Militão: São Paulo deve renovar por mais 4 anos com defensor

O São Paulo deu início à negociação para prorrogar o contrato de Éder Militão por mais quatro anos. O atual vínculo vai até início de 2019. Aos 19 anos, o jovem tem sido um dos destaques da equipe no Campeonato Brasileiro. Ele foi promovido da base por Rogério Ceni no primeiro semestre, e sua versatilidade acabou conquistando a todos no clube.

Quando Militão subiu de Cotia para a Barra Funda, a antiga comissão técnica pretendia usá-lo como volante ou zagueiro. Em alguns jogos, ele atuou pelo lado direito, posição que acabou se consolidando com o atual técnico. Dorival Júnior, descontente, com os desempenhos de Bruno e Buffarini, testou o jogador no setor e ficou satisfeito com o resultado.

Militão disputou 17 partidas no Brasileirão e fez um gol, nos 2×1 sobre o Vitória, no Barradão. Com ele em campo, o São Paulo melhorou bastante na bola aérea, tanto ofensiva quando defensiva.

Antes de ser demitido, Rogério Ceni havia previsto que o pupilo não ficaria por muito tempo no Morumbi. A prorrogação contratual, caso se concretize, não assegura que ele cumprirá o próximo compromisso até o fim. Basta lembrar que Thiago Mendes e Luiz Araújo renovaram até 2021, meses antes de serem negociados com o Lille.

Militão será titular da lateral direita no clássico deste sábado, contra o Santos.

GE

Anúncios

13 comentários

    • Todo mundo q reserva o ingresso o sistema da baixa. Caso a pessoa nao finalize a compra, ele volta a venda. Mas, como o sistema tem um tempo pra fazer tudo isso, ele libera e esgota com frequência. É algo q nao deveria acontecer, mas é dificil colocar a culpa no total acesso, ja q muitas transações nao se concretizam, por falta de pagamento ou não aprovação do mesmo.

      Curtir

      • Exato… Enquanto a primeira reserva iniciada não for finalizada (pagamento aprovado, reprovado ou tempo esgotado para correção) o referido ingresso fica separado (indisponível).

        Curtir

  1. Excelente postura. Muito entrega. Desde a base observo este jogador. Quando for colocado nas posições que rende mais, zagueiro e volante, será destaque. Luisão, que infelizmente foi cedido ao Porto, por causa daquela “draga”, tem o mesmo perfil, e pelo que acompanhei na base, jogava mais bola.
    Militão era lider na base e com o tempo será naturalmente lider no time de cima, isso, claro, se não for vendido na janela de janeiro 18.

    Curtir

  2. Ano passado a maioria dos que renovaram o contrato, caíram de produção na sequência e logo depois foram vendidos…

    Espero muito que a mentalidade de ambos (diretoria e jogador) tenham mudado…

    Já está mais do que na hora de ter um projeto pro futebol… desportivamente o SPFC não existe desde 2010…

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s