual com qualquer um. Com a torcida desse ano esse elenco não perde em casa nem pro Barcelona. Precisamos muito mais reduzir o elenco e equilibrá-lo do que contratar. Não adianta mandar o Buffarini e trazer outro refugo.
    Dependendo dos próximos resultados seria uma boa dar mais minutos nas ultimas rodadas pra Araruna, Shaylon, LF (como meia), Brenner, L. Farias. Esses minutos fariam diferença no ano que vem. Ficaria de olho em negócios de oportunidade que podem surgir com nossas moedas de troca: Zeca, Scarpa…

      • Eu vi o Nicola falando disso. Na minha opinião, se o Zeca vier é uma boa, se não vier, nada a lamentar. A situação do Zeca é muito parecida com a do Jr. Começo excelente com uma grande queda e perseguição da torcida. E o Arana vai pelo mesmo caminho.
        A diferença pra mim é que o Jr. não chegou num nível tão alto como os outros (mas tem potencial pra isso), mas também não jogou em equipes organizadas como o Santos do Dorival e o Corinthians do 1° turno. O próprio Jorge também teve uma má fase no Flamengo do Muricy. Normal da idade. Não me surpreenderia se o Zeca fosse pras Peppas e o Jr. tivesse um ano melhor que o dele por aqui.

    • Faltou o Militão.
      Não acho que o Lucas Farias e Auro sejam a salvação da LD. Temos de buscar alguém para resolver.
      Se o Junior T., sair, que eles tragam o Zeca (em troca com o Reinaldo), e o M. Reis
      No mais concordo contigo, o elenco não precisa de muito… mas as peças principais precisam ser seguradas.

      • Coloquei o Militão entre os zagueiros. Acho que tem tudo pra ser o novo Miranda. Acho que seria um desperdício na lateral e já já vão começar a reparar que ele não sabe cruzar e começar a pegar no pé dele.
        Eu acho que L. Farias e Auro não vão ser o que se esperavam deles, mas podem jogar bem o suficiente pra não precisarmos contratar alguém. Ambos já tiveram bons momentos ali (melhores do que Bruno e Buffa) quando subiram. Não tem lateral direito no mundo. O City pagou 53m de libras no fraco Walker. O D. Alves não tem reserva na seleção. O melhor LD do último BR foi um volante improvisado. O Barça improvisa o Sergi Roberto.
        Sou a favor de dar uma chance pra eles antes de tentar garimpar alguém (não vamos achar) ou improvisar de novo.

  2. Militão é um volante/lateral/zagueiro,se continuar nesse ritmo será uma das maiores revelações do clube e o SPFC infelizmente ou “felizmente” renderá uma boa grana pro clube mas não ficará muito tempo no clube.É novo,veloz,tem altura e ótimo no jogo aéreo.Pela sua versatilidade tem tudo pra em breve estar na Europa,infelizmente.

    • Militão é muito promissor mesmo Wagner. Queria muito ver ele atuando ali na volancia ou na zaga.
      Na lateral esse ano ele está quebrando um super galho, pois a avenida ali parou né, mas infelizmente perdemos no ataque. Mas esse a necessidade do momento é mais em não levar gols … então ta perfeito…rsrsrs

      Esse creio que só dura muito tempo se desejar … mas logo logo Europa ta batendo na porta.

      Abraços amigo

  3. Esse infelizmente não mostrou a que veio.
    Chegou com muito apoio e apelo, a torcida teve paciência mas não dá mais.
    Bom jogador na Argentina, mas aqui nada nada.
    Tem nego que não se adapta mesmo.

  4. Foi um dinheiro jogado fora.

    Fico me perguntando como esse cara conseguiu ser jogador profissional, e numa posição que exige uma técnica apurada. Se fosse um zagueiro, sei la, compensaria toda a falta de habilidade e tecnica. Mas fico pensando no tanto de penalti que cometeria por ser um tremendo sem noção.

    Palmas para o empresário desse cara. Buffarini não sabe marcar, chutar, passar, não tem noção de posicionamento e o bote dele é uma coisa que meu deus do céu. Mas virou jogador e ta rico.

    Bom que saia, nunca jogou nadica de nada aqui.

    Só precisamos recuperar uma parte do prejuízo.

    • Numa pesquisa que fizeram anos atrás, mostrou que a maior torcida do estado de Goiás é a do SP… era o único estado (além de Minas e RS por motivos óbvios) em que a dupla Traveco/Flamerda não eram as maiores…

      SP quando joga lá a torcida vai em peso sempre!!

  5. Ótimo jogador, uma pena que não deu certo, talvez se tivesse jogado uns 3 meses com o Bausa a história seria outra. É uma boa moeda de troca com outro argentino, talvez um zagueiro

  6. A solução está em casa, pra LD coloca o Araruna que na última vez que entrou mostrou uma deficiência do Militão (não sabe cruzar), cruza muito bem e recompõe também…

    • Tecnicamente o Araruna é bom, acho que falta força no corpo a corpo.
      A mesma coisa do RC.
      Quando é na técnica tudo bem mas quando envolve força aí a coisa pega.

      Arboleda nunca perda na trombada.
      Militão também tem boa impulsão e força.

      Maicon idem, na trombada e na bola aérea ganhava todas, mas pecava na saida de bola, no passe.
      Estive no jogo do Galo no Morumbi pela libertadores ano passado e o maicon limpou todas as bolas aéreas que vinham para a área, tanto que foi chamado de god of zaga. Lá em Minas ele fez o gol de cabeça que nos classificou.
      MAS, no futebol de passes, sem chutão, ele não se deu bem, não era a dele.

    • Cara, nas chances que ele teve, ele não foi mal. Precisamos ver no ano que vem se ele vai ter condições físicas. Se tiver, dá pra compor elenco sim. O preparo físico do Atlético-MG é ridículo. O DM dos caras encerra carreira de jogador.

        • https:// globoesporte(ponto)globo(ponto)com/futebol/times/atletico-mg/noticia/com-volta-de-carlinhos-neves-numero-de-lesoes-cai-e-parte-fisica-do-galo-e-destaque.ghtml

          Ele tinha mudado de cargo e o preparo físico dos caras foi ridículo em 2016. Esse ano ele voltou e isso até melhorou, mas ainda não é tudo isso e eles ainda sofrem bastante com lesões musculares nesse ano. Principalmente pelo elenco envelhecido. O Maicosuel veio com uma baita deficiência física de lá.

  7. Quem acompanhava ele no san lourenzo sabe que lá ele jogava muito bem, e era um dos principais jogadores do elenco, assim como foi o Centuríon no Racing

    eu não sei oq acontece com alguns jogadores argentinos que não conseguem se adaptar ao futebol brasileiro, alguns poucos conseguem

    jogadores bons como aquele Scocco que veio para o internacional não jogou nada aqui, e agora está arrebentando no River, outro é o uruguaio Nico Lopez que tbm não vem dando certo por lá, e não duvido se for para um clube sul americano e voltar a jogar bem

    talvez os treinadores brasileiros não estão conseguindo tirar o máximo desses jogadores, ou esses jogadores tem algum problema com o futebol brasileiro

    • Na minha opinião é pq lá o futebol é muito mais raça do que técnica. Não to falando que o futebol lá é melhor ou pior do que aqui, mas é diferente. Então o jogador que é acima da média do campeonato argentino tecnicamente fica na média (ou abaixo) aqui no Brasileirão.

      • Não concordo tanto. Em geral a Argentina tem técnicos melhores do que aqui atualmente. Eu acho que eles devem pensar melhor em como utilizar melhor um jogador dentro de um esquema e com a bagunça daqui é difícil pensar em um jogador para realizar funções especificas. É só pensar que o Richarlyson ex-flu acabou de ir para um time médio para pequeno da Inglaterra e está jogando bem melhor do que aqui.

        • Não sei, cara, mas as deficiências técnicas que Centurion, Buffarini, Cristaldo, Mouche, Tobio e tantos outros demonstraram aqui me levam muito mais a crer na ruindade relativa deles do que na falta de técnico brasileiro. Se você for no sub 17 a molecada cruza melhor do que o Buffarini, dribla melhor que o Centurion e finaliza melhor que Cristaldo e Mouche e essas eram as “virtudes” deles ao chegar. Aí não tem técnico que resolva.
          Óbvio que tem exceções como jogadores que conseguiram ir bem como Pratto e Ábila e outros que eram bons, mas deram errado como pode acontecer com qualquer contratação do mundo, mas me parecem a minoria.
          RIcharlison tava mandando bem aqui sim com gols e assistências pelo Flu. A saída dele foi um dos principais motivos pra essa queda dos caras.

  8. Bom jogador.

    Voluntarioso, polivalente e que teve uma trajetória interessante no San Lorenzo onde foi, inclusive, campeão da Libertadores em 2014.

    Faltou a ele uma melhor adaptação ao clube, a cidade, ao país.
    Ninguém desaprende jogar bola, principalmente jogador profissional. Muitas variáveis fazem com que se adaptem de forma mais ou menos fácil.

    Vai embora e vai jogar bom futebol, como muitos que saem do SPFC.

    Coisa pra se pensar…

  9. Esse eu tentaria arrumar, diferente do Bruno.

    Sei lá. Esse cara não é ruim na marcação, só é deixado exposto na lateral, o que é diferente. Eu tentaria como volante. Mas é aquela coisa, parece q ngm lá dentro parece se importar em fazê-lo render.

    Mais dinheiro jogado fora, normal no atual São Paulo.

  10. O azar do Buffarini foi não ter sido comandado pelo Bauza quando veio para cá, afinal foi uma indicação direta dele, os outros treinadores não souberam o que fazer com ele e ele mesmo parece que tb não se adaptou ao futebol brasileiro….
    Uma pena, no time do Papa jogou demais, porém aqui foi muito mal!!!

      • Quem garante q não ta acontecendo nenhuma negociação? Eu não duvido, afinal de contas seria perfeito pra ele e pro São Paulo, se tiver libertadores então… além do mais, acho q o PSG não liga em “perder” dinheiro…

        Só q com certeza não vai demorar pros jornalistas “chutarem” essa informação justamente pela atual situação dele

        • Temos que pensar tb na Copa do Brasil e Sula.
          Provavelmente vão ser as nossas LA em 2018 e temos a obrigação de entrarmos com um time forte.

      • Também não boto fé não, deve ter mercado na Europa, mas que faz a gente sonhar faz…
        Já pensou em Hernanes, Cueva e Lucas inspirados?
        Sai de baixo…

  11. Ah, agora essa notícia altera aquela outra que dizia que ele tinha contrato até jul/2018.
    Infelizmente aqui não rolou, não adianta insistir. Foi muito bem no San lorenzo e mal aqui, vida que segue, pois sempre foi profissional

  12. Parece ser gente boa, é esforçado demais, mas não encaixou no time.

    Embora tenha um grande vigor físico, ele apoia mal e também não marca bem na minha opinião, pois não foram poucos os dribles que ele tomou por ser afobado no bote.

  13. Buffarini e um jogador comum,, esforçado , e de poucas qualidades tecnicas. Talvez por isso tenha ficado na argentina ate os 28 anos de idade sem ir pra Europa..Numa equipe media argentina como e o san Lorenzo, ate que ele pode ir , mais nunca foi ventilado para nenhum grande argentino. Foi uma tentativa valida na epoca por que o treinador Bauza acreditava que ele poderia se dar bem aqui. Futebol nao e matematica, onde 2+2 sao sempre 4… E sempre a velha tentativa e erro. por que de um lado esta um ser humano , com todas as suas dificuldades e falhas,, Se o cara vai pra uma equipe e se inibe, perde a confianca nele mesmo, se esconde,, pronto, la se foi uma contratação, e não ha como reverter..Como o São Paulo e um clube que sempre faz excelentes negocios, achara uma maneira de recuperar pelo menos parte do dinheiro gasto no atleta.

Deixe uma resposta